Avaliação de desempenho de vendedores: 3 tipos de KPIs para acompanhar

imagem de uma tela com gráficos

A avaliação de desempenho de vendedores é uma metodologia de acompanhamento que visa identificar possíveis problemas e falhas no processo de prospecção e vendas, sejam elas relacionadas a vendedores específicos ou ao setor de maneira geral. Geralmente, é feito pelo setor de Gestão de Pessoas em parceria com os gestores de vendas. 

Ao identificar quais são as falhas e limitações da sua equipe de vendas, é possível agir estrategicamente para solucionar esses problemas.

Uma confusão muito comum entre os gestores de vendas é entender a avaliação de desempenho como um acompanhamento das metas definidas para cada colaborador.

Por mais que o termo “desempenho” esteja relacionado a resultado, ele também está intimamente ligado ao comportamento e rendimento do profissional, que por sua vez pode – e deve – ser medido através de uma avaliação de desempenho de vendedores mais completa. 

Mas, então, o que acompanhar em uma avaliação de desempenho? É sobre isso que falaremos a seguir. Confira!

Avaliação de desempenho de vendedores: como fazer?

A nossa primeira dica é que você acompanhe um modelo de avaliação de desempenho de vendedores. Ele vai te ajudar a definir o que deve ser medido, sem que seu gestor perca nenhum critério relevante de vista. 

Depois disso, é importante que você tenha em mente que seus vendedores devem ser avaliados de acordo com:

  • Resultados de vendas, por meio do acompanhamento de KPIs de vendas individuais e coletivos; 
  • Comportamento diante do cliente e do restante da equipe;
  • Produtividade em relação a realização das atividades de vendas e prospecção. 

Avaliação por meio de resultados

O que o vendedor entrega de acordo com a meta estabelecida? Ele bate a meta? Ele tem facilidade para converter mais clientes, mas com menores tickets médios

Qual é o tempo de ciclo de venda médio de cada venda desse vendedor? Qual é o tempo médio do restante da equipe? Qual é o tempo ideal? 

A gestão da força de vendas está, com toda certeza, relacionada à capacidade do vendedor de atender bons índices dentro dos principais indicadores de vendas usados por sua empresa. 

Como dissemos acima, fazer uma avaliação de desempenho é fundamentalmente analisar os resultados alcançados pelos vendedores, mas não é só isso. 

Entre as principais métricas de vendas que podem ser usadas para uma avaliação de desempenho de vendedores estão:

  • Número de oportunidades abertas;
  • Número de oportunidades encerradas;
  • Ticket médio;
  • Lifetime Value (LTV);
  • Receita Recorrente Mensal (MRR);
  • Tempo médio de venda;
  • Tempo de resposta;  
  • Taxa de follow up;
  • Taxa de conversão;
  • Ciclo de venda;
  • Receita por vendedor. 

Faça o acompanhamento desses KPIs por vendedor e inclua os resultados na avaliação de desempenho individual e também como comparativo entres os resultados alcançados por cada profissional. 

Avaliação por comportamento

A avaliação por comportamento pode ser realizada por meio de avaliações 360º, por exemplo. 

Nela o funcionário é avaliado por diferentes pessoas ligadas à empresa, como seus colegas, clientes, estagiários e superiores.

Essa abordagem permite uma visão sobre o desempenho do profissional,em relação a diferentes critérios comportamentais como:

  • Trabalho em equipe; 
  • Proatividade; 
  • Capacidade de inovar; 
  • Empatia; 
  • Colaboração e mais. 

Todos esses comportamentos são fundamentais para o vendedor de uma empresa, seja no relacionamento com os colegas de trabalho ou com os clientes. 

Vendedores rudes e agressivos perderam espaço nos últimos anos, e saber conviver, ouvir e colaborar são elementos fundamentais para resultados eficazes do setor. 

Além disso, um profissional que não sabe trabalhar em equipe ou que não se mostra parte dela é prejudicial para a motivação dos demais do time, resultando, por exemplo, em um clima organizacional ruim e na, consequente, queda de produtividade do restante da equipe.  

Esse tipo de comportamento pode ser identificado e reparado por meio da avaliação de desempenho de vendedores.

Avaliação por produtividade em relação a realização das atividades

Seja Inside Sales, Field Sales, um mix desses dois modelos ou outra forma de prospecção e venda, um vendedor tem uma lista de atividades a executar para conseguir contato com o potencial cliente e estabelecer um relacionamento com o prospect até a negociação e venda.

Tarefas como ligações telefônicas são importantes, porque são elas que geram agendamento de reuniões e são os agendamentos que geram vendas. 

É um ciclo, e não realizar todas as etapas dele vai prejudicar o resultado final. 

Medir o desempenho em tarefas como seguir as etapas da cadência, número de ligações telefônicas, envio de e-mails, contato de follow-up ajuda o gestor a identificar onde cada profissional está falhando e permite que ele haja cirurgicamente, arrancando o mau pela raíz ao “cobrar” o funcionário pela tarefa em que ele está em falta. 

Entre as atividades de vendas que deve ser acompanhadas na avaliação de desempenho dos vendedores estão: 

  • Volume de leads qualificados;
  • Número de ligações e e-mails diários;
  • Reuniões agendadas e realizadas;
  • Propostas enviadas; 
  • Follow-ups realizados; 
  • Demos agendadas e realizadas e mais. 

Acompanhar o CRM de vendas vai contribuir para a captação de todos os dados e indicadores que indicamos acima, por isso, essa é uma ferramenta de vendas indispensável para um excelente resultado na área. 

Como melhorar o desempenho e alcançar a alta performance?

Em resumo, se a sua empresa busca pela criação de uma equipe de alta performance em vendas é fundamental começar desde a contratação dos profissionais que vão integrar o seu time e, principalmente, desenvolver uma política de treinamento contínua de profissionais. 

É fundamental entender o que a avaliação de desempenho, e os números presentes nela, diz sobre onde concentrar seus esforços para resolver falhas e otimizar processos.

De maneira geral, indicamos oito passos para ampliar o desempenho da sua equipe de vendas: 

  1. Saiba recrutar bons vendedores;
  2. Tenha processos claros e com etapas bem definidas;
  3. Invista em treinamentos e capacitação do time de vendas;
  4. Estabeleça metas desafiadoras;
  5. Ofereça feedbacks à equipe;
  6. Reconheça e valorize os vendedores;
  7. Realize avaliação de desempenho de vendedores periodicamente;
  8. Acompanhe suas métricas de vendas. 

Este artigo foi escrito pela Zendesk que conta com uma série de ferramentas de vendas e atendimento criadas não apenas para engajar seus clientes, mas também vendedores e equipes de suporte, por meio de sistemas como um CRM de vendas completo. Conheça um pouco mais sobre elas fazendo uma avaliação grátis do Zendesk.

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima