Escala 6×1: entenda como funciona essa jornada e veja o que diz a CLT!
BLOG
Time Pontotel 15 de abril de 2024 Departamento Pessoal
Escala 6×1: entenda como funciona essa jornada e veja o que diz a CLT!
Quer entender melhor a escala 6×1? Acompanhe este artigo e conheça todos os direitos e deveres de quem desempenha este tipo de jornada.
Imagem de Escala 6×1: entenda como funciona essa jornada e veja o que diz a CLT!

A escala 6×1 é uma das jornadas de trabalho mais comuns adotadas em empresas de diversos segmentos. Nesse sistema, os funcionários trabalham por seis dias consecutivos e, em seguida, têm um dia de folga.

Tal configuração tem como objetivo atender às necessidades de operações contínuas em setores em que é essencial manter as atividades em funcionamento todos os dias da semana. Ela assegura, ainda, que os trabalhadores tenham tempo adequado para descanso e vida pessoal.

Neste artigo, será possível entender como funciona a escala 6×1, seus benefícios e saber um pouco mais sobre os direitos e obrigações dos trabalhadores e empregadores que desempenham essa escala de trabalho.

Para melhor explicação do assunto, o presente texto está dividido de acordo com os tópicos abaixo:

Boa leitura!

O que é escala 6×1?

A escala 6×1 é um tipo específico de escala de trabalho.  Nela, o funcionário trabalha por 6 dias consecutivos e, em seguida, tem 1 dia de folga. A numeração “6×1” é uma forma de identificar essa escala, em que o “6” representa os dias de trabalho e o “1”, o dia que o funcionário irá folgar.

Escala 6×1: como funciona?

A escala 6×1 funciona da seguinte maneira: após 6 dias trabalhados, que precisam ser consecutivos, o trabalhador tem direito a 1 dia de folga. Após este dia, então, o ciclo recomeça, e o funcionário volta a trabalhar e segue a sequência dos dias combinados da mesma forma.

Abaixo, é possível conferir um modelo de escala 6×1, em que o profissional começa a desempenhar seu trabalho na segunda-feira. Nessas condições, sua semana será, então, a seguinte:

  • Segunda-feira: trabalho;
  • Terça-feira: trabalho;
  • Quarta-feira: trabalho;
  • Quinta-feira: trabalho;
  • Sexta-feira: trabalho;
  • Sábado: trabalho;
  • Domingo: folga.

Apesar de o caso exemplificado ser de um empregador que deu início ao trabalho em uma segunda-feira, é importante lembrar que, em uma jornada 6×1, o primeiro dia de trabalho pode ser escolhido de acordo com as necessidades da empresa ou do empregador

Portanto, a escala 6×1 pode começar em qualquer dia da semana, desde que a folga ocorra após 6 dias de trabalho consecutivos.

44 horas de trabalho semanal em 6 dias: como dividir?

As 44 horas de trabalho determinadas pela jornada de trabalho da CLT, em um regime 6×1, devem ser distribuídas, então, em 6 dias. Se o objetivo for fazer a distribuição de maneira uniforme, atribuindo a mesma quantidade de horas em cada dia, será preciso dividir 44 horas por 6 dias, de acordo com o cálculo abaixo:

44 horas / 6 dias ≈ 7,33 horas por dia ≈ 7 horas e 20 minutos

Como não é possível trabalhar um número decimal de horas, será preciso arredondar. Nesse caso, o resultado do cálculo será arredondado para o valor mais comum de horas de trabalho por dia, que é de 7 horas e 20 minutos.

Assim, veja a seguir a distribuição aproximada das 44 horas de trabalho ao longo dos 6 dias da semana:

  • Segunda-feira: 7 horas e 20 minutos;
  • Terça-feira: 7 horas e 20 minutos;
  • Quarta-feira: 7 horas e 20 minutos;
  • Quinta-feira: 7 horas e 20 minutos;
  • Sexta-feira: 7 horas e 20 minutos;
  • Sábado: 7 horas e 20 minutos;
  • Domingo: folga.

Também é possível, se necessário, que, de segunda a sexta-feira, o funcionário trabalhe por 8 horas e, no sábado, por 4 horas.

Vale ressaltar que a distribuição real pode variar dependendo da política específica da empresa e das regulamentações trabalhistas locais. Em alguns casos, inclusive, pode haver variações nos horários de trabalho, e as horas extras também devem ser consideradas se houver trabalho adicional além da carga horária padrão.

O que diz a CLT sobre a jornada de trabalho da escala 6×1?

A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) diz que categorias específicas, como hotéis, hospitais, serviços de emergência, lojas de varejo e outras indústrias que operam 24 horas por dia e 7 dias por semana, podem trabalhar em escalas, desde que sejam cumpridas as regulamentações trabalhistas aplicáveis.

Portanto, a carga horária da escala 6×1 se manterá de acordo com as regras da CLT, com o máximo de 8 horas por dia e 44 horas semanais

No entanto, é essencial que as escalas de trabalho também estejam de acordo com as normas e acordos coletivos específicos para a categoria de trabalho.

Intrajornada na escala 6×1

No Brasil, a Consolidação das Leis do Trabalho estabelece as normas para a jornada de trabalho e os intervalos, principalmente o intervalo intrajornada.

Na escala de trabalho 6×1, geralmente o funcionário trabalha mais de 6 horas por dia, e por isso é exigida uma pausa de intrajornada de, pelo menos, 1 hora (podendo ser até 2) para cada jornada diária de 8 horas. 

Feriados na escala 6×1

Na escala de trabalho 6×1, os feriados são tratados conforme a lei trabalhista brasileira. Quando um feriado cai em um dos dias de trabalho, algumas opções podem ser consideradas para a empresa e o trabalhador.

Se a empresa funcionar normalmente no feriado, por exemplo, o trabalhador tem direito ao salário com a remuneração do dia inclusa e, possivelmente, haverá um pagamento adicional dependendo da legislação e dos acordos coletivos em vigor.

A empresa pode, ainda, optar por dar folga compensatória ao funcionário em outro dia, compensando o dia trabalhado no feriado. Isso geralmente ocorre quando o feriado é nacional ou regional e, ainda assim, a empresa precisa operar nesta data.

Folgas e DSR na escala 6×1

Na escala de trabalho 6×1, o funcionário tem direito a folgas semanais e descanso semanal remunerado (DSR). O DSR é um direito garantido por lei no Brasil e aplicável a todos os trabalhadores que têm jornada de trabalho de 6 dias por semana. Ou seja, no dia de folga, o funcionário deve receber normalmente pelo seu serviço, assim como na jornada 6×2. 

Quais os benefícios desse tipo de escala?

A escala de trabalho 6×1 tem alguns benefícios potenciais, especialmente em setores que exigem operações contínuas. A continuidade operacional que essa escala proporciona é benéfica a empresas que operam 24 horas por dia e 7 dias por semana, fazendo com que sempre haja mão de obra disponível para trabalhar. 

A escala 6×1 também pode alavancar a produtividade da empresa. Afinal, assegurar que a organização esteja funcionando todos os dias da semana pode levar a um melhor atendimento ao cliente e um maior volume de produção.

Há benefícios também para as empresas que têm períodos de alta demanda, pois o regime 6×1 permite a contratação de funcionários que garantam que a empresa esteja adequadamente coberta durante esses momentos.

A escala 6×1 também é eficiente para quem deseja também ter 1 dia na semana livre. Afinal, trabalhar aos fins de semanas permitirá que o funcionário tenha folga durante a semana, podendo usar esse tempo para descansar ou resolver pendências que só podem ser solucionadas em horário comercial.

Por isso, para que a escala 6×1 seja efetiva e traga vantagens tanto para a empresa quanto para os funcionários, é preciso que ela seja organizada com antecedência, de modo que haja tempo hábil para seu planejamento.

Setores que adotam a jornada 6×1

Há vários setores que adotam a jornada 6×1 uma vez que precisam estar operantes boa parte do tempo. O formato, por exemplo, é bastante utilizado em empresas e serviços que operam 24 horas por dia nos 7 dias por semana, como fábricas, farmácias, hotéis e restaurantes. 

Entretenimento, transportes, segurança, call centers e serviços de limpeza e manutenção também são outros exemplos de setores que adotam esse tipo de jornada. 

Qual o melhor controle de ponto para escala de trabalho 6×1?

A Pontotel possui o melhor controle de ponto para a escala de trabalho 6×1! Com a nossa plataforma, você consegue personalizar suas escalas em uma das melhores ferramentas do mercado. 

Além disso, terá todas as informações integradas com o registro de ponto para facilitar sua administração e até mesmo organizar e visualizar melhor as folgas dos colaboradores. Dessa forma, você consegue ajustar com facilidade as folgas de cada colaborador caso seja necessário.

Por meio de uma interface descomplicada e humanizada, é possível extrair relatórios precisos sobre as escalas de trabalho praticadas em sua empresa, fornecendo dados importantes para uma gestão inteligente.

próximos passos para realizar o controle de ponto com a pontotel

Conclusão

Neste artigo, foi possível entender tudo sobre a escala 6×1: o que é, quais são suas particularidades e quais os direitos de quem desempenha esse tipo de escala. Também foi mencionado, ao longo do texto, o que a CLT diz sobre essa escala de trabalho.

Segundo a lei, serviços que funcionam 24 horas por dia podem operar com escalas, desde que sejam cumpridas as regulamentações trabalhistas aplicáveis. Além isso, os trabalhadores que trabalham em 6×1 têm direito a férias e feriados conforme convenções locais.

Os benefícios da escala 6×1 também foram apontados. Um deles é a continuidade operacional que esse tipo de escala proporciona, sendo uma boa prática para as empresas que têm operação todos os dias.

Gostou deste artigo? Então, continue acompanhando o blog Pontotel, pois sempre há muitos conteúdos sobre gestão de empresas e pessoas!

Compartilhe em suas redes!
Mais em Departamento Pessoal VER TUDO
INICIAR TOUR!