Entenda o que é o feedback positivo, qual a sua importância e quando usar!
BLOG
Time Pontotel 28 de agosto de 2023 Departamento Pessoal
Entenda o que é o feedback positivo, qual a sua importância e quando usar!
O feedback positivo serve para reforçar bons comportamentos, bom desempenho e altas performances dos colaboradores. Saiba como aplicá-lo!
img of Entenda o que é o feedback positivo, qual a sua importância e quando usar!

Os feedbacks são extremamente importantes em uma organização. No entanto, muitas vezes eles são aplicados somente para apontar os erros dos profissionais, deixando de lado as ações positivas que eles realizam. Por isso, também é importante aplicar o feedback positivo.

Esse tipo de feedback ajuda a reforçar um comportamento positivo, motiva os colaboradores e cria sentimento de valorização e pertencimento.

Pensando nisso, este artigo foi preparado para explicar mais sobre o feedback positivo e a sua importância. Veja o que será abordado:

Quer saber mais sobre feedback positivo? Então acompanhe o artigo a seguir e tenha uma boa leitura!

O que é feedback positivo?

Um homem assinalando uma cara feliz

O feedback é, no geral, uma ferramenta utilizada para dar um retorno a alguém sobre uma tarefa ou ação realizada. Nesse sentido, o feedback positivo é uma resposta positiva ou um elogio diante de uma ação bem feita, e deve ser comemorada.

Desse modo, pode-se dizer que o objetivo do feedback também está associado a um reforço positivo, e não somente às punições e às correções que podem ser interpretadas como negativas. Assim, é necessário mostrar as ações corretas realizadas pelo profissional, motivando-o a continuar se desenvolvendo e se esforçando diariamente.

Posto isso, é importante ressaltar que as pessoas tendem a aprender mais diante de comentários positivos do que punições, pois estas são vistas como uma ameaça e criam sentimentos negativos nos colaboradores, levando, a longo prazo, a desmotivação e esgotamento mental.

Por outro lado, o feedback positivo faz com que os profissionais queiram se dedicar mais a empresa e as suas tarefas, ao compreenderem a importância do seu papel e da sua função para o sucesso da organização.

Qual a importância do feedback positivo?

Antes de o gestor saber como dar um feedback positivo, é necessário compreender a importância dessa ferramenta. Isto é, os feedbacks no geral, são ferramentas utilizadas para orientar, motivar e fortalecer uma equipe, além de melhorar a comunicação interna.

Portanto, o feedback positivo é uma oportunidade para os líderes estreitarem os laços com os funcionários e melhorem os processos internos, aumentando significativamente o engajamento dos colaboradores e a satisfação com a empresa.

Por mais que os colaboradores tenham atitudes e ações positivas, é difícil compreenderem sozinhos o que está sendo feito de bom. Por isso, os gestores devem destacar essas ações por meio do feedback positivo.

Além disso, o feedback positivo é importante por outros motivos. Veja, a seguir, quais são eles:

Aumenta a motivação e o engajamento da equipe

O feedback positivo é uma ferramenta utilizada para celebrar as conquistas e o bom desempenho dos colaboradores. Nesse sentido, ao serem destacados por uma boa ação, os profissionais se sentirão mais motivados e empenhados a manterem bons comportamentos.

Reduz a rotação e a ausência dos colaboradores

Receber reconhecimento por parte da gestão faz com que os profissionais se sintam valorizados e sejam lembrados pelo trabalho que realizam. Desta forma, o colaborador não irá desejar mudar de empresa, pois sabe que ali seu trabalho é valorizado, gerando uma redução no absenteísmo.

Aumenta a satisfação no ambiente de trabalho

Trabalhar em um ambiente em que o colaborador e suas ideias são ouvidas, além de ser reconhecido pelo seu desempenho, é ótimo para melhorar a satisfação no ambiente de trabalho.

Isso porque, funcionários satisfeitos se sentem mais motivados a cumprirem suas demandas e manterem seus níveis de produtividade.

Estimula novos desafios

Diante de feedback positivo, os profissionais são constantemente desafiados a superarem as expectativas e enfrentarem novos desafios na carreira. Isso faz com que eles consigam desenvolver novas habilidades e melhorar sua performance constantemente.

Melhora a comunicação

Quando os líderes possuem a prática de realizar feedbacks constantemente, eles criam uma relação de confiança com os colaboradores, gerando maior abertura para diálogos.

Dessa forma, a comunicação interna não possui barreiras, e os gestores e os subordinados conseguem se comunicar abertamente.

Quais são os tipos de feedback?

Um homem segurando três cubos com cubos com diferentes expressões faciais

O feedback varia de acordo com cada situação e com a cultura organizacional. Isso porque, cada evento requer um tom de voz e uma conduta diferente; por exemplo, se um colaborador tem um desempenho ruim, o gestor deve aplicar um feedback conforme essa situação e assim por diante.

Por isso, veja a seguir quais são os tipos de feedback e quais as formas de utilizá-los no dia a dia.

Feedback positivo

Como foi possível perceber, o feedback positivo diz respeito a um elogio feito para ressaltar ou comemorar um bom desempenho ou uma ação específica do colaborador. Assim, esse tipo de feedback é aplicado quando o profissional supera as expectativas, e isso pode ocorrer por meio de:

  • Alcance de metas;
  • Resolução de problemas de forma rápida e criativa;
  • Comportamento exemplar perante a equipe.

No entanto, é preciso aplicar esse feedback com sabedoria, pois elogios em excesso podem ultrapassar o limite e prejudicar o desenvolvimento do colaborador, além de gerar conflitos na equipe.

Feedback corretivo

O feedback corretivo, como o próprio nome já diz, tem o objetivo de corrigir um comportamento inadequado, auxiliando o profissional a evoluir. Geralmente, ele é aplicado quando o colaborador comete algum erro ou apresenta um desempenho negativo.

Nesse sentido, o gestor deve ter uma conversa com o profissional, demonstrar os pontos que devem ser melhorados e orientá-lo sobre como realizar essas mudanças. Vale ressaltar que esse tipo de feedback deve ser realizado de modo privado e assim que o erro for percebido.

Feedback construtivo

Esse tipo de feedback assemelha-se ao feedback positivo; no entanto, há diferenças, pois no feedback construtivo é feita uma análise mais completa, em que são apontados os pontos fortes e fracos do colaborador.

O principal diferencial desse tipo de feedback é que ele demonstra qual caminho o profissional deve seguir conforme os objetivos e o perfil que este possui. Outro diferencial do feedback construtivo é que não existe um momento certo para que ele seja aplicado.

Feedback negativo

Por último, o feedback negativo é o mais delicado, e deve ser aplicado com cuidado. Isso porque, uma vez que uma conversa soe totalmente negativa, em vez de corrigir, muitas vezes causa apenas desmotivação, fazendo com que o profissional se sinta inferior.

Esse tipo de feedback é utilizado quando o profissional tem comportamentos inadequados ou baixos níveis de desempenho.

Quando dar um feedback positivo?

Como dito anteriormente, o feedback positivo é aplicado quando a equipe ou um colaborador possuem um alto desempenho ou realizam um bom trabalho. Aplicar o feedback no momento certo é fundamental, pois, quanto maior o tempo dado após o acontecimento, menor será a eficácia do feedback.

Geralmente, as empresas organizam um período para celebrar essas conquistas, uma vez por mês, trimestralmente, semestralmente, etc. Assim, esse momento é definido conforme a necessidade e a cultura de cada organização.

No entanto, vale ressaltar que alguns feedbacks não precisam esperar tanto tempo, e podem ser feitos de forma mais reservada. Para isso, também é importante considerar o perfil de cada colaborador e o que será mais confortável para ele.

Como dar um feedback positivo?

Não há como negar que aplicar um feedback positivo é mais fácil que um feedback negativo, por exemplo. Porém, isso não significa que os gestores não devam se preparar para esse momento.

Portanto, para o feedback ser realmente positivo, é importante seguir algumas dicas que irão auxiliar na hora da aplicação. Veja quais são elas a seguir.

Estruture os principais pontos antes de fazer o feedback positivo

Antes de aplicar qualquer tipo de feedback, é importante estruturar o que será falado, pois, por mais bem-intencionado que o líder seja, o feedback pode não ter o mesmo efeito se ele não falar o que precisa ser dito.

Por isso, antes de aplicar o feedback, é importante avaliar os seguintes pontos:

  • Qual ação será destacada e por quê?
  • Quais os impactos causados por esta ação?
  • O que será elogiado?

Esses pontos ajudarão os gestores a não comparar os profissionais e não serem redundantes nos elogios, além de gerar mais sucesso na aplicação do feedback positivo.

Parabenize o trabalho

Uma das principais motivações para os profissionais é serem parabenizados e reconhecidos por seu trabalho e esforço. Isso faz com que os profissionais se sintam mais motivados, tenham melhor desempenho e se dediquem às tarefas.

Desse modo, é recomendado parabenizar os colaboradores quando houver um bom desempenho nas funções. Além disso, também é importante falar das melhorias que eles tiveram em relação a períodos anteriores e elogiar as competências de cada um.

Apresente exemplos de bom desempenho

O feedback positivo possui o objetivo de gerar aprendizado e dar continuidade às performances positivas dos profissionais; por isso, é importante mostrar aos colaboradores as ações positivas que estão sendo realizadas e a importância delas para a empresa.

Com isso, os colaboradores conseguem ter exemplos do que deve ser feito e do que precisa ser melhorado para obterem mais feedbacks positivos.

Incentive ainda mais os resultados e a evolução do colaborador

O feedback positivo também é uma oportunidade para estimular e encorajar o colaborador a continuar gerando bons resultados. Por isso, uma forma de complementar o feedback é incentivar esses resultados, e isso pode acontecer por meio de cursos, treinamentos ou benefícios, por exemplo.

Qual é o papel do líder no momento do feedback?

Independentemente do tipo de feedback que será aplicado, pode existir alguma dificuldade; por isso, é importante que os líderes estejam preparados e aptos para aplicá-lo, isto é, saber o que precisa ser dito e ouvir o que o colaborador tem a dizer.

Nesse sentido, o líder possui um papel fundamental na aplicação do feedback por dever demonstrar claramente o que precisa ser dito, sem comparar o profissional, sem desmotivá-lo, e sempre orientá-lo sobre o que precisa ser melhorado.

Além disso, os gestores também devem seguir outras medidas na hora de conduzir o feedback. São elas:

  • Estar disposto a ouvir críticas do profissional;
  • Não exigir do colaborador algo que nunca tenha sido pedido a ele;
  • Não expor o profissional, principalmente em feedbacks negativos;
  • Basear o feedback em comportamentos verdadeiros;
  • Não apontar apenas os erros, mas também mencionar os acertos do colaborador;
  • Encontrar um equilíbrio entre pontos fortes e fracos, sem elogiar ou criticar demais.

Conclusão

Uma mulher sorrindo conversando com um grupo de pessoas

O feedback é uma ferramenta muito importante para que os profissionais saibam o que estão fazendo corretamente e o que precisa ser melhorado. Além disso, o feedback positivo serve para ressaltar os acertos e o bom desempenho dos profissionais.

Porém, isso não quer dizer que ele deve ser aplicado de qualquer maneira; pelo contrário, os líderes devem saber o momento certo de realizar o feedback positivo, a forma correta de fazê-lo e também ouvir o que o profissional tem a dizer.

Reconhecer o bom desempenho de um profissional gera muitos benefícios para a empresa, além de melhorar o engajamento e a produtividade dos colaboradores.

Gostou de saber o que é o feedback positivo e qual a importância dessa ferramenta? Então, não deixe de acessar o blog Pontotel e ficar por dentro de assuntos como este!

Compartilhe em suas redes!
Mais em Departamento Pessoal VER TUDO
INICIAR TOUR!