Como escrever um bom objetivo profissional para o currículo

objetivo-profissional-introducao
Modificado em

Você sabia que ter um bom objetivo profissional pode fazer toda a diferença na sua participação em um processo de recrutamento e seleção?

Toda vez que uma empresa abre um processo seletivo, o departamento de recursos humanos recebe uma grande quantidade de currículos a serem analisados. 

O problema, contudo, é que muitas vezes não há como analisar completamente cada um desses documentos, e a forma como esse documento é organizado acaba influenciando - e muito - nessa análise.

Em uma pesquisa realizada pela Catho, por exemplo, 30% dos 400 recrutadores entrevistados afirmaram que demoram entre 6 e 10 segundos para descartar um currículo.

Então, a grande pergunta que surge é: o que fazer para que meu currículo chame a atenção do recrutador?

Bom, existem várias formas de organizar e sintetizar um currículo para fazer com que ele se destaque, e posso garantir que em todas elas, um dos itens que deve receber máxima atenção é o objetivo profissional.

Esse objetivo é visto como um grande diferencial por vários recrutadores, pois além de ser um dos primeiros dados que é analisado no currículo, quando bem estruturado, ele pode fazer toda a diferença para que você seja selecionado para participar do processo seletivo.

Por isso, neste texto, você saberá como elaborar o seu objetivo profissional, onde ele deve estar localizado no currículo, e principalmente, como construir esse documento.

Confira os tópicos que serão abordados:

Antes de explicar sobre o objetivo profissional, vamos entender mais sobre o currículo.

O que é um currículo

objetivo profissional no curriculo - Como escrever um bom objetivo profissional para o currículo

Em uma definição muito simples, podemos dizer que o currículo é um documento que resume a carreira profissional de uma pessoa. Sua palavra deriva do latim curriculum vitae, que em português, pode ser entendido como trajetória da vida.

Também conhecido como CV, esse documento é extremamente importante no mundo corporativo, principalmente diante do cenário de grande competitividade. De acordo com a gerente da Catho, Tabitha Laurino: 

"É importante revisá-lo e sempre mantê-lo atualizado, buscando identificar pontos que sempre podem ser melhorados e valorizar seu perfil profissional. Pecar nesse documento diante de tantas ferramentas de auxílio é inadmissível para os recrutadores".

Dessa forma, podemos dizer que ter um currículo bem estruturado é fundamental para garantir que o candidato seja selecionado para um processo seletivo. Mas afinal, quais itens devem estar presentes nele?

Estrutura do currículo

Todo currículo deve ter algumas informações básicas que são importantes para que a empresa saiba o perfil do candidato, o que ele busca profissionalmente, e se possui as habilidades desejadas para a vaga em questão.

Confira a seguir um breve resumo dos principais itens que devem estar presentes:

  • Dados pessoais (nome, telefone, e-mail, endereço)
  • Objetivo
  • Formação acadêmica (nome da faculdade, curso, e ano de conclusão)
  • Idiomas (assim como o grau de fluência em cada um deles)
  • Experiências profissionais (nome da empresa, função exercida, tempo de permanência)
  • Habilidades e competências

Essa é a estrutura básica e mais comum de um currículo. Claro que todos os itens desse documento são importantes, mas neste texto, o foco será o objetivo profissional, que como disse mais acima, pode fazer toda a diferença para que você seja selecionado para uma entrevista.

O que é um objetivo profissional

O objetivo profissional é um dos campos mais importantes do currículo, pois é nele que o profissional deve colocar sua área de atuação, e o que procura em uma oportunidade de trabalho.

Em outras palavras, ele deve deixar claro as expectativas daquele profissional, para que o recrutador saiba se o candidato está alinhado ao que é procurado pela contratante.

Mas cuidado! O objetivo profissional deve ser algo simples e resumido, ter entre 1 e 2 linhas no máximo, e deve aparecer logo no começo do currículo.

Agora, o grande problema que muitos trabalhadores têm é: como expressar em poucas palavras minha expectativa profissional, e fazer com que esse objetivo chame a atenção do recrutador?

Como colocar objetivo profissional

Escrever o objetivo pessoal não é fácil, não é mesmo? Mas não se preocupe, eu separei a seguir algumas dicas que irão te ajudar nessa tarefa.

