Profissional de TI: Como atrair, contratar e reter no mercado atual

profissional de ti introducao

A área da tecnologia da informação está crescendo cada vez mais no mercado de trabalho brasileiro. Anos atrás o profissional de TI era conhecido como aquele “cara” que ficava na empresa para arrumar impressoras ou computadores que apresentassem algum problema. 

Aliás, você já deve ter visto aquele vídeo do canal Porta dos Fundos no youtube, em que o funcionário prende um profissional do TI no armário para impedir que o computador dele pare de funcionar. 

Diz a lenda que tudo volta a funcionar quando esse profissional aparece, deve ser por isso que ele tem sido cada vez mais buscado. 

Claro que isso é uma brincadeira, mas a verdade mesmo é que com o passar do tempo a área da tecnologia da informação se tornou muito mais ampla, e os profissionais dessa área estão sendo muito mais valorizados mercado de trabalho. 

O profissional de TI é conhecido por ser um tipo mais dinâmico e, via de regra, por ter um perfil difícil de contratar e reter, o que para o setor de Recursos Humanos representa um grande desafio. 

Eu presumo que se você chegou a esse artigo é porque precisa de um colaborador desses na sua empresa. 

Então, neste texto vamos falar sobre quais áreas um profissional de TI pode atuar, qual deles você está buscando e como recrutar talentos da tecnologia para sua empresa. 

Sem demora, esses são os tópicos que vamos abordar nesse texto:

O que é profissional em TI?

profissional-de-ti-o-que-e

O profissional de TI, como o próprio nome já diz, é aquele que trabalha com a tecnologia da informação. Esse é o profissional responsável pela infraestrutura informática de uma empresa, por programação e desenvolvimento de softwares e até mesmo por operar sistemas. 

Como podemos ver esse profissional já deixou de ser apenas a pessoa chamada para resolver problemas técnicos. Todas as coisas que podemos fazer pelo nosso Smartphone, por exemplo, foram criadas por alguém desta área. 

Até mesmo o sistema da PontoTel, para ele estar no ar, nossos desenvolvedores trabalham diariamente. O que para nós são apenas números e algoritmos para eles é todo um conjunto de informações. 

Por isso, profissionais desta área estão sendo cada vez mais requisitados. 

Qual o perfil do profissional de TI?

Eu sei que é muito difícil definir um perfil para um profissional, afinal, pessoas são diferentes umas das outras, e não existe um perfil único que possa definir uma área inteira.

Entretanto, na hora de atrair profissionais de TI, alguns aspectos e características devem ser analisados. 

Vamos falar sobre os diferentes perfis que esses profissionais podem ter:

  • Analítico
  • Técnico
  • Resiliente 
  • Criativo 
  • Bom relacionamento interpessoal

Analítico

Algumas áreas de tecnologia exigem uma maior capacidade analítica, e esse profissional é conhecido por observar números, fazer previsões e ter máxima atenção aos detalhes. 

Um perfil mais analítico é aquele mais centrado, até porque geralmente o cargo exige essa postura do profissional. Ele também é aquele que analisa todos os riscos antes de tomar decisões, por isso, se você está buscando um analista de sistemas para sua empresa, esse é o perfil ideal. 

profissional-de-ti-perfil-analitico

Técnico

Sabe aquela pessoa que sabe exatamente o que está fazendo? Então, a técnica também é indispensável para profissionais de TI, uma vez que o conhecimento técnico faz com que eles sejam mais práticos e façam seu trabalho com segurança. 

Além disso, ser uma pessoa técnica é ótimo para resolução de problemas fáceis, algumas vezes você pode chegar para o profissional desesperado com um problema, mas o conhecimento dele tornará a questão muito mais simples. 

Resiliente 

Alguns profissionais de TI são ótimos no quesito resiliência, e para quem trabalha nesta área essa habilidade é indispensável, afinal, não dá para perder a cabeça toda vez que alguma  coisa sair do eixo. 

Além disso, ser resiliente é ter confiança no seu trabalho e não desistir quando algo dar errado, e quando se trabalha operando sistemas, as coisas podem sair do eixo. Mas o perfil resiliente é aquele que aprende com os erros, arregaça as mangas e reúne esforços para repará-lo.

Criativo 

A criatividade com certeza é algo que você vai encontrar nesses profissionais, a capacidade de gerar novas ideias e experimentar novas soluções é uma característica nata de quem trabalha com tecnologia. Afinal, ele deve estar sempre antenado buscando novas ferramentas e novos aprendizados. 

Bom relacionamento interpessoal

Ainda existe um certo preconceito relacionado à esses profissionais, dizem que eles são pessoas fechadas e não sociáveis, mas isso é uma mentira. 

Os profissionais da área de tecnologia estão cada vez mais abertos, isso porque eles precisam lidar com diversas pessoas e não somente com seus colegas de trabalho. 

Desenvolvedores de sistemas, por exemplo, fazem constantemente reuniões de apresentação do sistema, então precisam ter boa comunicação e bom relacionamento. A criação de sistemas dificilmente ficará só na área de desenvolvimento, geralmente estão envolvidos profissionais de outras áreas, por isso, o bom relacionamento e boa comunicação são essenciais.  

Um outro ponto que derruba essa imagem de “fechadão” é que os profissionais de tecnologia participam de muitos Hackathons, aqueles eventos que reúnem diversos profissionais da área da tecnologia, programadores, desenvolvedores, a lista é longa. 

Nesses eventos um acaba conhecendo o outro, então eles acabam desenvolvendo ainda mais habilidades de comunicação. 

Por isso, na hora de buscar um profissional de TI, caso seja esse o seu caso, é necessário que ele tenha uma boa capacidade de comunicação e um bom relacionamento interpessoal.

Como atrair profissionais de TI

Como já dissemos acima, recrutamento por si só é uma tarefa difícil, mas pode ser um desafio a mais recrutar profissionais para uma área tão diferente das demais áreas da empresa. 

A área da tecnologia da informação tem muitas particularidades, e é preciso estar atento à todas elas. Por isso, para atrair esse profissional precisamos ir por partes, que são:

  • Anúncio da vaga 
  • Divulgação
  • O que sua empresa oferece
  • Entrevista

Anúncio da vaga

Um dos pontos principais do recrutamento e seleção é caprichar no anúncio da vaga, o seu anúncio precisa falar a língua dos profissionais de TI, ser direcionado para o público certo. Isso facilitará a análise dos currículos que chegarem para você. Acredite, os perfis que não se encaixam no que sua empresa procura ficarão de fora se o anúncio for muito bem criado. 

Por isso, não tenha medo de falar a língua deles no anúncio da vaga, descreva quais são os processos e as atividades que o profissional irá atuar. 

Vamos usar um exemplo, se você precisa de um desenvolvedor na sua empresa, no anúncio deve estar claro qual será a área de atuação dele e quais requisitos e conhecimentos ele precisa ter para se encaixar nessa vaga. 

Supondo que sua empresa abriu uma vaga de desenvolvedor front-end, esse profissional vai atuar na parte visível do seu sistema, na parte que o seu cliente vai ver ao usar o seu produto.

Para isso, ele precisa entender de HTML, CSS e JavaScript, eu sei você não deve fazer a menor ideia do que é isso, mas para a recrutação do seu novo talento essas linguagens de programação vão fazer total sentido no anúncio. 

O que sua empresa oferece

profissional-de-ti-o-que-a-empresa-oferece

Esse tópico faz parte do anúncio, mas aqui vamos falar além da descrição da vaga. 

Uma das coisas que não pode faltar no processo de atração do talento, é a descrição da sua empresa. Não se esqueça de contar um pouco sobre a sua organização, sobre a cultura organizacional e qual é o ramo de atuação do seu negócio. 

Algumas empresas optam por não divulgar o salário oferecido para a vaga, mas você não pode deixar de colocar qual é o tipo de contratação que você está buscando (estágio, pj, CLT), e quais são os benefícios que a sua empresa oferece. Alguns dos mais comuns são: vale alimentação, vale refeição e plano de saúde. 

E se a sua empresa possuir diferenciais, também é uma ótima ideia colocá-los nessa parte, como por exemplo plano de carreira, flexibilidade de horários e possibilidade de home office.  Todos esses podem atrair muitos talentos dessa área. 

Além disso, tem outras coisas que esses profissionais adoram são: sala de jogos, sala de descompressão, e happy hour por conta da empresa. 

Se a sua empresa oferece tudo isso, a chance de atrair profissionais aumentam demais. Depois de tudo isso feito é hora de partir para a divulgação. 

Divulgação

Se você precisa de um profissional de tecnologia, onde é que você vai encontrá-lo? Na internet, com certeza. Esses profissionais geralmente são bastante ativos nas redes, então é uma ótima ideia divulgar a vaga em grupos específicos dessa área ou em sites de recrutamento que separam vagas por nichos.

Você também pode tentar pedir indicações de seus próprios profissionais de tecnologia, eles podem conhecer alguém com o perfil que você procura, e indicações são sempre válidas. 

Essas formas de divulgação com certeza tornarão o seu processo seletivo mais rápido. Depois de analisar os currículos e separar os seus talentos, chegou a hora da entrevista.  

Entrevista

É a hora de pescar o próximo talento para sua empresa, e uma boa dica para ir testando as habilidades desse profissional antes da entrevista é propor um desafio para que ele resolva. 

Dessa forma, você garante que o novo talento da sua empresa saiba na prática as atividades que ele deverá desenvolver na organização. 

Se ele passar no teste e for para a fase da entrevista presencial, convidar alguém do seu time de tecnologia para a conversa é uma boa ferramenta para que ele possa fazer perguntas mais técnicas e mais direcionadas para o conhecimento do colaborador. 

O profissional de recrutamento percebe coisas mais comportamentais em um candidato, mas alguém da área com certeza vai perceber coisas mais técnicas e poderá passar um pouco da visão do time para atrair o novo colaborador. 

E o que se atentar no processo seletivo?

Como falamos mais acima, durante o processo seletivo é importante que além das habilidades técnicas, o profissional seja desenvolto, tenha habilidades de relacionamento e principalmente se identifique com a cultura da empresa. 

Isso por que, quando o profissional se identifica com a cultura da empresa, ele se mantém mais motivado e possui melhor desempenho. É aí que entra o profissional de recursos humanos, que vai analisar o candidato e cruzar o perfil dele com os valores e com a cultura da sua empresa

No processo de atração de um profissional de TI, também é extremamente importante que os salários sejam compatíveis com o que o mercado está oferecendo, afinal, as profissões da área de tecnologia estão entre as mais bem remuneradas do mercado. 

Vamos ver mais. 

Quanto ganha um Profissional de TI?

profissional-de-ti-quanto-ganha

Segundo o levantamento salarial feito pelo site Trampos.Co, os salários oferecidos pelas empresas à profissionais da tecnologia da informação estão na faixa de R$1.100, podendo chegar até a 10 mil reais para os cargos mais altos. 

Mas claro que nós vamos te dar uma ajudinha e separar alguns cargos desta área para você ter uma noção de quanto ganha esse profissional em todo o Brasil.

Sugestão de faixas salariais

De acordo com o site GlassDoor, a média salarial de um Programador em São Paulo por exemplo é de R$3.664,00/mês, enquanto o de um Desenvolvedor Front-End é de R$3.999,00 / mês. 

E você pode conferir mais faixas salariais em diferentes regiões do Brasil no infográfico abaixo:

Agora que você já sabe quanto ganham esses profissionais e como atraí-los, também precisa aprender a retê-los na sua empresa, afinal, o trabalho não para quando o colaborador entra na empresa. Ter uma estratégia de retenção de talentos vale muito mais apenas do que ter uma alta taxa de turnover. 

Vamos saber mais. 

Como reter Profissionais de TI?

Como eu disse logo no começo desse texto, o profissional de TI é um dos talentos que apresentam mais desafio para o setor RH quando falamos sobre índice de rotatividade. 

Reter um profissional mais dinâmico como o da área de tecnologia não é uma tarefa fácil, isso porque aspectos como boa remuneração não são o suficiente para segurar um bom profissional de TI. 

Mas então, o que fazer para reter esse profissional na sua empresa?

Uma remuneração atrativa com benefícios faz parte desse processo de retenção, mas a flexibilidade é uma palavra chave deste processo.

Claro que não são todas as empresas que podem ser mais flexíveis, porém empresas que possuem mais flexibilidade tem mais chances de acabar com a rotatividade dos profissionais desta área. 

Entretanto, isso não quer dizer que a empresa precise se adequar ao profissional para oferecer liberdade, não é isso, mas coisas como flexibilidade no horário, possibilidade de home office, mais autonomia no dia a dia, são pontos que a sua gestão pode se atentar  para manter esse colaborador na sua empresa.

Um outro aspecto importantíssimo para reter esse profissional é que eles não gostam de ambientes que não estimulem a inovação, ficar todo dia fazendo a mesma coisa é uma forma de desmotivar esse colaborador, logo a sua empresa não conseguirá segurá-lo. 

Ter um RH moderno pode funcionar como atração

profissional-de-ti-rh-moderno

Muitas pessoas pensam que tornar o RH mais tecnológico não contribui muito para atração e retenção de talentos. Mas eu vou te contar uma história que com certeza vai te convencer que um RH moderno é um dos caminhos para evitar a taxa de rotatividade na sua empresa.

Um dos nossos clientes nos disse durante uma conversa que o setor da empresa que mais tinha resistência à questões burocráticas era a área de tecnologia. E para falar a verdade, esses profissionais não gostam muito de coisas muito tradicionais. 

E você sabe como o meu cliente conseguiu enfrentar essa barreira? Inserindo ferramentas tecnológicas à processos burocráticos como a marcação de ponto, já que para esses profissionais bater ponto era algo ultrapassado sem lógica alguma. 

Entretanto, ao utilizar uma ferramenta mais moderna como o controle de ponto alternativo, os profissionais perceberam que a marcação de ponto não era mais feita como antigamente, e sim de forma rápida e intuitiva que possibilita a quebra de barreiras e mais flexibilidade. 

banner-28-startups

Conclusão

profissional-de-ti-conclusao

Eu aposto que você não imaginava que o profissional de TI envolvesse tantas áreas assim. Bom, eu espero que tenha ampliado um pouco sua visão à respeito desses colaboradores, e tenha contribuído para facilitar a sua busca por um profissional deste. 

Nesse texto nós vimos os passos mais importantes do processo seletivo de um profissional de tecnologia, como atraí-los e, melhor ainda, como retê-los na sua empresa. 

Seguindo essas dicas é certeiro que a sua busca por um profissional de TI vai ser bem sucedida.  

Aqui na PontoTel nós temos vários clientes do ramo de tecnologia, e acredite, possuir um RH moderno e uma gestão de ponto moderna faz toda a diferença. Ter um controle de ponto não quer dizer que tudo vai ser sempre quadrado, pelo contrário, tudo vai se tornar mais transparente e flexível. 

 Se quiser saber mais sobre isso, agende uma conversa com o nosso time do comercial e conheça os nossos cases

botão-cadastre2
Rolar para cima
WhatsApp chat

Receba todas as novidades do nosso blog

Inscreva-se na nossa newsletter
e receba matérias exclusivas
no seu email

popup newsletter teste5 3 - Profissional de TI: Como atrair, contratar e reter no mercado atual

Não saia agora! Venha conhecer o PontoTel

O aplicativo de controle de ponto em tempo real
que você economiza tempo e dinheiro com cálculos automáticos e gestão de ponto completa.