Entenda qual a importância das pausas no trabalho, como fazer corretamente e como o RH deve promover na empresa!

imagem de duas mulheres e um homem conversando

É muito comum que, ao passar muitas horas do dia no computador, os profissionais se sintam mentalmente cansados no fim do dia.

Isso porque, as atividades geralmente exigem um alto nível de concentração e o cérebro só consegue ficar concentrado por aproximadamente 50 minutos e, após esse período, é difícil se concentrar em determinadas atividades.

Portanto, é importante que os profissionais realizem períodos de pausas ao longo da jornada de trabalho, assim, é possível descansar a mente e o corpo. 

Devido à importância desta medida, neste artigo você entenderá mais sobre as pausas no trabalho e como realizá-las de forma consciente. Veja os tópicos que serão abordados:

Quer saber mais sobre este assunto? Então, continue acompanhando o artigo abaixo!

banner frequência de funcionários

Quais as regras para pausas no trabalho?

É muito comum que, ao passar muitas horas do dia no computador, os profissionais se sintam mentalmente cansados no fim do dia.

Isso porque, as atividades geralmente exigem um alto nível de concentração e o cérebro só consegue ficar concentrado por aproximadamente 50 minutos e, após esse período, é difícil se concentrar em determinadas atividades.

Portanto, é importante que os profissionais realizem períodos de pausas ao longo da jornada de trabalho, assim, é possível descansar a mente e o corpo. 

Devido à importância desta medida, neste artigo você entenderá mais sobre as pausas no trabalho e como realizá-las de forma consciente. Veja os tópicos que serão abordados:

  • Quais as regras para pausas no trabalho?
  • Importância das pausas no trabalho: por que fazer?
  • Como fazer as pausas no trabalho?
  • Qual a importância das pausas para descanso no home office?
  • Como o RH deve ajudar a promover essa cultura?

Quer saber mais sobre este assunto? Então, continue acompanhando o artigo abaixo!

Quais as regras para pausas no trabalho?

A legislação trabalhista prevê para funcionários que trabalham mais do que 4 horas por dia, um intervalo chamado deintrajornada. Esse intervalo diz respeito ao horário de almoço, e  sua duração se dará de acordo com o tempo da jornada realizada pelo colaborador. 

No entanto, além da determinação legal, é interessante que se hajam outras pausas ao longo de um dia de trabalho, pois, se os profissionais passam muito tempo sentados na frente do computador, concentrados em uma atividade, isso tende a aumentar os níveis de estresse e ele não encontrará as soluções necessárias para as tarefas.

Por isso, apesar de não ser obrigatório, é importante que os colaboradores façam pequenas pausas no trabalho ao longo do dia para melhorar a concentração e evitar prejuízos para a saúde e para o corpo.

Desse modo, as empresas também podem incentivar os profissionais a realizarem pausas com consciência, pois, a longo prazo elas vão ajudar nas entregas e na qualidade do serviço.

Durante as pausas, é importante que os profissionais façam atividades que ajudem a desacelerar e a recarregar as energias como ouvir música, meditação, beber ou comer algo, entre outros.

Alguns profissionais acreditam que as pausas devem ser evitadas, pois elas prejudicam o rendimento nas tarefas. Porém, o que ocorre é o oposto, quando você realiza as pausas, você dá a oportunidade para a sua mente descansar e ter mais concentração nas atividades.

Portanto, no geral as pausas no trabalho são realizadas conforme a necessidade do colaborador e da realidade da empresa. Obviamente, elas devem ser administradas para que o trabalho seja executado no prazo e não prejudique o funcionamento da empresa.

O que diz a legislação?

A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) não determina nenhuma norma em relação às pequenas pausas no trabalho, porém, existem alguns intervalos que devem ser respeitados pelas organizações. São eles:

  • Intervalos intrajornada: São pausas que acontecem durante a jornada de trabalho e geralmente os profissionais a utilizam para almoço ou outras refeições;
  • Intervalos interjornada: Essas pausas devem ocorrer entre o fim e o início de uma nova jornada de trabalho. Nesse caso, a CLT determina que o intervalo seja de 11 horas.

Os intervalos estão previstos pela CLT, conforme artigo 71, onde diz que:

“Art. 71 – Em qualquer trabalho contínuo, cuja duração exceda de 6 (seis) horas, é obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação, o qual será, no mínimo, de 1 (uma) hora e, salvo acordo escrito ou contrato coletivo em contrário, não poderá exceder de 2 (duas) horas.”

Ou seja, as pausas obrigatórias são geralmente utilizadas para a alimentação do colaborador, porém, ele pode escolher o que fazer nesse período.

Além disso, esse período não é computado na jornada de trabalho e não deverá haver descontos na sua carga horária.

Pausas obrigatórias

imagem de uma pessoa colocando comida em seu prato

Como visto acima, a CLT possui normas relacionadas a pausas obrigatórias no ambiente de trabalho. Além disso, algumas profissões específicas precisam de uma pausa diferenciada, são elas:

  • Telefonistas: Devem fazer intervalos de 20 minutos a cada três horas trabalhadas;
  • Trabalhadores de frigoríficos: Pausas de 20 minutos a cada 1 hora e 40 minutos trabalhados;
  • Digitadores: pausas de 10 minutos a cada 90 minutos trabalhados.

Além disso, a NR -17 também expõe pausas específicas para trabalhadores da atividade de teleatendimento/telemarketing, sendo:

  • Pausas divididas em 02 (dois) períodos de 10 (dez) minutos contínuos, para carga horária acima de 4h;
  • Pausa após os primeiros e antes dos últimos 60 (sessenta) minutos de trabalho em atividade de teleatendimento/telemarketing.

Ainda de acordo com a NR, ambas as pausas devem ser feitas fora do posto de trabalho.

As empresas precisam estar atentas a essas normas, pois o descumprimento delas podem gerar multas e processos trabalhistas.

Importância das pausas no trabalho: por que fazer?

A maioria das pessoas passam a maior parte do dia sentadas em frente a um computador. Por isso, é normal sentir dores de cabeça, nas costas e nas vistas.

Isso acontece porque é comum passar muito tempo concentrado em determinada atividade, sem realizar nenhuma pausa.

Trabalhar sem fazer pausas, pode gerar um desgaste físico e psicológico nos indivíduos. Portanto, as pausas no trabalho são essenciais para dar um descanso para a mente e o corpo.

Diante de um mercado mais competitivo, as pessoas tendem a fazer menos pausas, pois acreditam que descansar é “perda de tempo”. Porém, é o contrário, quando você descansa, consegue repor as energias e trabalhar melhor.

Por isso, preparamos uma lista com os principais motivos para você realizar pausas no trabalho. Confira!

Diminui o estresse

O estresse é gerado devido a grandes responsabilidades e desafios que o colaborador possa estar enfrentando. Assim, quando ela está nessa condição, é mais difícil se concentrar nas atividades e encontrar uma solução para os problemas.

Portanto, realizar uma pausa para descanso, é importante para tirar o foco dos problemas e pensar em outras coisas.

Desse modo, quando o colaborador retornar para as suas atividades, ele estará com a mente “mais limpa” para pensar e encontrar as soluções necessárias.

Estimula a criatividade

Se o profissional trabalha sem interrupções, o cérebro tende a ficar mais cansado e ele pode deixar passar as ideias mais criativas.

Nesse sentido, o período de descanso pode ajudar a renovar a mente e trazer um novo olhar para o profissional, estimulando a sua criatividade.

Além da criatividade ser necessária para a realização das tarefas do dia a dia, ela é importante para tornar o trabalho mais prazeroso e dinâmico. Por isso, é importante relaxar, respirar e parar um pouco durante o dia.

Melhora a concentração

Ao realizar uma mesma atividade por um longo tempo, o profissional pode começar a agir de forma mecânica e perder a concentração no que está sendo feito.

Isso acontece pois a atenção só dura por aproximadamente 50 minutos, portanto, fazer pausas de 5 a 10 minutos faz com que o cérebro consiga descansar e ao voltar para a atividade você estará mais concentrado.

Melhora a produtividade

Como já mencionamos, as pausas no trabalho servem para aliviar o estresse e o aumento da produtividade dos colaboradores.

Isso acontece pois, ao retornar da pausa, os profissionais voltam descansados e com disposição para realizar as atividades, assim, produzem mais e com mais qualidade.

Diminui as chances de doenças do trabalho

imagem de um homem preocupado sentado na frente de um computador

Quando os profissionais passam muito tempo sentados, tendem a sentir dores musculares e isso pode prejudicar a sua saúde e o comprometimento com o trabalho.

Por isso, as pausas no trabalho podem ser utilizadas para fazer alongamento, ginástica laboral e outros exercícios que vão melhorar a saúde dos colaboradores.

Assim, além de evitar o sedentarismo, as pausas ajudam a evitar as lesões por esforços repetitivos e doenças do trabalho.

Como fazer as pausas no trabalho?

Além das pausas previstas na legislação, as pequenas pausas trazem muitos benefícios para os profissionais. No entanto, é necessário saber o que fazer e o que evitar durante as pausas no trabalho. 

O que evitar:

  • Utilizar computador e/ou celular;
  • Não ficar sentado durante a pausa, aproveite para andar e se movimentar um pouco;
  • Não deixe para fazer a pausa quando já estiver exausto, pois assim, você não terá energia para se movimentar e não se sentirá mais produtivo ao retornar.

O que fazer:

  • Faça uma auto massagem: Auxilia a relaxar os músculos cansados e dará mais energia para retornar as atividades;
  • Ouça uma música: Procure um local tranquilo para relaxar e ouvir uma música calma;
  • Converse com colegas: Utilize as pausas para conversar e descontrair com integrantes da equipe;
  • Faça um lanche: As pausas no trabalho também são ótimas para fazer um lanche e ter mais ânimo para retornar.

Quanto tempo deve durar o intervalo no trabalho?

A duração das pausas para descanso no trabalho vão variar de acordo com a jornada de cada profissional e da intensidade da atividade que está sendo realizada.

Portanto, a duração deve ser seguida conforme a realidade de cada negócio e necessidade do profissional.

As organizações podem determinar pausas programadas para a equipe a fim de melhorar a produtividade de todos.

Porém, os estudiosos defendem que um intervalo de 15 minutos no trabalho, é o tempo ideal para que o profissional consiga descansar e recarregar a energia necessária para retornar às suas atividades.

Qual a importância das pausas para descanso no home office?

Devido à pandemia do coronavírus muitos profissionais passaram a trabalhar remotamente e a ficar mais tempo em casa. Nesse período de adaptação, é comum que as pessoas não realizem pausas no trabalho ou trabalhem por mais horas do que deveriam.

Porém, assim como no escritório, no home office também devem ser feitas as pausas para aumentar a produtividade, diminuir o estresse e aumentar a concentração.

Nesse sentido, é importante estabelecer alguns momentos de pausas para tirar o foco da atividade que está sendo feita e pensar em coisas diferentes. 

Assim, o ideal é ir para outro cômodo, se desconectar de aparelhos eletrônicos, meditar, ouvir música, ler um livro, etc.

As pausas no home office também podem ser utilizadas como um momento de autocuidado, uma pausa para lanche, entre outros.

Lembre-se de programar as pausas com antecedência, não deixe a exaustão chegar para tirar um momento de descanso. 

Também é importante definir o horário de início e término do trabalho, assim você evita trabalhar muitas horas e não prejudica a execução das atividades.

Como o RH deve ajudar a promover essa cultura?

O primeiro passo para o RH ajudar na promoção da cultura das pausas no trabalho é colocando essa medida em prática. Ou seja, não adianta querer adotar uma medida que os profissionais do RH não utilizam ou não acreditam que funciona.

Nesse sentido, os profissionais de RH devem estabelecer primeiramente uma cultura de intervalo no trabalho internamente e, após isso, incentivar os colaboradores a adotá-la.

Para ajudar na promoção dessa nova cultura, o RH deve apresentar os benefícios para os colaboradores e incentivá-los a praticar as pausas no dia a dia. Para isso, é importante seguir algumas medidas:

  • Enviar comunicados informando os benefícios das pausas no trabalho e porquê elas devem ser feitas;
  • Promover atividades de descanso (ginástica laboral, meditação, yoga, espaço para refeições, sala de jogos, etc);
  • Promover dicas de gestão de tempo e planejamento da rotina;
  • Promover momentos de contato com a natureza (espaços arborizados, divulgar conteúdos com dicas para aproveitar ao ar livre, entre outros).

Essas medidas vão fazer com que o profissional se engaje nessa nova cultura e deseje fazer mais pausas no trabalho, pois, ele sabe que elas serão importantes para melhorar o seu rendimento profissional.

Além disso, é importante mostrar as vantagens para os gestores, assim, evita que haja impedimentos por parte da liderança e os profissionais se sentem mais à vontade para realizar as pausas quando necessário.

Conclusão

imagem de uma mulher sorrindo sentada na frente de um computador e segurando uma xícara

Ao longo deste artigo explicamos o que são as pausas no trabalho, qual a importância dessas medidas e como as empresas devem adotá-las no dia a dia.

Alguns profissionais e empresas podem se sentir receosos em adotar essas medidas, porém, já vimos que ela traz muitos benefícios, para as partes.

No entanto, além de fazer as pausas, é importante fazê-las adequadamente para que o profissional tenha tempo de descansar e retornar para o trabalho com mais fôlego. Por isso, é importante evitar utilizar o celular em situações que possam gerar estresse.

Nesse período, aproveite para andar, conversar com os colegas e se distrair um pouco da tarefa que vinha fazendo. Assim, você se sentirá mais preparado para retornar às atividades.

Viu como fazer pausas no trabalho é importante? Compartilhe o conteúdo nas redes sociais e não deixe de acessar o blog da PontoTel para ficar por dentro de mais assuntos como este!

controle de jornada digital e gestao de pessoas
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima