Diversidade cognitiva: o que é, importância e principais vantagens para a inovação nas empresas

Somos TOP of Mind de RH!

Estamos entre os finalistas do prêmio Top Of Mind de RH 2021, na categoria Controle de Frequência. Agora, precisamos da sua ajuda para ir ainda mais longe e levar o prêmio. Clique aqui e vote PontoTel!

É bem provável que você já saiba a importância da diversidade no ambiente corporativo, afinal, muito tem se discutido sobre isso nos últimos anos. Mas, a inclusão nas empresas precisa ir muito além da equidade de gênero, raça e orientação sexual. E, é nesse momento,  que entra a diversidade cognitiva. 

Geralmente, o setor de recursos humanos das companhias, busca por novos colaboradores que se encaixem em um perfil específico desejado pela liderança. Porém, é importante considerar a contratação de profissionais que pensem diferente. 

Contar com diferentes pontos de vista dentro da empresa pode ser um diferencial na hora de tomar decisões, solucionar problemas ou criar um novo produto ou serviço. Essa pluralidade de talentos é o que tem sido chamado de diversidade cognitiva. 

Para trazer mais detalhes sobre o tema e explicar a importância deste modelo de gestão, este artigo vai responder às seguintes questões:

Boa leitura!

conheça o pontotel controle de jornada digital

Significado de diversidade

Para entender melhor o tema deste texto, é essencial, primeiramente, conhecer os significados individuais dos termos. 

Diversidade significa aquilo que é variado, diferente e diverso dentro de um conjunto. Logo, ser um ambiente de trabalho ou uma sociedade diversa possui uma multiplicidade de características.

Significado de cognição

Cognição está relacionado ao processo de aprendizado e de construção do conhecimento. É por meio da atividade cognitiva que o ser humano desenvolve suas capacidades, sejam elas intelectuais ou emocionais, como: 

  • raciocínio;
  • capacidade de compreensão;
  • memória;
  • linguagem;
  • pensamento;
  • percepção;
  • criatividade; 
  • organização.

O que é diversidade cognitiva?

quatro pessoas diferentes uma sentada, duas em pé, uma apoiada sob uma mesa, conversando, e os quatro com roupas e aparências diferentes, destacando a diversidade cognitiva

A diversidade cognitiva é caracterizada pela junção de pessoas com capacidades, estilos, habilidades e personalidades diferentes em um ambiente. Para isso, existe uma compreensão de que essa pluralidade de perfis são úteis para a resolução de desafios, a partir de ideias e pontos de vista distintos. 

No ambiente corporativo, isso significa possuir uma equipe formada por profissionais com diversos perfis e competências a fim de contar com perspectivas diferentes. O intuito principal de apostar no conceito de diversidade cognitiva é extrair desses profissionais as particularidades que cada um pode agregar à empresa. 

Qual a importância da diversidade cognitiva no ambiente de trabalho?

É natural que os gestores de uma empresa pensem que para terem sucesso é preciso contar com profissionais que trabalhem em harmonia. Durante muito tempo, porém, acreditava-se que para isso todos os colaboradores tinham que possuir o mesmo ponto de vista e perfil. 

Atualmente, o cenário mudou  e entende-se, cada vez mais, a importância da diversidade nas empresas. Apostar em um time diverso, com capacidades, perfis e personalidades complementares, pode ser um diferencial, especialmente, na solução de problemas e criação de novas oportunidades de negócio. 

É essencial que os profissionais tenham identificação com a cultura organizacional da empresa, mas isso não significa que todos precisam pensar exatamente igual. Olhares e opiniões distintas sobre um mesmo assunto podem estimular o diálogo e propor discussões que resultem em ideias inovadoras.

Principais vantagens e benefícios da diversidade cognitiva

Como falado no item anterior, é fundamental para as empresas montar uma equipe multidisciplinar que se complementam no conhecimento para o desenvolvimento de estratégias e solução de contratempos. 

Os benefícios da diversidade cognitiva no ambiente de trabalho, entretanto, podem impactar até mesmo a taxa de retenção de talentos. Entre as principais vantagens estão:

Pensamento focado em inovação

Um dos principais objetivos de construir uma equipe com perfis diferentes de colaboradores é incentivar a inovação. Um erro bastante comum dos gestores é montar times com profissionais que pensam da mesma forma ou trabalham de maneira parecida. 

Essa padronização de profissionais e estilos pode resultar na estagnação de ideias. Uma das vantagens da diversidade cognitiva é justamente seu foco em inovação. Pessoas que pensam diferente irão enxergar cada situação do seu jeito e, consequentemente, trazer opiniões distintas para a mesma demanda. 

Essa diferenciação no ponto de vista dos colaboradores pode contribuir diretamente para a criação de produtos, serviços e soluções inovadoras. 

Diversidade de opiniões e pensamento crítico

Quando profissionais com perfis diferentes atuam juntos em um determinado projeto, é natural que surjam ideias contrárias, muitas vezes até conflitantes. Analisando rapidamente, é provável que os gestores considerem esse atrito como algo negativo. Porém, é a partir desse conflito de opiniões que se desenvolve o pensamento crítico.

Ou seja, a diversidade cognitiva permite que os colaboradores criem argumentos para defender sua ideia inicial. Sendo assim, a tomada de decisão da equipe tende a ser baseada em uma análise mais profunda de cada alternativa.

Solução de problemas rápidos

imagem de uma mesa vista de cima, com pessoas escrevendo em cadernos, analisando gráficos e problemas, para resolver juntos, e a diversidade cognitiva auxilia neste processo

A solução de problemas é um dos principais pontos para o sucesso de qualquer negócio. Se um determinado obstáculo se repete com muita frequência em uma empresa, pode significar que algo não está sendo realizado corretamente ou que a solução aplicada não era a ideal. 

Alguns estudos apontam que uma equipe cognitivamente diversa resolve problemas com maior rapidez. Isso ocorre porque pessoas com perfis diferentes trarão muitas opções para resolver o mesmo desafio, muitas vezes, desafiando as decisões tomadas até o momento.

Desta forma, a possibilidade de solucionar os problemas é maior, contando com a diversidade de conhecimento dos membros da equipe.

Maior engajamento de funcionários

Uma empresa que aposta na diversidade cognitiva faz com que os profissionais tenham mais segurança para expor suas ideias e opiniões. Quando há mais liberdade para expressar o que pensa, o colaborador se sente mais motivado e valorizado pela companhia. Consequentemente, há um maior engajamento dos funcionários

Sabe-se que a motivação da equipe traz melhores resultados para o negócio com o aumento da produtividade e sensação de pertencimento.

Menor rotatividade de funcionários

Outro ponto positivo da diversidade e inclusão nas empresas é a diminuição da taxa de turnover. Ao poder expor suas ideias e colaborar com os projetos da companhia, o colaborador sente que seu trabalho realmente faz a diferença e é essencial para o negócio. 

Por isso, juntamente com outros benefícios e com um clima organizacional favorável, a diversidade cognitiva auxilia na retenção de talentos e na diminuição da rotatividade de funcionários.  

Como inserir e promover a diversidade cognitiva nas empresas?

Não existe fórmula mágica para iniciar esse processo na empresa. O primeiro passo é analisar se sua equipe já é formada por profissionais de diferentes perfis cognitivos. Vale lembrar que aqui não falamos de equidade de gênero ou raça, por exemplo, mas sim de competências. 

Após essa análise inicial, a implementação da diversidade cognitiva começará com o recrutamento e seleção de novos colaboradores. Logo, ao surgir uma nova vaga em um departamento, a equipe responsável pela contratação deve buscar perfis complementares aos integrantes do time. 

Inclusive,a descrição dos cargos devem conter algumas dessas características específicas buscadas pela empresa.

Quais os principais desafios para inserir a diversidade cognitiva?

A maior preocupação do setor de RH e dos líderes das empresas é como evitar grandes atritos com a inserção da diversidade cognitiva. Esse certamente é um dos principais desafios da gestão. 

A melhor maneira para superar esse obstáculo é por meio da conscientização dos colaboradores. Eles precisam entender que essa diversidade e o incentivo à discussões enriquecedoras têm como objetivo principal valorizar as opiniões e melhorar os resultados de toda a equipe. 

Esse movimento, inclusive, deve começar pelos líderes e gestores.

Como o RH e os líderes podem auxiliar neste processo?

quatro pessoas diferentes em aparência e características, conversando ao redor de uma mesa com notebook, café, cadernos etc

Sabe quando dizem que os pais precisam dar o exemplo para seus filhos? Então, o mesmo deve ocorrer com os colaboradores de uma empresa. O exemplo precisa vir tanto da equipe de recursos humanos quanto dos líderes de cada setor. 

Isso significa que, ao incentivar a diversidade cognitiva, os líderes precisam estar preparados para receber opiniões distintas e criar estratégias para evitar atritos. Uma forma é montar um modelo de reunião, estabelecendo regras sobre como cada um deve participar, sempre incentivando o respeito aos colegas de trabalho. 

Essas regras e formatos de discussões não devem inibir os profissionais de emitirem suas colocações, mas sim incentivar o respeito às diferenças.

Como a diversidade cognitiva auxilia na gestão de conflitos e pessoas?

As pessoas têm o hábito de se relacionarem mais com aqueles que têm opiniões semelhantes às delas. Quantas vezes você já deixou de seguir um conhecido nas redes sociais porque não aguentava mais ler coisas com as quais não concordava? Muitas, certo?

O mesmo acontece no ambiente de trabalho. Porém, tanto do ponto de vista profissional quanto pessoal, se fechar em uma “bolha” é prejudicial para o pensamento crítico e para o desenvolvimento de relações interpessoais. É nesse ponto que a diversidade cognitiva é aliada na gestão de conflitos e pessoas. 

Quando uma empresa incentiva a diversidade de opiniões e aplica isso no dia a dia, os colaboradores aprendem a aceitar as diferenças e se desenvolvem a partir de novos aprendizados.

Conclusão

A diversidade cognitiva ainda é novidade na maioria das empresas, principalmente, pela ideia errônea de que os colaboradores precisam ter perfis semelhantes para a equipe funcionar. Entretanto, novas experiências têm mostrado que exatamente o contrário tem mais benefícios para o negócio.

O cenário começa a mudar com a valorização da diversidade cognitiva: personalidades e capacidades complementares dão incentivo à inovação e melhoram o engajamento e comprometimento dos colaboradores. O desafio está em inserir o conceito nas empresas e, ao mesmo tempo, evitar conflitos. 

A solução é contar com uma liderança que entenda a importância e saiba transmitir os benefícios de uma equipe cognitivamente diversa para os resultados da empresa.

banner descubra a taxa de absenteismo

Compartilhe em suas redes!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Rolar para cima