SIPAT: entenda o que é e quais os objetivos? Veja tudo sobre o assunto e como promover na sua empresa!

imagem de um capacete e um óculos de proteção

A segurança e saúde no trabalho é um assunto que, muitas vezes, está em pauta diariamente nas empresas que possuem funções com maior risco de acidentes, como empreiteiras ou fábricas com muitos equipamentos. 

Entretanto, a conscientização sobre as boas práticas e proteção à saúde do profissional no ambiente profissional deve ser realizada em todas as companhias. Pensando nisso, a legislação prevê a realização das SIPATs (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho).

De maneira geral, o evento é organizado nas empresas que possuem uma CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho). 

Porém, mesmo que não haja uma equipe específica para desenvolver ações de segurança no trabalho, nas empresas em que não há obrigatoriedade da formação de CIPA, é possível que os profissionais de recursos humanos idealizem e realizem a SIPAT. Isso é claro, nas instituições que não devem seguir a determinação da lei de fazer o evento.

Mas, o que é SIPAT? 

O intuito dessa semana de atividades internas é capacitar e conscientizar os seus colaboradores para que mantenham atitudes adequadas com o ambiente de trabalho, a fim de evitar acidentes de trabalho. Vale destacar que esses acontecimentos podem prejudicar tanto a saúde do profissional quanto os negócios da empresa. 

Se você quer saber mais sobre o que é e como organizar uma SIPAT, continue a leitura deste artigo que irá abordar os principais itens sobre o tema. Você vai aprender: 

Então, vamos lá!

banner como funciona o software de ponto mais completo

O que é SIPAT?

SIPAT é uma sigla que significa Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. É organizada por empresas e parte de seus funcionários para conscientizar todos os colaboradores sobre a importância da prevenção de acidentes no ambiente de trabalho e está prevista na legislação brasileira. 

O evento é realizado pela CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho), formada por um grupo de colaboradores responsáveis por desenvolver as ações voltadas ao tema. 

Essa comissão é obrigatória em todas as empresas com mais de 20 colaboradores que, consequentemente, devem ter uma SIPAT todos os anos. Durante a programação desenvolvida pela CIPA, os empregados participam de diversas atividades, como palestras e treinamentos, sobre prevenção de acidentes de trabalho

No evento, também podem ser abordados temas de cuidados com a saúde em casa, para que os colaboradores foquem em sua saúde e bem-estar.

Como surgiu a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho?

A SIPAT é uma atividade prevista na legislação brasileira, especificamente, na norma regulamentadora NR-5 e na portaria nº 3.214 de 08 de junho de 1978.Trata-se de uma das funções obrigatórias da CIPA, que segundo as atribuições presentes no item 5.3 da norma: 

“i) promover, anualmente, em conjunto com o SESMT, onde houver, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho – SIPAT, conforme programação definida pela CIPA.”  

O SESMT é o Serviço Especializado em Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT, que as companhias podem ou não ter na sua organização. 

Apesar desta legislação em vigência, a SIPAT já foi citada no Decreto nº 34.715 de 27 de novembro de 1953, porém, tinha um caráter de comemoração e não de obrigatoriedade. 

Nesta primeira vez em que se reconhece a importância do evento no Brasil, o objetivo também era promover a conscientização sobre as maneiras de evitar acidentes de trabalho.

Qual o objetivo de uma SIPAT?

imagem de uma pessoa usando macacão de proteção e segurando um capacete amarelo de proteção

Para entender o objetivo da SIPAT, é importante compreender o que é considerado acidente de trabalho. A Lei nº 8.213/91, que discorre sobre Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências, entende o seguinte: 

  • Acidente de trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho. 

Já a NR-5 entende ainda que a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho tem como objetivo: “a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e promoção da saúde do trabalhador.”  

Sendo assim, a programação da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho deve abranger conteúdos (teóricos e práticos), que reforcem os comportamentos e atitudes corretos no local de trabalho para evitar acidentes e até óbitos de empregados.

Outro ponto bastante importante da SIPAT é recordar as orientações aos colaboradores. Muitas vezes, ao longo do tempo, os empregados esquecem ou descuidam de normas importantes da instituição. Aproveite esse momento para reforçar essas mensagens anualmente. 

Quando deve ser feita uma SIPAT?

Obrigatoriamente, as empresas devem realizar a SIPAT uma vez por ano para cumprir com as obrigações previstas na lei. A norma regulamentadora número 5, entretanto, não determina uma data para a realização da semana interna de conscientização.

Desta forma, cabe a CIPA determinar qual o melhor momento para realização do SIPAT. Cada empresa decidirá dentro de seu critério. Algumas companhias trabalham com sazonalidade, quando há mais demanda durante um período, o ideal é que a semana seja promovida em uma ocasião mais tranquila para o negócio.

