Indicadores de produtividade: o que são e como eles auxiliam o RH e bem estar da empresa!

imagem de uma pessoa segurando uma prancheta com uma folha de gráficos e segurando uma caneta apontando para ela

Medir a produtividade da sua empresa é essencial para garantir resultados cada vez mais escaláveis, por isso, é importante conhecer bem os indicadores que avaliam cada detalhe dessa produção.  

Os indicadores de produtividade são necessários para dar visibilidade às áreas que mais precisam de atenção e recursos para se desenvolverem como é necessário para o crescimento da empresa. 

Além disso, implantar esse processo ajuda a entender como anda a produção dentro de cada setor, se o tempo de trabalho está sendo bem utilizado pelos colaboradores e claro, descobrir como está o clima organizacional

Quer saber quais os melhores indicadores de produtividade para deixar sua operação muito mais escalável e lucrativa? Confira os pontos-chave que trataremos neste artigo:

Mantenha a leitura!

banner problemas com absenteismo

O que são os indicadores de produtividade?

imagem de um computador ligado em cima de uma mesa mostrando gráficos

Os indicadores de produtividade são médias e cálculos usados para medir o desempenho de uma empresa em geral, e também para avaliar a performance dos colaboradores individualmente. 

Eles são fundamentais para otimizar processos operacionais, para aumentar e agilizar a produção sem afetar a qualidade dos serviços oferecidos, já que por meio dessa análise, é possível definir novas estratégias e direcionamentos com base em resultados factuais e não apenas em suposições. 

Medir o tempo e investimento gastos em cada processo é importantíssimo para mostrar na prática como cada valor e parâmetro precisam ser reajustados para que as metas sejam melhor planejadas e consequentemente, atingidas. 

Desenvolver um processo de avaliação interna é descobrir como a sua empresa pode funcionar melhor e crescer muito mais rápido.

Como os indicadores de produtividade ajudam o RH?

Para o RH, usar os indicadores de produtividade é essencial na hora de desenvolver metas e fazer um planejamento mais assertivo, pois sabendo quais os números reais da empresa, é possível manter o controle sobre a produção em dia e os processos mais otimizados. 

Além disso, é mais fácil encontrar e divulgar resultados que os colaboradores possam compreender, e criar estratégias para desenvolver melhor as áreas que estão em déficit, já que alinham melhor as expectativas e a realidade da produção de cada setor.

Os indicadores de produtividade também ajudam a direcionar melhor os recursos internos e definir bonificações para os colaboradores com base nas metas batidas

E os colaboradores?

Esse recurso é excelente para engajar a equipe, já que as metas são definidas através dele e por sua vez, as gratificações e premiações que podem ir desde prêmios em dinheiro até um novo estágio na carreira através de uma promoção. 

Além disso, os indicadores de produtividade ajudam a equipe a tomar decisões melhores, mais adequadas e claro, mais transparentes, pois eles conhecem de fato quais os processos necessitam de adequações. 

Quais são os benefícios de se ter indicadores de produtividade?

Os indicadores de produtividade podem transformar a realidade de uma organização. Ter acesso a dados concretos sobre o andamento de cada etapa de produção ajuda principalmente na definição e organização de processos. 

Além disso, a tomada de decisão se torna mais fácil e a qualidade das entregas sobe, pois ao compreender onde estão os erros e falhas, é possível ajustar os detalhes e entregar processos mais enxutos.  

Acompanhamento de equipes

Acompanhar de perto as equipes é fundamental para um bom desenvolvimento da empresa, afinal, a saúde do negócio depende do bom rendimento dos colaboradores. 

Os indicadores de produtividade ajudam a entender melhor o que cada equipe produz e precisa para produzir ainda mais, pois eles mostram com precisão o tempo gasto em cada atividade e como os processos estão sendo executados. 

A forma que a equipe produz também diz muito sobre o clima organizacional da empresa e o quanto os colaboradores se sentem confortáveis e confiantes nas etapas e processos das suas funções. 

Mais resultados em pouco tempo

Os números trazem mais clareza aos processos, então é muito mais fácil entender o que gera mais resultados e como alcançá-los em menos tempo, principalmente através da definição de metas realistas baseadas na operação vigente. 

Percepção de erros em projetos mais rápido

imagem de dois homens sentados apontando para um tablet

Os indicadores de produtividade são essenciais para compreender a eficiência dos processos de produção em cada setor e atividade. 

Saber quais as áreas que mais precisam de melhorias é essencial para mitigar as falhas nas etapas posteriores, além da refação e claro, o desperdício de recursos. 

Através da percepção de erros que os indicadores possibilitam, é muito mais fácil elevar o nível da produção e a qualidade do produto final que é entregue ao consumidor. 

Metas mais realistas e definidas

Conforme mencionamos anteriormente, os indicadores de produtividade também contribuem para montar um planejamento muito mais assertivo no que se trata de metas. 

Os indicadores auxiliam ainda na descoberta de quais fatores levam ao resultado que vem sendo alcançado, indicando qual o melhor caminho para seguir na hora de pensar as metas futuras do negócio sem exageros. 

Assim, não há o risco de frustração por não alcançar metas que não fazem sentido dentro da realidade da empresa e do mercado em que ela está inserida. 

Exemplos de indicadores de produtividade

Alguns indicadores são mais usados do que outros na hora de medir a produtividade das empresas. Os números que precisam ser analisados para olhar os dados mais estratégicos são:

Lucratividade (Ticket Médio)

O lucro líquido é um dos indicadores que mais indicam as vantagens e desvantagens de cada projeto da empresa. 

Saber qual o valor recebido por cliente pela assinatura ou compra dos serviços e produtos da empresa gera um valor médio de receita mensal (ticket médio), o que além de mostrar qual o lucro sobre o seu produto, mostra também se a equipe de vendas está performando bem. 

Caso o ticket médio do produto esteja abaixo do que o mercado oferece, uma boa opção é o upsell, onde os clientes que já fazem parte da base podem adquirir serviços e produtos adicionais e claro, aumentar o valor que pagam em sua assinatura/contrato. 

NPS

imagem de uma pessoa sentada usando a calculadora e apontando para uma folha com gráficos

O NPS é o principal indicador de qualidade, já que ele é medido com base no resultado final entregue ao consumidor. 

Nessa estratégia, o cliente responde a uma pesquisa de satisfação sobre o produto e avalia a qualidade do que recebeu, assim, com a média das respostas é possível saber se o produto está servindo aos fins desejados e se está cumprindo com as expectativas de todos. 

Além disso, é essencial analisar os resultados negativos para entender melhor o que falta para que o produto/serviço esteja dentro do que se propõe a entregar. 

Capacidade de produção

Os indicadores de capacidade de produção mostram o tempo que cada colaborador leva para concluir o ciclo de entrega de suas demandas. 

Com esses dados, é possível entender melhor os prazos determinados para cada etapa e adaptá-los quando necessário. A capacidade de produção é fundamental para cumprir com as expectativas do cliente e claro, da empresa. 

ROI

O ROI é o Retorno Sobre Investimento, ou seja, através desse número uma empresa compreende se o capital (esforço, tempo e dinheiro) investido na produção torna o produto viável ou não.

Além disso, saber qual o ROI de cada projeto ajuda na definição de metas congruentes e definição de estratégias melhores em cada caso. 

Churn

O churn é o indicador de perda de clientes, através dele é possível compreender os motivos pelos quais esses compradores desistiram do produto ou serviço para não só corrigir erros futuros, mas também evitar que atuais clientes venham a abandonar o serviço. 

Um negócio de sucesso é aquele que mantém as taxas de churn baixas e as de aquisição de novos clientes altas. 

Como o RH deve utilizar estes indicadores de produtividade?

imagem de duas mulheres e um homem olhando para um computador em cima de uma mesa

Os indicadores de produtividade são os que mais interferem nas decisões do RH sobre as metas, planejamentos e até mesmo decisões sobre demissões e promoções dentro da empresa. 

Usar essa estratégia para configurar os processos internos e externos é importantíssimo para garantir a saúde do negócio e alinhar todas as áreas de uma organização para que o crescimento seja uma constante. 

Conclusão

Os indicadores de produtividade são fundamentais para o sucesso de uma empresa. Entender quais os pontos de melhoria e quais as áreas que precisam de mais investimento vão mover o negócio na direção certa. 

Por isso, é importante que esse processo seja bem definido e preze as necessidades tanto da empresa, quanto dos colaboradores, já que a operação só pode se tornar mais escalável caso todos estejam na mesma página quanto às metas e objetivos. 

Além disso, saber quais os indicadores que mais fazem sentido para o seu tipo de negócio também é essencial para melhorar seus resultados acertando os ponteiros certos dentro da sua operação. 

Agora que você já conhece os principais detalhes sobre os indicadores de produtividade, compartilhe esse post nas suas redes sociais e confira outros conteúdos exclusivos sobre o mundo corporativo aqui no nosso blog

software controle de ponto reduz processos operacionais

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima