Treinamento corporativo: como fazer e qual a importância para a empresa e colaboradores

imagem de uma mesa comprida com quatro pessoas sentadas nela, todos trajando terno. No fundo da imagem há uma lousa, na qual um homem de camiseta branca escreve.

Somos TOP of Mind de RH!

Estamos entre os finalistas do prêmio Top Of Mind de RH 2021, na categoria Controle de Frequência. Agora, precisamos da sua ajuda para ir ainda mais longe e levar o prêmio. Clique aqui e vote PontoTel!

Sempre que uma empresa faz a contratação de um novo colaborador, a decisão é baseada na análise de perfil e currículo do profissional. Apesar disso, muitas vezes, é necessário oferecer uma capacitação extra com treinamento corporativo. 

Os cursos oferecidos pela empresa permitem que os funcionários exerçam suas funções de forma eficaz e trazem uma série de benefícios extras, como a melhora do clima organizacional

Além de treinamento corporativo técnico, também existem os cursos voltados para o desenvolvimento de habilidades como liderança ou comunicação interpessoal. Por isso, é importante que a equipe de recursos humanos planeje o calendário de capacitação.

Se você ainda não sabe como aderir ao treinamento corporativo na sua empresa e qual a importância de implementá-lo, este artigo vai abordar: 

Boa leitura!

O que é treinamento?

O conceito de treinamento é bastante simples. Trata-se de um processo no qual um indivíduo ou um grupo de pessoas adquirem conhecimento por meio de aulas teóricas e práticas sobre determinado tema. 

Eles têm como objetivo desenvolver competências e habilidades específicas e podem estar relacionadas ao âmbito profissional ou pessoal. Um exemplo bem conhecido de treinamento é o de brigada de incêndio, comuns em edifícios comerciais e residenciais.

O que é o treinamento corporativo?

A educação corporativa tem como objetivo principal oferecer treinamento e desenvolvimento em competências que irão otimizar a rotina de trabalho dos colaboradores. A ideia é que a execução de tarefas seja mais eficiente. 

Desta forma, o calendário de treinamento corporativo costuma abranger características específicas de cada área da empresa, além de temas gerais para melhora do ambiente organizacional. 

Vale ressaltar que eles podem ser aplicados presencialmente ou por e-learning, ou seja, treinamento online.

Qual a importância do treinamento corporativo?

imagem de uma mulher dando aula ou palestras para um grupo de jovens.

Atualmente, as companhias já entenderam a importância de oferecer capacitação para os funcionários. Segundo a pesquisa Panorama do Treinamento no Brasil, em 2019, as empresas investiram em média R$652 por colaborador em treinamentos. 

Esses cursos colaboram não apenas com o desenvolvimento do profissional que participa da qualificação, mas também trazem benefícios para o negócio. Funcionários mais capacitados costumam ter uma melhor performance, impactando diretamente nos resultados da empresa.

Principais objetivos do treinamento e desenvolvimento

O treinamento corporativo, geralmente, tem uma série de objetivos e necessidades identificadas pela equipe de gestão de pessoal. Eles podem variar desde uma simples atualização técnica do colaborador até a integração de funcionários. 

É essencial que o treinamento empresarial esteja relacionado com o propósito da organização naquele momento. Se é preciso aumentar a produtividade, os gestores precisam selecionar cursos que trarão esses resultados. 

Agora, se o turnover da empresa é alto, como o treinamento corporativo pode melhorar o índice. Como pode perceber, o treinamento de funcionários pode ter uma variedade de objetivos a curto, médio e longo prazo. 

Os principais benefícios da educação corporativa são:

Capacitação do colaborador: Talvez o benefício mais palpável seja a qualificação do profissional. Especialmente em áreas mais técnicas é importante que o funcionário esteja habilitado para realizar suas tarefas com eficiência. 

Motivação e aumento da produtividade: Com o treinamento, o colaborador passa a entender melhor quais são suas funções. Logo, a tendência é que fique mais motivado com o trabalho, resultando na melhora da produtividade. 

Melhora do clima organizacional: Geralmente, os treinamentos são realizados em grupo. Sendo assim, cria-se uma oportunidade de integração dos funcionários, tanto da mesma equipe quanto de setores diferentes. 

Desta forma, é provável que o entrosamento melhore a relação interpessoal e o clima do ambiente de trabalho.

Retenção de talentos: É natural que os colaboradores se sintam mais valorizados quando percebem que a empresa investe em seu desenvolvimento pessoal e profissional. 

Por isso, oferecer treinamento corporativo pode aumentar a sensação de pertencimento e engajamento, retendo os talentos por mais tempo na companhia.

Valorização da marca: O principal garoto-propaganda de qualquer empresa é o próprio colaborador. Assim, um funcionário que tem orgulho de pertencer a sua empresa, certamente, indicará a sua marca, fazendo ela se valorizar no mercado. 

Como utilizar o treinamento corporativo para o desenvolvimento de pessoas?

O processo de admissão de um colaborador leva em consideração muitas informações sobre aquele profissional. É importante entender se ele tem perfil para a vaga desejada e ainda se possui os mesmos valores da empresa. 

Porém, muitas vezes, é identificado logo no início da trajetória do colaborador que ele precisa de algumas habilidades específicas as quais  ainda não possui. Nesses casos, o treinamento e desenvolvimento de pessoas é um diferencial da companhia. 

Na maioria das vezes, a melhor solução não é substituir aquele funcionário, mas sim qualificá-lo para que responda às expectativas. Não importa se a habilidade desejada seja puramente técnica ou comportamental, a educação corporativa pode cumprir esse papel de desenvolvimento. 

Como criar um bom treinamento corporativo?

um menino toca em um vidro com post its e, ao lado direito dele, há uma garota.

Antes de aplicar qualquer curso para o seu funcionário, faça o exercício de avaliar e criar uma estratégia para que o investimento de tempo e dinheiro seja assertivo. É comum ver gestores de RH oferecendo todo tipo de capacitação que não trará o retorno desejado. 

Algumas informações e processos são importantes para que o treinamento empresarial seja efetivo. Confira dicas para ter sucesso no seu planejamento de desenvolvimento corporativo. 

Faça um planejamento

Como qualquer passo na vida, o treinamento corporativo precisa ser planejado. Alguns itens precisam ser levados em consideração como orçamento disponível para a ação e a quem se destinará.

Para ter certeza da eficácia, a aplicação de treinamento e desenvolvimento de pessoas precisa ter um objetivo. 

Avalie as necessidades da empresa e equipes

Essa talvez seja a dica mais importante para a implementação de treinamento corporativo. A empresa precisa entender o que é necessário melhorar na capacitação de seus profissionais. 

Uma forma de fazer essa avaliação é observar os resultados de cada setor, conversar com os gestores e com os colaboradores. Por meio dessa análise, é possível identificar se há alguma falha em processos ou na comunicação dentro das equipes, por exemplo. 

A conclusão do processo de estudo do cenário da empresa pode ajudar na realização da próxima etapa.

Defina um tema e uma meta para esse treinamento e capacitação 

Agora que você já sabe o que sua empresa precisa para melhorar a educação corporativa. Defina quais são os temas prioritários para o treinamento de funcionários. Em alguns casos, é possível determinar metas para medir o resultado da capacitação. 

Se o setor de entregas tem dificuldades de cumprir os prazos, um treinamento para minimizar as falhas no processo deve resultar em melhores taxas no futuro. Sendo assim, será possível avaliar que o investimento foi positivo. 

Entenda se os temas escolhidos podem ter metas práticas de serem avaliadas e atingidas, assim, será mais provável que você tenha orçamento para novos treinamentos no futuro.

Decida a duração do treinamento

É claro que esse passo vai depender dos temas escolhidos, de quantas áreas estarão envolvidas e entre outros detalhes. Mas o planejamento inicial já deve conter o tempo de duração de cada treinamento corporativo. 

É possível que alguns assuntos não exijam mais de uma tarde de curso para transmitir o conteúdo, porém, outros podem levar até meses de duração. Essa análise deve ser feita de acordo com as metas definidas no item anterior. 

Esse ponto é importante para que os gestores saibam quanto tempo sua equipe terá que se dedicar ao treinamento e, desta forma, adaptar as jornadas de trabalho. 

Exemplos de treinamento corporativo

Como já citado anteriormente, existe uma série de possibilidades de treinamentos para o desenvolvimento de pessoas.  Geralmente, em uma empresa, é possível elencar três principais categorias:

  • Treinamento Técnico
  • Treinamento Comportamental
  • Treinamento Compliance ou Obrigatórios

Cada um deles tem um objetivo, que será explicado abaixo:

Treinamento técnico: Esse é o tipo de treinamento mais comum oferecido nas empresas. Normalmente, está relacionado a uma função técnica de cada área, como uso de softwares ou equipamentos. 

Treinamento Comportamental: São voltados ao desenvolvimento de habilidades comportamentais como liderança, comunicação interpessoal e gestão de conflitos. Não está ligado diretamente ao cargo exercido. 

Treinamento Compliance ou Obrigatórios: Cada segmento costuma ter suas regulamentações e os funcionários da empresa precisam estar cientes das regras do seu setor. Esse tipo de treinamento é bastante comum nas empresas e, geralmente, é aplicado a todos os colaboradores.

Qual o papel do RH na criação do treinamento corporativo?

A criação de um calendário de treinamento corporativo, na maioria das companhias, é função da equipe de recursos humanos. Isso ocorre porque são esses profissionais que conseguem ter uma visão mais ampla sobre as necessidades da empresa.

São eles quem recebem os feedbacks, tanto dos gestores quanto dos demais colaboradores, sendo assim, a estratégia para melhoria e desenvolvimento de pessoas deve partir do RH.  

Todo o planejamento, criação de calendário e mensuração dos resultados faz parte das atividades dos profissionais de recursos humanos.

Conclusão

É possível perceber que o treinamento corporativo é essencial para o desenvolvimento dos colaboradores e, consequentemente, para a melhora dos resultados da empresa. Profissionais mais capacitados têm melhor performance.

Além disso, quanto mais valorizados se sentirem, mais tendem a ficarem motivados para a execução das suas tarefas. Entretanto, para o treinamento empresarial ser efetivo é necessário realizar um bom planejamento. 

Analisar os pontos falhos da empresa e o que precisa melhorar, incluindo os gestores e os colaboradores de cada setor para o desenvolvimento de um calendário que atenda às necessidades da companhia.

banner conheça o aplicativo pontotel
Compartilhe em suas redes!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Rolar para cima