Entenda o que é um feedback construtivo e sua importância

imagem de uma mulher e um homem conversando olhando para um tablet

Se uma empresa possui um trabalho feito em equipe que envolve colegas, supervisores ou subordinados, é essencial fornecer um feedback sobre o trabalho desses colaboradores. No entanto, expressar críticas ao trabalho de outras pessoas pode ser um grande problema para a maioria.

É difícil expressar positivamente sua posição em certas situações, o que pode se tornar uma adversidade para muitos profissionais. 

Dar um feedback construtivo parece uma tarefa aparentemente simples, mas não é. É necessário ser capaz de expressar críticas com sensibilidade nos comentários e encontrar um equilíbrio que motive as pessoas a melhorar e não as desencoraje.

Pensando nisso, neste artigo explicaremos o que é feedback construtivo, quais os benefícios dele e quando oferecê-lo. Além disso, você verá quais as intenções de um feedback construtivo e como realizá-lo. Veja os tópicos que abordaremos a seguir:

Vamos lá!

banner descubra a taxa de absenteismo

O que é um feedback construtivo?

imagem de três blocos de madeira empilhados com desenhos de caras triste e sorrindo

A palavra feedback vem do inglês e significa “alimentação de retorno” ou “retroalimentação”. Esse conceito envolve fundamentalmente avaliar ações positivas ou negativas, sempre de forma construtiva.

O feedback é uma das estratégias de liderança de equipes mais indispensáveis. É uma ferramenta utilizada pelos gestores para orientar o progresso dos colaboradores, registrando atitudes, ações e comportamentos positivos e negativos.

Dessa forma, a ferramenta possibilita ao colaborador uma visão externa de como ele desempenha suas tarefas, o que pode auxiliar como guia no aprimoramento constante de suas competências e habilidades.

Portanto, o feedback construtivo é uma maneira de gestores e líderes se comunicarem com os colaboradores, a fim de trazer maior transparência na relação e auxiliar no desenvolvimento profissional. Dessa maneira, mostra o quanto é imprescindível para eles e aumenta seu vínculo de confiança na empresa.

Qual a diferença do feedback construtivo para o negativo?

Em um ambiente corporativo, um colaborador que não atenda aos requisitos estabelecidos, pode dificultar o trabalho da equipe a que pertence, e até mesmo de outras equipes. Nesse ponto, é improvável que o feedback negativo dado no meio de outras pessoas ou o uso de retórica e julgamento agressivos façam alguma diferença.

O feedback construtivo busca desenvolver e aprimorar pontos que podem ser trabalhados para otimizar o desempenho de uma pessoa. Uma equipe de alto desempenho segue boas práticas de reconhecimento e feedback contínuo.

O feedback negativo pode minar o pensamento criativo e a motivação dos colaboradores. Por outro lado, pequenas recompensas e reconhecimento são grandes ajudantes para estimular essa criatividade, assim como o feedback construtivo. 

E do construtivo para o feedback positivo?

O feedback positivo visa enaltecer um comportamento ou uma ação que tenha um bom impacto e motivar a repetição dessa atitude. O feedback construtivo busca revisitar ações ou comportamentos que impactam negativamente e podem ser melhorados. 

Além disso, deve ocorrer no contexto de relacionamentos seguros e de confiança, abordando elementos de feedback construtivo que levam a maior satisfação no trabalho, níveis mais altos de realização, maior engajamento e podem ajudar os colaboradores a se tornarem mais habilidosos e eficientes. 

Quais os benefícios do feedback construtivo?

Uma cultura de feedback pode trazer muitos benefícios para o negócio e para os profissionais que a constroem. É uma ferramenta que pode apontar conjuntamente o caminho para o desenvolvimento e o crescimento. Separamos a seguir alguns dos benefícios de aplicar essa cultura organizacional. Confira!

Reforça a atenção aos pontos de melhoria

Por conta do feedback, os funcionários ficam cientes de suas ações e podem entender as atitudes que tem funcionado ou não. Muitos funcionários têm talento para outras tarefas raramente encontradas em seu trabalho diário, e os líderes podem destacar os pontos fortes e auxiliar a melhorar as funções do profissional.

É o momento de apontar para as qualidades do funcionário e onde ele precisa melhorar, uma perspectiva externa pode ajudá-lo a reconhecer seus próprios pontos de vista, sejam negativos ou positivos e investir no aprimoramento deles. Além disso, esse momento dá ao funcionário a sensação de segurança e de que ele atende às perspectivas de futuro da organização.

Diminui ruídos de comunicação

Por se tratar especificamente de uma ferramenta onde o uso da comunicação organizacional é o principal ponto. Esse tipo de feedback reduz o ruído da comunicação e ajuda a construir um vínculo de confiança entre as equipes que aumenta a participação, a autorresponsabilidade e o engajamento com a entrega de resultados.

Evita que erros sejam reincidentes

imagem de duas mulheres em pé conversando e olhando para um tablet

Permite que o funcionário entenda os erros que está cometendo, mas também tenta focar na solução e não no erro, o que mostra-lhe as diferentes formas que poderia ter feito para evitar a situação.

Com o tempo, através dessa ferramenta, será possível que as equipes aprendam a encontrar novos pontos de vista relacionados às falhas cotidianas, saberão lidar sozinhas com as situações mais complexas e não apenas terão medo de errar e se arrepender quando o fizerem.

Ajuda no autoconhecimento do colaborador 

Quando há na empresa uma cultura de feedback, é mais fácil implementar um processo de aprendizado contínuo, onde os colaboradores conseguem compreender melhor seus próprios conhecimentos, identificar pontos fortes e fracos e buscar melhores resultados com base em objetivos estratégicos.

Quando dar um feedback construtivo?

Para que o feedback construtivo seja dado corretamente, ele precisa envolver planejamento e não é necessário que seja dado imediatamente, pelo contrário. Você deve estimar qual é o momento ideal para entrevistar.

Embora o feedback positivo possa ser dado publicamente como uma forma de reconhecimento e incentivo, o feedback construtivo é mais responsivo e recomendado a ser dado em particular.

É mais eficaz esperar a hora certa para uma conversa mais difícil. Tanto o supervisor quanto o destinatário do feedback podem pensar com mais clareza sobre o tópico da conversa e chegar a um resumo e solução juntos.

Quais as intenções de um feedback construtivo?

Todos precisam de uma perspectiva externa para melhorar – sem exceção, em todos os níveis da vida, pessoal, social e profissional. 

O feedback construtivo pode ajudá-lo a identificar habilidades e atitudes que podem ser aprimoradas para obter mais resultados no ambiente desejado e até mesmo identificar oportunidades e características que a pessoa não percebe ou aprecia.

Todavia, um comentário mal planejado ou a palavra errada pode causar danos: destruir a relação entre o doador do feedback e a pessoa que o recebe, causando raiva, ressentimentos, desmotivando as pessoas e até às forçando a pedir demissão.

Como realizar um feedback construtivo?

imagem de um homem e uma mulher sentados em uma mesa conversando

Dificuldades de comunicação podem levar a um feedback ruim, o que pode levar a relações de trabalho tensas. Portanto, é importante entender a melhor maneira de fornecer feedback. Aqui estão algumas dicas para desenvolver feedback construtivo. Veja!

Anotar e planejar com antecedência o que será falado

Muitos gestores vão até os membros de sua equipe para dar feedback sem nenhum preparo. Sendo assim, manter uma planilha onde os gestores possam marcar pontos que precisam ser mencionados nas reuniões de briefing é essencial. Então, antes de fornecer um feedback aos funcionários, é possível conferir a planilha e incluir o que considerar importante.

Escolher o melhor momento 

Outro ponto muito importante a ser considerado ao se preparar para fornecer feedback a alguém é o momento certo. A outra pessoa precisa ficar calma e não estar ocupado com outra coisa, além de ouvir você.

Aproximar-se da mesa e iniciar uma conversa com outras pessoas presentes enquanto o funcionário está trabalhando não é positivo e gera uma série de dúvidas e constrangimentos.

Exponha os motivos para aquele feedback

A pessoa que receber o feedback provavelmente contestará suas razões para o comentário. Portanto, é melhor lembrar qual é o motivo e o propósito do feedback. Essa clareza também o ajudará a encontrar a melhor maneira de falar sobre isso.

Aponte as qualidades e resultados positivos do colaborador

Em todo feedback é determinante não apenas considerar as lacunas ou erros da outra pessoa, mas também trazer suas qualidades, conquistas e pontos fortes para a conversa.

Com isso, será possível aproximar a pessoa que está recebendo o feedback, ajudando ela a abrir sua mente e espírito para o resto da conversa. Além disso, reconhecer pontos positivos aumenta a motivação e faz com que se sintam valorizados em seu ambiente.

Traga soluções ou pontos de melhoria a serem trabalhados

O feedback só é construtivo se ele orientar e indicar melhorias nas situações negativas e não apenas para elogiar ou identificar problemas no colaborador. Isso ajuda a motivar as pessoas e mostra haver espaço para melhorias.

Portanto, pensar em soluções com os indivíduos mostra o interesse e o comprometimento da liderança/empresa, aumentando a confiança e comprometimento do funcionário.

Conclusão 

Ao longo deste artigo, explicamos o que é um feedback construtivo, quais os benefícios dele e quando oferecê-lo. Além de mostrar quais as intenções de um feedback construtivo e como realizá-lo.

Como você pode ver, o feedback construtivo tem muitas vantagens para o desenvolvimento de sua empresa e equipe. Portanto, invista no desenvolvimento de uma cultura de feedback em seu negócio.

Dessa forma, o processo se torna natural no dia a dia de sua equipe, permitindo que eles não apenas recebam feedback natural, mas também forneçam feedback com naturalidade e confiança aos seus colegas e gestores.

Os benefícios vão muito além do exposto e colocam sua equipe em um caminho de desenvolvimento saudável e sustentável. Por isso, vale a pena investir nesse tipo de ferramenta.

Se você gostou deste texto, compartilhe nas redes sociais e continue sua visita no blog da PontoTel.

banner custos jornada de trabalho
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima