Recrutamento e Seleção: O que é? Principais Atividades de R&S

recrutamento e selecao introducao

Não é novidade que toda empresa quer formar boas equipes e valorizar os talentos para manter o seu negócio competitivo e com alto nível de qualidade.

Mas será que encontrar os talentos adequados para sua empresa é uma tarefa fácil?  

O departamento de recrutamento e seleção é responsável por encontrar o profissional com o perfil adequado para a empresa. Mas como é feito a estruturação de cada processo seletivo?

Aliás você sabe quais as principais atividades de R&S? Será que é só ligar para os candidatos e fazer entrevistas?

Bem, já te respondo que não, fazer entrevistas não é a única tarefa que o departamento de recrutamento e seleção faz. Aliás esse é apenas um dos processos realizados por essa área, e são muitos processo até chega a entrevista e é justamente sobre isso que quero falar com você.

Nesse artigo vamos falar sobre as atividades da área de recrutamento e seleção, dicas para estruturar os processo seletivos, modelos de entrevistas, integração de colaboradores e muito mais.

Para te deixar inteirado segue alguns dos tópicos que serão abordados ao longo do texto.

  • O que é Recrutamento e Seleção;
  • O que diz a lei sobre R&S;
  • Principais tipos de Recrutamento;
  • Recrutamento de estagiários;
  • Automatização do R&S;

Agora sim podemos começar.

Qual a diferença de recrutamento e seleção de pessoas

recrutamento e selecao diferenca

E quero iniciar nossa conversa sobre o tema esclarecendo que embora as pessoas acreditem que recrutamento e seleção são as mesma coisa esses processo possuem conceitos bem diferentes.

Podemos dizer que a principal diferença entre os processo de recrutamento e seleção é que o primeiro visa atrair candidatos para uma vaga, já o segundo faz a seleção dos profissionais que se candidataram.

Entretanto ambos os processso possuem uma série de detalhes, por isso vou te explicar como funciona cada um deles de forma separada, vamos lá!

O que é recrutamento?

Podemos definir o recrutamento como o meio de buscar e atrair candidatos com qualidade e potencial para ocupar uma vaga em aberto dentro de uma organização.O objetivo do recrutamento é captar candidatos suficientes para que se tenha uma maior probabilidade de encontrar o profissional adequado durante a seleção.  

O recrutamento é uma forma de encontrar os candidatos interessados em trabalhar na empresa, esse processo é realizado por meio da divulgação da vaga, com as especificações do cargo, nos mais variados canais de captação tais como: sites especializados ou redes sociais.

Apesar de começarmos falando sobre o recrutamento, vale ressaltar que esse não é o primeiro processo a ser realizado quando falamos da contratação de um novo profissional.

Antes de fazer a divulgação da vaga é necessário que todo o processo seletivo esteja muito bem estruturado, ou seja, com o perfil do candidato definido, os detalhes da vaga (salário, qualificação, horário entre outros) definidos e o prazo para a contratação. Um software de RH bem programado pode ajudar atender essas necessidades do departamento. Ao automatizar e otimizar diversos procedimentos, os profissionais podem contar com mais tempo e autonomia para realizar recrutamentos cada vez mais assertivos.

Atualmente existem três tipos de recrutamento: o interno, o externo e o misto, mas não se preocupe vou detalhar cada um deles mais à frente.

O que é seleção?

Uma vez que a vaga foi divulgada e os candidatos enviaram os currículos chegou a hora de selecionar alguns profissionais para participar do processo seletivo.

Esse processo de escolher os candidatos é chamada de seleção, ela passa a ocorrer quando há um certo número de candidatos previamente recrutados para a vaga.

Realizar esse processo até parece simples, mas existe uma série de etapas que precisam ser seguidas até se encontrar o candidato perfeito para a vaga.

Geralmente o processo de seleção é formado pelas seguintes etapas: triagem dos currículos, entrevista, prova de conhecimentos específicos, teste psicológico, técnicas de simulação, contratação e alocação.

Vale ressaltar não existe uma regra para fazer a seleção dos candidatos, cada empresa possui seu processo de seleção e nem sempre utiliza todas as etapas citadas acima para escolher o candidato.

Agora que vimos a diferença entre recrutamento e a seleção, vamos falar sobre como funciona a área de R& e quem são os responsáveis por esses processo.

Quem são os profissionais de recrutamento e seleção?

Como vimos acima fazer o processo de recrutamento e seleção não é uma tarefa tão simples quanto se imagina e certamente deu para perceber que para desenvolver tais atividades é necessário competências e conhecimentos diferentes.

Dentro do departamento de recrutamento e seleção temos diversos perfis de colaboradores que assumem diferentes papéis e trazem habilidades únicas para desempenhar da melhor forma suas funções e escolher os melhores profissionais para o negócio.

Entre esses perfis podemos citar os cinco principais:

  1. Recrutador
  2. Bussiness Partner
  3. HeadHunter
  4. Analista de Recrutamento e Seleção
  5. Psicólogo  

Quem faz o recrutamento nas empresas?

Você certamente já deve ter ouvido que recrutamento é uma das tarefas mais fáceis da área de recursos humanos, ou que todo recrutador é igual.

Bem, se você possui essa ideia na cabeça, preciso te falar que você está equivocado e que dentro da área de RH existem três tipos de recrutador muito diferente uns dos outros. Vamos ver?

Quem é o recrutador

O recrutador é um profissionais da áreas de Recursos Humanos que é responsável recrutar novos profissionais para a empresa.

Para que esse profissional desenvolva suas atividades ele precisa ser um amplo conhecedor da empresa, ou seja, ele precisa conhecer a cultura organizacional, ser familiarizado com os processos de cada cargo, conhecer o perfil dos gestores e dos profissionais que atuam na empresa.  

Você deve estar se perguntando “porque ele precisa saber o perfil de cada gestor?”

Bom grande parte do trabalho de um profissional de recrutamento está diretamente ligado ao dos gestores de cada área, isso porque esse processo é feito com a parceria dos dois profissionais, uma vez que é o gestor quem determina os requisitos técnicos a ser buscado.

A principal métrica na avaliação do processo de recrutamento e seleção é o índice de turnover, uma vez que esse indicador refere se à permanência dos funcionários da empresa.

Mas calma, vale ressaltar que nem sempre quando a empresa possui um alto índice de turnover e rotatividade significa que a culpa é do recrutamento e seleção. Esse indicador envolve uma série de detalhes que precisam também ser analisados.

Se você quiser saber mais sobre como funciona o Índice de Turnover das empresa temos o artigo sobre o tema que explica como funciona, como calculá-lo, além de dicas para solucionar problemas de rotatividade.

O que faz o Business Partner

Em tradução literal do Inglês “Business Partner” significa “Parceiro de negócios” e como o próprio nome sugere sua função e estreitar a relação e assegurar a eficiência da seleção para atingir os melhores resultados na empresa.

Seu papel e tornar o processo seletivo mais assertivo e inteligente. Os profissionais mais tradicionais, atual atendendo as demanda de RH e canalizando para os especialista das áreas.

Esses profissionais possuem habilidades que vão além dos conhecimentos de RH ou de recrutamento e seleção, seu papel é mais estratégico por isso eles são indicados para realizar tarefas que otimizam todos os processos de RH além do recrutamento.

Outro papel de recrutador mais estratégico é o Headhunter, então vamos ver na prática quem são esses profissionais.

O papel do Headhunter

Todo profissional que trabalha com recrutamento já passou por situações onde se deparou com uma vaga extremamente difícil de se encontrar profissionais. Seja por requisitos, qualificação ou perfil muito específico.

Só quem já passou por isso entende a dificuldade de preencher vagas como as que citei acima, é aí que entra o papel do Headhunter.

A tradução literal do Inglês significa “Caçador de Cabeças” isso quer dizer que este profissional tem função de encontrar talentos que atendam aos pré-requisitos muitos específicos solicitados pela empresa.

Mas não se engane essa tarefa não é nada fácil, geralmente esse tipo de profissional precisa ter uma ampla rede de contatos, bem como uma capacidade analitica incrível.

Assim como o recrutador e o business parter o headhunter precisa conhecer muito bem a empresa para o qual está recrutando, geralmente esse profissional é contratado para cuidar de posições difíceis de serem preenchidas.

Agora que você conhece os tipos de recrutadores, quero te mostrar as principais atividades de quem trabalha no R&S

Principais atividades da área de recrutamento e seleção

Planejamento

Muitas pessoas acreditam que o processo de recrutamento e seleção começa a partir do momento em que a vaga foi divulgada.

Mas preciso esclarecer que não, esse processo começa muito antes, com o planejamento da vaga.

Colocar em prática um processo de seleção exige um conjunto de fatores tais como: time, budget, planejamento infraestrutura e execução.

Lembra que mais acima eu citei que parte do trabalho de um recrutador é feita com a parceria entre ele e os gestores? É justamente na parte do planejamento que isso acontece.

O RH ou recrutador junto com o gestor precisa desenhar cada vaga de acordo com a necessidade da áreas. Ou seja, esses profissionais precisam identificar os requisitos que o profissional precisará ter. Confira alguns dos detalhes que precisam ser decididos.

  • Cargo e nível a ser preenchido;
  • Competências e habilidades necessárias;
  • Definição de salário, regime de contrato e benefícios;
  • Resultados esperados;
  • Modelo de recrutamento.

Feito isso é necessário passar todos esses detalhes para um Workflow de aprovação de vaga.

A função do Workflow nada mais é que agilizar o fluxo das atividades e prazos. Isso porque imagina uma empresa com 20 departamentos diferentes, se todas resolverem que precisam de um novo profissional para a área haverá uma sobrecarga na área de R&S.

Planejamento 

Muitas pessoas acreditam que o processo de recrutamento e seleção começa a partir do momento em que a vaga foi divulgada. 

Mas preciso esclarecer que não, esse processo começa muito antes, com o planejamento da vaga. 

Colocar em prática um processo de seleção exige um conjunto de fatores tais como: time, budget, planejamento infraestrutura e execução. 

Lembra que mais acima eu citei que parte do trabalho de um recrutador é feita com a parceria entre ele e os gestores? É justamente na parte do planejamento que isso acontece. 

O RH ou recrutador junto com o gestor precisa desenhar cada vaga de acordo com a necessidade da áreas. Ou seja, esses profissionais precisam identificar os requisitos que o profissional precisará ter.

Atrair talentos

Atrair talentos para sua empresa é uma das fases mais importantes do processo seletivo, pois ela pode tanto facilitar quanto prejudicar o processo seletivo de uma empresa. 

Encontrar estratégias para atrair os melhores candidatos é uma das grandes preocupações das empresas. Muitos profissionais ainda possuem a visão equivocada de que atração de candidatos está relacionada a quantidade, mas a verdade o mais importante desse processo é qualidade. 

Quando falo de qualidade me refiro a atração dos melhores candidatos, ou seja, aqueles que tenham as exigências técnicas, comportamentais e sociais mais adequadas para sua empresa. 

Você deve deve estar curioso para ver as dicas de como atrair os melhores profissionais para sua empresa, mas vou pedir para você aguardar mais um pouquinho pois voltaremos a esse tema mais para frente. 

Triagem de currículos

Muitas pessoas ainda se perguntam o que é triagem de currículos? 

A triagem de currículo nada mais é que a análise dos currículos de pessoas que se candidataram para o processo seletivos. Ou seja, o profissional responsável pela triagem deve comparar as características, habilidades, perfil profissional e experiência da pessoa com o requisitos solicitados para a vaga. 

Para que a triagem seja realizada de forma otimizada é necessário que o recrutador utilize critérios bem definidos, a fim de tornar a avaliação clara e objetiva. 

Com a filtragem realizada por meio dos requisitos exigidos pela vaga, a triagem elimina os currículos que estão fora do perfil procurado pela empresa e seleciona apenas os candidatos mais adequados para a vaga, que vão participar da próxima etapa do processo seletivo. 

Selecionar os mais adequados

Com os melhores currículos em mãos chegou a hora de selecionar o candidato mais adequado para a vaga. Ou seja chegou a hora de realizar os testes, entrevistas, dinâmicas em grupo entrou outras estratégias utilizadas para escolher o candidato perfeito para a vaga.

Essa etapa do processo seletivo pode ser considerada uma das mais importante, pois é nela que você pode identificar e analisar as habilidades dos profissionais, seus comportamentos além de checar na prática as informações que foram mencionadas em seus currículos. 

Contratar os selecionados

Por último, e não menos importante chegou a hora de contratar o candidato que foi selecionada para vaga e acertar os últimos detalhes para o início do profissional na empresa. 

Pronto, agora você conhece as principais atividades da área de recrutamento e seleção. Que tal avançarmos um pouco mais sobre o tema e vermos os principais tipos de recrutamento. Vamos lá?

Principais tipos de recrutamento e seleção

Você sabia que existem três tipos de recrutamento?

Isso mesmo, geralmente quando pensamos sobre recrutamento e seleção não imaginamos que exista uma série de etapas, muito menos que existam diferentes tipos de recrutamento. 

Acontece que o recrutamento ocorre de acordo com o meio utilizado para procurar os candidatos. Os três modelos são: interno, externo e misto, agora vamos conhecer a fundo como funciona cada um deles. 

Recrutamento interno

Certamente você já ouviu aquele velho ditado “Porque procurar na rua aquilo que você tem dentro de casa”. 

Vai parecer estranho, mas esse ditado se encaixa perfeitamente no mundo dos negócios. Muitas vezes dentro da empresa temos um profissional que está apenas esperando uma oportunidade para mostrar seu potencial. 

De maneira geral o que eu quero dizer é que muitas vezes as pessoas ideais para a vaga não estão no mercado, mas sim dentro da própria organização, e é para achar essa pessoa que existe o recrutamento interno. 

No recrutamento interno, a busca por um profissional ocorre dentro da empresa, podemos considerar como uma espécie de reaproveitamento, no qual os talentos podem ser promovidos ou realocados dentro da empresa. 

Você deve estar se perguntando mas existe vantagem em fazer recrutamento interno?

Então confira abaixo alguns dos benefícios desse tipo de recrutamento:

  • Redução de custo;
  • Facilidade de análise de perfis;
  • Rapidez no processo de recrutamento;
  • Retenção de talentos;
  • Aumento na motivação dos profissionais;
  • Valorização dos colaboradores.

Recrutamento externo

Dentre os tipos de recrutamento o externo é o modelo mais conhecido por todos, ele se caracteriza pela busca de profissionais no mercado de trabalho para o preenchimento das vagas em aberto.

Esse modelo de recrutamento é muito utilizada para suprir os cargos de início de carreira, e principalmente para obter competências que não são encontradas nos profissionais que já trabalham na empresa. 

Esse modelo de recrutamento também possui uma série de vantagens, então confira algumas delas:

  • Diversidade de escolha
  • Entrada de novos talentos e oxigenação de ideias
  • Aumento de visibilidade da organização no mercado de trabalho
  • Aumento do capital intelectual 
  • Fortalecimento da cultura organizacional
  • Inovação

Recrutamento misto

Agora tem empresas que gostam de inovar e optam por uma terceira opção que é nada menos do que misturar os dois modelos de recrutamento anteriores em um só. 

Isso mesmo o recrutamento misto nada mais é que a combinação dos recrutamento interno e externo. 

Para realizar esse tipo de recrutamento a empresa divulgará a vaga simultaneamente, mas é importante ressaltar que o processo seletivo precisa ser feito de forma imparcial, para que o objetivo final que é selecionar o candidato ideal para vaga seja atingido.

O recrutamento misto é muito utilizado por empresas que querem conciliar o interesse na contratação de novos profissionais com a valorização dos talentos que já estão na empresa.

Rolar para cima
WhatsApp chat