17 ODS: O que é, a importância e como as empresas podem contribuir no dia a dia

imagem de um grupo de pessoas em um círculo estendendo as mãos no centro

É possível notar que muitas ações do homem tem refletido negativamente na natureza e na sociedade. Mudança de clima, desigualdade social, desemprego, entre outros, são alguns dos problemas que a sociedade vem enfrentando.

Por isso, os governantes viram a necessidade de criar medidas para reduzir os impactos causados pelas empresas no ambiente e na população.

Dessa forma, surgiram os 17 ODS: objetivos de desenvolvimento sustentável. Os ODS são um conjunto de ações que visam acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e garantir paz entre as pessoas.

Essas diretrizes definem o comportamento de 193 países membros da ONU, que devem cumprir a agenda 2030.

Mas, você sabe o que são os ODS e como as empresas podem ajudar a cumprir essas metas?

Pensando nisso, preparamos esse artigo para você entender mais sobre esse assunto! Veja o que será abordado:

Quer saber mais? Continue acompanhando!

software controle de ponto reduz processos operacionais

O que são os 17 ODS?

imagem da bandeira da ONU

Em 2015, houve uma reunião entre chefes de estado na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York, dessa reunião foi marcado o lançamento da agenda 2030.

Essa agenda tem o objetivo de promover uma melhor qualidade de vida para a sociedade e elevar a capacidade de desenvolvimento mundial.

Para tanto, foram criados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com 169 metas a serem cumpridas.

Os ODS são um conjunto de normas e ações que tem o objetivo de erradicar a pobreza, proteger o meio ambiente e garantir a paz para toda a sociedade. 

Desse modo, o ODS teve grande impacto na sociedade e nas organizações.

Quais são esses 17 objetivos?

Diante da importância desse tema para as sociedades e para as organizações, vamos conhecer mais a fundo quais são as 17 ODS.

Erradicar a pobreza

ODS 1: “Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares”.

É considerado como pobreza, qualquer situação onde as pessoas não tenham acesso aos serviços básicos como: saneamento, água potável, energia, saúde e educação. 

Dessa forma, as organizações têm o papel de desenvolver produtos e serviços que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Erradicar a fome

ODS 2: “Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável”.

A fome é um dos aspectos relacionados à pobreza. Assim, o objetivo dessa ODS é tratar questões ligadas à nutrição e à qualidade dos alimentos.

Desse modo, torna-se importante garantir que todos tenham acesso a alimentos nutritivos e de boa qualidade, pois o objetivo é evitar não só a fome, mas a má-nutrição.

O papel das organizações é apoiar pequenos produtores e a agricultura familiar.

Saúde de qualidade

ODS 3: “Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades”.

O foco do ODS 3, está voltado para a saúde e o bem-estar dos cidadãos. Assim, ele consiste em desenvolver ações que contribuem para que as pessoas vivam mais e com melhor qualidade.

Esse é um tópico complexo, pois a saúde é composta por diversos fatores como nutrição, alimentação saudável, acesso à água potável, entre outros.

Assim, as empresas devem incentivar os colaboradores a terem hábitos mais saudáveis e proporcionar o acesso à saúde de qualidade.

Educação de Qualidade

ODS 4: “Assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos”.

O quarto ODS, reconhece a importância de fornecer uma educação inclusiva e igualitária para a população. 

Dessa forma, os gestores devem garantir que os colaboradores tenham acesso a treinamentos profissionais e oportunidades de aprendizado na organização.

Igualdade de gênero

ODS 5: “Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.

O foco do ODS 5 é criar medidas que visam o fim da discriminação e violência contra as mulheres. 

Além disso, é necessário garantir que as mulheres tenham direitos iguais a recursos econômicos, serviços financeiros, heranças e recursos naturais.

Portanto, é necessário que as mulheres sejam tratadas de forma justa e igualitária e tenham as mesmas oportunidades de crescimento, cargos e salários.

Água Potável e Saneamento

ODS 6: “Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e do saneamento para todos”.

A água é um item essencial para o desenvolvimento dos seres humanos e todos devem ter acesso a ela.

As empresas devem desenvolver estratégias de gestão de água que não impactem o meio ambiente e que também sejam economicamente benéficas para a região onde a empresa atua.

Energias renováveis e acessíveis

ODS 7: “Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos”.

Esse ODS é responsável por garantir que a população tenha acesso a diferentes tipos de energia, como renováveis, eficientes e não poluentes. 

Desse modo, as empresas conseguem aumentar sua capacidade energética e utilizar fontes renováveis, evitando impactos no meio ambiente.

Trabalho digno e crescimento econômico

ODS 8: “Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno, produtivo e trabalho decente para todos”.

O ODS 8 trata de questões voltadas ao desemprego, carga excessiva de trabalho, trabalho infantil, escravo, entre outros.

É obrigação das empresas gerar condições de empregos decentes e formais para os funcionários. 

Igualdade de gênero

ODS 5: “Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.

O foco do ODS 5 é criar medidas que visam o fim da discriminação e violência contra as mulheres. 

Além disso, é necessário garantir que as mulheres tenham direitos iguais a recursos econômicos, serviços financeiros, heranças e recursos naturais.

Portanto, é necessário que as mulheres sejam tratadas de forma justa e igualitária e tenham as mesmas oportunidades de crescimento, cargos e salários.

Água Potável e Saneamento

ODS 6: “Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e do saneamento para todos”.

A água é um item essencial para o desenvolvimento dos seres humanos e todos devem ter acesso a ela.

As empresas devem desenvolver estratégias de gestão de água que não impactem o meio ambiente e que também sejam economicamente benéficas para a região onde a empresa atua.

Energias renováveis e acessíveis

ODS 7: “Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos”.

Esse ODS é responsável por garantir que a população tenha acesso a diferentes tipos de energia, como renováveis, eficientes e não poluentes. 

Desse modo, as empresas conseguem aumentar sua capacidade energética e utilizar fontes renováveis, evitando impactos no meio ambiente.

Trabalho digno e crescimento econômico

ODS 8: “Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno, produtivo e trabalho decente para todos”.

O ODS 8 trata de questões voltadas ao desemprego, carga excessiva de trabalho, trabalho infantil, escravo, entre outros.

É obrigação das empresas gerar condições de empregos decentes e formais para os funcionários. 

Indústria, inovação e infraestrutura

imagem de cinco blocos de madeira ao redor de uma lâmpada

ODS 9: “Construir infra estruturas robustas, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação”.

Esse ODS trata questões que garantam acesso a recursos para se conectar com o resto do mundo. Isso inclui, transporte, sistemas da informação, internet, etc.

As organizações devem investir em tecnologias para desenvolver uma infraestrutura sustentável e moderna para a população.

Redução das desigualdades

ODS 10: “Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles”.

Já o ODS 10, trata de questões relacionadas à desigualdade. Por isso, o principal objetivo é reduzir a distância que separa os mais ricos dos mais pobres.

Desse modo, as organizações devem criar medidas que atendam a necessidade da população mais desfavorecida. 

Cidades e comunidades sustentáveis

ODS 11: “Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resistentes e sustentáveis”.

É importante tornar as cidades e os locais públicos mais humanos, inclusivos, seguros e sustentáveis.

Por isso, as empresas devem se preocupar com o deslocamento de seus funcionários, principalmente dos PCD.

Consumo e produção responsáveis

ODS 12: “Assegurar padrões de produção e de consumo sustentável”.

O objetivo da ODS 12 é cuidar da cadeia de suprimentos e como a sociedade usufrui dela. 

Por exemplo, a produção e o consumo têm ocorrido de forma exagerada nos últimos anos e isso gera um aumento do desperdício e acúmulo de lixo.

Portanto, é necessário produzir somente o que será consumido, para reduzir o impacto causado no meio ambiente.

Ação contra a mudança global do clima

ODS 13: “Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos”.

A mudança do clima é um problema que reflete na vida das pessoas e nas organizações. Por isso, o foco é voltado para ações que visam combater a mudança do clima e seus impactos.

As organizações devem criar políticas para reduzir a emissão de poluentes ao meio ambiente.

Vida na água

ODS 14: “Conservar e usar sustentavelmente os oceanos, os mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável”.

Muitas cidades jogam esgotos, resíduos industriais e sólidos, direto no mar. Porém, isso prejudica a vida marinha.

Portanto, o objetivo deve ser criar medidas que protejam os oceanos e a vida costeira.

Vida terrestre

ODS 15: “Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade”.

Como dito, esse ODS é responsável por preservar os ecossistemas e as florestas que existem. 

Além disso, ele também deve cuidar dos danos causados e evitar o desmatamento das florestas.

Paz, justiça e instituições eficazes

ODS 16: “Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis”.

Aqui é importante que nenhum grupo da sociedade seja excluído e que os governos tratem todos com igualdade.

