Como otimizar processos seletivos com um software de R&S?

imagem de duas pessoas analisando a tela de um computador

Somos TOP of Mind de RH!

Estamos entre os finalistas do prêmio Top Of Mind de RH 2021, na categoria Controle de Frequência. Agora, precisamos da sua ajuda para ir ainda mais longe e levar o prêmio. Clique aqui e vote PontoTel!

Existem muitos processos e obrigações no dia a dia de quem trabalha no setor de Recursos Humanos (RH) que antes eram manuais e levavam muito tempo para finalizar. Fechamento de folha ponto, controle de pagamentos, gestão de férias e benefícios, entrega de holerite, análise de desempenho, comunicação interna… 

Foram tantas as responsabilidades desse setor, que as transformações e o surgimento de ferramentas foram se tornando cada vez mais tecnológicas e necessárias para atender as demandas do Departamento Pessoal (DP). Com o recrutamento e seleção não foi diferente. 

Para falar dessa área tão importante para fomentar o capital humano nas empresas, convidamos a abler para explicar como otimizar processos seletivos com um software de recrutamento e seleção. Continue a leitura e descubra como desburocratizar o R&S em sua empresa. 

Um processo seletivo normalmente é composto pelas seguintes etapas: 

  1. Descrição da vaga;
  2. Publicação;
  3. Atração de talentos; 
  4. Triagem; 
  5. Entrevista;
  6. Negociação/contratação. 

Você sabia que cada uma dessas etapas pode ser automatizada, aumentando a assertividade e tornando o processo até 70% mais ágil? Vamos explicar como a tecnologia pode ajudar em cada uma delas.

Descrição da vaga: como otimizar?

Com um software para R&S, é possível criar templates para suas vagas. Dessa forma , a cada novo processo aberto, você já tem algumas informações padrões, como: nome da empresa, o que deve conter na descrição, benefícios, salário de acordo com o nível, etc. Assim, fica muito mais prático editar somente o necessário e específico da vaga que está sendo publicada. 

Também é uma vantagem quando você tem novos recrutadores que irão auxiliar no processo, mantendo o padrão da sua empresa/marca. Após a descrição da vaga, contemplando várias informações, é hora da publicação. 

Essa etapa é muito importante, por isso, é extremamente válido divulgar a oportunidade em sua empresa nos canais certos. Alcançar os melhores profissionais também conta muito nessa fase. 

Publicação da vaga: quais canais devo focar?

No momento de publicar a vaga, é comum que os recrutadores se perguntem em quais canais eles devem  publicar e, além disso, às vezes não tem conhecimento de todos os canais que existem. 

A otimização na etapa de publicação da vaga se resume em utilizar um software que tenha integrações nativas com outros portais de emprego. 

Na abler, por exemplo, em um clique você tem as suas vagas publicadas nos principais portais de emprego, como: Indeed, Glassdoor, LinkedIn, Facebook, Jooble, Jora, Google Empregos, entre outros. São mais de 30 portais de empregos em todo o Brasil!

Já imaginou ter que criar uma conta, descrever a vaga, atualizar dados e informações a cada novo processo em cada um dos portais de vaga de emprego? Levaria muito tempo e, possivelmente, você não alcançaria tantos potenciais profissionais por não ter conhecimento de todos os canais disponíveis. 

Como melhorar a atração de talentos?

A atração de talentos se refere à capacidade de atrair bons profissionais para trabalharem na sua empresa e envolve algumas boas práticas. A seguir, separamos algumas:

  • Criar uma cultura positiva dentro da organização; 
  • Employer branding;
  • Processos seletivos humanizados; 
  • Feedbacks durante o processo, entre outros. 

Na parte prática de atrair talentos, podemos citar a construção de uma página de carreiras, na qual  o recrutador(a) tem a oportunidade de contar um pouco da história da empresa. 

Para isso, ele pode falar de seus valores e cultura por meio de vídeos, fotos, depoimentos de colaboradores. Isso é positivo para candidatos e empresa, pois é uma maneira de fazer com que eles  conheçam o ambiente de trabalho, o DNA da empresa, antes mesmo de se candidatarem. 

Triagem automática de talentos: é positivo dentro do processo seletivo?

A triagem de talentos é uma tarefa que demanda bastante tempo do recrutador(a). Imagine receber currículos por e-mail, em PDF, word, diversos formatos, sem padronização nenhuma. 

Em seguida, ler todos os documentos e, só então, filtrar e salvar os que realmente estão qualificados para uma segunda etapa. Só nesse processo pode haver retrabalhos, tempo perdido, erro humano de leitura/análise e até entrevistas desnecessárias. 

Por isso, a triagem automática elimina justamente esses pontos e foca em candidatos potenciais com uso da tecnologia e inteligência artificial. É simples: conforme os requisitos do processo e as informações que o candidato preenche em seu currículo, é gerado o “match”. 

Essa inteligência artificial é vista com bons olhos por recrutadores ao analisar qual software optar. Outro benefício de softwares de recrutamento e seleção com funcionalidades tecnológicas é se dispõe de ferramentas adicionais, como por exemplo para uma entrevista online.

Entrevista online em processos seletivos

O modelo de recrutamento 100% digital foi impulsionado devido ao momento que estamos passando, no qual  muitas empresas passaram a adotar o home office como prática, incluindo em suas ofertas de vagas de emprego o modelo remoto. 

Sendo assim, as entrevistas também passaram a ser feitas de maneira online. 

As vantagens de incluir a entrevista online em processos seletivos são várias, e variam entre o aumento da eficiência, dinamismo no processo e fortalecimento do employer branding.

Sem contar em como uma entrevista online pode aumentar a produtividade do time (desde o profissional de RH até os envolvidos no processo que também podem aplicar testes e avaliar via entrevista online).

Além disso, também reduz custos com deslocamento, permite alcançar e entrevistar candidatos de qualquer parte do mundo, auxilia etapas anteriores e favorece a análise futura. 

Com isso, é possível reduzir o time to fill (tempo para preencher uma vaga), que é um dos principais indicadores do recrutamento e seleção.

Quais outras atividades do RH podem ser otimizadas?

Contratação e Onboarding de colaborador

Encontramos o profissional ideal. E agora? 

Bom, quando você chega na  etapa de negociação, envio de documentos e contratação, é importante manter o profissionalismo e garantir a proteção de dados do novo profissional. 

Contar com um software que faça o cadastro do profissional de maneira correta e segura, é fundamental. 

Controle de ponto e jornada

Outra maneira de manter o alinhamento entre as obrigações do colaborador e o RH, é a utilização de um sistema que gerencie e facilite a gestão do ponto. Assim é muito mais simples ter o controle da jornada dos seus colaboradores de forma prática e segura. 

Você já deve conhecer nosso sistema de controle de ponto, que tem um aplicativo de ponto eletrônico. Com esse aplicativo, o RH pode fazer o acompanhamento da jornada de trabalho dos colaboradores, de onde quiser e a qualquer momento. 

banner pontotel controle de ponto online

Conclusão

Agora que você já sabe como automatizar algumas das atividades do RH, lembre-se de procurar ao máximo aproveitar dessas ferramentas em todas as etapas do ciclo de novas contratações, desde o recrutamento e seleção até a gestão e controle de ponto quando um novo colaborador passa a fazer parte da sua equipe. 

Se você deseja automatizar e tornar o recrutamento e seleção em sua empresa mais assertivo, faça um teste grátis da plataforma abler! 

Este conteúdo foi produzido em parceria com o time da Abler!

Compartilhe em suas redes!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Rolar para cima