Cultural empresarial: o que é e qual a sua importância?

imagem de um grupo de trabalho, todos com roupas causais, em volta de uma mesa

Numa empresa, alinhar o relacionamento dos colaboradores com as necessidades de produção, pode não ser a mais fácil das missões, e mesmo oferecendo os melhores benefícios, se a cultura empresarial não for boa, muito provavelmente esse relacionamento irá ruir.

Diversos elementos como crenças, valores, missão, visão, atitudes e muitos outros, ditam o clima de um negócio, e saber alinhar bem esses fatores para impactar os profissionais de forma coerente, tende a criar muitas vantagens competitivas.

Se você precisa entender melhor o conceito de cultura empresarial, para estabelecer o caminho para os objetivos do seu negócio, este artigo é para você. Aqui você aprenderá:

controle escalas de trabalho por aplicativo

Aproveite a leitura! 

O que é cultura empresarial?

Chama-se cultura empresarial a combinação de comportamentos, atitudes, missão, visão, valores e expectativas que guiam uma organização diariamente, no intuito de alinhar o comportamento dos colaboradores ao comportamento esperado pela empresa.

Cada negócio segue seu próprio modelo de  cultura empresarial, somando as regras institucionais às maneiras de agir e pensar no ambiente de trabalho

É a mesma coisa que cultura organizacional?

Sim! Cultura empresarial e organizacional são a mesma coisa, funcionando como molde para o comportamento e a mentalidade dos profissionais, guiando seus hábitos, princípios, práticas, crenças, dentre outros fatores.

O que se difere das culturas citadas, é o clima organizacional, já que o clima se refere ao estado de espírito dos colaboradores, ou seja, pode sofrer diversas variações ao longo de um dia, por depender do nível de satisfação de cada funcionário e ter relação direta com o humor individual.

Qual a importância da cultura empresarial?

imagem de um grupo, homens e mulheres, em volta de um computador, todos olham para o pc e vibram

A cultura empresarial é o que determina a direção do empreendimento, baseando todos os passos na ética e na moral, e guiando a empresa para o futuro.

Por meio dessa cultura, os colaboradores têm a dimensão exata do que devem fazer, já que as metas da empresa são colocadas como objetivos coletivos, tornando a filosofia interna da organização extremamente poderosa.

Além disso, ao contar com uma cultura organizacional bem definida, as equipes ficam mais alinhadas, a imagem do negócio se fortalece e os índices de produção se elevam, resultados que só reforçam a importância desse método.

Quais são os tipos de cultura empresarial?

Após entender melhor o conceito de cultural empresarial e sua importância, é interessante entender mais a fundo como funciona e se classifica essa cultura em cada empresa.

Seguindo a visão de Charles Handy, que em 1976 lançou o livro “Como compreender as organizações“, assunto em que ele é pioneiro, a cultura organizacional se divide em quatro tipos. Veja a seguir quais são eles.

Cultura do poder

Empresas guiadas por um único líder, que tem o poder centralizado em suas mãos, geralmente utilizam a cultura do poder para guiar seus colaboradores.

Muito utilizada em pequenos negócios, esse modelo de cultura empresarial estimula o cumprimento de metas, mas nem sempre favorece um ambiente de trabalho saudável.

Cultura de papéis

Um estilo de cultura burocrático e rígido, onde os empregados são estimulados a fazer aquilo que lhes foi mandado e nada mais.

Esse tipo de cultura empresarial é ditado por muitas regras e falta de flexibilidade, sem a preocupação com inovações e desenvolvimento, o que torna muitos profissionais acomodados, por falta de novas perspectivas.

Cultura da tarefa

A cultura da tarefa é muito utilizada por empresas que valorizam as capacidades dos seus empregados, sendo um formato flexível, horizontal e de motivação.

Nessa estratégia, a empresa influencia a criatividade dos colaboradores, e aproveita o talento de cada um deles na organização.

Cultura da pessoa

Um formato de cultura empresarial que estimula o desenvolvimento e o bem-estar dos colaboradores, e os coloca em primeiro lugar.

Na cultura da pessoa, o plano de carreira e a retenção de talentos é muito trabalhada pelos gestores, que tem foco em desenvolver profissionais e estimular o crescimento mútuo, tanto da empresa quanto dos colaboradores.

O que define uma cultura organizacional?

Se a cultura organizacional é feita para guiar os colaboradores, é importante pensar que esse é um processo mutável, que precisará sempre se adaptar a novas influências. Mas não basta apenas sofrer influências, para que essa cultura seja forte é importante que a empresa tenha como base três fatores, sendo eles a missão, a visão e os valores.

Missão: trata-se do propósito da organização, o motivo pelo qual a empresa existe.

Visão: o lugar onde a empresa quer chegar, a visão do futuro.

Valores: os princípios que movem a empresa, e estão diretamente ligados ao comportamento, ou seja, a forma como todos devem agir no negócio.

Esses são os três principais pilares da empresa e sua cultura organizacional, e devem estar alinhados entre si, para exercerem bem o papel de engajar os colaboradores para os objetivos da empresa.

Como entender e mapear qual é a cultura empresarial da minha empresa?

imagem de um grupo. todos vestem roupas na palheta creme, olhando para um quadro de cortiça

Após conhecer todos os tipos de cultura empresarial e entender como eles funcionam, é chegado o momento de determinar qual será a cultura implementada na empresa. 

Adotar uma categoria de cultura pode ser decisivo para que o negócio mostre para o mercado como funciona o seu ambiente corporativo, por isso, a primeira coisa a se fazer é avaliar cada um dos perfis de cultura organizacional, e então iniciar o mapeamento das seguintes informações:

  • definição da missão, visão e valores;
  • realização de treinamentos;
  • analisar os objetivos de curto e longo prazo;
  • conhecer todos os níveis culturais
  • realizar pesquisas internas.

A soma dessas informações dará o direcionamento para o tipo de cultura empresarial mais adequada para sua empresa. 

Como modificá-la?

A mudança de cultura organizacional pode ser desafiadora, pois exige da liderança uma observação ativa de toda a rotina dos colaboradores, no intuito de identificar se os processos, metas e atitudes estão sendo bem desenvolvidos.

Quando essas avaliações mostram resultados negativos, ou fora do satisfatório, a liderança deve se preparar para realizar mudanças na cultura do negócio, impondo novas características na gestão, e se desligando de métodos ineficientes.

Nesse processo:

  • a mudança deve ser uma prioridade;
  • a cultura atual precisa ser bem definida;
  • deve-se avaliar pontos a serem mantidos, excluídos ou implementados;
  • uma nova cultura deve ser traçada;
  • os colaboradores precisam ser informados das mudanças;
  • as lideranças devem ser treinadas e alinhadas;
  • e, por fim, a nova cultura poderá ser implementada.

Qual o papel do RH na definição de cultura empresarial?

O papel do setor de Recursos Humanos na definição da cultura empresarial, está diretamente alinhado à criação de um planejamento estratégico centrado na disseminação dos pontos mais importantes para a evolução do negócio e dos trabalhadores.

Cabe ao RH construir uma cultura focada na alta performance e capacitação dos colaboradores, prezando por políticas internas que favoreçam o alto desempenho do negócio.

Exemplos de cultura empresarial de sucesso

Google

Referência em gestão de pessoas, o Google oferece aos “googlers” — forma que os colaboradores da empresa são chamados — um ambiente de trabalho informal, divertido e totalmente focado no bem-estar. Dentre os benefícios que os funcionários recebem, estão: viagens, refeições gratuitas, festas, premiações, dentre outros.

Facebook

Uma corporação gigante, que preza pela comunicação horizontal em seu ambiente, favorecendo uma cultura organizacional de igualdade entre os colaboradores. O Facebook tem um ambiente de trabalho descontraído, sem paredes e locais fixos, e estimula o crescimento pessoal dos empregados.

Netflix

A Netflix é uma empresa que preza em desenvolver a criatividade, a autodisciplina, a responsabilidade, e as habilidades dos seus contratados. A rede de streaming não avalia os colaboradores por horas de trabalho, mas por desempenho, e dá liberdade para que os funcionários alcancem seu melhor potencial, o que acaba por estimular o comprometimento das equipes.

Outras empresas com cultura empresarial para se inspirar: 

  • Apple;
  • Coca-cola;
  • Natura;
  • Nubank.

Conclusão

Podemos considerar como cultura empresarial a união de diversos fatores, como comportamentos, missão, visão e valores que guiam um negócio para o sucesso, prezando sempre pela ética e moral do empreendimento.

Na hora de planejar sua cultura organizacional, a empresa pode escolher entre quatro tipos, sendo eles de poder, de papéis, de tarefa e de pessoa. Ao realizar essa escolha, é importante que o negócio considere suas principais características, e avalie dentre elas qual tornará a performance dos funcionários e da empresa melhores. 

Nesse processo de implementação da cultura empresarial, o RH tem papel fundamental, pois parte desse setor os principais apontamentos para o planejamento, por isso, o RH precisa estar bem alinhado com a realidade da empresa, a fim de  promover uma cultura empresarial forte, e que preze por valores éticos e profissionalismo.

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima