Conheça a North Star Metric e saiba como encontrar a da sua empresa!

imagem de um céu estrelado com uma estrela brilhando mais forte

Você já ouviu falar no conceito North Star Metric? E não, não estamos falando do clássico Star Trek.  Ainda pouco conhecida em nosso país, essa é uma métrica que funciona como uma espécie de bússola, fornecendo uma direção alinhada para os gestores.

Para dar início a este tema, vale frisar que o propósito do North Star Metric se baseia  em definir uma métrica que seja crucial para o negócio, que conecte todos os times (principalmente com a visão e missão do negócio) e nela todos façam um grande esforço. 

Incrível, não?!

Se você quer aprimorar a gestão da sua empresa, aplicando uma técnica com eficácia comprovada por companhias como Uber, Amazon e Netflix, esse artigo foi feito especialmente para você. Veja os principais assuntos:

Boa leitura!

controle jornada home office

O que é o North Star Metric?

imagem de uma pessoa apontando para um céu estrelado

Nos dias de hoje, gestores dos mais diversos setores precisam lidar com uma série de métricas e nem sempre é fácil definir qual é mais importante de ser acompanhada – ou qual é aquela que indica uma informação crucial para a tomada de decisão. 

E, é nesse ponto que a North Star Metric entra como grande divisor de águas! 

Também conhecida como Métrica das Estrelas, a North Star Metric (NSM) pode ser entendida como “a única métrica que importa” e é aquela que melhor captura o principal valor do produto ou serviço entregue aos consumidores. Melhorar a NSM é uma forma valiosa para a empresa focar no crescimento sustentável e duradouro.

Como você pode notar, a NSM é uma métrica que resume todas as outras, ou seja, ela demonstra o principal valor do produto.

Para exemplificar podemos pensar no Facebook: sendo uma rede social, a melhor forma de saber se as pessoas estão usando e aprovando suas funcionalidades é analisando o número de usuários e quantas pessoas se envolvem com o Facebook todos os dias.

Onde surgiu o conceito?

Criado pelas empresas do Vale do Silício, o North Star Metric (NSM), o conceito ajuda as companhias a descobrir o “caminho das pedras”!

Com base nos antigos navegadores que utilizavam as estrelas para se orientar, o NSM ajuda a manter o time em busca de um objetivo único, facilitando a comunicação e o crescimento exponencial que startups enfrentam.

Também chamada de “Única Métrica que Importa”, é a métrica que melhor representa a geração de valor e, consequentemente, o crescimento do seu negócio.

Muitos também definem a NSM como técnica Estrela Guia, oriunda da definição de Polaris, estrela mais brilhante da constelação Ursa Menor – também conhecida como estrela do norte ou estrela polar. 

Ela sempre vai indicar que você está rumando para o norte. Por esse motivo, sempre serviu para nortear e indicar o caminho para os navegantes. Quando pensamos em Métrica Estrela Guia, essa é a ideia: nortear o seu negócio e ser a indicadora das suas ações.

Quais os elementos da North Star Metric?

Além da métrica, o NSM inclui um conjunto de inputs primários que atuam coletivamente como fatores que impactam a métrica. As equipes de produtos (e outras áreas de negócio) podem influenciar diretamente esses inputs com seus trabalhos diários.

Essa combinação de métrica principal e inputs serve a três propósitos críticos:

  • Ajudar a priorizar e acelerar a tomada de decisões (informada, mas descentralizada);
  • Ajudar no alinhamento e comunicação dos times;
  • Permitir que as equipes se concentrem no impacto e no crescimento sustentável liderado por produtos.

Para te ajudar a entender e definir qual será a North Star Metric da sua empresa, apresentamos abaixo uma lista de tópicos que ela deve atender. Confira:

  1. Expressa valor. Deve gerar valor para os clientes.
  2. Representa visão e estratégia. É imprescindível que esteja ligada à visão do produto, assim como à estratégia do negócio
  3. É um indicador de sucesso. Prevê resultados futuros, em vez de refletir resultados passados. 
  4. É acionável. A empresa pode tomar medidas para influenciá-lo. 
  5. É compreensível. Está estruturado em uma linguagem simples que a pessoa menos técnica da empresa consegue entender.
  6. É mensurável. Tem que ter meios de ser acompanhada. 
  7. Não é uma métrica de vaidade. Quando muda, podemos ter certeza de que a mudança é significativa e valiosa, em vez de ser algo que não prediz sucesso a longo prazo – mesmo que faça a equipe se sentir bem consigo mesma.

Exemplos de empresas que utilizam métrica North Star Metric

Melhor do que aprender uma técnica na teoria, é conhecer os famosos cases de sucesso, no qual conseguimos mensurar os resultados de forma palpável. Confira o tipo de North Star Metric utilizada nas maiores e mais bem-sucedidas empresas do mundo:

  • Amazon: compras únicas por assinante;
  • Facebook: usuários ativos diariamente;
  • Airbnb: número de noites reservadas;
  • Uber: total de corridas diárias;
  • Netflix: tempo que o usuário fica na plataforma assistindo aos conteúdos;
  • Walmart: compras por usuário ou seções visitadas;
  • Medium: total de tempo de leitura por usuário;
  • Spotify: tempo que um usuário gasta ouvindo músicas na plataforma;
  • Whatsapp: número de mensagens enviadas por usuário.

Qual a vantagem da North Star Metric?

Com uma North Star Metric bem definida e orientada, é mais fácil para os gestores analisarem todos os seus setores de uma só vez, compreendendo o que realmente importa para a empresa e como melhorar a entrega de valor para os clientes, o que acabará influenciando em todas as outras métricas, como número de vendas, novos clientes, fidelização etc.

A NSM, portanto, é um verdadeiro indicador do sucesso da empresa. Afinal, ela ajuda a alinhar todas as equipes em torno de um mesmo objetivo. Mas para que ela funcione, é indispensável que haja uma cultura flexível e ferramentas de análise adequadas que permitam que as equipes entenderem se estão caminhando no rumo certo.

Ao falar em vantagem, a principal delas, oferecida tanto aos gestores quanto às equipes, é o foco. Com uma NSM bem estruturada, você evitará perder tempo em inúmeras análises e variáveis, focando seus esforços para o que realmente importa.

Todas as empresas podem utilizar essa métrica?

No mercado, o termo North Star Metric ecoou pelo Vale do Silício, sendo utilizado por diversas empresas, sobretudo as companhias de tecnologia, em crescimento exponencial.

Podemos dizer que, de todas as métricas do negócio, a North Star Metric é a mais abrangente, alinhando todas as demais. Ela envolve principalmente os dados quantitativos que mostram o desempenho das ações e das estratégias empresariais, mas com a atenção voltada para o cliente. 

Sendo assim, se sua empresa tem foco em clientes, você pode identificar os pontos, identificar e aplicar a NSM em sua rotina.

Como encontrar a North Star Metric da minha empresa?

imagem de uma pessoa fazendo anotações em um caderno

Uma forma de descobrir a North Star Metric do seu negócio, é compreender o valor que seus clientes mais fiéis irão obter com a utilização do seu produto. Depois, tente qualificar esses valores em uma única métrica. 

Claro que há mais de uma métrica para isso, mas tente resumi-la em uma, que essa métrica central será denominada a NSM (a North Star), analogia referente à estrela guia utilizada historicamente pelos navegantes do hemisfério norte.

Ter uma “métrica central” é buscar focar o valor gerado para o cliente em uma única métrica. O que é fundamental de compreender e que por vezes gera confusão é que, sim, todas essas organizações se utilizam de outros indicadores de desempenho para se guiar, apesar de terem uma NSM. 

Em alguns casos, o conceito é mal compreendido e empreendedores, ao se depararem com ele, acham que só precisam definir uma métrica e será o suficiente para alavancar uma operação.

Na verdade não é bem por aí: o objetivo é ter um número de referência, consequência do resultado de um conjunto de ações e de outros indicadores da empresa, que devem ser acompanhados. Basicamente, o intuito é ter uma métrica-central para ficar bem claro o que fazer em determinados momentos quando se há dúvidas de qual caminho tomar.

Por isso, é necessário muito conhecimento sobre seus clientes e a forma de utilizar seus produtos, incluindo o valor agregado ao que se vende. A partir dessas informações, você será capaz de definir sua métrica, pensando em algo que realmente seja estratégico para o seu negócio.

Conclusão 

Chegamos ao fim desse texto, e queremos saber: você aprendeu a identificar e colocar em prática as técnicas para descobrir a “estrela guia” da sua empresa?

Ao longo deste conteúdo, aprendemos sobre o conceito da North Star Metric (NSM), sua origem, elementos que embasam a técnica e por quê a sua empresa deve utilizá-la. Para entender, na prática, o sucesso da NSM, conhecemos grandes exemplos de sucesso na aplicação da técnica, como Amazon e Netflix.

Quando falamos em gestão e soluções eficazes na rotina das companhias, ter um suporte digital para o gerenciamento de colaboradores como o software PontoTel pode agregar diversas vantagens na rotina, ainda mais no caso do controle de jornada.

Quer saber como ele funciona na prática? Não esqueça de realizar uma demonstração, é gratuita!

próximos passos pontotel comercial
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima