Inteligência Artificial no recrutamento e seleção: conheça impactos, vantagens e ferramentas para o RH
BLOG
Time Pontotel 5 de julho de 2024 Recrutamento e Seleção
Inteligência Artificial no recrutamento e seleção: conheça impactos, vantagens e ferramentas para o RH
Entenda como a inteligência artificial é usada no recrutamento e seleção, e conheça os prós e contras de utilizar essa ferramenta no RH.
Imagem de Inteligência Artificial no recrutamento e seleção: conheça impactos, vantagens e ferramentas para o RH

Utilizar a Inteligência Artificial no recrutamento e seleção tem sido uma prática cada vez mais frequente, e as plataformas que oferecem essa ferramenta continuam crescendo. 

A aplicação de IA no recrutamento e seleção de talentos está mudando a maneira como as empresas encontram e avaliam candidatos, trazendo uma série de impactos e vantagens significativas. 

Mas é importante olhar também para os impactos negativos desta prática, para entender a melhor forma de usar a IA neste processo. 

Neste artigo, será possível entender como a IA está moldando o recrutamento, os principais benefícios que ela oferece e as ferramentas mais inovadoras disponíveis no mercado. 

O artigo será abordado por meio dos seguintes tópicos: 

Boa leitura! 

O que é Inteligência Artificial?

Inteligência Artificial (IA) é um campo da ciência da computação que visa criar sistemas capazes de realizar tarefas que normalmente exigem inteligência humana

A IA utiliza algoritmos avançados e grandes volumes de dados para treinar modelos que podem prever resultados, automatizar processos e adaptar-se a novas informações. 

Com o avanço das tecnologias e o aumento da capacidade de processamento de dados, a IA tem se tornado cada vez mais sofisticada, sendo aplicada em diversas áreas, como saúde, finanças, transporte, e, mais recentemente, gestão de recursos humanos.

Panorama sobre o uso de IAs no processo de recrutamento e seleção

Segundo um estudo da McKinsey em 2023, 70% das empresas já usam ou pretendem utilizar a IA no R&S no mundo todo.

A IA ajuda a automatizar tarefas repetitivas, como triagem de currículos, análise de perfis de candidatos e agendamento de entrevistas, liberando os profissionais de RH para se concentrarem em atividades estratégicas. 

Ferramentas de IA podem avaliar candidatos com base em habilidades e competências específicas, utilizando algoritmos que analisam grandes volumes de dados para prever o fit cultural e o desempenho futuro dos candidatos. 

Além disso, a IA também pode eliminar vieses inconscientes, promovendo um processo de seleção mais justo e inclusivo. 

A evolução do processo de recrutamento e seleção

Inicialmente, o recrutamento era um processo manual, dependente de anúncios em jornais e indicações pessoais. 

Com a chegada da internet, surgiram os portais de emprego, facilitando a divulgação de vagas e a coleta de currículos. 

A mais recente inovação nesse processo é a incorporação da Inteligência Artificial, que é capaz de:

  • Automatizar tarefas;
  • Analisar grandes volumes de dados;
  • Oferecer insights preditivos;
  • Tornar o processo mais eficiente e assertivo. 

Essa evolução contínua reflete o esforço das empresas em adaptar-se às mudanças e otimizar a busca pelos melhores talentos.

Como a Inteligência Artificial ajuda no recrutamento e seleção?

Mulher sorridente usando óculos e headphones, trabalhando em um laptop em um ambiente de escritório caseiro decorado com plantas

Seja na triagem de currículos, na avaliação de habilidades e até na previsão de desempenho, a IA proporciona uma abordagem mais precisa e eficiente para identificar os melhores candidatos. 

Com a implementação dessas tecnologias, as empresas podem não apenas acelerar o processo de contratação, mas também aumentar a qualidade das admissões e promover um ambiente de recrutamento mais justo e inclusivo.

Vantagens do uso de Inteligência Artificial no recrutamento e seleção

Uma das principais vantagens da IA no recrutamento é a redução de viés. Algoritmos bem projetados podem analisar candidatos com base em critérios objetivos, eliminando preconceitos inconscientes que os recrutadores humanos podem ter. 

Na automatização de processos, a IA pode assumir tarefas repetitivas e administrativas, como a triagem inicial de currículos e o envio de comunicações aos candidatos.

O aumento da eficiência é uma consequência direta da automatização, já que as empresas podem processar um volume muito maior de candidaturas em um tempo mais curto, reduzindo o período de contratação.

Além disso, a IA contribui para a melhoria na experiência do candidato. 

Ferramentas automatizadas podem manter os candidatos informados sobre o status de sua candidatura em tempo real, fornecer feedback imediato e criar uma experiência de recrutamento mais transparente e engajadora.

Desvantagens do uso de Inteligência Artificial no recrutamento e seleção

Apesar das inúmeras vantagens, o uso de IA no recrutamento e seleção não está isento de desvantagens. Uma preocupação comum é a perda da humanização dos processos de recrutamento. 

A interação humana é importante para construir relacionamentos e avaliar aspectos subjetivos, como a compatibilidade cultural e a atitude dos candidatos, que podem ser difíceis de quantificar por algoritmos.

A ineficiência de portais mal estruturados também pode levar a falhas na comunicação, erros de processamento de candidaturas e uma experiência negativa para os candidatos se as plataformas de IA não forem bem projetadas ou não se integrarem corretamente com outros sistemas de RH.

Outra desvantagem é a possibilidade de perda de bons candidatos devido à automatização engessada de algoritmos que buscam padrões específicos. 

Algoritmos rígidos podem descartar candidatos altamente qualificados que não correspondem exatamente aos critérios predefinidos, ignorando talentos potenciais que poderiam ser valiosos para a empresa

Como utilizar a Inteligência Artificial no recrutamento e seleção?

Para utilizar a Inteligência Artificial no RH, para o recrutamento e seleção, é importante integrar ferramentas que a empresa já utiliza, especialmente as de RH, com a IA em questão. 

Assim, a IA conseguirá automatizar tarefas repetitivas e analisar grandes volumes de dados de candidatos com eficiência e segundo os objetivos e as estratégias do processo de recrutamento da empresa.

A IA pode ser aplicada desde a triagem inicial de currículos até a condução de entrevistas virtuais, nas quais algoritmos avançados avaliam as respostas e os comportamentos dos candidatos. 

Além disso, plataformas de IA podem monitorar e analisar as interações dos candidatos com as ofertas de emprego, proporcionando insights valiosos sobre suas motivações e interesses no recrutamento online.

Outra aplicação é a análise preditiva, que permite prever o desempenho futuro dos candidatos com base em suas habilidades e experiências passadas. 

Para maximizar os benefícios da IA, é indispensável que as empresas treinem seus algoritmos com dados diversos e representativos, garantindo que os processos de seleção sejam justos e inclusivos. 

Não negligenciar a importância de manter um equilíbrio entre a automação e a interação humana assegura que os candidatos tenham uma experiência positiva e que aspectos subjetivos sejam considerados.

Cuidados que o RH deve ter ao usar inteligência artificial no recrutamento

Garantir a privacidade e segurança dos dados dos candidatos, implementando medidas rigorosas de proteção de informações sensíveis, é o cuidado mais importante, principalmente para não infringir as regras da LGPD

Outro cuidado essencial é manter a transparência com os candidatos, explicando como a IA é utilizada no processo de seleção e assegurando que eles entendam seus direitos e o funcionamento dos sistemas automatizados.

Como dito em tópicos anteriores, é necessário treinar continuamente os algoritmos para evitar vieses inadvertidos que possam surgir de dados históricos enviesados. 

Sobre o uso de IA, Tuanny Honesko, coordenadora de Marketing da Feedz, explica: “O que a inteligência artificial não vai substituir é o cérebro humano, que é a maior máquina que existe. Então, vamos usá-lo para coisas mais estratégicas, mais interessantes e, eventualmente, para treinar essa inteligência artificial para o que realmente precisamos.” 

O RH deve também monitorar regularmente o desempenho das ferramentas de IA para identificar e corrigir quaisquer problemas ou ineficiências. 

Ferramentas de IA utilizadas no processo de R&S

Close-up das mãos de uma mulher digitando em um teclado de laptop, focando na interação com a tecnologia

Entre as principais ferramentas de recrutamento e seleção disponíveis no mercado, estão sistemas de análise de currículos, chatbots de recrutamento e plataformas para entrevistas assíncronas ou automatizadas. 

Cada uma traz vantagens específicas que auxiliam as empresas a encontrar e contratar os melhores talentos de forma mais eficaz e justa.

Análise de currículos

A análise de currículos com IA é uma das primeiras etapas nas quais a tecnologia pode fazer uma diferença significativa. 

Ferramentas como HireVue, Pymetrics e Textio utilizam algoritmos para escanear e interpretar currículos, identificando palavras-chave, qualificações e experiências relevantes. 

Esses sistemas não apenas aceleram a triagem inicial dos candidatos, mas também podem ser programados para reconhecer padrões que indicam sucesso potencial no cargo, e ajudam a prever quais candidatos são mais propensos a ter um bom desempenho.

Chatbots de recrutamento

Os chatbots de recrutamento, como Mya e Olivia, são utilizados para interagir com candidatos em tempo real, respondendo a perguntas frequentes, fornecendo atualizações sobre o status da candidatura e agendando entrevistas. 

Esses chatbots são programados para manter conversas naturais e envolventes, melhorando a experiência do candidato ao oferecer suporte instantâneo e personalizado. 

Entrevistas automatizadas

Ferramentas para entrevistas automatizadas, como HireVue e Spark Hire, permitem que candidatos gravem suas respostas a perguntas predefinidas em vídeo, que são então analisadas por algoritmos de IA. 

Esses sistemas podem avaliar diversos aspectos, desde o conteúdo das respostas até a linguagem corporal e o tom de voz.

A utilização de entrevistas automatizadas não só acelera o processo de seleção, mas também elimina a necessidade de coordenar agendas, permitindo que candidatos participem do processo de qualquer lugar e a qualquer momento.

Conclusão

Neste artigo, foi possível entender que a integração da Inteligência Artificial no recrutamento e seleção e suas vantagens como automação, eficiência e redução de viés. 

Apesar disso, a IA, quando não bem configurada, pode acabar eliminando bons candidatos devido a algoritmos e automações engessadas. 

Outro ponto importante é que o RH deve estar atento aos cuidados necessários para garantir a privacidade dos candidatos e a transparência nos processos. 

Portanto, com o equilíbrio certo entre tecnologia e intervenção humana, as organizações podem aproveitar ao máximo o potencial da IA para construir equipes de alto desempenho e impulsionar o sucesso empresarial.

Continue acompanhando o blog Pontotel conhecer as melhores práticas do uso de novas tecnologias no mercado. 

Compartilhe em suas redes!
Mais em Recrutamento e Seleção VER TUDO
INICIAR TOUR!