Empresa pet friendly: veja quais são os benefícios e como implementar de forma eficiente!
BLOG
Time Pontotel 19 de janeiro de 2024 Departamento Pessoal
Empresa pet friendly: veja quais são os benefícios e como implementar de forma eficiente!
Você sabe o que é uma empresa pet friendly? Entenda o conceito e saiba quais são os benefícios para os seus colaboradores e empresa.
Imagem de Empresa pet friendly: veja quais são os benefícios e como implementar de forma eficiente!

Os bichos de estimação estão cada vez mais presentes nos lares brasileiros, e os animais são considerados membros da família. Com esse novo cenário, muitas empresas estão se adaptando e buscando formas de tornar o ambiente corporativo pet friendly.

Isso significa que os colaboradores de uma empresa podem levar seus animais de estimação para o seu local de trabalho enquanto estão cumprindo sua carga horária. Para que a empresa pet friendly não tenha problemas com os animais, entretanto, é necessário fazer diversos ajustes ao ambiente, além de preparar os funcionários para a novidade.

Este artigo irá abordar todos os detalhes sobre como se tornar uma empresa pet friendly e como garantir a segurança e o bem-estar dos animais e dos colaboradores. Os tópicos discutidos serão: como implementar a política de pet friendly na empresa, qual a importância para o negócio e qual o papel do RH nesse processo. Confira em detalhes:

Quer saber mais? Então, continue a leitura!

O que é uma empresa pet friendly?

Uma empresa pet friendly é aquela que possui políticas internas que possibilitam a presença dos animais de estimação, como cachorros ou gatos, dos colaboradores no ambiente corporativo

A proposta visa promover um local de trabalho mais acolhedor, permitindo a flexibilidade de trazer os bichos para o escritório.

A abordagem, que vem ganhando adeptos ao redor do mundo, também tem o intuito de aumentar o nível de satisfação dos colaboradores e reduzir o nível de estresse, pois muitos precisam deixar seus animais sozinhos em casa ou, até mesmo, pagar por diárias em creches especializadas.

Qual a importância de uma política pet friendly na empresa?

Implementar uma política pet friendly é importante porque torna o ambiente de trabalho mais flexível, facilitando a rotina dos trabalhadores que possuem animais de estimação. 

Permitir que os colaboradores levem os bichinhos para a sede da empresa é ainda uma demonstração de cuidado e preocupação com o bem-estar de todos.

Desenvolver uma política pet friendly é essencial também porque demonstra que a empresa está disposta a atender às expectativas atuais dos trabalhadores, que, especialmente após a pandemia, têm buscado mais flexibilidade, comodidade e qualidade de vida.

Além disso, algumas pesquisas, como a da Universidade Virginia Commonwealth, nos Estados Unidos, publicada pela Veja, apontam que os cães podem reduzir o estresse no ambiente de trabalho e aumentar o nível de satisfação dos empregados com a empresa.

Desta forma, há uma melhora no clima organizacional da empresa e, consequentemente, um impacto positivo no desempenho e na produtividade da equipe. 

Quais são os benefícios de uma empresa pet friendly?

Cachorro lambendo mulher

Existem muitos benefícios de ter cães e gatos no ambiente de trabalho, e, mesmo que a atitude pareça estranha inicialmente, é possível preparar a empresa para receber os animais sem que haja prejuízo à organização e à produtividade.

Confira os principais benefícios de ser uma empresa pet friendly:

Melhoria do bem-estar dos funcionários

O bem-estar dos colaboradores é certamente uma das principais vantagens da implementação da política pet friendly nas empresas. Isso porque o ambiente de trabalho se torna mais acolhedor. 

Adicionalmente, a flexibilidade de poder levar o animal de estimação para o trabalho é visto como um benefício, por diminuir eventuais transtornos como pagamento de creche durante o dia ou mesmo a preocupação com o bicho sozinho em casa durante um longo período. 

Promoção de um ambiente de trabalho positivo

Ao promover o bem-estar dos colaboradores, as empresas estão investindo em uma cultura organizacional que valoriza os profissionais e demonstra preocupação com a qualidade de vida deles. 

A presença dos animais ainda ajuda na construção de um ambiente descontraído, aumentando os níveis de satisfação dos colaboradores e, consequentemente, construindo um clima organizacional muito mais positivo. 

Redução do estresse no ambiente de trabalho

Cada vez mais, estudos e pesquisas apontam que a interação com os animais de estimação aumentam os níveis de oxitocina, apelidado popularmente de hormônio do amor. Esse hormônio é responsável por sensações como felicidade e bem-estar e, por isso, há uma queda nos níveis de estresse dos colaboradores.

Profissionais menos estressados tendem a ser mais produtivos, por estarem mais satisfeitos com o trabalho e não se sentirem sobrecarregados para realizar suas atividades laborais.

Estímulo à socialização entre os colegas

Outro ponto positivo da empresa pet friendly é que a presença de animais de estimação no ambiente de trabalho estimula a interação entre os colegas de equipe, pois os animais se tornam um ponto de conexão. 

O clima mais descontraído também é mais propício para haver trocas entre os trabalhadores, que podem compartilhar as experiências relacionadas aos animais de estimação.

Como implementar a política de pet friendly na empresa?

Cachorro ao lado de uma mulher

Mas, apesar das vantagens, é possível se perguntar o que fazer para a empresa ser pet friendly. Sem dúvidas, alguns passos são necessários para que a presença de animais de estimação não se torne uma dor de cabeça para os gestores. Algumas ações indispensáveis são: 

Definição de diretrizes claras

O primeiro passo para implementar a política pet friendly na empresa é definir quais são as diretrizes e as regras para a presença dos animais no ambiente de trabalho, a fim de evitar quaisquer problemas com os profissionais.  

Um ponto importante, por exemplo, é a saúde. É primordial que os animais tenham tomado todas as vacinas, além de estarem vermifugados e limpos. Assim, não apenas os outros bichos estarão protegidos de doenças contagiosas, mas também os profissionais.

Adaptação do local para acomodar animais de estimação

Além das diretrizes, é importante analisar se a empresa possui infraestrutura robusta e adequada para receber os animais com conforto, sem atrapalhar a rotina de trabalho dos profissionais. 

Para isso, deve-se verificar pontos como colocação de telas em janelas e varandas e presença de espaços grandes e arejados, tal qual evitar deixar cabos no chão, assim como outros equipamentos que possam ficar ao alcance dos animais e causar acidentes ou transtornos. 

Comunicação e treinamentos para funcionários

É essencial que os colaboradores sejam comunicados e treinados para a implantação da política pet friendly. É possível haver resistência por alguns funcionários, por isso, é importante que eles se sintam confortáveis ao conhecer todas as diretrizes e entender que não haverá impacto no seu dia a dia de trabalho.

Procedimentos para lidar com alergias de colaboradores

Alguns funcionários podem ser alérgicos aos pelos dos animais, sendo assim, é essencial que a empresa tenha conhecimento dessas questões de saúde para poder preparar o ambiente para receber os cachorros e gatos sem atacar a alergia dos colaboradores.

Para isso, antes de liberar a entrada dos animais, deve-se coletar todas as informações necessárias para entender quais são os riscos relacionados à saúde e traçar estratégias para evitar que os colaboradores alérgicos tenham contato com os animais dos colegas de trabalho.

Pode ser necessário determinar um espaço exclusivo para uso dos animais, assim, esses profissionais já sabem que não deverão frequentar aquele espaço, evitando crises alérgicas.

Monitoramento das condições dos animais no ambiente de trabalho

Mesmo após estruturar o espaço para os animais, as empresas pet friendly devem continuar monitorando as condições que estão oferecendo para os bichinhos. 

Esse monitoramento envolve avaliar se os animais estão recebendo alimentação e hidratação adequada e se o local onde ficam está sendo corretamente higienizado, além de acompanhar se os tutores estão seguindo os cuidados de saúde como visitas periódicas ao veterinário e higiene do pet.

Como o RH pode orientar os colaboradores em uma empresa pet friendly?

A equipe de recursos humanos (RH) é importante, principalmente, para orientar e comunicar os colaboradores sobre as diretrizes e a importância de ser uma empresa pet friendly. Também é papel do RH dar os treinamentos para que a equipe se adapte à presença dos animais no ambiente de trabalho.

Além disso, toda a orientação sobre quando os animais podem ir à empresa, quais são os requisitos necessários, como deve ser a interação com os bichinhos e outras regras devem ser constantemente relembradas aos colaboradores, e a equipe de RH é essencial para esse processo. 

Conclusão

Ser uma empresa pet friendly é uma tendência que tem ganhado força no mercado de trabalho, pois, cada vez mais, reconhece-se a importância dos animais de estimação para a saúde mental das pessoas.

Considerados membros da família, em uma empresa com política pet friendly, cachorros e gatos podem acompanhar seus donos em um dia de trabalho. 

Para isso, as organizações não apenas devem possuir diretrizes claras sobre as regras e condições para a presença dos animais, mas também preparar a estrutura da empresa para dar conforto aos bichinhos, aos seus donos e aos demais colaboradores.

Quer saber mais sobre políticas e tendências corporativas? Acompanhe o blog Pontotel e não perca as novidades.

próximos passos para realizar o controle de ponto com a pontotel
Compartilhe em suas redes!
Mais em Departamento Pessoal VER TUDO
INICIAR TOUR!