Entenda o papel do RH na imagem profissional dos colaboradores e a sua importância!
BLOG
Time Pontotel 1 de maio de 2024 Gestão de Pessoas
Entenda o papel do RH na imagem profissional dos colaboradores e a sua importância!
A imagem profissional é a reputação construída com base no comportamento e nas competências de um profissional. Leia mais detalhes!
Imagem de Entenda o papel do RH na imagem profissional dos colaboradores e a sua importância!

No passado, bastava ser um profissional habilidoso para se destacar. No entanto, o cenário corporativo evoluiu e, hoje em dia, construir uma imagem profissional sólida é tão importante quanto ser competente na rotina de trabalho.

O grande desafio é que uma boa imagem profissional não se limita ao que está no currículo ou à experiência, porque depende da boa comunicação, da capacidade de aperfeiçoar habilidades e das interações no ambiente corporativo.

Felizmente, o colaborador contratado por uma empresa não precisa enfrentar sozinho esse desafio. O departamento de Recursos Humanos (RH) pode contribuir de várias maneiras para cada funcionário ter a oportunidade de construir uma imagem profissional positiva.

Quer saber como? Este artigo foi elaborado para auxiliar gestores e líderes de RH a lidarem com esse desafio do mundo corporativo atual. Confira, na lista abaixo, um breve resumo de tudo que será explicado mais adiante:

Continue a leitura e entenda como construir reputações no mundo corporativo!

O que é imagem profissional?

 

A imagem profissional é a impressão que os outros têm de um profissional com base em seu comportamento, suas competências e seu comprometimento. Ações, palavras e atitudes contribuem para moldar essa imagem, seja de forma positiva ou negativa.

Por ser uma identidade construída com a ajuda de outras pessoas, saber como influenciar na própria imagem profissional pode ser decisivo para uma carreira de sucesso. Como afirma a pesquisadora Laura Morgan Roberts, da Harvard Business School, “se você não está gerenciando sua própria imagem profissional, outra pessoa está”:

“Primeiro, você deve perceber que se você não está gerenciando sua própria imagem profissional, outra pessoa está. As pessoas observam constantemente seu comportamento e formam teorias sobre sua competência, caráter e comprometimento, que são rapidamente disseminadas em todo o seu local de trabalho. É sensato acrescentar a sua voz ao enquadrar as teorias dos outros sobre quem você é e o que pode realizar.”

Imagem profissional x imagem pessoal

 

É comum que a maneira como uma pessoa é percebida no trabalho esteja relacionada à sua personalidade e comportamento fora do ambiente profissional. No entanto, mesmo que exista essa conexão natural entre imagem profissional e imagem pessoal, há pessoas que sentem a necessidade de separar as duas reputações.

Afinal, os ambientes de trabalho e domésticos impõem expectativas diferentes e exigem que as pessoas adaptem os seus comportamentos. Uma pessoa naturalmente sociável e extrovertida, que gosta de contar piadas aos amigos, pode se ver em meio à necessidade de restringir momentos de descontração aos intervalos do trabalho.

Mas o fato é que mudar demais a personalidade para se adaptar ao trabalho pode fazer com que os profissionais tenham níveis mais elevados de estresse e desmotivação. Em muitos casos, a inadaptabilidade alimenta o interesse de mudar de emprego ou profissão.

Segundo levantamento da Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia (EBAC), divulgado no portal Diário do Comércio, 62% dos profissionais gostariam de trocar de carreira e 47% deles querem aprender uma nova profissão e conseguir um novo emprego em seis meses. O levantamento contou com 1.139 profissionais entre 18 e 49 anos.

Isso mostra que, se as pessoas se sentem pressionadas a se ajustar a um ambiente que não respeita sua verdadeira identidade, é natural que busquem outras opções que lhes permitam ser mais autênticas e realizadas em suas carreiras.

Qual a importância da imagem para o sucesso profissional?

 

Transformar grandes objetivos de carreira em realidade está diretamente ligado a como as pessoas impactam o ambiente ao seu redor. Entenda, a seguir, mais sobre a real influência da reputação no sucesso profissional.

Influência na percepção dos colegas e superiores

As pessoas confiam e respeitam aqueles que têm uma boa reputação. Na rotina de trabalho, isso significa que os colegas e superiores são mais propensos a confiar em alguém com uma boa imagem profissional para assumir responsabilidades, colaborar em projetos em equipe e até mesmo receber promoções ou reconhecimentos.

Impacto na progressão de carreira

Se um profissional quer avançar em sua carreira, alcançando posições mais altas ou assumindo mais responsabilidades ao longo do tempo, precisa demonstrar ser alguém confiável, competente e dedicado ao seu trabalho. Em outras palavras, quanto melhor for a reputação, mais alta é a chance de crescimento e desenvolvimento.

Melhora no relacionamento com clientes e parceiros

Uma boa reputação tem um dos ingredientes mais importantes para relações comerciais duradouras: credibilidade. Clientes e parceiros de negócios estão mais propensos a fazer acordos quando se sentem mais seguros com profissionais conhecidos por serem confiáveis e éticos em seu trabalho.

Como construir uma boa imagem profissional?

 

Há muito que um profissional pode fazer para influenciar as opiniões que outras pessoas têm sobre o seu desempenho no trabalho. Atitudes simples e vontade para aprender contribuem para uma imagem profissional positiva. Saiba mais a seguir.

Postura profissional e ética

Assumir as responsabilidades do trabalho e agir em prol da equipe são atitudes que ajudam a construir uma boa imagem profissional, afinal, as pessoas confiam mais em alguém que se mostra mais confiável e responsável. 

Se colegas ou chefes sabem que podem contar com uma pessoa para fazer um bom trabalho, eles têm uma opinião positiva sobre a sua postura profissional e desejam trabalhar nos mesmos projetos.

Comunicação verbal e não verbal

A comunicação verbal e a não verbal são maneiras diferentes de transmitir mensagens. A comunicação verbal envolve o uso de palavras faladas e escritas, enquanto a comunicação não verbal inclui gestos, expressões faciais, postura e tom de voz.

Se alguém se esforça para falar de forma clara, além de manter contato visual e demonstrar entusiasmo com seus gestos, outros colegas vão perceber que essa é uma pessoa  confiante e comprometida com o que está apresentando.

Por outro lado, se uma pessoa fala de forma hesitante, evita contato visual e parece desinteressada, seus colegas podem interpretar isso como falta de confiança ou falta de comprometimento.

Desenvolvimento de habilidades relevantes

Uma boa reputação no trabalho não se resume ao desempenho em tarefas diárias. É também resultado da capacidade de se atualizar e aprender novas habilidades úteis em determinada área de atuação.

Essas habilidades podem surgir de novas tendências de mercado, como novos softwares que realizam um trabalho manual e serviços que estão em alta, ou demandas que uma empresa precisa suprimir, como a falta de colaboradores em determinado setor.

Cultivo de networking e relacionamentos profissionais

Fazer conexões e construir relacionamentos com colegas de trabalho, clientes e outros profissionais da área mostra que uma pessoa é colaborativa e está interessada em aprender com as outras. Abaixo, veja três formas simples de cultivar networking:

  • Ir a conferências, workshops e encontros da área é uma ótima maneira de conhecer pessoas novas e fazer contatos profissionais;
  • Ter um perfil profissional atualizado no LinkedIn e participar de grupos relacionados à área de atuação pode ajudar a ampliar a própria rede;
  • Manter contato com as pessoas da própria rede regularmente pode ser feito por e-mails e interações nas redes sociais, por exemplo.

Essas formas de criar conexões podem ser valiosas para um profissional no longo prazo e ajudar a alcançar objetivos de carreira.

Como o RH pode ajudar na melhoria da imagem do colaborador?

 

Dado o tipo de atividade realizada pela equipe de RH, é esperado que o setor possa trabalhar ativamente para ajudar um colaborador na construção e no aprimoramento da sua imagem profissional. A seguir, veja algumas dicas de como o RH pode fazer isso.

Feedback construtivo e orientação profissional

Nenhuma reputação é estática. Isso significa que o colaborador depende de feedbacks para identificar de forma contínua áreas de melhoria, reconhecer as suas próprias competências e direcionar o seu desenvolvimento profissional.

Idealmente, a cultura do feedback deveria ser uma normalidade entre os setores de uma empresa. Esse ciclo de feedbacks regulares, tanto positivos quanto negativos, promove um ambiente de aprendizado e crescimento mútuo.

No entanto, sendo uma facilitadora e mediadora do desenvolvimento profissional dos colaboradores, fica evidente que a equipe de RH ocupa um lugar de destaque no processo de feedbacks e orientação profissional.

O RH tem o conhecimento e a compreensão necessários sobre os colaboradores para identificar oportunidades de crescimento e desenvolvimento, além de fornecer suporte personalizado para ajudá-los a alcançarem metas e objetivos de carreira.

Programas e palestras de desenvolvimento

Todo profissional está em busca de uma referência. Por isso, a construção e o aprimoramento de uma reputação no mundo corporativo demandam o acesso a oportunidades que inspirem os profissionais a desenvolver habilidades.

Essa referência pode ser encontrada em programas e palestras de desenvolvimento oferecidos pelo RH. Palestrantes externos, como especialistas, consultores e acadêmicos, podem compartilhar insights sobre temas relevantes para o ambiente de trabalho.

A organização das palestras pode variar conforme as preferências da empresa e dos colaboradores. Elas podem ocorrer em formato presencial, com palestrantes apresentando para uma plateia ao vivo, ou em formato virtual, por webinars e videoconferências. 

Suporte na resolução de conflitos e problemas internos

Nenhuma imagem profissional está isenta de desafios. Mal-entendidos com colegas, divergências de opinião, falta de comunicação ou até conflitos de personalidade podem prejudicar a reputação de um colaborador e impactar o seu desempenho no trabalho.

Existem várias maneiras pelas quais o RH pode atuar nesse sentido. Por exemplo, em casos de conflitos entre colegas, o departamento pode conduzir reuniões de mediação para facilitar o diálogo entre as partes envolvidas.

Orientações sobre resolução de conflitos, gestão de estresse e inteligência emocional também podem capacitar os colaboradores a lidarem de forma construtiva com situações desafiadoras no dia a dia da empresa.

Conclusão

Embora a tarefa de gerenciar a imagem profissional seja do próprio colaborador, fica claro que a empresa que o contratou também pode contribuir para que todos tenham uma boa reputação internamente e no mercado de trabalho.

Atuando em prol da resolução de conflitos no trabalho, feedbacks construtivos e programas de desenvolvimento, o RH pode ajudar a promover um ambiente de trabalho saudável e produtivo, no qual os colaboradores possam se desenvolver e prosperar.

Resumindo, o RH ajuda a equipe a ser melhor e a se destacar. Isso cria um ambiente de trabalho mais produtivo para todos e faz com que a empresa seja vista de forma positiva. É uma relação de ganha-ganha.

Para mais dicas de gestão de pessoas e tecnologias para a rotina das empresas, aproveite para conferir as novidades do blog Pontotel.

Compartilhe em suas redes!
Mais em Gestão de Pessoas VER TUDO
INICIAR TOUR!