Turnover: Cálculo Mensal, Anual e Dicas para Controle

turnover introducao

Para ser bem-sucedido, todo empreendedor precisa encarar um problema que é muito comum tanto em pequenas quanto em grandes empresas, a rotatividade de funcionários.  

Como você sabe, a rotatividade é um problema que pode gerar diversos prejuízos para uma organização, desde a perda de produtividade, equipes desmotivadas até prejuízos financeiros.  

Com certeza há muito o que se planejar para acabar de vez com esse problema, a verdade é que não existe uma receita pronta, que se aplica integralmente para todo tipo de empresa.

Mas o que posso fazer é dividir com você dicas de como vencer o desafio e reduzir a taxa de turnover na sua empresa.

Para começar, confira o índice deste artigo

  • O que é turnover de uma empresa?
  • A importância de calcular o índice de rotatividade de funcionários
  • Cálculo de turnover mensal. Como fazer?
  • O custo de uma alta rotatividade nas empresas
  • Como reduzir o turnover nas empresas

Antes de falarmos sobre o cálculo, vamos ver detalhadamente o que é, e como funciona o turnover dentro de uma empresa?

O que é turnover de uma empresa?

Turnover também conhecido como a taxa de rotatividade dos colaboradores de uma empresa, é um termo da língua inglesa que significa “virada”; “renovação”; “reversão”, mas que pode ser utilizado em diferentes contextos.

Na área de Recursos Humanos essa palavra refere-se às entradas e saídas de funcionários em determinado período de tempo. Gerenciar o Turnover é um grande desafio para essa área, uma vez que ele possui diversas causas e pode gerar prejuízo financeiro para as empresas.

O desafio não está propriamente em identificar a taxa de rotatividade, mas em mantê-la em um nível considerado normal e em casos onde a taxa for muito alta, criar planos de ação para reduzi-la.

Você deve estar se perguntando “qual a importância da taxa de rotatividade?”

A importância de calcular o índice de rotatividade de funcionários

Frequentemente pessoas são contratadas e demitidas nas organizações, mas você já parou para analisar qual o custo dessas movimentações para uma empresa?

Veja bem, os gastos envolvem os processos de recrutamento, seleção, treinamento, existem casos mais graves onde quando o funcionário é desligado leva junto com ele uma carteira de clientes, deixando a empresa em desvantagem.

São algumas dessas razões que fizeram com que o turnover tornasse um grande vilão para muitas empresas. Entretanto, a rotatividade é apenas um efeito de causa e consequência, onde fatores externos e internos podem ocasionar uma alta ou baixa na taxa de turnover.

Para compreender como funciona esse efeito, é necessário entender os motivos que podem ocasionar a rotatividade em seu negócio. Confira algumas das principais razões:

  • Insatisfação com o trabalho;
  • Problemas na gestão de pessoas;
  • Clima organizacional ruim;
  • Mercado de trabalho aquecido;
  • Inadequação ao perfil da vaga;
  • Pouca experiência.

Aparentemente alguns desses problemas são pequenos e fáceis de resolver, entretanto, muitas empresas encontram dificuldade para solucioná-los.

Quais são os tipos de turnover que existem?

turnover tipo de turnover

Eu sempre falo aos clientes da PontoTel que existem diversos motivos para que um funcionário peça demissão.

Por exemplo, um funcionário que se demite por achar que está estagnado, tem motivações diferentes daquele que pede demissão por não concordar com as decisões de sua gestão.

Por isso, é importante destacar que as demissões de uma empresa precisam ser analisadas, para que as equipes de RH encontrem os principais motivos da alta rotatividade.

Confira os principais tipos de turnover que você pode encontrar na sua empresa:

Turnover Voluntário

Esse tipo de turnover são os desligamentos voluntários dos colaboradores, ou seja, quando um funcionário pede desligamento da empresa.

Os motivos para o pedido de desligamento são variados, mas podem estar relacionados a má gestão, a uma oferta financeira mais vantajosa, por conflitos internos com a equipe e até mesmo por falta de um plano de carreira para os profissionais da organização.

Quando este é o motivo de um grande movimento de turnover na empresa, fique atento!  pois, significa que a companhia está com dificuldades para reter talentos.

Turnover Involuntário

Aqui ao invés do pedido vir do funcionário, a decisão do desligamento parte da empresa. Os motivos para a demissão são tão extensos quanto diversificados, pode ser desde problemas financeiros até problemas de mal comportamento do funcionário.

Caso o motivo do grande movimento de turnover for o desligamento involuntário, é necessário ficar atento ao tipo de profissional que sua empresa está buscando, uma vez que passar o perfil correto para a área de RH evita problemas e desgaste no futuro.

Turnover Funcional  

O turnover funcional é considerado benéfico para a empresa. Ele ocorre quando um funcionário com problemas de rendimento pede para sair por conta própria.

Nesse caso, a empresa é poupada de todos aqueles gastos que a lei trabalhista exige quando se demite um profissional, e pode se planejar com mais facilidade para a reposição do colaborador.

Turnover disfuncional

Já o turnover disfuncional é oposto ao anterior, ele significa a perda de um funcionário de alto desempenho. Este caso gera uma preocupação para a empresa que não foi capaz de reter um grande talento.

Pronto, agora você já viu os principais tipos de turnover que existem em uma organização. Mas deve estar se perguntando “Como descobrir a taxa de rotatividade para cada um dos tipos de turnover?

Cálculo de turnover. Como fazer?

turnover calculo mensal

Antes de começar a elaborar um plano de ação para reduzir o turnover, você precisa identificar qual o motivo da rotatividade. Afinal, não adianta trabalhar ações motivacionais ou criar planos de carreiras sem saber se esse é o real motivo para a saída dos funcionários.

Para isso, confira como você pode calcular a taxa de turnover da sua empresa.
Esta análise pode ser feita de diferentes formas, mas imagino no momento você só queira descobrir a taxa de turnover geral, e para isso basta somar o número de admissões mensais + desligamentos mensais ÷ 2 o total de funcionários.

turnover taxa de turnover

Há quem diga que se o índice de turnover ultrapassar 5% o valor da média das empresas, já é motivo de alarde sendo necessário uma pesquisa mais minuciosa para identificar as causas. Para comparação, a média geral de turnover nas empresas brasileiras é de 43%.

Esse modelo de cálculo é conhecido como Turnover tradicional e é muito útil para identificar a qualidade das contratações.

Por exemplo, se sua empresa precisa constantemente trocar trabalhadores, isso pode indicar que o seu processo de seleção possui alguma falha. A aplicação desta métrica é ainda mais efetiva quando feita por departamento.

Mas nem sempre os problemas de turnover estão ligados a seleção, por isso existem outras métricas que podemos explorar. Confira!

Cálculo turnover Moderno

Imagine a seguinte situação: sua empresa está crescendo, quando começou sua operação você tinha 50 funcionários e hoje está com 150. Analisando esse cenário, faz sentido para você ter um turnover elevado?

Se o objetivo é mediar a eficiência da sua empresa em relação a retenção de talentos, ter os admitidos na fórmula do cálculo de turnover será um problema. Por isso é melhor utilizar um cálculo que considere apenas os desligados.

Nesse caso, você precisará pegar o número de desligados e dividir pelo número de funcionários ativos.

Como calcular o seu turnover

Vale lembrar que essa fórmula é muito útil para medir a capacidade da empresa reter os talentos. Dessa forma, se o número for muito alto, significa que sua empresa está com problemas de gestão.

Para uma análise ainda mais profunda, você pode calcular o turnover por tipo de desligamento, por exemplo: passivos (quem foi demitido) e ativos (quem pediu demissão).

Esse método ajudará a descobrir qual o problema que sua gestão está enfrentando.

Se o turnover de desligados passivos for alto, significa que há um problema na contratação de profissionais.

E se o turnover de ativos for alto, significa que a falha está na retenção de profissionais, sendo necessário reavaliar o clima organizacional, condições de trabalho, cargos e salários entre outras informações podem estar ligados ao problema de gestão.

Cálculo de turnover anual. Como fazer?

turnover calculo anual

Muitas organizações preferem fazer o cálculo de turnover anualmente, e esse processo pode ser muito vantajoso, já que leva-se tempo até serem observados resultados significativos para a rotatividade.

Nesse caso, a fórmula para calcular o turnover pode ser um pouco mais complexa, entretanto, os resultados tendem a ser mais precisos. Confira!

Número de pessoas desligadas / (Nº de funcionários no início do ano + Nº de funcionários no final do ano) dividido por 2.

Para não restar nenhuma dúvida vou dar um exemplo básico. Suponhamos que sua empresa desligou 10 funcionários, mas no mesmo período, foi de 50 funcionários para 90 funcionários.

Então teríamos 10/ (50+90) / 2. Dessa forma é preciso somar a parte inferior primeiro, e depois dividir por dois

TN = 10/ (50+90) / 2

TN = 10/ (140) / 2

TN = 10/ 70 = 0,166

TN = 0,1428 * 100 = 14,28%

Assim o índice de turnover da sua empresa séria de 14,28%

turnover turnover anual

O custo de uma alta rotatividade nas empresas

Quando falamos sobre taxa de turnover ouço duas perguntas frequentes: “Qual o impacto da alta rotatividade na minha empresa?” e ”É necessário mesmo criar plano de ações para baixar a taxa de turnover?”

Bem, minha resposta é simples: é muito importante baixar a taxa de turnover, pois ela tem impacto financeiro muito grande para as empresas.

Uma alta taxa de rotatividade gera uma série de custos adicionais para as empresas. Tais como: custos com demissões, onde em muitos casos a rescisão contratual equivale a até um ano de trabalho, custo com novas admissões e treinamento desses profissionais.

Não podemos esquecer que  a saída em excesso cria um clima organizacional inadequado, no qual conflitos interpessoais ocorrem com frequência, a comunicação entre a equipe fica abalada.

Lacuna de conhecimento é outro problema enfrentado por empresas que possuem alta taxa de rotatividade, uma vez que a cada novo colaborador você precisará repassar todas as especificações das tarefas, deixando os processos expostos a erros operacionais.

Viu só, a rotatividade dentro de uma empresa apresenta-se como uma verdadeira “bola de neve”, que impacta não apenas o funcionários que já estão na empresa, mas também aqueles que acabaram de começar.

Isso porque é difícil atrair bons profissionais, quando os próprios funcionários encontram-se desmotivados e insatisfeito com a organização.   

Turnover na administração

turnover na administracao

Aposto que a pergunta agora mudou, e você deve estar pensando em como baixar a taxa de turnover da sua empresa.  

Gostaria que tivesse uma resposta prática para sua pergunta, mas infelizmente devo te dizer que a baixa rotatividade é resultado de uma boa gestão estratégica.

O autor de vários best-seller sobre administração de empresas, Idalberto Chiavenato ressalta em muitos de seus livros que as empresas precisam investir em seu público interno.

Para o autor os funcionários são os principais responsáveis pelo sucesso e crescimento de uma organização. Dessa forma, para que uma empresa cresça no cenário econômico, é fundamental conhecer sua equipe, saber quais suas necessidades, sonhos e planos.

Absenteísmo e turnover

Você provavelmente já teve algumas ideias para criar uma gestão de pessoas mais estratégica focada na satisfação e motivação dos funcionários.

Mas agora quero te dar uma dica valiosa, controlar o absenteísmo é um ótimo jeito de descobrir como está o clima organizacional de cada equipe dentro da sua empresa.

Imagino que na sua cabeça está um ponto de interrogação, afinal, o que absenteísmo tem  haver com clima organizacional?

Bom, você já deve ter ouvido falar que uma das causas para o absenteísmo é a desmotivação dos colaboradores. Isso é verdade, funcionários insatisfeitos tendem a faltar com mais frequência no trabalho.

Por esse motivo, muitas organizações utilizam o controle de jornada como ferramenta para identificar problemas com clima organizacional e desmotivação no ambiente profissional

Agora, se você quer entender melhor sobre o tema, temos um post ideal para você. Confira como funciona o absenteísmo, as causas e como reduzir-lo na sua empresa.

Como reduzir o turnover nas empresas

turnover motivacao

Ao chegar até aqui, você compreendeu como calcular o turnover e os principais motivos para a grande rotatividade dentro das empresas.

Acredito também, que já compreendeu que parte dos problemas de turnover estão relacionados a gestão de pessoas da empresa.

Por isso, vou listar abaixo algumas dicas que podem te ajudar a solucionar o problema de rotatividade na sua empresa. Confira!

Aprimore o processo de seleção

O processo de recrutamento e seleção é o primeiro processo do qual você terá que revisar para reduzir a rotatividade de funcionários da sua empresa.

Isso porque, é necessário encontrar profissionais com o perfil adequado para a vaga e para a cultura da sua empresa.

Quanto mais criterioso for o processo seletivo da sua empresa, maior a chance de você encontrar o candidato qualificado para a função, que deseja crescer e se desenvolver profissionalmente.

Para otimizar esse processo, é necessário envolver entrevistas e examinar os candidatos com muito cuidado, para garantir que eles possuam todas as habilidades e competências técnicas exigidas para aquela vaga.

Crie um plano de carreira

De nada adianta captar os melhores talentos, se sua empresa não tiver um bom planejamento de carreira. Bons profissionais não gostam de se sentir estagnados, por isso estão sempre em busca de desenvolvimento e desafios profissionais.

Então, crie planos de carreiras claros e desafiadores, defina metas de performance e relacione isso com o tempo de casa para seus funcionários. Essa estŕatégia é benéfica tanto para as organizações quanto para os colaboradores.

Lembre-se, um funcionário acomodado não está dando 100% do seu potencial, o que é de extrema importância para o crescimento da sua empresa.

Crie uma política de benefícios

Ter uma política de benefícios estabelecida é outro ponto positivo para as empresas que querem acabar com a rotatividade de seus funcionários.

Avalie o mercado, afinal, uma boa política de benefícios vai muito além daqueles já previsto na lei. Seja criativo, ofereça benefícios incomuns, mas que ajudarão os colaboradores quanto a satisfação com a sua organização.

Dica: Horários flexíveis, trabalho home office, sorteios de ingressos para cinema e teatro, bonificação para aqueles funcionários que batem metas de vendas, são alguns dos benefícios que muitas empresas estão adotando para engajar os funcionários.

Motive os funcionários

No tópico anterior dei um exemplo das bonificações que podem ajudar sua empresa a motivar os colaboradores.

Entretanto, motivação é um conjunto de fatores individuais, ou seja, cada funcionário possui algo que lhes motiva.

Para alguns profissionais, o que motiva é o clima organizacional, já outros a remuneração é o fator motivacional. Por isso, é importante entender o que motiva os seus funcionários e trabalhar estratégias a favor da empresa.

Uma pesquisa de clima organizacional pode te ajudar a compreender o perfil dos profissionais da sua empresa e as principais motivações das equipes.

Proporcione feedbacks construtivos

turnover feedback

Reconhecer o trabalho feito pelos funcionários é uma parte importante para toda empresa.

Muitas vezes, a gestão esquece de reconhecer os talentos ou um trabalho bem feito. Isso, quando acumulado, pode virar um verdadeiro problema para sua empresa.

Os colaboradores precisam de respeito e reconhecimento de seus líderes, por isso, oferecer feedbacks construtivos é essencial para uma boa gestão.

Mas fique atento, feedback construtivo não é apenas falar coisas boas para seus funcionários.

Mostre aos seus colaboradores os pontos positivos e pontos a serem trabalhados para que ele se torne um profissional ainda melhor.

Estabeleça jornadas de trabalho flexíveis

Lembra que eu citei que muitas empresas estão adotando jornadas flexíveis para motivar os colaboradores?

Isso tem acontecido cada vez mais, pois uma das causas para desmotivação e rotatividade nas empresas é a exaustão dos profissionais.

Por isso, atente-se às necessidade de seus funcionários, e ofereça flexibilidade nas jornadas de trabalho. Considere oferecer home office ou carga horária reduzida para aqueles funcionários que apresentam essas necessidades.

Hoje muitos trabalhadores valorizam a qualidade de vida e optam por trabalhos que concentram tal flexibilidade, mesmo que o salário seja inferior ao de outra empresa que possui um jornada mais rígida.

Mantenha um controle de jornada claro.

Já que falamos sobre qualidade de vida e flexibilidade de jornadas, quero te fazer uma pergunta. “Seus colaboradores estão fazendo muitas horas extras?”

Lembre-se, produtividade e comprometimento não podem ser medidas por quem fica até mais tarde no escritório.

Mas não é só isso, mas acima eu te falei sobre como o absenteísmo auxilia no planejamento estratégico para motivar os colaboradores.

Imagino que você esteja se perguntando como isso é possível. Bem, a resposta é simples, por meio do controle de jornadas.

Funcionários que faltam e atrasam com frequência podem estar demonstrando insatisfação e desmotivação com o trabalho. Dessa forma, ficar de olho no absenteísmo das equipes é uma boa forma de identificar quando renovar a estratégia de motivação.

O controle de jornadas é um bom aliado nessas horas, não apenas por permitir que a empresa administre as horas trabalhadas, mas por também auxiliar nesse processo de engajamento dos funcionários.

E não é só isso, novas ferramentas têm permitido que empresas adotem jornadas flexíveis e trabalhos home-office, sem precisar se preocupar com o controle das horas trabalhadas ou com a produtividade das equipes que trabalham fora do escritório.

Essa é uma boa alternativa para as empresas que querem oferecer mais liberdade no ambiente de trabalho.

Diminua o turnover dando mais liberdade para os colaboradores

turnover problemas solucao

Você já ouviu aquele ditado ‘Tudo em excesso pode fazer mal”?, como vimos até aqui, ter um entra e sai de profissionais na sua empresa não é vantajoso para ninguém.

Pior ainda, não ter as informações necessárias para criar ações estratégicas e resolver o problema. Lembre-se aquilo que não é medido não pode ser monitorado.

Atualmente existem ferramentas disponíveis no mercado que auxiliam as empresas a analisar rapidamente as taxas de turnover. Melhor ainda é quando essas ferramentas permitem medir a taxa de rotatividade e auxiliar nas estratégias de motivação.

Imagino que você deve estar pensando “Que ferramenta milagrosa é essa?”, mas na verdade, acho que vou te surpreender se disser que esse pequeno milagre se chama “controle de ponto eletrônico”.

Isso mesmo, um sistema de gestão de ponto eficiente, traz informações precisas sobre a taxa de rotatividade da sua empresas e ainda auxilia no gerenciamento das equipes e jornadas flexíveis.

Isso é possível pois sistemas como o PontoTel facilitaram a marcação de ponto e criou relatórios gerenciais que auxiliam os gestores a acompanharem tudo que está acontecendo com suas equipes, mesmo que seu funcionário não esteja no escritório.

Mobilidade, segurança e informação em tempo real tudo isso em um único sistema.

Com o sistema do PontoTel os funcionários realizam a marcação do ponto por meio de celular, tablet, ou computador. Feito a marcação, as informações são enviadas diretamente para o sistemas de gestão, possibilitando o gestor acompanhar as jornadas de perto.

Um dos diferenciais desse sistema são os relatórios gerenciais que permitem coletar informações precisas como quantas horas extras sua equipe realizou no mês, quantos funcionários foram desligados ou até mesmo quem são os colaboradores que mais atrasam.

Um controle de ponto eficaz pode fazer toda diferença na sua empresa e os benefícios são colhidos dia após dia, seja em curto, médio ou longo prazo.

Conclusão

turnover conclusao

Ufa! chegamos ao fim de mais um artigo. E então, deu para entender que reduzir a taxa turnover é algo importante para toda empresa?

Além disso, esse artigo serve principalmente para te ajudar a calcular a taxa de turnover e te ensinar a aplicar algumas medidas capazes de resolver esse problema na sua empresa.

Lembre-se que a redução da taxa de rotatividade traz uma série de benefícios e redução de custos para a empresa.

E se ficou alguma dúvida sobre tema, deixe seu comentário abaixo.


botão cadastre2 - Turnover: Cálculo Mensal, Anual e Dicas para Controle