  1. Seja específico

A primeira dica é talvez a mais importante: o objetivo profissional deve ser específico e focado. Caso contrário, seu objetivo ficará muito genérico, e fará com que a contratante acredite que você não sabe o que deseja profissionalmente, e descarte seu currículo.

Por isso, pense bem o que você deseja alcançar em sua área, onde quer chegar, e vá direto ao ponto. Não use frases longas e com muitos detalhes, sua capacidade de resumir o objetivo profissional será muito valorizada no momento na análise.

  1. Não escreva o nome do cargo

Esse é um erro muito comum que é cometido ao montar um currículo: você não pode confundir e escrever o cargo que deseja ter ao invés da área de atuação. Você sabe a diferença entre esses termos?

É muito simples: em uma mesma área, existem diversos cargos que podem ser exercidos. Como exemplo, ao invés de escrever “desenvolvedor de sistemas”, opte por “atuar na programação de sistemas em JAVA”.

  1. Revise

Por fim, lembre-se: nem sempre a mesma frase do seu objetivo profissional irá servir para todas as empresas que você se candidate.

Faça sempre uma revisão do seu objetivo antes de enviar o currículo, e certifique-se de que ele está de acordo com o desejado para a vaga em questão. 

Agora, por mais que essas dicas sejam muito eficientes para elaborar seu objetivo, essa tarefa ainda pode se tornar um grande desafio principalmente para os profissionais que ainda não entraram no mercado de trabalho.

Afinal, se eu nunca trabalhei antes, o que devo colocar no meu objetivo profissional?

Exemplo de objetivo de currículo para profissional inexperiente

Para profissionais inexperientes, um bom objetivo profissional deve ser focado em duas coisas: sua educação e habilidades. Ou seja, neste caso, você deve escrever o local em que se formou, e como os conhecimentos que adquiriu durante o curso irão beneficiar a empresa.

Confira a seguir alguns exemplos:

  • Em busca do primeiro emprego na área de administração, me coloco à disposição da empresa para aprimorar as habilidades da função e assim contribuir para os resultados da organização.

  • Busco a oportunidade de exercer meus conhecimentos na área de comunicação para aplicar o que aprendi durante os cursos concluídos neste ano.

  • Com o Ensino Médio recém concluído estou em busca da minha primeira oportunidade de trabalho. Sou bastante proativo, com desejo de aprender e contribuir com o crescimento da empresa.

  • Com as minhas habilidades comportamentais e a experiência atingida ao longo dos anos, quero estar em uma empresa em que possa contribuir para o desenvolvimento de projetos inovadores.

  • Com as experiências adquiridas ao longo dos meus estágios, procuro agora uma chance de efetivação na minha área de conhecimento.

Viu só como existem várias formas de se escrever um objetivo profissional? Esses são exemplos mais genéricos, mas a seguir, eu separei algumas formas de como elaborar essas frases para alguns cargos específicos.

Exemplo de objetivo profissional para - Direito

  • Dois anos estagiando no escritório de advocacia X, tive amplo contato com o direito penal. Formado em direito na Universidade Y, busco continuar a me especializar nesta área e ajudar o seu escritório a atrair mais clientes. 

  • Estou em busca do meu primeiro trabalho na área de direito e gostaria de fazer parte da história dessa empresa. Possuo muita força de vontade e facilidade em aprender. 

Exemplo de objetivo profissional para - Jornalistas

objetivo profissional jornalismo - Como escrever um bom objetivo profissional para o currículo
  • Jornalista formada na Universidade X. Aos 14 anos, criei o meu próprio website noticioso e consegui cerca de 1.000 visitantes diários. Agora, busco a oportunidade de aplicar os conhecimentos que adquiri na universidade e no blog para fortalecer a estrutura digital do seu jornal.
  • Pretendo utilizar minha formação em jornalismo e dois anos de experiência como Social Media na Empresa X para me tornar Gerente de Conteúdos na Empresa Y.

Exemplo de objetivo profissional para - Publicitários

  • Formada em Publicidade e Propaganda na Universidade X. Tirei 10 no meu TCC e o publiquei como o livro “Publicidade no século 22.” Sempre antenada nas próximas tendências do segmento, busco a oportunidade de ajudar sua empresa a se preparar para as tendências do futuro.

Exemplo de objetivo profissional para - Analista de RH

  • Analista de RH formada pela Universidade X. Duas experiências profissionais de estágio nas empresas Y e Z. Busco aprimorar meus conhecimentos na área e contribuir para uma otimização do departamento na empresa e garantir uma boa gestão de pessoas.

Exemplo de objetivo profissional para - Recepcionistas

objetivo profissional recepcionista - Como escrever um bom objetivo profissional para o currículo
  • Possuo fluência em 2 línguas e 4 anos de experiência. Trabalhei em multinacionais como a Empresa X e a Empresa Y, atendendo clientes e gerenciando banco de dados no Excel. Busco oportunidade de aplicar os meus conhecimentos linguísticos e experiências para dar um atendimento diferenciado.
  • Tenho grande entusiasmo pelo atendimento ao cliente e desejo contribuir com o sucesso da imagem da sua empresa. Desejo usar a versatilidade adquirida em um ano de experiência voluntariado onde tive a oportunidade de trabalhar com diversidade cultural e trabalhar em equipe.

  • Exemplo de objetivo profissional para - Jovem Aprendiz

    • Futuro jornalista. Vencedor do Campeonato estadual de escrita criativa estudantil de 2017. Sempre disposto a aprender coisas novas, almejo combinar conhecimentos de diversas áreas para criar soluções inovadoras para a empresa. 

    • Carreira em evolução na área Administrativa, com habilidade para atuar no auxílio em rotinas do setor, contato com clientes e fornecedores, organização do ambiente de trabalho e nas demais atividades diárias de uma empresa, visando a qualidade do serviço prestado.

    Agora que já entendemos a importância do objetivo profissional e alguns exemplos de como ele pode ser feito, vamos falar mais sobre como montar o resto do seu currículo. Afinal, por mais que o objetivo seja extremamente importante, ele não é o único item desse documento que deve ser bem definido.

    Dicas para construir um currículo

    Sabe aquele famoso ditado “a primeira impressão é a que fica”? Ele está muito relacionado à forma como o currículo é construído, já que como vimos nas pesquisas que citei até aqui, uma má organização desse documento pode fazer com que o recrutador o descarte rapidamente de um processo seletivo.

    Lembra da estrutura do currículo que expliquei no começo do texto? Aquelas são as principais informações que você deve preencher, sempre de forma objetiva e clara. Ocupar muito espaço na descrição de suas experiências ou conhecimentos, o famoso “encher linguiça”, não é bem visto no mundo corporativo.

    Além disso, outras questões que não devem aparecer de forma alguma no seu currículo são: erros gramaticais, pretensão salarial, e principalmente, informações erradas sobre suas experiências ou conhecimentos, afinal, tudo isso será questionado na entrevista.

    Por fim, no item de experiências profissionais, é importante que elas estejam nesta ordem: da mais atual para a mais antiga. Ao redigi-las, lembre-se de mencionar as seguintes informações:

    • Nome da empresa;
    • Cargo;
    • Período de trabalho;
    • Atividades realizadas.

    Se você seguir essas dicas, garanto que seu currículo terá grandes chances de se destacar no processo seletivo. Agora, por mais que esse documento esteja bem feito, não podemos negar que existem alguns tópicos que chamam mais atenção dos recrutadores. Sabe quais são?

    O que chama a atenção dos recrutadores?

    objetivo profissional o que chama a atencao - Como escrever um bom objetivo profissional para o currículo

    Lembra da pesquisa feita pela Catho que citei na introdução deste texto? Ela ainda afirmou que os dados mais valorizados no momento da análise dos currículos são: experiência profissional (80%); formação e/ou cursos complementares (60%); objetivo profissional (50%), e conhecimento em outros idiomas (24%).

    Além disso, essa pesquisa ainda constatou que em uma primeira avaliação, 57% dos recrutadores entrevistados afirmaram que levam cerca de 29 segundos para analisar os documentos.

    Para Tabitha Laurino: "Após o primeiro olhar do recrutador sobre o currículo é feito uma análise de forma detalhada. Ainda assim é primordial ter as informações nobres do documento em destaque e bem colocadas, pois desta forma serão facilmente observadas, garantindo maiores chances desse candidato ser selecionado para uma entrevista".

    Agora, mesmo com essas dicas, muitos profissionais ainda podem sentir dificuldade em elaborar o currículo sozinhos. Se esse é o seu caso, saiba que ainda existe uma solução que pode te ajudar.

    Um coach pode ajudar a melhorar o currículo e ser contratado?

    O coach é um profissional que está cada vez mais se destacando no mundo corporativo, e ele com certeza pode ajudar os trabalhadores a elaborarem seus currículos. Sabe como?

    Para saber a resposta, vamos primeiro entender mais sobre esse profissional.

    A principal função do coach é aplicar os conceitos da metodologia do coaching nas vidas pessoais e profissionais dos colaboradores, com o objetivo de fazer com que eles alcancem seus objetivos em um curto período de tempo.

    Para isso, essa metodologia utiliza uma série de técnicas, ferramentas e conhecimentos como a administração, gestão de pessoas, psicologia, recursos humanos, e planejamento estratégico por exemplo.

    Dessa forma, podemos dizer que o coaching proporciona um grande autoconhecimento por parte dos colaboradores, além de um aumento na autoconfiança e a quebra de crenças limitadoras, o que permitirá que os funcionários atinjam seu máximo potencial para alcançar suas metas rapidamente e de forma objetiva.

    Dentre seus benefícios, o coaching pode ajudar na motivação no trabalho, a aumentar a produtividade, a elaborar um plano de carreira, a ter um melhor gerenciamento de tempo, e até mesmo nos relacionamentos interpessoais.

    Mas afinal, qual a relação dessa metodologia com a elaboração de um currículo?

    Simples: um bom currículo exige que o profissional saiba resumir em poucas linhas suas principais experiências e aspirações de forma que se destaque, e o problema, como mencionei ao longo do texto, é que muitas pessoas possuem dificuldade não só em sintetizar essas informações, mas principalmente em não saber exatamente o que escrever.

    E é aqui que o coach entra. Seu conhecimento na metodologia do coaching permitirá que ele ajude os colaboradores a entenderem melhor a si mesmos para, a partir disso, ter um melhor entendimento sobre suas habilidades, pontos fortes, e onde deseja chegar profissionalmente.

    Viu só como o coach pode ajudar - e muito - na elaboração de um currículo? Agora, uma vez que você consegue se destacar e é selecionado a participar do processo seletivo, o próximo passo é saber se preparar para o momento da entrevista.

    Cuidados na hora da entrevista

    O momento da entrevista é crucial para ambas as partes, pois é nela que não só a empresa saberá se o candidato possui o perfil e habilidades desejadas, mas também o próprio colaborador poderá conhecer mais sobre a organização, as atividades que irá exercer, e os benefícios oferecidos.

    Portanto, a primeira dica que dou para a entrevista é pesquisar sobre a empresa: entenda sua área de atuação, seus valores e concorrentes, tudo isso ajudará a causar uma boa impressão e a demonstrar que você possui o interesse de trabalhar na organização.

    A segunda dica para esse momento é se preparar para as possíveis perguntas. Na grande maioria das vezes, o recrutador irá pedir que fale mais sobre você, suas experiências profissionais, seus pontos fortes e fracos, e onde deseja chegar.

    Por isso, esteja preparado para responder essas perguntas de forma clara e precisa, e principalmente, evite falar mal de outras empresas que tenha trabalho ou de antigos chefes. Isso com certeza irá causar uma má impressão.

    Por fim, um dos erros mais comuns na entrevista, que mencionei neste texto, é sobre a veracidade das informações no currículo.

    Objetivo profissional: é preciso coerência entre currículo e entrevista

    Lembre-se: o objetivo profissional é um dos primeiros itens a ser avaliado pelo recrutador, e consequentemente, será o primeiro abordado durante a entrevista.

    Portanto, a última dica é não mentir na elaboração do currículo, pois você pode até ser selecionado para a entrevista, mas neste momento, o recrutador com certeza irá perceber que você não possui o desejado para a vaga, e pode até mesmo não ser selecionado para o pipeline de talentos para futuras oportunidades.

    Conclusão

    objetivo profissional conclusao - Como escrever um bom objetivo profissional para o currículo

    Neste texto, eu quis deixar clara a importância de saber elaborar o objetivo profissional, já que ele será determinante para que todo o resto do currículo seja feito da melhor forma, e para que você se destaque no processo de recrutamento e seleção.

    Por isso, lembre-se de todas as dicas que dei, e se necessário, não exite em contar com a ajuda de um coach, que esse profissional com certeza irá te ajudar nessa tarefa.

    Se você gostou deste texto, compartilhe nas redes sociais e continue sua visita em nosso blog. Temos diversos artigos sobre legislação, administração de empresas e RH.
    Rolar para cima
    WhatsApp chat