Como o controle de ponto ajuda a gerenciar benefícios?

controle de ponto gerencias beneficios

Mais do que controlar as horas trabalhadas dos funcionários, o controle de ponto faz parte da gestão estratégica do setor de Recursos Humanos (RH). E quando é bem administrado, ajuda na redução de custo e a gerenciar benefícios, oferecendo grandes vantagens para as empresas. 

A gestão do expediente oferece grandes benefícios para a empresa, ajudando a evitar atrasos, gerenciar benefícios e, até mesmo, manter a equipe produtiva.

É um custo a mais para a empresa? É sim. Mas você, enquanto gestor, deve pensar que controlar as horas trabalhadas dos funcionário é mais do que uma obrigação exigida por lei.

Veja a seguir quais são as vantagens do controle de ponto e como essa gestão é importante para gerenciar benefícios oferecidos para os empregados. Boa leitura!

Quais as vantagens do controle de ponto?

O principal objetivo do controle de ponto é certamente administrar a jornada de trabalho dos funcionários. Monitorando as horas trabalhadas, bem como as faltas, o setor de RH consegue traçar algumas métricas e fiscalizar as horas extras.

E ter esse controle rígido também é benéfico para o próprio funcionário que consegue supervisionar o quanto está trabalhando. Tendo mais autonomia para saber se precisa ou não pagar horas, se tem crédito para solicitar uma folga, entre outras vantagens.

Mas, dentre todas as vantagens do controle de ponto, queremos destacar aqui a sua importância para gerenciar a oferta de benefícios.

A oferta de vale-transporte, vale-alimentação, plano de saúde, convênios, entre outros é um ponto crucial para garantir a satisfação e engajamento dos funcionários. Além de ter forte influência na retenção e atração de novos talentos para a companhia.

Ou seja, tem uma importância muito relevante pelo impacto positivo que pode oferecer tanto para os funcionários, quanto para a organização.

Entretanto, quando esta oferta não é bem monitorada, pode acarretar em prejuízos financeiros para a empresa. Ou criar uma necessidade de conferência das informações, sobrecarregando o setor de RH.

Quais as vantagens do controle de ponto para gerenciar benefícios?

Existem alguns benefícios que exigem um controle mais rigoroso em relação à sua utilização, que por vezes pode estar atrelada à frequência dos funcionários e as suas horas trabalhadas.

Um exemplo disso, é o vale-transporte. Ele é oferecido a todos os funcionários da empresa para custear a passagem de ida e volta do trabalho. Logo, nos dias de folga, férias ou nos dias que o trabalhador faltou, ele é desnecessário.

E disponibilizar o número exato pode gerar grande economia para a empresa. Mas sem o controle adequado fica inviável controlar quanto o funcionário recebeu a mais.

Outro exemplo de benefício que exige um controle de ponto rígido é o salário sob demanda. Este é um serviço de antecipação de salário já ofertado por muitas empresas.

Ele permite que o funcionário solicite o adiantamento do pagamento das horas já trabalhadas, mas ainda não quitadas.

Ou seja, a qualquer dia do mês ele pode consultar quantas horas ele já trabalhou e qual a quantia tem a receber por esse tempo.

Com essas informações em mãos, ele solicita a antecipação do valor que deseja receber naquele momento. Sem ter que esperar pelo dia do pagamento.

Entretanto, para que isso funcione é fundamental que o registro de controle de ponto exista e seja eficiente.

Por que adotar o controle eletrônico?

O controle de ponto é uma exigência estabelecida pelo artigo 74 do segundo parágrafo da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Mas, a forma como cada empresa vai fazer esse controle é de livre escolha, desde que ele seja efetuado.

Segundo uma pesquisa Feita pela Deloitte, 82% das empresas entrevistadas consideram o RH digital como um ponto importante para o futuro. E 56% desfrutam das novas ferramentas para deixar o RH mais tecnológico, prático e menos burocrático.

O ponto eletrônico é, sem dúvida, o método mais moderno para monitorar as horas trabalhadas por cada funcionário. E funciona tanto com um cartão ou crachá magnético quanto com a identificação biométrica

Quais os benefícios do controle de ponto eletrônico?

Atualmente, acompanhar os horários de entrada, almoço e saída de cada colaborador pode ser feito por um processo automatizado com o controle de ponto eletrônico. É mais prático e seguro. Sendo uma das formas mais eficientes e buscadas pelas empresas.

Confira mais benefícios:

  • É a opção mais segura para empresas e funcionários, pois o sistema armazena os dados automaticamente e evita fraude;

  • Evita erros na contabilização das horas, que é feita automaticamente;

  • É mais prático e aumenta a rapidez nos processos de RH;

  • Alterações na jornada de trabalho, pedido de folga, gestão de horas extras e faltas podem ser feitas com mais facilidade;

  • Menos tempo para entrar e sair da empresa, pois com o sistema eletrônico o começo e o fim da jornada de trabalho são registrados com apenas um toque no aparelho ou aproximação do cartão.

A oferta de benefícios é hoje um dos principais diferenciais das empresas e algo que muitos trabalhadores consideram fundamental em uma oferta de trabalho. Alguns acham até mais importante que um alto salário.

Mas para poder oferecer as melhores ofertas para os seus funcionários é fundamental saber gerenciar benefícios de forma eficiente e ter um bom controle de ponto atrelado a outras ferramentas gerenciais da empresa. 

Quer ter acesso conteúdos exclusivos sobre como transformar seu RH em um setor estratégico? Entre em nosso blog e confira nossos conteúdos. Boa leitura!
Rolar para cima
WhatsApp chat

Receba todas as novidades do nosso blog

Inscreva-se na nossa newsletter
e receba matérias exclusivas
no seu email

popup newsletter teste5 3 - Como o controle de ponto ajuda a gerenciar benefícios?

Não saia agora! Venha conhecer o PontoTel

O aplicativo de controle de ponto em tempo real
que você economiza tempo e dinheiro com cálculos automáticos e gestão de ponto completa.