Sobrecarga de trabalho: O que é, como identificar e principais problemas causados pela sobrecarga

imagem de uma pessoa sentada na frente do computador deitada em cima dos braços apoiada na mesa

A sobrecarga de trabalho tem sido um dos principais problemas enfrentados pelos colaboradores brasileiros nos últimos anos. 

O excesso de trabalho, apesar de ser romantizado por muitas empresas, gera consequências extremamente graves como o aumento de doenças ocupacionais, causado pelo estresse e até mesmo levar a síndrome de burnout, que é resultante do desgaste emocional no ambiente de trabalho. 

Segundo pesquisas, o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de pessoas diagnosticadas com burnout, por isso, esse assunto precisa ser discutido e levado muito a sério para evitar riscos para sua equipe e sua empresa. 

Neste artigo compartilharemos um guia completo com dicas para identificar os sintomas da sobrecarga de trabalho, amenizar o estresse e melhorar o dia a dia dos seus colaboradores.

Confira alguns pontos que serão abordados aqui: 

banner problemas com absenteismo

O que significa sobrecarga de trabalho?

imagem de uma mulher sentada na frente do computador cansada e segurando uma caneta

A sobrecarga de trabalho se caracteriza pelo excesso de demandas, jornadas de trabalho excessivamente longas, prazos curtos e outras questões que contribuem para a pressão sobre o colaborador. 

Além disso, essa sobrecarga reflete negativamente tanto no físico quanto no campo cognitivo, pois o corpo humano tem seus limites e não respeitá-los aumenta as chances de desenvolver doenças psíquicas com consequências irreversíveis. 

O excesso de trabalho também afeta negativamente a empresa, já que funcionários que não estão bem, não podem produzir da melhor maneira e entregar bons resultados. 

Muitos ambientes de trabalho se tornam tóxicos por não respeitarem a carga horária semanal dos colaboradores, aumentar as demandas sem que a equipe aumente, e claro, cobrar a entrega de projetos em pouco tempo. 

Como identificar a sobrecarga no trabalho?

Os principais sinais para identificar a sobrecarga no trabalho são principalmente uma baixa repentina na produtividade sem motivo aparente, dores aleatórias no corpo, dores de cabeça, ansiedade e medo excessivos, alterações nas horas de sono e alimentação.  

Esses sintomas podem aparecer por conta da cobrança extrema para bater metas, prazos apertados, excesso de movimentos repetitivos, atividades longas e maçantes sem descanso, muitas horas diárias em reunião entre outros. 

Excesso de horas extras

As horas extras são muito bem vindas, mas em excesso podem se tornar um transtorno para os colaboradores e também para a empresa. 

Trabalhar muitas horas a mais além do expediente de trabalho pode causar fadiga mental e física, e uma queda brusca na motivação e produtividade de todos, além de afetar diretamente os resultados dos projetos em andamento. 

Não atingimento de metas

Não atingir as metas é uma das maiores preocupações dos colaboradores, já que por conta delas, muito está em jogo dentro do ambiente de trabalho. As promoções e bônus geralmente dependem desses números. 

Por isso, não bater as metas é um dos principais fatores que podem levar a um estado de sobrecarga de trabalho. Isso gera descontentamento e desmotiva o time como um todo, levando ao esgotamento mental e físico, além de claro, possíveis desligamentos. 

Prazos não cumpridos

Com prazos apertados e demandas muito grandes, fica quase impossível entregar tudo dentro das datas definidas, principalmente quando o time não tem a quantidade de pessoas suficientes para realizar todo o trabalho. 

Além disso, muitas vezes o não cumprimento de prazos é visto como desleixo, quando na verdade é apenas um reflexo do que está errado dentro da operação, do excesso de tarefas diárias por funcionário. 

Ausências por excesso de estresse

O excesso de estresse causado pela sobrecarga de trabalho leva à ausências, pois os colaboradores têm sintomas de ansiedade e até mesmo depressão causados pelo exagero de cobranças e exigências no dia a dia. 

Essas faltas prejudicam os projetos em andamento e deixam a operação desfalcada. Ou seja, o excesso de estresse na rotina de trabalho traz prejuízos para a empresa também.

O que pode causar sobrecarga no trabalho?

imagem de um homem sentado na frente de um computador colocando a mão nos olhos preocupado e segurando um óculos

O que deveria ser exceção, em muitas empresas se torna uma situação recorrente, como jornadas de trabalho estendidas, prazos curtos nas entregas de projetos e excesso de cobranças para que metas sejam alcançadas. 

Alguns dos motivos mais frequentes da sobrecarga de trabalho são:

Micromanagement

O micromanagement, ou microgerenciamento, é um modelo de gestão em que os gerentes acompanham de perto as equipes e podem intervir no que é produzido com mais frequência.

A microgestão não é de todo negativa quando bem dosada, mas se aplicada com exagero e de forma incisiva, traz consequências como a insegurança dos colaboradores, que se sentem subestimados pela fiscalização constante e acabam sob pressão na hora de executar suas tarefas. 

Tarefas para “ontem”

A rapidez com que as coisas acontecem nas empresas tem exigido cada vez mais agilidade dos colaboradores na hora de executar suas tarefas, mas em alguns casos, o limite é ultrapassado, como é o caso das tarefas para “ontem”, que podem ocasionar a sobrecarga de trabalho. 

A pressão de entregar todo o projeto em um prazo mínimo faz com que o medo de que tudo não ocorra da melhor forma gere um gatilho de estresse e ansiedade muito grande, travando o processo criativo e causando a sobrecarga. 

Aumento de trabalho sem aumento de pessoal

Muitas empresas acreditam que uma boa forma de reduzir gastos e aumentar os lucros é gerar mais demandas sem novas contratações. Ou seja, o trabalho aumenta, sem que a equipe seja suficiente. 

Esse sufocamento gera uma sobrecarga de trabalho muito grande, pois cada colaborador acaba ficando responsável por muito mais atividades do que consegue dar conta. 

Metas irrealistas

Metas são fundamentais para direcionar um negócio, alinhar expectativas e traçar novas estratégias para o crescimento constante do empreendimento, mas é essencial que elas considerem também a capacidade de produção dos colaboradores.

Adotar metas irreais gera um esforço absurdo e desnecessário no time de funcionários, já que todos irão dar o seu melhor para tentar alcançar números inatingíveis, e consequentemente perderão sua motivação ao perceber que o esforço foi em vão. 

Quais os malefícios da sobrecarga de trabalho?

Identificar os sintomas da sobrecarga de trabalho é importante para entender quais os riscos tanto para a saúde dos colaboradores como da empresa, além de ajudar a evitar que esses excessos façam parte da rotina de trabalho dentro uma organização. 

Os principais riscos que a sobrecarga de trabalho pode trazer para um negócio são:

Funcionários insatisfeitos

A motivação dos colaboradores é o que move uma empresa, afinal o empenho de todos é fundamental para alcançar bons resultados. 

Por isso, quando atrasos nos projetos começam a acontecer com frequência, a confiança do time fica abalada e os números de produtividade caem. 

E é isso que a sobrecarga de trabalho causa na produção: instabilidade nas entregas e frustração. A falta de suporte da gestão quanto a organização e distribuição de atividades gera esse tipo de sentimento de insatisfação entre os membros do time. 

Afastamentos por doença

Quanto maior a sobrecarga de trabalho, maior o número de afastamentos por motivos de doença, afinal, o mal estar emocional gera consequências físicas como dores de cabeça constantes, dores no corpo entre outras. 

Como mencionamos anteriormente, o excesso de estresse no ambiente de trabalho leva a síndromes como o burnout, boreout, transtornos de ansiedade, depressão entre outros. 

Pouca produtividade

A sobrecarga de trabalho é um dos principais fatores para a queda de produtividade dentro de uma empresa. 

Quando o colaborador chega num estado de esgotamento físico e mental, é praticamente impossível gerar bons resultados, pois sua cognição estará comprometida, além da falta de motivação para a execução das tarefas sob a sua responsabilidade. 

Custos elevados

Com a produção em baixa, os custos da empresa aumentam, já que o tempo de resposta para os projetos em andamento fica muito maior, assim como os prazos de entrega. 

Além disso, as chances de turnover de funcionários e afastamentos por motivos de doença ficam muito maiores, e a redução de pessoal implica diretamente na queda da produção. 

Passivos trabalhistas 

Com os números de produtividade em baixa e custos em alta, é possível que o empregador comece a sofrer as consequências da sobrecarga de trabalho e fique inadimplente com as obrigações trabalhistas e encargos previstos na lei para com seus funcionários. 

O não pagamento de salários e benefícios além de trazer problemas jurídicos, causa ainda mais insatisfação nas equipes, como um efeito dominó. 

Como evitar a sobrecarga de trabalho?

imagem de uma mulher sentada na frente de um computador apoiando os braços na mesa

Algumas medidas básicas e práticas podem ser tomadas para evitar que a sobrecarga de trabalho afete negativamente uma empresa e seus colaboradores. 

Essas estratégias podem e devem incluir:

Gestão de tarefas

A gestão de tarefas é essencial para evitar a sobrecarga de trabalho. Através dela os horários de todos são organizados de acordo com suas funções diárias para evitar que suas tarefas ultrapassem o limite. 

Em algumas situações é necessário fazer hora extra ou levar o trabalho para casa, mas é importante que isso não se torne recorrente e o tempo de descanso de todos seja respeitado. 

Criação de fluxos de trabalho

Cumprir as tarefas por ordem de importância evita prazos curtos e urgências desnecessárias. 

Uma boa estratégia é usar das metodologias ágeis para organizar um fluxo inteligente de trabalho onde as tarefas sejam cumpridas com base em prioridades e ciclos de atividade regulem o dia a dia da operação. 

Treinamento de liderança

Uma liderança bem treinada é a chave para evitar a sobrecarga de trabalho. Ter gerentes que consigam definir bem as prioridades e fazer o time operar com motivação e produtividade em alta é essencial para reduzir a centralização de atividades e otimizar o trabalho de todos. 

Apoio de tecnologia 

Automatizar processos é melhorar a produtividade dentro da empresa, pois ao evitar que os colaboradores fiquem presos em atividades maçantes e desnecessárias, o tempo é otimizado e as entregas acontecem com muito mais agilidade. 

Espaço aberto para feedbacks

Ouvir os colaboradores é importantíssimo para entender melhor quais processos precisam de melhorias e definir melhores quais as prioridades da empresa também no quesito de investimentos (como aumento de equipe, softwares, etc).

Pesquisas de sentimento

Entender como anda o clima organizacional é essencial para saber se os funcionários se sentem sobrecarregados. As pesquisas de sentimento vão guiar o RH na hora de desenvolver novas estratégias para melhorar o clima e a motivação dentro da empresa. 

Observação constante

Só uma equipe satisfeita entrega os melhores resultados, por isso é importante monitorar tudo de perto.

Estar sempre atento aos funcionários e ao seu desenvolvimento pessoal e profissional é essencial para que a saúde da empresa esteja em dia, bem como para evitar a sobrecarga de trabalho. 

Como o PontoTel pode ajudar a identificar sobrecarga de trabalho?

imagem de uma pessoa sentada na frente de um computador e segurando um celular usando o aplicativo de controle de ponto da pontotel

O uso de softwares é muito bem vindo na hora de monitorar a produtividade dentro de uma empresa e gerenciar o nível de sobrecarga de cada colaborador. 

Com o sistema de controle de ponto do PontoTel é possível entender melhor os horários de entrada e saída dos funcionários, controlar a execução de horas extras, a quantidade de atestados recebidos e assim entender melhor se a empresa precisa ou não reajustar os ponteiros. 

Indicadores de horas extras

Os indicadores de horas extras ajudam o RH a entender quais colaboradores trabalham mais horas e assim descobrir quais atividades e processos podem ser reajustados. Além de facilitar o cálculo das horas a mais na folha de pagamento

Índice de absenteísmo por doenças

Com o PontoTel você consegue centralizar todas as informações sobre os atestados em uma única plataforma. Assim é mais fácil entender qual o índice de ausências por motivos de doença e identificar os pontos de sobrecarga. 

Agende a sua demonstração e acompanhe a jornada dos seus colaboradores em tempo real!

controle de ponto pontotel

Conclusão

Agora que você já sabe quais os principais motivos que levam os colaboradores a sobrecarga de trabalho, é importante colocar em prática as estratégias de redução de danos para evitar perdas, tanto de pessoal quanto de capital financeiro na sua empresa. 

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe o post nas suas redes sociais e acompanhe o blog da PontoTel para ficar por dentro de todas as novidades sobre o mundo corporativo!

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima