Confira 5 dicas essenciais sobre como reduzir custos na sua empresa para enfrentar momentos de crise corporativa
BLOG
Time Pontotel 7 de junho de 2023 Gestão de Pessoas
Confira 5 dicas essenciais sobre como reduzir custos na sua empresa para enfrentar momentos de crise corporativa
Saiba por que reduzir custos é tão importante em momentos de crise corporativa. Confira 5 dicas de como diminuir despesas na sua empresa.
img of Confira 5 dicas essenciais sobre como reduzir custos na sua empresa para enfrentar momentos de crise corporativa

Em tempos de crise corporativa, é importante saber como reduzir custos na sua empresa. Essa pode ser uma das maneiras mais eficazes de manter o negócio saudável financeiramente e conseguir superar os momentos desafiadores. 

No entanto, reduzir custos é uma tarefa delicada, pois é importante garantir que os cortes não afetem negativamente a qualidade dos produtos ou os serviços prestados pela empresa, nem a motivação e a produtividade dos funcionários.

Além disso, é necessário sempre lembrar que diminuir despesas não deve ser uma medida isolada, mas, sim, parte de uma estratégia mais ampla para lidar com a crise corporativa.

Que tal entender qual é a melhor maneira para conter gastos empresariais? Neste artigo, há 5 dicas essenciais sobre como reduzir custos na sua empresa em momentos de crise corporativa serão apresentados. Veja a seguir quais serão os tópicos abordados no texto:

Boa leitura!

banner mostrando as notificações em tempo real do sistema pontotel

Redução de custos: o que significa na prática?

Redução de custos é um termo comum no mundo empresarial e se refere a uma série de medidas adotadas para diminuir as despesas da empresa. Na prática, a redução de custos pode ser realizada de várias maneiras, desde a renegociação de contratos com fornecedores até a automatização de processos para diminuir a necessidade de mão de obra. 

No entanto, é importante lembrar que reduzir custos não deve ser visto como uma solução única e imediata para melhorar a saúde financeira da empresa. É necessário que ela seja parte de um plano macro que inclua também o aumento da eficiência operacional, a busca por novas fontes de receita e o investimento em tecnologias e inovação.

Isso porque, apesar de ser uma estratégia amplamente utilizada para melhorar a saúde financeira da organização, a redução de custos pode ter um impacto significativo em diferentes áreas, como produção, marketing e recursos humanos.

Qual é a importância de fazer uma redução de custos?

A redução de custos é um objetivo comum para muitos negócios, independentemente do tamanho ou do setor em que operam. Isso ocorre porque, em um mercado altamente competitivo, manter os preços baixos é muitas vezes a chave para permanecer relevante e atrair novos clientes.

O corte de gastos também pode ajudar as empresas a aumentar sua rentabilidade, o que é crucial para o crescimento e o desenvolvimento em longo prazo.

Outra razão pela qual a redução de custos é tão importante é que ela pode ajudar as empresas a se adaptarem a mudanças no ambiente de negócios. Por exemplo, em tempos de crise econômica, como a que foi vivenciada com a pandemia de COVID-19, a redução de custos pôde ajudar as empresas a sobreviverem e até mesmo a crescer em meio à incerteza. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria financeira McKinsey & Company, a maioria das empresas pode reduzir seus custos operacionais em até 25% sem afetar negativamente seus negócios. 

O mesmo estudo descobriu que as empresas que adotam uma abordagem estruturada e baseada em dados para redução de custos têm um desempenho significativamente melhor do que aquelas que dependem apenas de iniciativas ad hoc. O termo “ad hoc” é frequentemente usado para descrever algo que é criado ou realizado para um propósito específico ou para atender a uma necessidade imediata.

Quando é necessário fazer uma redução de custos?

A redução de custos em uma empresa pode ser necessária em diversas situações. Uma das principais razões para isso é a necessidade de aumentar a lucratividade da empresa, o que pode exigir a redução de gastos dispensáveis ou excessivos.

Outra razão é a mudança no cenário econômico, como a queda nas vendas ou a perda de clientes, o que pode levar a empresa a reavaliar seus custos para se manter competitiva no mercado.

A redução de custos também pode ser necessária quando a empresa passa por momentos de crise financeira, como a falta de liquidez ou problemas com pagamento de dívidas. Nesses casos, a empresa precisa tomar medidas urgentes para reduzir suas despesas e evitar a falência. 

Esses momentos de crise corporativa podem ser impulsionados por crises econômicas mundiais, como a gerada pela pandemia da COVID-19. Um levantamento realizado pela empresa de consultoria financeira PwC com mais de 200 empresas brasileiras de diversos setores apontou que 88% delas tiveram impactos negativos em seus negócios devido à pandemia e que 72% tiveram que adotar medidas de contenção de despesas.

Qual é o panorama do mercado de trabalho atualmente?

O panorama do mercado de trabalho atual é desafiador em muitos países devido aos impactos econômicos causados pela pandemia da COVID-19. Com a crise sanitária, houve uma diminuição significativa nos investimentos empresariais, resultando em muitas demissões em diversos setores. 

Essa demissão em massa com o propósito de redução de custos é conhecida como layoff. Ou seja, é uma forma de diminuir as despesas nas organizações que envolve a demissão de funcionários. 

A baixa dos investimentos empresariais tem sido um dos principais fatores que levaram à demissão de milhões de trabalhadores em todo o mundo. De acordo com um relatório publicado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em dezembro de 2020, o nível de investimento empresarial global caiu 20% em relação ao ano anterior. Essa queda nos investimentos impactou diretamente a geração de empregos e a manutenção dos postos de trabalho existentes.

Outro ponto importante sobre o cenário do mercado atual é que muitas empresas precisaram se adaptar rapidamente à nova realidade imposta pela pandemia, adotando o trabalho remoto e mudando estratégias para se manterem competitivas.

A falta de investimentos e a queda na demanda por certos produtos e serviços levaram muitas empresas a optarem por reduzir o tamanho de sua força de trabalho, resultando em um aumento significativo nas taxas de desemprego em todo o mundo.

5 dicas para fazer uma redução de custos de forma eficiente

A redução de custos, em alguns casos, pode envolver a demissão de funcionários, a revisão de contratos com fornecedores ou a eliminação de projetos ou áreas que não estejam gerando lucro. Mas sempre deve ser feita de forma estratégica e equilibrada. 

Por isso, é necessário que a empresa faça uma análise detalhada de suas despesas e identifique onde é possível cortar gastos sem prejudicar sua capacidade de produção e atendimento aos clientes.

Confira a seguir 5 dicas para fazer uma redução de custos de forma eficiente:

1 – Crie uma equipe para liderar a redução de custos

Essa equipe pode ser formada por profissionais especializados em finanças, contabilidade, compras e outros setores relevantes para a gestão de custos. O objetivo é garantir que as medidas de redução de custos sejam implementadas de forma estratégica, com profissionais capazes de escolher de onde retirar e onde investir com sabedoria. 

Uma equipe dedicada para liderar a redução de custos também pode contribuir para a identificação de oportunidades de otimização de processos e de maximização de recursos, o que pode aumentar a competitividade da empresa no mercado.

2 – Faça uma análise dos custos da sua empresa

A análise dos custos permite uma visão clara e objetiva da saúde financeira da empresa e pode ser a chave para o sucesso em longo prazo. Essa análise pode ser feita por meio da revisão detalhada dos gastos do negócio, levantando informações como custos de produção, despesas administrativas, custos com fornecedores, folha de pagamento e outros aspectos relevantes. 

Com essas informações em mãos, é possível identificar possíveis desperdícios e oportunidades de redução de custos, além de avaliar a eficiência dos processos e a rentabilidade dos produtos ou serviços oferecidos pela organização.

3 – Renegocie dívidas existentes 

Ao renegociar dívidas existentes, as empresas podem reduzir seus pagamentos mensais, o que pode ajudar a liberar recursos para outros investimentos ou gastos necessários. Outro ponto importante é que a renegociação pode melhorar a relação entre a empresa e seus credores, criando um ambiente mais favorável para futuras negociações.

A renegociação de dívidas pode envolver a negociação de taxas de juros, prazos de pagamento e até mesmo a redução do valor da dívida em si. 

4 – Use a tecnologia para tornar processos mais ágeis

A automatização de processos manuais e repetitivos pode diminuir a necessidade de mão de obra, além de reduzir erros humanos que podem gerar perdas financeiras.

Ademais, a utilização da tecnologia e das ferramentas digitais para a gestão de dados e informações pode ajudar em uma tomada de decisões mais assertiva e eficaz, o que pode levar a uma maior eficiência na empresa e consequente redução de custos.

5 – Faça uma boa gestão financeira

Fazer uma boa gestão financeira é crucial para a redução de custos de uma empresa, uma vez que permite um controle efetivo de gastos e receitas. Uma boa gestão financeira envolve a criação de um planejamento orçamentário, o monitoramento das despesas, a análise dos indicadores financeiros, a identificação de oportunidades econômicas e a busca por fontes alternativas de receita.

Ela é importante também, pois contribui para a criação de uma reserva financeira, que pode ser utilizada em momentos de crise ou para investimentos futuros.

Conclusão

Em momentos de crise corporativa, saber como reduzir custos na sua empresa se torna uma tarefa essencial para a sobrevivência dela. Nesse sentido, implementar as dicas apresentadas neste texto pode ajudar a minimizar os impactos financeiros negativos e a manter a empresa em um caminho sustentável em longo prazo. 

Renegociar dívidas, analisar custos, criar equipes especializadas, usar a tecnologia de forma estratégica e fazer uma boa gestão financeira são medidas que podem contribuir para uma redução de custos eficiente e com impacto positivo nos resultados financeiros da organização.

Assim, o importante é lembrar que a adaptação e a busca por soluções inovadoras são fundamentais para a sobrevivência em um mercado em constante mudança.
Gostou do conteúdo? Então, acompanhe o blog PontoTel e fique por dentro de todas as novidades do meio empresarial.

Compartilhe em suas redes!
Mais em Gestão de Pessoas VER TUDO
INICIAR TOUR!