Cultura Organizacional – O que é, Sua Importância e Exemplos

cultura organizacional a importancia

Você sabe o que é cultura organizacional e porque ela é importante para sua empresa?

É provável que você já tenha ouvido falar que toda empresa precisa criar e trabalhar a cultura organizacional. Entretanto, poucos empreendedores sabem realmente o que significa e a importância da cultura de uma organização.

Se fosse para definir a importância desse tema para as empresas eu diria que a estratégia do seu negócio representa os tijolos, já a cultura organizacional seria a argamassa.

Ou seja, para construir uma parede sólida é necessário que ambos os componentes sejam de alta qualidade e bem produzidos, não é mesmo?

Agora como você descreveria a cultura organizacional da sua empresa?

Bem, se você não sabe por onde começar, está na hora de solucionar esse enigma e descobrir como criar uma cultura organizacional poderosa para sua empresa.  

Isso significa que você precisa criar uma cultura organizacional que esteja atrelada a estratégia do seu negócio, e aos seus clientes.  

Se é por isso que está aqui, vamos ao que interessa. Nesse artigo vou te ajudar a entender o que é cultura dentro das empresas, sua importância, quais os tipos e como bônus vou mostrar algumas empresas que são referência quando o assunto é cultura organizacional.

Para começar, confira o índice deste artigo:

O que é cultura organizacional?

cultura organizacional o que e

A cultura organizacional se refere a um conjunto complexo de valores, crenças e ações que definem a forma como uma organização é conduz seu negócio.

Para melhor compreensão vamos lembrar o que é a cultura dentro da sociedade. A cultura é moldada pela história, costumes, sotaques e tudo que aprendemos ao longo da convivência social com determinado grupo.

Dentro de uma empresa a lógica será a mesma. A cultura da empresa funcionará como um guia de comportamento e mentalidade para os funcionários. Ou seja, suas práticas, hábitos, comportamento, princípios, política, crenças entre outros fatores.   

Você deve estar se perguntando, porque definir uma cultura organizacional é tão importante se ela não tem interferência direta com o meu cliente?

Se você pensou desta forma, preciso te dizer que você está enganado.

A cultura organizacional não é relacionada apenas ao comportamento dos colaboradores, mas também a forma com que as estratégias e os seus clientes são tratados.

Um exemplo básico de crenças organizacionais é a famosa frase “O cliente sempre tem razão”. Pensando bem, será que ele sempre tem razão mesmo?

De nada adianta manter um cliente problemático que falta com respeito ao seus colaboradores, e desmotiva toda a equipe, comprometendo assim o desempenho e a produtividade da sua empresa.

Vale lembrar aqui, que cultura organizacional está diretamente ligada a motivação da sua empresa.

Não adianta dizer que as pessoas são movidas apenas a dinheiro, e que isso deve manter todos os funcionários motivados, isso pode até ser parte do sonho, mas a verdade é que dinheiro por si só não faz milagres.

Se uma organização não criar um cultura organizacional forte e capaz de motivar todos os funcionários, ela provavelmente estará fadada ao fracasso.

O que eu estou te dizendo pode até parecer um conceito novo, entretanto esse tema já é abordado a muito tempo, sendo abordado por Idalberto Chiavenato, um dos autores mais respeitados quando o assunto é Administração de Empresas e Recursos Humanos.

cultura organizacional segundo chiavenato

Cultura organizacional segundo Chiavenato

Para Chiavenato, a cultura organizacional é capaz de estimular a satisfação no trabalho, a motivação e o desempenho dos colaboradores.

“Os indivíduos aguardam recompensas, satisfações e frustrações e, essas expectativas tendem a levar à motivação. Fatores de satisfação são os que demonstram os sentimentos mais positivos do profissional em relação ao trabalho” Chiavenato (2002)

O autor destaca em seus livros que para uma empresa ter sucesso ela  precisa investir em seu público interno, pois esse é o principal responsável pelo crescimento da organização.

Para isso, é necessário que todos compreendam qual é a missão, visão, os valores, objetivos, crenças e desafios da organização em que estão inseridos. Somente com uma visão ampla do cenário é possível contribuir para o crescimento.

Qual a importância de uma cultura organizacional

Chiavenato ressalta em seus livros a importância dos funcionários para o sucesso do negócio, afinal uma empresa é composta essencialmente por pessoas.

Entretanto, não adianta nada ter os melhores profissionais se a empresa não souber gerenciá-los e engaja-los aos objetivos e valores daquela organização.

Nada é mais frustrante para um funcionário que trabalhar em uma empresa que prega uma cultura organizacional moderna, mas no dia a dia a tal organização é tão burocrática quanto uma empresa conservadora.

Esse é o clássico caso de empresas que apesar de ter o conceito de cultura moderna, acaba não conseguindo implantá-la em sua empresa devido a divergência entre o planejado e o realizado.  

A cultura organizacional é responsável por reunir os hábitos, comportamentos, crenças valores e políticas internas e externas de uma empresa. Em outras palavras a cultura desenvolve diretrizes para uma empresa.

Uma boa cultura pode motivar os funcionários e ajudá-los a crescer junto com os negócios, assim como uma cultura desorganizacional, pode acarretar problemas com produtividade, absenteísmo e rotatividade no ambiente de trabalho.

Agora você deve estar curioso para saber como formar uma cultura organizacional forte e motivacional para sua empresa. Então vamos lá, confira a seguir.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Cultura Organizacional - O que é, Sua Importância e Exemplos

Como é formada a cultura organizacional de uma empresa

cultura organizacional metas

Desenvolver conscientemente a cultura de uma empresa não é uma tarefa fácil, isso porque tem que ser compatível com às expectativas que criamos e que são geradas ao decorrer do crescimento da empresa.

Os maiores desafios quando falamos sobre cultura organizacional é criar valores, visões e crenças que reflitam de fato os reais anseios dos funcionários. Afinal são essas definições que estabelecerão o perfil dos funcionários da sua empresa.

Mas por onde começar a criar a cultura organizacional da minha empresa?

Muitas empresas começam a criar a cultura organizacional pela visão, missão e valores. Mas como saber tudo isso sem antes ter em mente o que você quer para sua empresa e onde quer chegar?

Edson Rigonatti palestrante do Workshop sobre People Operations listou oito perguntas a serem respondidas por quem quer criar uma cultura organizacional forte e eficiente.

Segundo o palestrantes na medida em que você vai respondendo as perguntas, o perfil da cultura da sua empresa vai se desenhando, junto com um diagnóstico do estado atual da organização.

Vamos ver quais são as perguntas.

  1. Sua cultura é missionária ou mercenária? Estamos aqui para ganhar dinheiro e ser eficiente ou por uma causa?
  2. As coisas acontecem de um jeito estruturado ou flexível? Na sua empresa tem processo para tudo ou cada um faz o que quer?
  3. É preferível pensar sobre um problema ou sair executando e aprender no caminho?
  4. Damos mais valor ao controle ou delegamos bem?
  5. Ter cuidado na ação ou existe permissão ao risco?
  6. Sua empresa lida com pessoas de um jeito diplomático ou direto?
  7. Na sua empresa as pessoas são individualistas ou trabalham mais em grupo?
  8. Vale mais o que acontece de casa ou fora de casa?

Ao responder essas perguntas você verá que não existe uma resposta binária, ou seja, um mero sim ou não. Não haverá o certo ou errado, apenas um perfil específico que determinará o jeito que sua empresa é.

Definir a cultura organizacional é como fazer uma sopa quando se tem à disposição 29 ingredientes. Se você colocar todos dificilmente a sopa saíra com um gosto bom e  uma consistência boa.

Agora se você escolher os ingredientes que quer usar com base no resultado que quer atingir, aí sim você terá uma sopa com consistência e gosto desejáveis.

Vale lembrar que a cultura de uma empresa é mutável, ou seja, ela está sendo moldada constantemente, cada colaborador que entra agrega algum elemento a cultura de uma empresa, mas quem ditará para onde a organização está indo, são as pessoas com maior influência.

Para criar uma cultura organizacional forte não basta ter as pessoas certas no papel de influenciadores, um dos papéis fundamentais para isso é criar uma base inicial como visão, missão e valores, para dar direção ao time.

cultura organizacional missao visao valores

Missão, visão e Valores

Todo mundo já ouviu falar do conceito de missão, visão e valores, mas poucos sabem que a estruturação desses elementos são essenciais para a cultura de uma empresa.

Missão, visão e valores são os pilares de qualquer organização, eles funcionam como um documento oficial que definirá a cultura organizacional.

Por esse motivo esses três pilares precisam estar totalmente integrados, com o propósito da empresa, assim como devem ser claro e inspiradores, pois seu papel e engajar os funcionários com os objetivos da sua empresa.

Mas lembre-se com o desenvolvimento da empresa, esse pilares podem e devem ser ajustados para acompanhar a evolução da organização.

Agora para ficar mais claro como montar esses três pilares vamos ver a definição de cada um.

Definição da Missão

Podemos definir a missão como a razão pela qual a empresa existe, é a declaração do propósito fundamental da organização, em outras palavras o motivo pela qual foi criada.

A missão deve ser encarada como a identidade da organização, ou seja, tem que esclarecer qual o seu negócio. Ela deve responder a pergunta básica que é “Para que existimos?”

A definição da missão de uma empresa é importante pois cada decisão ou estratégia criada para o negócio estará alinhada a missão da sua empresa.

Definição da Visão

A visão de uma empresa representa um estado futuro para o negócio, onde ela deseja chegar, o que ela quer alcançar.

Todo empreendedor tem em mente onde quer chegar com o seu negócio, mas dificilmente ele conseguirá alcançar esse objetivo se ele não formalizar tal visão para o futuro e definir estratégias para alcançá-los.

Mas calma, de nada adianta estruturar a visão de uma empresa em algo que não é realizável ou objetivo. Para criar a visão é necessário ter uma dimensão perceptível e estabelecer um prazo para alcançar aqueles objetivos.

Por isso, é importante lembrar que a visão da empresa é criada para um período de tempo pré determinado, portanto ela pode mudar ao longo do tempo, e se ajustando conforme o momento que a organização se encontra.

A definição da visão é importante pois ela será responsável por toda elaboração do planejamento estratégico.

Definição dos Valores

Uma vez que definida a missão e visão, chegou a hora de definir os valores da sua empresa, que nada mais é do que os princípios que regem as ações e comportamento de todos os indivíduos dentro da empresa.

Gosto de brincar que os valores de uma empresa são na verdade as regras do jogo, ou seja, tudo aquilo que você acredita que não pode faltar para ganhar o campeonato.

Para entendermos melhor o que são valores é necessário distinguir valores de crenças.

Uma crença é algo que um único indivíduo acredita ser certo, justo ou bom. Já o valor, é como um indivíduo age a partir daquilo que ele acredita ser bom. Dessa forma o valor está mais atrelado ao comportamento dos indivíduos.

Sendo assim, para uma empresa alcançar o seu objetivo ela precisa criar princípios ou crenças que servirão como guia de comportamentos, atitudes e decisões para os seus funcionários.  

É importante ter em mente que os valores devem ser seguidos por todos dentro da organização. Dessa forma é necessário que suas definições sejam desenvolvidas em conjunto com os colaboradores.

Agora que você conferiu a definição e a importância da missão, visão e valores dentro de uma empresa, que tal vermos os tipos de cultura organizacional existentes no mercado de trabalho?

Vamos lá!

Tipos de cultura organizacional

cultura organizacional tipos de cultura

Até agora vimos como criar a definição de cultura organizacional, a importância da missão visão e valores e quais perguntas essenciais para quem está pensando em desenvolver a cultura dentro da empresa.

Mas saber as características culturas e qual o modelo que sua empresa se enquadra é tão importante quanto criar a cultura dentro da empresa.

Para isso vamos utilizar o modelo mais famosos criado pelo filósofo irlandês especializado em comportamento organizacional Charles Handy.

1. Cultura do Poder

Empresas que possuem a cultura do poder são aquelas que concentram a liderança em algumas pessoas, essas que são capazes de influenciar a toda organização. No caso de empresas menores, esse poder geralmente está centralizado no dono da empresa.

Esse tipo de cultura corporativa é voltada paraa conquista de resultados, existindo poucas regras, visto que o que acontece é dito por aqueles que possuem poder de decisão.

Muito comum em empresas pequenas esse modelo de cultura tende a gerar muito conflito interno, uma vez que o poder de decisão está centralizado em um único indivíduo.

2. Cultura de Papéis

A cultura de papéis, possui o foco nas funções desempenhadas por cada indivíduo dentro da organização.

O poder neste tipo de organização, é determinado pela posição da pessoa na estrutura organizacional. Essa cultura é orientada por regras, cargos e funções definidas, o que gera uma falta de flexibilidade na execução das tarefas, uma vez que cada funcionário só realiza o que foi determinado a ele.

Este tipo de cultura resulta em profissionais mais acomodados, que não se preocupam com seu crescimento dentro da organização.

3. Cultura de Tarefas

Já  cultura de tarefas, o foco está nos projetos e o poder está nas mãos de quem tem a capacidade de resolver o problema, podendo ser uma equipe formada para tal, ou apenas um indivíduo.

O principal diferencial dessa cultura está nos profissionais, que ocupam papel principal assumindo responsabilidades, e junto com ela liberdade para agir com criatividade em busca de soluções.

A cultura de tarefas costuma influenciar de maneira positiva no clima organizacional da empresa, já que valoriza e dá liberdade para que seus colaboradores deem ideias e proponham soluções. Vale ressaltar que isso têm o grande poder de mantê-los motivados.

4. Cultura de Pessoas

A cultura de pessoas, como o próprio nome sugere, o colaborador está sempre em primeiro lugar, independente do cargo que ocupa.

As empresas que adotam esse tipo de cultura valoriza muito o trabalho dos seus funcionários, a integração da equipe e o crescimento profissional de cada funcionário.

Nesse tipo de cultura há a consciência de que a empresa existe porque as pessoas estão ali e constantemente são incentivadas e valorizadas.

Pronto, agora que já vimos os tipos de cultura organizacional existentes, você já definiu qual pretende adotar na sua empresa?

Se ainda possui dúvidas que tal vermos alguns exemplos de cultura organizacional das grandes empresas do mercado.

Exemplos de cultura organizacional de grandes empresas

cultura organizacional google

Google

O sonho de muitos profissionais é trabalhar na Google, afinal a empresa é um dos exemplos de cultura organizacional mais fortalecida do mercado, servindo de referência em gestão de pessoas para diversas empresas e startups.

Os “Googlers”, nome dado aos funcionários da empresa, geralmente são seduzidos pelo ambiente descontraído, criativo e de descompressão que a Google possui.

Não podemos esquecer que as refeições gratuitas, viagens, festas, premiações, e outra série de benefícios são outros motivos que tornam a empresa uma referência em cultura bem sucedida e centrada no bem-estar dos funcionários.

A Google é o exemplo de empresa que acredita que a motivação dos funcionários está diretamente ligada ao sucesso da empresa. Dessa forma, ela investe sempre no bem estar e estratégias motivacionais para seus colaboradores.

Mas nem tudo são são flores, a Google também é conhecida por ter um processo seletivo muito meticuloso, afinal seus funcionários são conhecidos por serem os “melhores dos melhores”.

Mas como será que a Google tornou-se um sucesso em cultura organizacional?

Vamos ver alguns dos elementos da cultura que a empresa adotou e que pode tê-la tornado uma referência sobre o tema?

Dentro dos  pilares da cultura organizacional da Google, estão:

  • Processos seletivos meticulosos, com a intenção de formar uma base de colaboradores inovadora e alinhada aos valores do organização;
  • Análise de dados coletados pelo RH para potencializar a performance dos funcionários;
  • Criação de uma ambiente casual e democrático, com espaço para ideias e valorização de hierarquia horizontal;
  • Clareza quando a missão e valores da empresa, valorizando a transparência no relacionamento com os colaboradores;
  • Reconhecimento da contribuição de cada indivíduo dentro da empresa.

Deu para perceber que os conceitos mais importantes da cultura estão alinhados com uma abordagem em que os funcionários são a parte mais importante da empresa.

Netflix

A Netflix é outra empresa referência do mercado quando falamos sobre cultura organizacional focada nos funcionários.

O Reed Hastings, cofundador da empresa, publicou no linkedin uma apresentação sobre a cultura organizacional da empresa. O documento leva o título de “Cultura Netflix: Liberdade e Responsabilidade”, o documento já ultrapassou 18 mil visualizações na plataforma.

O documento prega a importância de manter os processos e condutas flexíveis a fim de evitar gastos desnecessários com controles excessivos.

A Netflix é conhecida por dar muita atenção à capacidade do seus funcionários em responder pelos atos, assumir responsabilidades e coordenar suas tarefas da maneira que acharem correta e que atenda às expectativas da empresa.

Starbucks

cultura organizacional starbucks

Outra visão inovadora no mercado de trabalho foi desenvolvida pela Starbucks que focou a cultura de sua empresa baseada na sustentabilidade do meio ambiente e no bem-estar da comunidade.

Tal postura que é reflexo da missão da empresa “Inspirar e nutrir o espírito humano, uma pessoa de cada vez, uma xícara de café e uma comunidade de cada vez”.

Vale ressaltar que algumas lojas costumam dar descontos para os clientes que utilizarem o copo de café, além de promover ações que estimulam a consciência ambiental de seus clientes.

Nubank

A Nubank é uma das novas empresas que já nasce com o propósito de ser diferente.  Com apenas 5 anos, já se tornou uma startup referência no quesito cultura organizacional que integra seus funcionários e clientes.

Poucas empresas em tão pouco tempo conseguiu criar e gerenciar uma cultura organizacional tão forte quanto a Nubank.

A empresa optou por criar uma cultura inclusiva, criativa  e descontraída, deixando seus colaboradores a vontade, dando a eles a possibilidade de trabalharem de chinelo, bermuda ou até mesmo levar seu cachorro de estimação para o escritório, o queacaba por seduzir muitos de seus funcionários.

Com esses exemplos de cultura organizacional é possível perceber como a missão, visão e valores das empresas estão diretamente ligados a sua cultura organizacional, e muitas vezes pode determinar o sucesso da organização.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Cultura Organizacional - O que é, Sua Importância e Exemplos

Como o controle de jornada se insere na cultura organizacional

cultura organizacional controle de jornada

Até agora falamos sobre os benefícios de se trabalhar uma cultura organizacional, os diversos tipos e até mesmo vimos alguns casos de sucesso.

Entre os casos de sucesso, citei empresas que adotaram culturas organizacionais focadas em seus colaboradores e criaram ambientes mais descontraídos com jornadas flexíveis.

Mas poucos ouvimos falar sobre como essas empresas se relacionam com a legislação  quando adotam posturas mais flexíveis, principalmente quando estamos falando sobre o controle de jornada.

A Consolidação de Leis de Trabalho determina que estabelecimentos com mais de 10 colaboradores adotem um sistema de controle de ponto eletrônico.

Mas agora eu te pergunto como essas empresas fazem para gerenciar todos os horários de trabalho?

A resposta é mais simples do que você imagina, elas utilizam tecnologia não apenas para controlar as jornadas dos colaboradores, mas também para ajudá-las a gerenciar a cultura organizacional e a motivação das equipes.

Imagino que você deve estar pensando que para isso elas adotam diversas ferramentas. Mas preciso te dizer que sistemas de controle de ponto como o PontoTel possuem todas essas funcionalidades em um único lugar.

Nesse momento imagino que você deve estar com uma grande interrogação na mente se perguntando se isso é realmente possível. Então quero te dizer que sim, isso é muito possível.

O PontoTel é o melhor sistema de controle e gestão de ponto que tem auxiliado diversas empresas no gerenciamento das equipes.

Quer saber mais como funciona, então confira um artigo completo sobre o PontoTel e os benefícios desse sistema para sua empresa.

cultura organizacional conclusao

Ufa! chegamos ao fim deste artigo, espero que você tenha gostado das dicas de cultura organizacional.

O que procurei mostrar é a importância da cultura para as organizações, bem como os variados tipos, além dos benefícios de cada modelo de cultura para as empresas.

Outro ponto importante abordado no artigo é como o controle de jornada pode auxiliar as empresas a fortalecer sua cultura organizacional por meio da motivação dos funcionários.

Não esqueça um bom sistema de controle de ponto faz toda a diferença para uma gestão estratégica

Agora é só escolher o melhor modelo para sua empresa e criar estratégias para criar uma cultura organizacional forte, focada na visão missão e valores da sua organização.

Se ficou com alguma dúvida deixe seu comentário abaixo. Agora se quiser saber mais sobre o PontoTel entre em contato conosco.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Cultura Organizacional - O que é, Sua Importância e Exemplos


Rolar para cima
WhatsApp chat

Receba todas as novidades do nosso blog

Inscreva-se na nossa newsletter
e receba matérias exclusivas
no seu email

popup newsletter teste5 3 - Cultura Organizacional - O que é, Sua Importância e Exemplos

Não saia agora! Venha conhecer o PontoTel

O aplicativo de controle de ponto em tempo real
que você economiza tempo e dinheiro com cálculos automáticos e gestão de ponto completa.