Assim, os colaboradores terão mais tempo disponível e mais motivação para participar da programação. 

Qual a importância de promover a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho?

Alguns dados impressionam quando o assunto é acidente de trabalho. O Brasil é o segundo país do G20 com a maior taxa de mortalidade no quesito. Entre 2002 e 2020, a cada 100 mil empregos formais, 6 óbitos ocorreram de acordo com o relatório do Ministério Público do Trabalho e da Organização Internacional do Trabalho.

Por isso, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho não deve ser considerada pelas empresas como uma obrigação, mas sim como uma ferramenta importante de conscientização e proteção dos colaboradores. 

Quanto mais informações os empregados tiverem, menores tendem a ser os índices de acidente de trabalho da empresa. Consequentemente, a melhora da qualidade de vida, bem-estar e produtividade serão otimizadas.

Como promover a SIPAT na empresa?

imagem de uma mulher em pé segurando um tablet e uma caneta falando com uma mulher sentada na frente dela

Primeiramente, é importante que seja formada a equipe que fará parte da CIPA. Ela deve ser composta por representantes dos empregados e dos empregadores e deverá ser eleita em voto secreto, pelos empregadores interessados.

Com a comissão definida, deve-se iniciar o processo de preparação para o evento anual. Abaixo, elencamos alguns passos importantes:

Faça um planejamento

Leve em consideração que a SIPAT precisa ter uma semana inteira de programação: com palestras, treinamentos, dinâmicas, entre outros. Por isso, é necessário se planejar para que tudo ocorra corretamente. Com antecedência, liste todos os itens que precisam ser contemplados durante o evento.

O que você pode definir no início do planejamento:

  • data da SIPAT;
  • temas prioritários;
  • tipos de atividades serão realizadas;
  • recursos financeiros necessários;
  • responsáveis por cada tarefa.

Crie um cronograma

Para que tudo esteja pronto e organizado na semana do evento, é importante criar um cronograma das ações. Por mais que toda CIPA tenha quase um ano para desenvolver o evento, o planejamento é essencial para que tudo dê certo.

Lembre-se que alguns imprevistos podem ocorrer e, desta maneira, considere trabalhar com prazo final anterior ao dia da SIPAT. Desta maneira, se houver problemas, a comissão terá tempo hábil para resolvê-los.

Defina temas e parceiros

Outro ponto importante é definir quais os temas serão abordados na SIPAT daquele ano. Uma forma de fazer isso é avaliar o seu ambiente interno. Avalie, por exemplo, se algum acidente de trabalho ocorreu e como você pode conscientizar os colaboradores para que o evento não se repita. 

Entenda ainda quais assuntos estão em alta na sociedade. Normalmente, a CIPA escolhe um tema central e as ações o permeiam, já que a segurança no trabalho abrange um número imenso de tópicos.

Para preencher a SIPAT, a empresa costuma contratar parceiros para a realização das palestras, treinamentos e dinâmicas. Após escolher os temas que serão discutidos, a organização deve procurar especialistas que possam passar o conhecimento aos colaboradores.

É possível encontrar algumas instituições que fazem esse tipo de ação sem cobrar, entretanto, verifique a qualidade do serviço oferecido, pois o intuito é que seu colaborador ganhe consciência sobre a importância da prevenção de acidentes de trabalho.

Realize a comunicação da SIPAT na empresa

Para que a SIPAT seja um sucesso, é essencial que os colaboradores tenham o interesse de participar e não comparecer apenas por obrigação. Uma comunicação interna bem feita pode ser o segredo para que os profissionais frequentem a programação e se envolvam no aprendizado dos temas abordados na semana de conscientização. 

Colete pesquisas e feedbacks

Muitos empregados participam da SIPAT, pois se sentem obrigados a participar para não serem prejudicados pelos superiores. Porém, essa sensação pode mudar se o colaborador aproveitar a semana de prevenção. Por isso, sempre ao final de cada edição, peça um feedback de todos os participantes.

Entenda como o conteúdo pode melhorar, quais foram as atividades que mais agradaram o seu público e quais temas tiveram maior índice de participação. Aproveite esse momento também para questionar seu público sobre o que eles gostariam de ouvir na próxima semana de conscientização. 

Essa interação faz com que os profissionais se sintam valorizados e tenham mais engajamento nas SIPATs seguintes.

Quanto tempo precisa durar a SIPAT?

Como já citamos anteriormente e o próprio nome diz, a SIPAT deve ter uma semana inteira de duração e precisa ocorrer todos os anos, sem exceção. Mesmo durante a pandemia, as empresas se adaptaram e realizaram o evento em plataformas digitais para quem estava em trabalho remoto.

Além disso, ela deve ocorrer durante o horário de expediente dos colaboradores. Isso deve contemplar todos os turnos da empresa.

Quais os benefícios para a empresa?

A SIPAT traz uma série de vantagens para as empresas, pois funcionários conscientizados sobre as melhores práticas dentro do ambiente de trabalho e sobre cuidados com a saúde de forma geral tendem a ser mais responsáveis. 

Muitas vezes, os gestores têm dificuldades de enxergar quais são os benefícios para o negócio, mas são muitos. Por exemplo:

A melhora no clima organizacional é um deles. Imagine que os níveis de acidente de trabalho na sua empresa são altos. Se essa notícia for de conhecimento de todos os colaboradores, é provável que eles se sintam inseguros no local de trabalho. 

Saber que todos os anos eles recebem treinamentos e conteúdos sobre como prevenir esses acontecimentos negativos, a equipe se sente mais protegida e mais satisfeita.

A SIPAT também colabora para que haja um aumento da produtividade de cada indivíduo e da empresa como um todo. Se o seu funcionário se acidentar e ficar ausente do seu posto de trabalho, ele desfalcará a equipe, que terá uma queda na produtividade. Quando isso ocorre com frequência, os resultados do negócio podem ser diretamente impactados. 

Outro benefício é a redução do turnover e do absenteísmo. Se o colaborador não leva uma vida saudável ou não toma os cuidados necessários no ambiente de trabalho, existe uma grande probabilidade de que ele tenha doenças ou sofra um acidente. Neste caso, as taxas de absenteísmo da sua empresa podem ser altíssimas. 

Além disso, se o funcionário não se sente seguro no trabalho, a tendência é que ele busque novas oportunidades de emprego e se desligue da empresa atual. Em ambos os casos, com as semanas internas de prevenção de acidente de trabalho, esses índices tendem a cair. Vale destacar que são dois itens importantes para a valorização do employer branding. 

E para os colaboradores?

Sem dúvidas, os colaboradores também são beneficiados com a SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. A primeira vantagem é o fato de receberem todas as informações possíveis para que eles cuidem melhor da saúde. Assim, dentro ou fora da empresa, podem aderir um estilo de vida mais saudável e esse é um ganho que levará por toda sua vida, mesmo que mude de trabalho um dia. 

Outra vantagem essencial é a segurança no ambiente do trabalho. Saber que seu empregador se preocupa com os funcionários e promove SIPATs com temas importantes e educativos e realmente investe no treinamento e prevenção de acidentes de trabalho aumenta a satisfação e engajamento

E, nada melhor do que gostar do seu local de trabalho e saber que está bem protegido enquanto cumpre suas obrigações diárias. 

SIPAT 2022 – Principais temas

imagem dos números 2022

Se você ainda não sabe como organizar uma SIPAT, comece pela formação da CIPA e, depois de organizar o planejamento, o passo mais importante é a definição do tema anual. Como citamos anteriormente, é comum ter um tema central e, a partir daí, os assuntos serão desmembrados. 

Na SIPAT 2022, busque entender o momento da sua empresa para fazer essa definição. Não existe uma regra sobre o tema que deve ser escolhido, entretanto, leve em consideração a realidade da sua empresa. 

Se a maior parte de seus colaboradores são administrativos e ficaram em home office durante a pandemia, pode ser interessante abordar a segurança no trabalho no retorno ao escritório, por exemplo. Agora, se a empresa determinou que o teletrabalho agora é o modelo oficial, falar sobre segurança doméstica no trabalho é outra opção. 

É essencial, porém, lembrar que alguns assuntos devem ser sempre relembrados, pois nunca deixarão de ser significativos para a saúde dos profissionais como: tabagismo, alcoolismo e doenças sexualmente transmissíveis. Então, mesmo que fuja do tema principal, esses assuntos devem ser abordados na programação. 

De maneira geral, não há muito segredo na escolha dos temas e a comissão responsável deve se atentar para que o evento não fique muito repetitivo todos os anos, sem deixar de trazer e relembrar o que é mais relevante.

Alguns temas essenciais para incluir na sua SIPAT 2022 são:

Conclusão

A SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho é um evento previsto na lei e de realização obrigatória para todas as empresas brasileiras que possuem mais de 20 funcionários. A responsabilidade de organização é da CIPA, formada por representantes dos empregados e empregadores.

O principal objetivo é conscientizar os colaboradores sobre as melhores práticas dentro do ambiente de trabalho e também em sua vida pessoal para a prevenção de acidentes e doenças, ocupacionais ou não. 

Tanto empresas quanto os funcionários são beneficiados com a semana de prevenção, pois diminuem os índices de acidentes de trabalho e otimizam a produtividade e preservam a saúde dos profissionais, além de melhorar sua qualidade de vida e bem-estar. 

Gostou do conteúdo? Se sim, compartilhe em suas redes sociais e continue acompanhando o blog da PontoTel.

banner frequência de funcionários
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima