Plano de Recursos Humanos: Ações e Como elaborar passo a passo

plano de recursos humanos introducao

Com o final do ano chegando, muitas empresas se preparam para fazer um balanço do ano que passou. Esse balanço envolve analisar pontos negativos e pensar em estratégias para os próximos 365 dias que virão. 

Uma das áreas que concentram bastante esforços nessa tarefa é a de Recursos Humanos, afinal esta é uma área conhecida como um dos pilares que sustentam a empresa. 

Muitas pessoas pensam que o RH é apenas uma área reativa, que espera algum problema acontecer para apagar um incêndio ou só trabalha no final do mês quando a folha de ponto fecha. Mas a verdade é que, por trás de toda a burocracia, este é um setor que principalmente lida com todo o capital humano da empresa, ou seja, tudo relacionado aos funcionários sempre acaba no RH. 

Por isso, essa área tem sempre que estar alinhada com os objetivos da empresa, e uma das formas de tornar isso possível é agindo estrategicamente. É por isso que muitas organizações começam a pensar em um plano de recursos humanos. Você sabe como elaborar um?

Se não sabe, não se preocupe, pois neste texto vamos ensinar como montar esse plano da melhor forma e qual é a necessidade dele. Agora, se você já sabe como funciona, eu aviso que esse texto ainda valerá a leitura, pois traremos boas dicas que podem te ajudar no seu planejamento.  

Dá uma olhada nos assuntos principais do nosso texto:

O que é o planejamento de recursos humanos?

Para começar a te explicar o que é o planejamento de recursos humanos, vou utilizar a citação de um grande autor desta área. Segundo Chiavenato, o planejamento é uma das primeiras funções administrativas, ele consiste em determinar com antecipação quais são os objetivos da organização e quais ações deverão ser feitas para alcançá-lo.

Desta forma, o planejamento de recursos humanos visa determinar os objetivos do setor e montar um plano de ação estratégico para alcançar este objetivo. Se esse planejamento for anual, por exemplo, ele envolve a análise do ano que passou e a criação de novas metas para o novo ano. 

Perguntas como “quais são as demandas da empresa?” e “onde a empresa quer estar daqui 5 anos” estão totalmente envolvidas nesse processo de planejamento. 

Mas, antes de descobrirmos para que esse planejamento serve, precisamos saber o que faz a área de recursos humanos de uma empresa.

O que faz o setor de RH em uma empresa?

plano-de-recursos-humanos-qual-a-importancia

Esse setor está sempre aberto a diversas possibilidades. Podemos dizer que uma empresa possui diversos núcleos, e cada núcleo tem suas próprias regras e desempenham determinada atividade, certo? Então, o RH é a área que cuida da Gestão de Pessoas, ou seja, ele é responsável por todo o relacionamento das pessoas que trabalham naquela organização. 

O setor de RH precisa conhecer a empresa a fundo, entender a sua cultura, suas regras e seu funcionamento, e é por isso que podemos dizer que o profissional de RH de uma organização é aquele que sabe de tudo um pouco. 

Ele precisa entender de matemática, legislação trabalhista e até mesmo psicologia. Não é à toa que em uma faculdade de recursos humanos todas essas habilidades são exploradas.

Mas no geral, as atividades do setor de RH envolvem: contratação de pessoas, desenvolvimento, e quando não se distingue a área de RH e DP, esse setor também atua  com folha de pagamento, controle de ponto e toda a parte burocrática para manter a organização funcionando.

Com tudo isso, ainda há pessoas que não entendem o real valor dessa área. Mas eu garanto que ela deveria ser uma das mais altas prioridades da sua empresa.

Qual a importância da área de Recursos Humanos para a empresa?

Sempre que eu preciso responder qual é a importância da área de RH dentro da empresa, me vêm à cabeça aquelas grandes corporações. Sem esse setor seria impossível lidar com tantos colaboradores, não é mesmo?

A mesma coisa acontece com pequenas e médias empresas, o trabalho é tão grande que coisas da gestão de pessoas acabam passando despercebidas.

É aí que está a importância do RH, sem ele a empresa não teria como focar em todas as outras coisas e ainda se ocupar com o trato dos funcionários. O papel do RH é essencial, é preciso ter essa área extremamente focada no capital humano para garantir o sucesso da empresa. 

Ele acompanha o colaborador do ínicio ao fim de sua passagem pela organização, e está sempre alinhado com os anseios da empresa para o futuro. 

Agora, eu quero destacar aqui para você três vertentes que evidenciam ainda mais a importância desta área. 

Cuidado com o capital humano e motivação

plano-de-recursos-humanos-capital-humano

Como eu disse, muitas vezes enxergamos o RH apenas pela parte burocrática que ele desenvolve, mas uma tarefa muito importante desenvolvida por esse setor é a Gestão de Pessoas, que nada mais é do que o cuidado com os colaboradores. 

E isso envolve itens como estudos do clima organizacional e estratégias de motivação. Para isso são desenvolvidos projetos nos quais o foco principal é o bem estar e a qualidade de vida do colaborador. 

Recrutamento e Seleção

Essa talvez seja a parte pela qual esse setor é mais conhecida, afinal todos os processos seletivos de uma empresa começam no RH. Lembra que eu te disse que ele deve entender um pouco sobre cada coisa e principalmente tudo sobre a empresa?

Pois é, este profissional é capacitado para atrair perfis que estejam alinhados com a organização, e analisar cada candidato seriamente para que não seja uma escolha errada para a empresa. 

Apoio e desenvolvimento do colaborador

Depois de atrair um talento, o próximo passo é desenvolver o novo funcionário dentro da empresa. É aí que o RH entra, seja dando treinamentos aos colaboradores, promovendo alguma ação de integração, ou fazendo o próprio desenvolvimento do indivíduo na empresa.

O desenvolvimento consiste em aprimorar os conhecimentos e habilidades de um colaborador, é um processo contínuo e, conforme o colaborador se desenvolve, a empresa também ganha com isso. 

Qual a importância do planejamento na administração de recursos humanos?

Com certeza você já deve ter ouvido aquela música que diz “deixa acontecer naturalmente”. Brincadeiras a parte, a verdade é que essa frase reflete bastante a nossa realidade. 

Nós temos uma grande tendência a deixar as coisas irem acontecendo sem nos planejarmos. Mas a verdade é que quando fazemos isso na nossa vida pessoal, tanto pode dar alguma coisa certo quanto também pode dar tudo errado.

Entretanto, quando estamos falando de uma organização, a falta de planejamento pode dar bastante errado, e até mesmo trazer prejuízos financeiros. E eu sei que você está pensando em como isso afeta o RH, pensa comigo: grande parte do sucesso de uma empresa é seu capital humano, e seus colaboradores são parte crucial desse caminho. 

E qual é a área que lida diretamente com os colaboradores? A área de Recursos Humanos. Como vimos mais acima, esse setor representa a porta de entrada de uma organização, ele atrai talentos, treina e cuida para que eles permaneçam sempre em desenvolvimento na empresa.

Agora, se você acredita que essa área faz tudo isso sem nenhum planejamento, está completamente enganado. Todas essas atividades precisam ser planejadas para que a empresa não tenha prejuízos e, principalmente, para que não desperdice o tempo de seus colaboradores em ações que não trarão nenhum resultado positivo para a empresa. 

O planejamento deve estar focado em melhorias para a empresa como um todo, por isso é extremamente importante que ele dê certo para que alcance os objetivos propostos. 

Com esse plano a empresa consegue ser mais assertiva em sua gestão de pessoas, consegue antecipar problemas, eliminar perigos que prejudicam o seu clima organizacional e fortalecer a relação entre colaborador e empresa.

Ele também ajuda a empresa a se manter longe de processos trabalhistas, já que os colaboradores vão sentir que estão em uma boa organização completamente estruturada. 

Um dos planejamentos mais importantes na área de RH é o de recrutamento, e é justamente esse que vou utilizar para te mostrar como fazer um bom plano desta área. 

Como planejar recrutamento e seleção?

plano-de-recursos-humanos-planejamento

A taxa de turnover ou rotatividade dentro de uma empresa é sempre um problema. Todo colaborador que é desligado da empresa tem um custo, e se isso acontece com muita frequência, é sinal de que algo está falho no processo, seja na escolha do colaborador, ou até mesmo na capacidade de retenção de talentos. 

Por isso, o papel do RH neste momento é cuidar para que a escolha seja a melhor possível, e só é possível fazer isso através de um planejamento de recrutamento e seleção. 

O primeiro passo para esse planejamento é entender a real necessidade daquele novo colaborador, analisar o orçamento da empresa para aquela área, e saber se é possível realizar uma nova contratação neste momento. 

Depois de entender o motivo da nova contratação, o próximo passo é o desenho da vaga. Nessa etapa o RH vai precisar da ajuda do gestor da área para saber onde o novo empregado será direcionado. 

É necessário entender quais os anseios do setor para o novo membro do time, quais qualificações ela precisará ter, em que horário deverá atuar, tudo isso para que a pessoa contratada esteja de acordo com o que será exigido dela. 

Nessa etapa entra também o que será ofertado na vaga, como salário, benefícios e qual será o tipo de contratação. 

Com tudo isso definido, é hora de planejar o processo seletivo, determinar um período para cada etapa, um período para análise de currículos, entrevistas, até a finalização. 

Vale lembrar que esse processo não termina no momento em que o novo talento é encontrado. O RH ainda precisa acompanhá-lo até a sua entrada de fato na empresa, desde o preparo da documentação até o exame admissional e o período de experiência. 

Quando existe tempo para tudo isso, a chance do RH acertar na contratação são maiores, uma vez que a vaga não foi de urgência, e foi feito todo um planejamento. Então, podemos dizer que o plano de R&S envolve 5 etapas:

  • Surgimento da necessidade;
  • Desenho da vaga;
  • Requisitos e qualificações;
  • Definir quanto tempo o processo irá durar;
  • Acompanhar o colaborador desde seu início até o término da estadia na empresa.

Ao falar sobre planejamento, uma dúvida constante é sobre como isso pode ajudar a empresa a crescer. Chegou o momento de falarmos sobre isso. 

Como um plano de RH ajuda no crescimento de uma empresa?

Para uma empresa crescer de forma saudável, ela precisa evitar qualquer desperdício, e não envolve somente os desperdícios financeiros, mas também desperdício de talentos e de tempo. 

Quando a empresa faz o plano de RH, ela cria processos mais ágeis e sistematizados. Com isso sobra tempo para investir na gestão de pessoas, o que consequentemente a levará a ter uma maior produtividade e motivação dos seus colaboradores.

A boa prática de gestão de pessoas beneficia e muito os colaboradores, e quando eles se sentem bem, trarão os melhores resultados para a organização, consequentemente fazendo-a crescer. 

Mas chega de falar, vamos para a ação, o que você acredita que não possa faltar em um plano de RH?

Vamos descobrir. 

O que não pode faltar em um plano de recursos humanos

plano-de-recursos-humanos-o-que-nao-pode-faltar

Um plano de recursos humanos envolve muitos aspectos, mas se eu preciso te dizer o que não pode faltar nele, eu vou começar com os três principais passos para o planejamento. Eles são:

  • Análise anual
  • Definição de objetivos
  • Estruturação do projeto

Análise anual

Vamos começar falando da análise anual. Ela consiste em passar um pente fino no RH, saber quais foram os acertos, os erros, o que mudou na empresa de um ano para o outro, quantos colaboradores entraram ou saíram, quantos conflitos existiram, e como está o clima organizacional da empresa. 

Analisar  se a empresa sofreu alguma ação também é parte importantíssima dessa etapa, pois muitas vezes um processo trabalhista começa no RH da empresa.

Definição de objetivos

O próximo passo é a definição de objetivos. Pensar em que o setor pode melhorar, o que ele precisa deixar de fazer e quais são os projetos que serão implementados no próximo ano. 

Estruturação do projeto

Depois de todas as metas serem definidas, é hora de montar o plano de ação, a estruturação do projeto, definir papéis dentro do RH, e estipular prazos. 

Uma boa dica é dividir os objetivos em longo, médio e curto prazo. Assim, sua empresa distribui todos os objetivos ao longo do novo ano e a chance de concluir todos é maior. 

A última etapa deste processo é mobilizar os colaboradores. É extremamente importante que esse projeto não fique somente no RH, e seja disseminado para os gestores de outras áreas, assim todos ficam alinhados com os caminhos que a empresa traçará no próximo ano. 

Muita coisa, não é mesmo? Bom, ainda bem que eu preparei para você um check list do plano de recursos humanos. Para baixá-lo basta clicar no banner!

banner-21-plano-de-recursos-humanos

Mas espera um pouco, não vai embora porque ainda não acabou. Eu não posso deixar você sair desse texto sem falar sobre como a modernização do seu controle de ponto precisa estar incluída nos planos do seu RH. 

Como a modernização do controle de ponto deve fazer parte de um plano de RH

Qual é o controle de ponto que você utiliza na sua empresa? Grandes organizações já perceberam que juntar a tecnologia ao RH só tende a dar certo. Se esse ainda não é o caso da sua empresa, eu quero que você preste bastante atenção no que vou dizer agora. 

Se quando você fez a análise da situação do seu RH, problemas relacionados a: mau gerenciamento de horas extras, acúmulo de banco de horas e dificuldades no fechamento da folha de ponto apareceram, com certeza existe um gargalo no seu controle de frequência

Então o RH precisa mudar a sua estratégia, e é aí que a adoção de um controle de ponto alternativo entra. Modernizar esse controle faz com que sua gestão de ponto seja mais eficaz, evita processos trabalhistas relacionados à problemas no controle de frequência e ainda diminui o tempo de serviço do seu RH. 

Por isso, é importante inserir essa missão no seu plano. Toda mudança a ser implementada em uma empresa exige planejamento, pois, as etapas de encontrar um bom sistema envolvem pesquisas na internet, comparação de fornecedores até o fechamento. 

Mas claro, nós podemos te ajudar, criamos um ebook para que você encontre o sistema certo para sua empresa, não deixe de baixar!

banner-17-ebook-gratuito

Conclusão

plano-de-recursos-humanos-conclusao

Entendeu como o plano de recursos humanos é fundamental para o crescimento da sua empresa?

Se você colocar em prática esse plano, com certeza terá um setor muito mais estratégico e preparado para qualquer desafio. Além disso, essa previsão pode fazer a sua empresa reduzir custos. 

Outra coisa que também trará a redução de custos para seu negócio é adotar o sistema da PontoTel, por isso não perca tempo e agenda já uma demonstração!

botão-cadastre2
Rolar para cima
WhatsApp chat

Receba todas as novidades do nosso blog

Inscreva-se na nossa newsletter
e receba matérias exclusivas
no seu email

popup newsletter teste5 3 - Plano de Recursos Humanos: Ações e Como elaborar passo a passo

Não saia agora! Venha conhecer o PontoTel

O aplicativo de controle de ponto em tempo real
que você economiza tempo e dinheiro com cálculos automáticos e gestão de ponto completa.