Também é necessário combater a corrupção e garantir que todos tenham acesso a informações de qualidade.

Parcerias e meios de implementação

ODS 17: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”.

Por último, as empresas devem criar meios para desenvolver e fortalecer parcerias que vão ajudar a cumprir os objetivos do desenvolvimento sustentável.

Até quando essas metas precisam ser cumpridas?

A reunião feita em 2015 na ONU, determinou que as ODS devem ser cumpridas pelos países participantes até 2030.

Por isso, existem 169 metas que precisam ser alcançadas e 232 indicadores que demonstram a importância de tornar o mundo mais sustentável.

Quais são os 5 componentes principais da Agenda 2030?

A agenda 2030 entende que existem 5 áreas essenciais para que a sociedade se desenvolva de forma saudável e sustentável. Vamos conhecer cada um deles a seguir.

Pessoas

O objetivo é acabar com a fome universal e garantir que os seres humanos tenham dignidade e igualdade.

Prosperidade

Esse tópico deve assegurar que todos tenham uma vida próspera e plena de realizações pessoais. Além disso, o progresso econômico da sociedade deve ocorrer de forma sustentável.

Paz

Promover uma sociedade pacífica e justa, mais inclusiva e livre da violência. A sociedade não pode se desenvolver sem haver paz e não há paz sem desenvolvimento sustentável.

Parcerias

Colocar em prática as medidas da agenda, através de parcerias globais, que estejam voltadas para a solidariedade e preocupadas com os desfavorecidos.

Planeta

Por último, é preciso estar preocupado com a degradação do planeta, protegendo os recursos naturais e o clima. Assim, o planeta estará preservado para as próximas gerações.

Qual o papel das empresas no 17 ODS?

imagem de um homem segurando uma lâmpada verde com uma mulher olhando ao seu lado

Como vimos até aqui, as empresas privadas possuem um papel importante no cumprimento dos 17 objetivos da ODS.

Pois, elas são responsáveis pelo desenvolvimento tecnológico, inovações e os recursos que impactam o meio ambiente e a sociedade.

Por isso, as organizações devem crescer economicamente, porém, devem cumprir os 17 ODS para reduzir o impacto causado na população e garantir que a sua atuação seja mais sustentável.

Empresas brasileiras engajadas com a agenda de 2030

Vamos conhecer quais empresas brasileiras estão mais engajadas com as medidas da agenda 2030 e os que elas têm implementado no dia a dia.

Unilever

A Unilever tem criado ações que visam minimizar os danos causados ao planeta. Para isso, a empresa tem utilizado fontes de energias renováveis, reformulando os produtos para serem a base de plantas (como produtos veganos).

Além disso, ela tem buscado melhorar e promover a saúde, a confiança e o bem-estar dos colaboradores e das pessoas. 

Natura

A Natura tem desenvolvido várias ações voltadas para a sustentabilidade. Em alguns casos, os lucros arrecadados nas ações são voltados para projetos sociais, como melhoria da qualidade da educação pública.

Além disso, a empresa também se preocupa com o desenvolvimento educacional de seus funcionários, oferecendo bolsas de estudos parciais e integrais.

E em 2016, 96% do consumo de energia da empresa teve origem em fontes renováveis.

Grupo Boticário

O grupo boticário é uma das empresas que mais realiza projetos ambientais na América Latina, ela já beneficiou mais de 1.500 projetos que favorecem muitas espécies animais.

A empresa também mantém áreas florestais protegidas, onde já foram feitas mais de 100 pesquisas científicas, que contribuem para o avanço da ciência.

Conclusão

Ao longo deste artigo foi possível compreender a importância dos 17 objetivos da ONU. Eles buscam tornar as ações das empresas mais sustentáveis e fazer com que todos reflitam sobre os danos que a sociedade está causando ao meio ambiente.

O principal objetivo da agenda 2030 é que as empresas, os países e as sociedades busquem alternativas para crescer e se desenvolver de forma mais sustentável e saudável.

Contudo, os ODS também buscam mais igualdade, acessibilidade e justiça para todos. E o foco principal é acabar com a pobreza e garantir que todas as pessoas tenham seus direitos garantidos.

Assim, é necessário que todos adotem as medidas para que o Brasil consiga cumprir os objetivos da ONU e bater as metas da agenda 2030.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com os amigos e aproveite para acessar outros conteúdos no blog da PontoTel!

banner como resolvemos problemas no controle de jornada

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima