Entenda como a análise swot pode ajudar o RH da empresa a ser mais estratégico

imagem de três pessoas conversando em um escritório

Qualquer pessoa que já tenha feito um curso básico de gestão, com toda certeza já ouviu falar sobre a análise SWOT, mas, na prática, como funciona a análise SWOT no RH?

A estratégia usada para avaliar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de um negócio, auxilia no planejamento e organização de empresas, sendo um método muito eficiente para o gerenciamento de pessoas, e um recurso valioso para os profissionais de RH.

Também conhecida como matriz de SWOT, essa análise é uma arma poderosa para os gestores de pessoas, pois ajuda a determinar quais batalhas a empresa deve ganhar, e quais deve evitar.

Para esclarecer como essa metodologia funciona, reunimos neste conteúdo as seguintes informações: 

Continue a leitura e entenda como executar essa estratégia.

banner problemas com absenteismo

O que é a Análise SWOT?

Gráfico Análise Swot

SWOT é um termo resultado da união das primeiras letras das expressões inglesas Strenghts, Weaknesses, Oportunities e Threats, que em português significam respectivamente forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, por conta dessa tradução essa análise também é conhecida como FOFA ou FFOA. 

A expressão surgiu nos anos 60, resultado de uma pesquisa de cruzamento de dados das maiores empresas dos Estados Unidos daquela época, e desde então se tornou uma das melhores estratégias para que uma empresa consiga identificar, de forma qualitativa, a situação de diversos aspectos da organização.

Para ficar mais fácil entender, veja a quais situações a análise SWOT FOFA diz respeito:

  • Strenght — Força: auxilia na identificação dos pontos fortes, dando o direcionamento para que essas forças sejam usadas na conquista de resultados.
  • Weakenesses — Fraquezas: aponta os pontos fracos, ajudando a entender quais caminhos devem ser evitados por causarem prejuízos.
  • Opportunities — Oportunidades: considera as forças e fraquezas, e apresenta cenários de oportunidades no mercado.
  • Threats — Ameaças: Prevê ou avalia problemas, considerando projetos em realização, ou futuros, e a partir disso planeja soluções estratégicas.

Como ela funciona?

A análise SWOT no RH é usada no planejamento estratégico e no gerenciamento da empresa e seus colaboradores, realizando a análise de pontos fortes e fracos, assim como de oportunidades e ameaças do ambiente interno e externo de um negócio.

Ela funciona como uma ferramenta de visualização dos mais diversos cenários, ajudando o RH a se preparar para problemas, criar saídas para ameaças, e principalmente desenvolver a empresa se baseando em suas forças e oportunidades.

SWOT cruzada

Os fatores analisados pela metodologia FOFA podem ser avaliados de forma individual, mas o cruzamento entre eles também é comum, proporcionando um planejamento mais aprofundado das situações. Veja exemplos:

  • Forças x Ameaças: como as forças da empresa podem ser usadas para diminuir possíveis ameaças?
  • Forças x Oportunidades: como as forças da empresa podem gerar novas oportunidades? 
  • Fraquezas x Ameaças: de que forma as fraquezas da empresa podem ameaçar seus resultados no mercado?
  • Fraquezas x Oportunidades: de que forma corrigir fraquezas da empresa para impedir que oportunidades sejam perdidas?

É importante ressaltar que a análise SWOT é uma estratégia usada como ponto de partida, ou seja, ela ajuda na determinação de fatores que podem influenciar nos planos do negócio, mas não mostra que tipo de decisão a empresa deve tomar.

Qual é a importância da análise SWOT para as empresas?

Introduzir a análise SWOT no RH das empresas é uma forma de auxiliar no planejamento de diversas estratégias que podem abranger todo o negócio, sendo um método que favorece o gerenciamento corporativo, e possibilita a identificação prévia de pontos positivos e negativos, tanto das equipes, como do mercado.

Por meio dessa estratégia, os profissionais de RH conseguem identificar quais pontos precisam ser corrigidos em momentos de crise, e que situações podem ser espelhadas, tornando a imagem da empresa melhor.

Veja a seguir como a análise SWOT influencia na tomada de decisões dos gestores.

Permite uma análise mais estratégica da organização

Toda metodologia que serve de auxílio para o desempenho de um negócio, tende a refletir, na maioria das vezes, de forma positiva na organização. 

Com a análise SWOT no RH, diversas situações podem ser mudadas na gestão de pessoas, como processos de contratações, situações de absenteísmo e turnover, gastos desnecessários, dentre outras questões que estejam atrapalhando o negócio de alguma forma. 

Isso vale também para a ampliação de medidas positivas, sempre no intuito de expandir o potencial do empreendimento. 

Identifica pontos fortes e fraquezas

Uma empresa que não consegue determinar em que é bom, ou no que precisa melhorar, está fadada ao acaso das situações cotidianas. Contar com projeções que determinem os pontos fortes e fracos do negócio, tornam-no preparado para encarar as mais variadas situações.

Gera alertas

Uma análise que aponta ameaças e fraquezas, oferece ao RH as ferramentas necessárias para a identificação de pontos que precisam ser melhorados dentro de uma empresa.

Por isso, negócios que utilizam a SWOT aumentam seu desempenho, pois o gerenciamento das estratégias se baseia em projeções de diversos cenários, e busca melhoria para todos os pontos considerados ruins. 

Potencializa o crescimento

A análise SWOT no RH possibilita a otimização de diversos processos na empresa, como processos de recrutamento e seleção, contratação e retenção de talentos. Com menos rotatividade e mais produtividade, o reflexo pode ser visto no crescimento da organização.

Quanto mais um empreendimento cresce, mais lucrativo ele se torna, portanto, a análise FOFA consegue potencializar os resultados, mostrando nas oportunidades uma forma de aumentar o potencial competitivo. 

Melhora a tomada de decisão

Empresas que utilizam a análise FOFA como estratégia, conseguem identificar cenários bons e ruins com antecedência, e isso se torna benéfico, principalmente nos momentos em que decisões precisam ser tomadas. 

Usar a análise SWOT com pessoas, de modo a evitar conflitos, determinar funções, informar demissões, dentre outras decisões, se torna muito mais fácil para os gestores, graças a visualização prévia dos cenários. 

Como adaptar essa metodologia para a gestão de pessoas?

Para implementar um modelo de análise SWOT no RH, para que a gestão de pessoas seja feita com mais eficácia, é essencial entender que as forças e fraquezas estão ligadas a questões internas da empresa, enquanto as ameaças e oportunidades dão a visão de elementos externos que influenciam o negócio.

Outra avaliação importante que deve ser feita, está ligada a missão da empresa. Na hora de analisar os cenários apontados pela FOFA, é fundamental pensar que todas as medidas criadas para fortalecer o negócio, devem ter conexão com seus princípios. 

Como a análise SWOT pode ser utilizada no RH

imagem de um homem e uma mulher em pé analisando dados em uma lousa

Para que a análise SWOT no RH seja utilizada de forma prática e eficiente, é necessário que se considere o ambiente, seja ele interno ou externo. Além disso, o mercado deve ser avaliado, para serem criadas soluções baseadas em informações e análises de mercado e potenciais clientes. 

No ambiente interno

Internamente, a análise SWOT no RH deve observar todas as forças e fraquezas dos processos envolvendo os funcionários, para isso ser avaliado e reforçado ou diminuído nas estratégias da empresa.

Forças

  • Turnover controlado;
  • Retenção de talentos efetiva;
  • Produtividade em alta;
  • Oferta de qualificação para os funcionários;
  • Trabalho em equipe eficiente;
  • Dentre outros.

Fraquezas

  • Conflitos;
  • Desempenho baixa;
  • Baixa remuneração;
  • Concorrência mais competitiva;
  • Trabalhadores mal qualificados;
  • Dentre outros.

No ambiente externo

Externamente, a análise SWOT no RH precisa avaliar quais as ameaças e oportunidades podem influenciar o departamento. Questões que fogem muitas vezes do controle de quem gerencia pessoas, mas que com planejamento podem guiar as estratégias do RH.

Oportunidades

  • Mudanças econômicas;
  • Novos segmentos;
  • Expansão do mercado;
  • Redução de impostos;
  • dentre outros.

As oportunidades mostram aos gestores as possibilidades de aumentar suas vantagens competitivas, se diferenciando da concorrência.

Ameaças 

  • Concorrência;
  • Aumento de impostos;
  • Disputa de preços;
  • Cortes de orçamento;
  • dentre outros.

O grande objetivo ao identificar as ameaças, é que o RH consiga transformá-las em oportunidades.

Conclusão

A análise SWOT no RH é usada como uma estratégia de direcionamento, que auxilia os gestores na criação de ações que melhorem ou solucionem questões cotidianas de empresas e seus funcionários.

Usada no planejamento estratégico e no gerenciamento de empresas, a FOFA analisa forças e oportunidades, fraquezas e ameaças, que de alguma forma interfiram no ambiente interno ou externo dos negócios.

Por meio dessa análise, é possível criar mais estratégias para a organização, gerar alerta, identificar pontos positivos e negativos, e melhorar a tomada de decisão da equipe de gestão de pessoas.

Uma estratégia que tem como principal propósito a determinação de fatores que influenciem na conquista dos objetivos, e que consequentemente ajuda a melhorar a utilização de todos os recursos das empresas.

banner pontotel acompanhamento em tempo real
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima