(IA) Inteligência artificial no RH: principais benefícios, impactos e como funciona para a organização!

imagem de um notebook aberto, e na tela há dados

A cada dia que passa a tecnologia vem assumindo um papel determinante no sucesso das empresas. A (IA) inteligência artificial no RH, por exemplo, contribuiu ao longo dos anos para que esse setor eliminasse diversos processos burocráticos e se tornasse mais estratégico

Uma pesquisa do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.Br) mostrou que 22% das empresas pequenas e 37% das grandes já adotaram a inteligência artificial no seu dia a dia, com a implementação de softwares de RH e gestão, ponto eletrônico, etc.

Mas você sabe quais os principais benefícios da IA inteligência artificial no RH e os impactos da tecnologia na empresa? Para responder essas questões esse artigo vai abordar: 

banner resolva problemas com banco de horas

Boa leitura! 

Inteligência artificial: conceito

O conceito de Inteligência Artificial (IA) foi criado em 1955 pelo professor americano John McCarthy, da Universidade de Dartmouth. Na época ele selecionou e reuniu um grupo de cientistas para estudar uma forma de “ensinar” as máquinas. 

Isto é, a principal proposta do grupo era encontrar uma possibilidade para que as máquinas se tornassem inteligentes, como os próprios seres humanos. 

A ideia inicial era criar nelas um recurso que lhes desse a possibilidade de aperfeiçoar os aprendizados gradativamente, o que de fato ocorreu anos depois. 

Então, a inteligência artificial (IA) tem por conceito ser uma área da ciência da computação cujo  principal objetivo é desenvolver máquinas ou softwares que tenham a capacidade de aprendizado, assim como a mente humana. 

Ou seja, equipamentos que possuem uma tecnologia capaz de identificar padrões, fazer análises e resolver problemas automaticamente.

(IA) Inteligência artificial no RH

imagem de um computador com a tela aberta

Com a ascensão da tecnologia, boa parte das empresas vêm investindo em modelos que automatizam o que for possível nas suas rotinas. Isso porque, assim, é possível diminuir os erros, agilizar os processos e consequentemente elevar a competitividade no mercado. 

Mas quais os impactos para a empresa que tem a inteligência artificial aplicada a recursos humanos? Saiba mais sobre isso abaixo. 

Quais os impactos da inteligência artificial no RH? 

A adoção da inteligência artificial no RH traz uma série de impactos nesse setor e na empresa de uma forma geral. Lembrando apenas que, o bom funcionamento da tecnologia depende de uma combinação eficaz entre pessoas, processos, tarefas e tecnologia. 

Entre os principais impactos que a inteligência artificial pode ter no RH é possível destacar que ela: 

  • Automatiza processos operacionais repetitivos; 
  • Diminui a burocracia e permite que os profissionais foquem em questões estratégicas;
  • Facilita as tomadas de decisão na gestão de pessoas, oferecendo informações precisas aos gestores; 
  • Agiliza os processos de recrutamento e seleção

E os impactos da IA para as organizações e colaboradores?

Para as organizações como um todo, a IA cria inúmeras possibilidades sendo que as principais a serem destacadas podem ser: a diminuição das chances de erros nos processos, possibilitando uma análise prévia dos riscos, e a agilidade na execução das tarefas. 

Pelo lado dos colaboradores a (IA) inteligência artificial no RH também pode ter impactos positivos. Já que com o RH trabalhando bem o reflexo são ações mais focadas na gestão de pessoas. 

Sendo assim, os colaboradores podem ter mais feedbacks, baseados nas informações cedidas pela inteligência artificial, podem desenvolver novas habilidades, com treinamentos sugeridos pela IA, e a consequência disso é um crescimento profissional mais rápido e efetivo. 

Principais aplicações da inteligência artificial no RH

Agora que você já sabe o conceito da inteligência artificial no RH e os impactos dela na rotina da empresa, é importante descobrir em quais processos é possível aplicá-la. 

  • Processos de recrutamento e seleção; 
  • Organização de treinamentos; 
  • Controle de jornada; 
  • Cálculos da folha de pagamento;
  • Acompanhamento de indicadores (taxa de turnover, absenteísmo). 

Empresas que utilizam da inteligência artificial no RH têm mais benefícios como:

imagem de um grupo junto à frente de um computador. Todos olham para a tela

Redução de custo

Antes da inteligência artificial no RH era comum que muitos profissionais desse setor precisassem cumprir horas extras e em muitos casos a empresa aumentava sua mão de obra para conseguir atender todas as demandas da área. 

No entanto, com a inteligência artificial no RH muitos custos operacionais foram reduzidos. Processos tidos como repetitivos passaram a ser automatizados, como a seleção de currículos, diminuindo o tempo e consequentemente eliminando gastos desnecessários. 

Além disso, com uma escolha de candidato assertiva, mediante um auxílio da inteligência artificial no RH, diminuem-se as chances desse colaborador sair da empresa posteriormente, evitando gastos com verbas rescisórias e novos processos seletivos. 

Operação mais eficiente 

Como a inteligência artificial no RH trabalha com dados concretos em diversos processos, a operação acaba se tornando mais eficiente. 

Uma vez que os gestores podem tomar decisões baseadas em informações de qualidade, tornando as tarefas mais eficientes e assertivas. 

Agilidade em processos

Por meio da inteligência artificial no RH os processos se tornam mais ágeis. Um bom exemplo dessas facilidades criadas pela inteligência artificial está nos processos de  recrutamento e seleção. 

Posto que, a empresa pode dispensar o tempo de avaliação e seleção de milhares de currículos, já que o sistema faz uma análise prévia, com cruzamento de dados entre informações e palavras-chaves, com o currículo em si, e seleciona os profissionais que mais se encaixam na função.  

Aumento de produtividade

Outra vantagem da inteligência artificial no RH é que a produtividade do setor se torna mais elevada. Pois, os profissionais dessa área poderão abrir mão de várias tarefas burocráticas e operacionais e focarão em questões mais estratégicas. 

Em quais áreas do RH pode se encontrar a inteligência artificial?

A inteligência artificial (IA) no dia a dia do RH pode impactar positivamente inúmeros processos da empresa. Fazendo com que muitos dos profissionais responsáveis por eles deixem de assumir questões apenas burocráticas e atuem em pontos estratégicos da empresa. 

Recrutamento e seleção

A inteligência artificial no RH pode facilitar e muito nos processos de recrutamento e seleção. Com um sistema inteligente a empresa pode ter um controle automático de currículos e ter acesso apenas àqueles que realmente se encaixam no que ela procura. 

Afinal, essa base de dados irá selecionar apenas os profissionais com as características e habilidades que a companhia delimitou. Sendo assim, as contratações além de ficarem mais ágeis se tornam mais assertivas. 

Controle de jornada 

imagem de um celular com a home do pontotel

Outro processo que a inteligência artificial no RH pode impactar é no controle de jornada. Durante muito tempo esse processo, um dos mais difíceis e complexos na rotina empresarial, seguia uma linha que dependia única e exclusivamente do trabalho humano. 

Até por isso os problemas eram recorrentes em anotações de entrada e saída do colaborador, cálculos de horas extras e descontos, que acarretavam muitas vezes em processos trabalhistas

Com o controle de jornada via inteligência artificial no RH esse processo teve um suporte eficiente da tecnologia e os softwares de RH automatizaram essa rotina. 

A partir de agora o registro de ponto pode até mesmo ser feito pelo PC, QrCode ou App e a empresa tem um controle maior, em tempo real, da jornada dos colaboradores, com informações precisas sobre o tempo de trabalho, atrasos e faltas

Tornando inclusive o fechamento da folha de pagamento em algo que pode ser feito em minutos, com cálculos intuitivos e automáticos. 

Treinamento e desenvolvimento

O treinamento e desenvolvimento também pode ser impactado pela inteligência artificial no RH. Com sistemas próprios a empresa consegue mensurar exatamente quais os pontos fracos e fortes dos seus colaboradores e como pode melhorá-los. 

Isso facilita no momento de organizar um treinamento que realmente contribua para que o colaborador se desenvolva, já que, com esses dados da inteligência artificial a empresa age de forma assertiva, seja escolhendo a melhor metodologia de treinamento como avaliando o resultado obtido pelo mesmo posteriormente. 

Um exemplo concreto vem da IBM que se utiliza de inteligência artificial no seu RH avaliando, de forma automatizada, o perfil e o histórico dos profissionais. 

Posteriormente a IA da empresa sugere treinamentos para que esses colaboradores  desenvolvam suas habilidades e adquiram novas. A empresa diz que o sistema possui uma precisão de até 90% nessas indicações. 

Gestão de pessoas

Pode parecer sem sentido, mas a inteligência artificial no RH é fundamental no processo de gestão de pessoas. 

Apesar da necessidade de se humanizar cada vez mais as relações trabalhistas, tratando o colaborador não só como profissional, mas como pessoa, é tão fundamental quanto isso reconhecer a importância da inteligência artificial nesse desafio. 

A partir dela a empresa consegue elencar as necessidades dos colaboradores, mensurando desempenho, taxa de absenteísmo, identificando faltas e atrasos. 

A partir desses dados ela consegue, então, perceber quem está mais insatisfeito, triste e pode agir de forma mais rápida para mudar esse cenário. Ou seja, com um sistema eficaz de gestão de pessoas é possível priorizar pontos que potencializem o bem-estar e a produtividade dos colaboradores

Conclusão

Ao longo deste artigo ficou claro o quanto a (IA) inteligência artificial no RH impacta diretamente nos resultados das empresas atualmente. Organizações que não se atualizam acabam ficando para trás dos concorrentes, além de permitirem que a burocracia as domine. 

Por outro lado, companhias que prezam pela automatização dos seus processos são mais estratégicas, têm maior poder de decisão e são mais assertivas. 

Visto que dependendo da inteligência artificial no RH os gestores podem tomar decisões baseadas em dados concretos. 

É importante ressaltar, no entanto, que a inteligência artificial no RH deve servir como um suporte ao trabalho humano e não como um fator que elimina esse lado. Afinal, ela pode otimizar os processos, mas a humanização ainda é de responsabilidade das pessoas. 

Gostou desse conteúdo sobre inteligência artificial no RH? Então, compartilhe ele nas suas redes sociais. 

controle de jornada motoristas
Compartilhe em suas redes!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Rolar para cima