Digital-first: o que é, como montar e veja os principais benefícios dessa estratégia para sua empresa

imagem de uma mulher sentada na frente de um computador e mexendo em um tablet

Você consegue imaginar o mundo sem internet? Você se lembra como era o mundo antes da inteligência artificial, dos smartphones, sistemas automatizados ou lojas online?

Então, por que sua empresa ainda não adotou a estratégia digital-first?

Quando a maioria das pessoas não tinha acesso à internet, softwares ou hardwares de todos os tipos, fazia sentido manter um negócio longe do mundo digital.

Mas, o tempo passou e o mundo mudou muito nos últimos anos. As possibilidades do mercado foram ampliadas e os consumidores passaram a valorizar mais as empresas que marcam presença no mundo digital.

Nesse contexto, a empresa que não possui presença online e que não se adaptou às últimas tecnologias já está em desvantagem.

E desvantagem, num mundo cada vez mais competitivo, significa perda de recursos e desperdício de oportunidades. 

Ou seja, a empresa que quer crescer precisa investir na transformação digital.

O problema é: como fazer isso?

Para te ajudar a entender o que é digital-first e como ele pode ser aplicado na sua empresa, vamos discutir os seguintes tópicos:

Vamos lá?

controle de jornada digital e gestao de pessoas

O que é digital-first?

imagem de um homem e uma mulher sentados na frente de um computado sorrindo

Digital-first ou Digital by Default, como também é chamado, é uma estratégia de negócio que considera a presença e o crescimento no ambiente virtual como base e prioridade da empresa.

Falando assim, parece que o digital-first se restringe a ações de marketing e comunicação para atrair e reter clientes no site e nas redes sociais da empresa. Mas não é só isso.

O conceito de estratégia digital é bem mais amplo e envolve, inclusive, digitalizar processos, automatizar procedimentos, armazenar dados em nuvem, entre outras operações. 

O objetivo é tornar tudo mais rápido, mais eficiente e mais otimizado para atender as demandas dos clientes e se diferenciar no mercado.

Mas isso não significa que os processos e meios de armazenamento tradicionais devem deixar de existir. Na verdade, o objetivo é utilizar as duas estratégias juntas. 

Isso significa que a empresa deve utilizar os processos e armazenamento que fazem sentido no espaço físico. 

Ao mesmo tempo, a organização deve aproveitar os recursos, softwares e hardwares que a tecnologia dispõe, para melhorar a gestão da empresa e aumentar as vendas.

Benefícios de uma estratégia digital-first para sua empresa

Com o avanço da tecnologia, o crescimento de usuários de smartphones e o aumento do consumo de conteúdos online, o futuro é das empresas digitais. 

Aliás, se você está acompanhando a expansão de empresas que investem em presença digital, já deve ter percebido que o futuro já começou e que já estamos vivendo um mercado que deve se expandir nos próximos anos. 

Por isso, empresas que investem na presença digital já estão aproveitando vários benefícios da adesão dessa estratégia. Confira alguns deles abaixo: 

Reforço da vantagem competitiva

Quem não é visto, não é lembrado. Essa máxima serve para tudo, especialmente para as empresas. 

Hoje em dia, os consumidores têm acesso a uma infinidade de opções de produtos e serviços que podem ser acessados facilmente, direto do smartphone. 

Nesse ambiente, quem marca presença e consegue ser encontrado por clientes em potencial, tem uma boa vantagem em relação aos seus concorrentes no mercado.

Redução de custos para o seu negócio

A automação de processos, o uso de softwares, o desenvolvimento de sites e aplicativos e a contratação de mão-de-obra qualificada exigem um certo investimento das empresas. 

Mas esse investimento tem um excelente custo-benefício. Afinal, a tecnologia permite a redução do custo de operação, a adoção de processos mais ágeis e com menos falhas e até o aumento das vendas. 

Nesse contexto, o custo da manutenção do negócio pode ser reduzido, aumentando a margem de lucro da empresa.

Maior segurança

O uso de soluções digitais também garante mais segurança tanto para as informações da sua empresa, quanto para os dados de colaboradores, clientes e parceiros.

Marketing mais efetivo

Uma das áreas mais beneficiadas pela estratégia de digital-first é o setor de marketing e comunicação da empresa. 

Hoje em dia é praticamente impossível falar em marketing sem mencionar a presença digital. 

Isso não significa que as campanhas off-line, em plataformas tradicionais como televisão e revistas, não sejam mais importantes. 

Na verdade, campanhas de marketing on e off-line têm sido cada vez mais utilizadas em conjunto, especialmente nas grandes empresas. 

Já nos negócios de pequeno e médio porte, a presença digital é uma forma mais acessível e muito eficiente para melhorar o alcance e a percepção da sua empresa.

Busca pela liderança

O uso dessa estratégia digital tornou o mercado mais democrático. 

Antes dominado pelas grandes empresas, que contam com muitos recursos e uma influência significativa no mercado, hoje pequenas e médias empresas também conseguem se destacar. 

Embora as grandes marcas continuem consolidadas, o que aconteceu é que os demais negócios descobriram que há demanda de mercado para empresas de todos os portes. 

E mais importante: é possível se aproximar e até tomar o lugar dos líderes do mercado. Tudo isso com o apoio do mundo digital.

Qual é a importância de uma estratégia Digital-First?

A estratégia da empresa digital já tem sido adotada há alguns anos, mas foi potencializada durante a pandemia. 

Com as portas fechadas, empresas de diversos segmentos tiveram que se reinventar. Foi assim que elas descobriram que é possível fazer vendas e fechar negócios criando conteúdo e marcando presença no mundo virtual, especialmente nas redes sociais.

Por conta desse tipo de movimento, da expansão do mercado mobile e do número de usuários de diversas redes sociais, a empresa que ainda não entrou no mundo digital está em desvantagem. 

Portanto, a importância da adoção da estratégia digital está justamente permitir que sua empresa seja lembrada, em expandir a área de alcance da sua empresa e melhorar a percepção das pessoas sobre a sua marca.

Dessa forma, é muito mais fácil estreitar as relações com os clientes, humanizar seu negócio, facilitar o acesso a seu portfólio de produtos e serviços e, consequentemente, aumentar o volume de negócios.

Como montar um plano de negócio Digital-First?

imagem de uma mulher em pé na frente de um grupo de pessoas sentado ao redor de uma mesa

Você já está pensando em adotar uma estratégia digital-first na sua empresa? 

Depois de entender a definição e os benefícios desse modelo de negócio, é natural buscar informações sobre a implantação dessa estratégia. 

Se você não sabe por onde começar, nossa sugestão é que siga os passos abaixo.

Eles são simples, mas com insights poderosos para quem quer digitalizar seu negócio.

Defina seus objetivos

Como qualquer outra estratégia empresarial, a adoção do digital-first também exige a definição de objetivos claros. 

Afinal, sua implementação exigirá tempo e recursos. Além disso, o ambiente digital é muito amplo e cheio de possibilidades. 

Por esse motivo, você precisa definir em quais áreas deseja ter crescimento, o que deseja mudar e onde pretende aumentar a empresa digital da sua empresa. 

Caso o contrário, sua empresa não conseguirá atingir bons resultados.

Para te ajudar nesse processo, selecionamos alguns objetivos bem comuns entre empresas que estão entrando no mundo digital. Confira abaixo:

  • Dobrar o número de vendas online;
  • Melhorar a experiência do cliente;
  • Investir em soluções de automação de fluxo de trabalho;
  • Aumentar a fidelização de consumidores;
  • Utilizar software de gestão empresarial;
  • Investir num software de controle de ponto eletrônico moderno para melhorar a experiência dos funcionários.

Tenha uma persona

Você sabe quem é o seu cliente? Definir o perfil do seu cliente te ajuda a definir estratégias para alcançar o público que apresenta essas características. 

Afinal, precisamos concordar que os produtos e negócios que chamam a atenção de um empresário de meia-idade, que reside numa casa em um bairro planejado é algo bem específico. 

Com certeza, esses produtos e serviços são bem diferentes do que desperta atenção de uma jovem na casa dos 20 anos que mora num apartamento com os pais celetistas. 

É por isso que ter uma persona é importante. A persona é justamente a representação fictícia do cliente ideal da sua empresa. 

Além da idade, do gênero, da condição social desse personagem, é importante descrever todas as características que definem o estilo de vida e os gostos pessoas dessa persona. Quanto mais específico, melhor. 

Você até pode construir mais de uma persona para a sua empresa, desde que todas elas tenham algum tipo de ligação com os produtos e serviços que seu negócio oferece.

Crie um mapa da sua jornada

A transformação do seu negócio numa empresa digital exige organização e planejamento. Esse tipo de mudança não pode – e nem deve – ser feito de uma vez. 

Como são vários sistemas que devem ser implementados e colaboradores que precisam ser treinados, é importante ter tempo para adaptação. 

Para facilitar esse processo, vale a pena criar um mapa de jornada, contendo as seguintes informações:

  • Técnicas que devem ser utilizadas para que a empresa alcance seus objetivos;
  • Informações sobre ajustes e sistemas que precisam ser mudados ou implantados;
  • Detalhamento das etapas que devem ser realizadas para alcançar essas metas;
  • Dados sobre o progresso da implementação de todas essas etapas e medidas;
  • Relatórios de performance da empresa ao longo do processo.

Faça planejamento de conteúdo

Com sua persona definida e o seu mapa de jornada em mãos, está na hora de investir na produção de conteúdo que permita a conexão com seus potenciais clientes.

Para que isso seja feito da forma correta, é fundamental utilizar a estratégia para planejar o tipo de conteúdo que será produzido e onde ele será compartilhado. 

Pode ser que sua estratégia inclua a produção regular de vídeos para o YouTube ou Tik Tok, posts e reels para o Instagram ou artigos otimizados para o site da empresa.

Lembre-se de que tudo isso deve ser registrado num calendário editorial, que vai ajudar a equipe de marketing da empresa a se organizar e publicar os conteúdos com regularidade.

Defina seus KPIs

Por fim, é fundamental definir quais métricas serão utilizadas para avaliar o desempenho da estratégia utilizada pela empresa. 

Essas métricas também são conhecidas como KPIs, sigla que vem do inglês “Key Performance Indicator” e que pode ser traduzida como Indicador-chave de desempenho.

Existem vários KPIs que podem ser utilizados pela sua empresa. Tudo depende da estratégia digital que ela vai utilizar e do que ela pretende alcançar.

Aqui estão alguns exemplos de KPIs muito utilizados por diversas empresas:

Como implementar a estratégia Digital-First nas empresas?

Agora que você já tem seu plano, está na hora de colocar em prática! Para tirar seus planos do papel e começar a aproveitar os benefícios dessa estratégia digital, é importante seguir as seguintes recomendações:

  • Estruture uma equipe para a mudança: entrar no mundo digital exige muitas adaptações. Por isso, é importante definir uma equipe responsável por acompanhar e liderar esse projeto na empresa;
  • Incentive a mudança de mentalidade: a entrada no mundo digital deve ser algo coletivo, já que todos os colaboradores serão afetados pela digitalização da empresa. Nesse sentido, é importante que o setor de Recursos Humanos promova treinamentos, oficinas e palestras para que as equipes já comecem a se adaptar a empresa digital;
  • Mantenha a liderança motivada: a forma como os sócios, gestores e diretores vão lidar com a situação vai influenciar no clima organizacional da empresa. Por isso, além de incentivar os colaboradores, é importante treinar, motivar e explicar como será feita a mudança para o ambiente digital aos próprios líderes do negócio;
  • Escolha as melhores ferramentas: a transformação digital exige o investimento em diferentes tecnologias, como os softwares mencionados anteriormente. Por isso, é importante investigar as ferramentas disponíveis no mercado e conferir aquelas que atendem as necessidades do seu negócio.

Conclusão

imagem de um homem sentado na frente de um computador sorrindo e segurando um celular

Migrar sua empresa para o ambiente digital é um passo gigante, que exige muito planejamento, dedicação e investimento para que seja feito da forma correta.

Apesar de dar trabalho, essa mudança é essencial para toda a empresa que deseja expandir seus negócios, aumentar sua receita e aumentar sua competitividade no mercado.

Como vimos ao longo do texto, aproveitar todos esses benefícios é possível, desde que você mude sua mentalidade e siga as recomendações para a implementação da estratégia digital-first.

Assim, sua empresa com certeza estará mais preparada para o futuro.Gostou do conteúdo? Confira outras dicas sobre gestão de empresas no Blog da PontoTel!

software controle de ponto reduz processos operacionais

Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima