Entenda como funciona o aplicativo para marcar hora extra, o que diz a lei e as principais vantagens dele!

imagem de uma pessoa segurando um celular usando o aplicativo de controle de ponto da pontotel

Já imaginou usar um aplicativo para marcar hora extra? O que parecia algo muito distante e inacessível, já se tornou realidade! 

Agora, as empresas podem acompanhar, em tempo real e de forma bem simples, a jornada de trabalho de seus colaboradores, e tudo isso diretamente de um aplicativo no celular.

Assim, com o auxílio da internet, da inteligência artificial e de vários mecanismos de segurança, fica muito mais fácil fazer o controle de horas extras e a gestão completa da folha de ponto dos funcionários.

Mas, como um aplicativo para marcar hora extra pode ajudar sua empresa na prática? Para responder essa pergunta, ao longo do texto vamos discutir os seguintes tópicos.

Boa leitura!

banner calculo de horas

Hora extra: o que diz a lei

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) determina que a jornada de trabalho não pode ser maior do que 8 horas por dia ou 44 horas semanais. 

No entanto, o Artigo 59 da CLT permite que essa carga horária seja ultrapassada em até duas horas diárias. Ou seja, a lei estabelece que o trabalhador pode realizar até 2 horas extras por dia.

A CLT também permite que, em função de convenções coletivas, acordos individuais ou coletivos, esse número de horas extras possa ser alterado.

Assim, desde que acordado entre as duas partes, o trabalhador pode realizar seu serviço e ser remunerado para atender alguma demanda extra ou concluir atividades atrasadas.

Mas qual é o valor dessa remuneração?

De acordo com a  Lei Trabalhista, o valor pago por hora extra deve ser, pelo menos, 50% maior do que o valor pago por hora normal trabalhada.

No entanto, esse cálculo de horas extras pode ser modificado caso o serviço seja realizado à noite, em feriados ou aos domingos.

Por um lado, essa garantia assegura que o colaborador seja remunerado por qualquer minuto ou hora extra trabalhada além da jornada de trabalho estabelecida. 

Em contrapartida, a necessidade de remunerar o trabalhador em função das horas extras aumenta os gastos da empresa com a folha de pagamento.

Por esse motivo, é fundamental que a empresa invista no gerenciamento eficaz de suas atividades, com objetivo de reduzir a necessidade do uso de horas extras.

Além disso, é importante investir no controle eficiente das horas extras de cada colaborador, permitindo o monitoramento dessa jornada, bem como a remuneração correta, como exige a legislação.

Entenda abaixo como o RH pode fazer esse controle.

Como fazer o controle das horas extras na empresa?

imagem de um homem segurando moedas e uma ampulheta

De forma resumida, podemos afirmar que o controle de horas extras exige a realização de três passos essenciais: organização, registro e cálculo. Entenda como fazer e a importância de cada um deles abaixo.

1º Passo: Organização do RH

O gerenciamento eficiente da jornada de trabalho do colaborador exige que o RH conheça a natureza do contrato de trabalho de cada trabalhador e quais são os acordos, se existirem, que podem impactar nessa rotina.

A partir disso, a equipe do RH consegue acompanhar a jornada de trabalho do funcionário, evitando problemas como excesso de horas extras, horas de folga e até horas negativas.2º Passo: Registro de horas extras

Uma boa ferramenta de controle de ponto permite a marcação de todos os dados referentes à jornada de trabalho dos funcionários. Isso inclui desde o horário de entrada e saída até o registro de horas extras, adicionais, atrasos, entre outros parâmetros. 

Esses registros são essenciais não só para facilitar o fechamento da folha de pagamento, mas também por tornar mais fácil e prático a realização do controle da jornada de cada colaborador. 

3º Passo: Cálculo de horas extras

A partir do registro dos dados da jornada, é possível calcular as horas extras que devem ser pagas a cada colaborador. Esse cálculo deve ser realizado antes do fechamento da folha de pagamento, sendo que ele pode ser feito de várias formas. 

O método mais tradicional é o manual, que não é mais tão utilizado por ser considerado lento. Por isso, a empresa pode optar por uma planilha de controle de horas extras, que facilita o cálculo das horas  de cada colaborador.

Além desses, existe outro método ainda mais fácil, moderno e eficaz para realizar o cálculo dessas horas de forma automatizada: o aplicativo para marcar hora extra. 

Utilizando um app de ponto online, as horas extras da jornada do colaborador são calculadas de forma automática, isso porque o sistema usa como base uma jornada pré-cadastrada, então, quando o funcionário bate o ponto, o programa já calcula a jornada daquele dia e efetua os apontamentos de ponto. Sem a necessidade do RH executar nenhum comando. 

Saiba as vantagens dessa ferramenta abaixo: 

Controle de hora extra por aplicativo

O controle de hora extra pode ser realizado através de um aplicativo de ponto eletrônico. Esse tipo de aplicativo faz parte do sistema de controle de ponto online. 

Esse sistema utiliza a tecnologia, a internet e a inteligência artificial para registrar todos os dados referentes à jornada de trabalho do colaborador, incluindo o registro de horas extras.

Dessa forma, esses dados podem ser acompanhados em qualquer situação, através de diferentes dispositivos, de forma prática e segura, já que ele funciona por meio de um sistema em nuvem.

Por isso, atualmente esse tipo de aplicativo é considerado o método mais moderno, rápido e fácil de registro de jornada disponível no mercado.

Quer entender como esse app funciona? Acompanhe os próximos tópicos:

Como funciona o aplicativo para marcar hora extra?

Para explicar como funciona o aplicativo para marcar hora extra, vamos utilizar como base o app de ponto eletrônico da PontoTel, que oferece a funcionalidade de marcação de horas extras.

O app PontoTel pode ser instalado em diferentes dispositivos, já que ele utiliza como base um sistema em nuvem. No entanto, dependendo do dispositivo, seu funcionamento ocorre de forma diferente.

No caso do celular, é importante a utilização de um modelo de smartphone desistema operacional Android ou iOS. 

Após a instalação, o trabalhador pode acessar o aplicativo, onde encontrará todas as opções na tela inicial. Assim, ele pode registrar seu horário de entrada, saída, horas extras, entre outras informações, de forma rápida, confirmando os dados registrados com o auxílio de suas informações de segurança.

Já no caso de computadores, notebooks e tablets, o funcionamento é ainda mais simples. O sistema de ponto eletrônico pode ser acessado diretamente pelo navegador de internet. 

Ou seja, não é necessário um aplicativo, mas é fundamental ter o cadastro de acesso ao Web PontoTel, onde o colaborador poderá acessar todas as funcionalidades do app, incluindo o local de registro de suas horas.

Qual a importância de utilizar um aplicativo para marcar hora extra?

A utilização do aplicativo para marcar hora extra torna mais fácil o registro dessa informação. Por ser mais prático e versátil que outras formas de registro, esse app pode ser utilizado por profissionais em diferentes regimes de trabalho, até mesmo com jornada híbrida e o home office.

Dessa forma, a empresa consegue acompanhar melhor seus funcionários mesmo à distância. Assim, o empregador pode monitorar o trabalho de seus colaboradores e o trabalhador tem a garantia de que vai receber o valor correspondente ao excedente de horas trabalhadas.

Além disso, é importante lembrar que o aplicativo é uma ferramenta bem mais moderna, mais fácil de ser utilizada e que garante a segurança de suas informações, como explicamos abaixo.

Aplicativo para marcar hora extra é seguro?

Sim, é seguro. Os sistemas de controle de ponto online, como o aplicativo de ponto eletrônico que permite o registro de hora extra, utilizam tecnologias que garantem a segurança das informações coletadas.

O aplicativo da PontoTel, por exemplo, conta com segurança criptografada e mecanismos antifraude para coletar e armazenar as informações.

Além disso, para acessar o sistema do app, cada colaborador deve fazer o login com uma senha pessoal, sendo que os dados fornecidos devem ser confirmados através de autenticação por meio de registro de foto ou voz.

E não é necessário se preocupar com a legalidade do uso desse sistema, que é autorizado por lei.

É permitido pela CLT?

imagem de um martelo de juiz ao lado de uma balança e um livro

O aplicativo para marcar horas extras ou o próprio aplicativo de ponto eletrônico  é permitido a utilização e é assegurada pela legislação. 

De acordo com o Artigo 74 da CLT, empresas com mais de 20 funcionários têm a obrigação de fazer o registro da jornada de trabalho de cada colaborador com o auxílio de uma ferramenta manual, mecânica ou eletrônica. Como o aplicativo de ponto é considerado um sistema eletrônico, ele pode ser utilizado. 

No entanto, a CLT apenas autoriza o uso desse sistema de ponto alternativo. A regulamentação sobre o uso desse sistema é fornecida pela Portaria nº 671 do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTP), como é possível entender abaixo.

Portaria 671

A Portaria nº 671 do MTP, de 8 de novembro de 2021, unifica e atualiza as instruções fornecidas pela Portaria 373 do MTE e pela Portaria nº 1.510 do MT. Ambas instituíram regras e normatizações para a adoção do sistema de registro de ponto dos funcionários. 

No entanto, a Portaria 671 adiciona novidades à legislação, como a criação do conceito de REP-P (Registrador Eletrônico de Ponto por Programa), que é um software que permite a marcação, o armazenamento e o registro do ponto. 

De acordo com o texto da portaria, esse tipo de programa pode ser executado em servidor dedicado ou em nuvem, além de possuir certificado de registro no Instituto Nacional da Propriedade Industrial. 

Ou seja, o aplicativo para somar horas trabalhadas ou app de ponto eletrônico é considerado um REP-P, sendo que seu funcionamento e segurança são pautados na lei. 

Principais vantagens do aplicativo para marcar hora extra

A segurança, a modernidade e a legalidade do uso desse tipo de aplicativo não são suas únicas vantagens. Para entender melhor qual a diferença entre o aplicativo para somar horas trabalhadas e outros métodos de marcação, é importante conhecer os seguintes benefícios:

Informação em tempo real para o RH ou gestor

Como o aplicativo para marcar hora extra funciona através de um sistema de ponto em nuvem, todas as informações coletadas são armazenadas automaticamente num servidor remoto. 

Por isso, todas as informações fornecidas ou alteradas no aplicativo podem ser visualizadas pelos gestores e pelo RH de forma automática, isto é, em tempo real. Como consequência, a gestão das atividades e dos colaboradores se torna mais simples e eficiente.

Veracidade dos registros

O aplicativo é utilizado de forma digital, mas isso não significa que ele é vulnerável a fraudes. Como explicamos anteriormente, esse tipo de app utiliza segurança criptografada, tecnologia antifraude, senhas e sistemas de reconhecimento. 

Tudo isso assegura a veracidade das informações fornecidas. Por isso, o empregador e o RH podem confiar nos dados fornecidos pelo colaborador.

Auxilia na gestão de ponto

O aplicativo é capaz de realizar todo o trabalho de extração de dados e cálculos que incidem na folha de pagamento, como as horas extras. 

Isso otimiza as atividades realizadas pelo RH e ainda permite a redução de custos, já que o acompanhamento em tempo real desse processo auxilia no gerenciamento equilibrado de horas excedentes, jornada de trabalho e remuneração.

Conheça o melhor aplicativo para marcar hora extra – PontoTel

imagem de uma pessoa sentada na frente de um computador e segurando um celular na página inicial do aplicativo de controle de ponto da pontotel

O aplicativo da PontoTel oferece todas as vantagens e facilidades que um app para marcar horas extras é capaz de oferecer! 

Seu sistema personalizável facilita o gerenciamento da jornada de trabalho dos colaboradores, que podem registrar as horas extras, entradas e saídas, enviar atestados médicos, entre outros dados relevantes.

Todas essas informações podem ser acompanhadas em tempo real pelo RH e pelo empregador de forma bem simples, diretamente do celular.

Além de todas essas vantagens, o app da PontoTel ainda permite a realização e customização de cálculos, fornece relatórios de desempenho, tem integração com a folha de pagamento, conta com 6 mecanismos antifraude, entre outras vantagens. 

Ficou curioso para saber como o aplicativo da PontoTel funciona na prática? Agende uma demonstração gratuita através do formulário abaixo e converse com um especialista em ponto que vai te mostrar como esse app pode ajudar sua empresa. 

controle de ponto pontotel

Conclusão

Por ser flexível, prático e fácil de usar, o aplicativo para marcar hora extra é uma alternativa viável e segura para empresas preocupadas em melhorar a gestão de funcionários e da folha de pagamento.

Como vimos ao longo do texto, o sucesso desse tipo de aplicativo está relacionado ao uso de tecnologias que facilitam o registro e o acompanhamento de dados registrados em tempo real. 

Até mesmo os cálculos referentes a horas extras, entre outros descontos e adicionais, podem ser feitos de forma automática pelo sistema do app, otimizando o trabalho do RH.

Gostou do conteúdo? Acompanhe as novidades para facilitar a gestão do RH através do Blog da PontoTel!

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima