Sistema 996 A Polêmica Jornada de Trabalho em Startups Chinesas

sistema 996 introducao

O século XXI trouxe avanços para a tecnologia mundial e muitas inovações no mundo corporativo. Com o surgimento das startups e empresas mais fora do convencional, vieram novos métodos de trabalho.

Muitas fórmulas de sucesso de cultura organizacional passam a ser copiados por diversas corporações, a fim de alcançar o mesmo resultado.

O problema do surgimento dos novos métodos de trabalho é que com ele surgem também, as filosofias do “trabalhe duro” e “tempo é dinheiro”.

Ideias que fazem muitos profissionais ao redor do mundo acreditarem que só alcançarão o sucesso, se trabalharem até o seu esgotamento, e fazem muitas pessoas se gabarem acreditando que o acúmulo de atividades e ser multitarefas é sinal de que está sendo bem sucedido.

Essa é a mentalidade de um bilionário chinês, que está espantando todo mundo, com a sua filosofia 996. Nunca ouviu falar? Bom, eu vou te contar nas próximas linhas do que se trata esse modelo de jornada de trabalho.

Dá uma olhada nos principais assuntos que trataremos ao longo deste artigo.

Vamos começar explicando o que é esse tal de sistema 996.

O que é o Sistema 996?

Sendo bem direta, o sistema 996 é um tipo de ideia pregada pelo empresário chinês Jack Ma, guarde esse nome pois falaremos dele mais para frente.

Bom, o que esse sistema prega é que a jornada de um trabalhador deve iniciar às  9h da manhã e apenas terminar às 21h, além disso, ela deve compreender seis dias de trabalho ou seja, de segunda a sábado, por isso o nome 996.

Você deve estar pensando, “ah, mas essa jornada de trabalho só estende uma hora  a mais que a nossa.”

E eu te digo que existe uma diferença muito grande entre a nossa jornada de trabalho e a jornada proposta por esse sistema, somando as horas, um colaborador chinês pode chegar a trabalhar  12h por dia e 72 horas semanais.

Enquanto a jornada de trabalho de um brasileiro não pode ultrapassar o tempo máximo de 48 horas por semana.

E sim, por mais que pareça estranho essa prática é bastante recorrente em empresas de tecnologia e startups chinesas.

E você deve ter se perguntado a mesma coisa que eu quando soube desse sistema, será que não existe legislação trabalhista na China? Ou porquê será que os trabalhadores aceitam esse sistema.

A resposta para a primeira pergunta é de que sim, existem leis trabalhistas na China, e nós já vamos falar delas mais para a frente. Já a resposta para a segunda pergunta é muito mais complexa, que envolve aspectos culturais entre outras coisas. Vamos discutir melhor.

Cultura local ou excentricidade?

sistema 996 cultura local excentricidade

Podemos dizer que a nossa cultura ocidental é bem diferente da cultura asiáticas, isso porque os países da ásia têm hábitos, alimentação e estilo de vida que para nós é algo bastante diferente.

E a China tem passado por um grande período de crescimento econômico que mantém o país como a segunda maior economia do país. Esse crescimento se dá principalmente na área da tecnologia, que mostra uma intensa competitividade entre as empresas chinesas.

Esse cenário fomenta a ideia de que se parar de trabalhar o concorrente passa a frente. E ao redor do mundo muitos empresários apontam que a causa do crescimento da China nos últimos anos só aconteceu graças ao trabalho exaustivo praticado pelas empresas.

Apesar da prática ser comum, não podemos dizer que isso é uma cultura local da China, pois, muitos profissionais não são adeptos a essa prática. E em abril desse ano surgiu um movimento chamado “996.ICU”, a sigla se refere ao termo em inglês Intensive Care Unity, que em português significa unidade de tratamento intensivo.

O protesto criado por programadores chineses, através da plataforma GitHub, defende a ideia de que se você aceita o sistema de trabalho 996 pode acabar parando na UTI de tanto trabalhar.

A iniciativa abre espaço para denúncia de empresas que não seguem as regras da legislação trabalhista. Entre as empresas denunciadas estão a Huawei, Baidu e claro Alibaba a gigante e-commerce do empresário  Jack Ma.

Entre a lista de coisas que um visitante pode fazer para ajudar o movimento está “atualizar a lista com evidências que possam comprovar que as empresas praticam esse tipo de jornada ilegal” e “vá para a casa às 18h sem sentir pena”.

O movimento fez tanto barulho nas redes que se tornou viral, e trouxe a polêmica à tona ao redor do mundo, e o movimento ganhou tradução em mais de 20 idiomas inclusive para o português.

Esse movimento reforça a questão das legislação trabalhista na China, que vamos abordar no próximo tópico.

Jornada de 12 horas? Como são as leis trabalhistas chinesas?

Depois de toda essa história de 996, parece até que não existem leis trabalhistas na China, certo?

Errado. Assim como no Brasil, os trabalhadores chineses também possuem uma legislação que regula as relações de trabalho, e também como nós, eles passaram por uma renovação nas leis.

Em janeiro de 2008, foi promulgada a Reforma Trabalhista na China, que também visava a modernização de suas leis trabalhistas.

As relações entre empregador e empregado são definidas através de contrato, porém a nova lei abriu margem para a flexibilização e negociação entre empresa e funcionário.

Agora que eu já te contextualizei, vamos falar sobre o que prevê a legislação chinesa sobre a jornada de trabalho.

O capítulo 4° da legislação trabalhista da China é a parte que trata sobre o horário de trabalho. Essa parte da legislação determina em seu artigo 36 que:

“O Estado deverá praticar um sistema de horário de trabalho em que os trabalhadores trabalhem por não mais do que oito horas por dia e não mais que 44 horas por semana, em média.”

Essa regra se parece muito com a da nossa CLT, e também prevê o acréscimo de horas extras e pelo menos um dia de descanso semanal remunerado como prevê seu artigo 38.

Porém, logo após em seus próximos artigos a legislação abre margem para que as empresas possam seguir outras regras de trabalho, por isso, temos relatos de pessoas trabalhando em sistemas 996. Então, apesar de existir uma regra, elas não refletem a realidade do mercado de trabalho chinês.

Falando em mercado, chegou a hora de conhecermos o empresário defensor do sistema 996.

Quem é Jack Ma e porque ele defende a jornada 996

sistema 996 jack ma

Jack Ma, é um dos homens mais ricos não só da China mas também do mundo. Ele é Cofundador do Alibaba um site de comércio online, considerado um dos maiores e-commerce mundiais.

Por sua história de empreendedorismo, Jack acabou se tornando famoso no mundo dos negócios e sempre pregou a ideia de que os seus funcionários devem trabalhar muito para sempre estar páreo à concorrência dos norte-americanos.

Seu nome ganhou notoriedade após o movimento que citamos acima o “996.ICU”, ocasião em que surgiram diversos depoimentos dizendo que a sua empresa não respeita a legislação trabalhista e fazem seus funcionários trabalhar até seu esgotamento.

E se você pensa que ele se defendeu das acusações está enganado, Jack na verdade, reforçou o que pensa dando declarações dizendo que poder trabalhar 12 horas por dia é uma benção e que só poderá alcançar o sucesso quem trabalha muito.

Mas na verdade Jack, está profundamente enganado e eu vou te mostrar o motivo.

Porque o sistema 996 é uma má ideia

Quando pesquisamos sobre esse tema podemos obter diversas declarações de pessoas que passaram por esse tipo de sistema. E acredite, elas não são positivas e podem trazer muitos problemas para a vida de uma pessoa.

Além disso, ela causa situações como a que veremos abaixo:

Cultura de horas extras

Muitas pessoas cultuam as suas  horas extras acumuladas como se fosse motivo de orgulho, não só na China, mas também no Brasil onde muitas pessoas acreditam que estão fazendo um bom trabalho se extrapolam sua jornada e vão embora até depois do chefe.

Essa cultura de “estar fazendo tanto pela empresa, que não consegue sair no horário estipulado” vem crescendo cada vez mais e se deve a vários fatores, como por exemplo, o medo de perder o emprego por achar que não está se dedicando o suficiente.

E muitas vezes isso é até reforçado pela empresa como vimos no caso do Jack Ma, os funcionários podem até mesmo ficar incomodados de ir embora no seu horário.

Um outro problema da cultura de horas extras é que ela acaba trazendo problemas que vão além da sua jornada profissional. Vamos ver.

Desequilíbrio vida pessoal

Querendo ou não o trabalho desenfreado sem limites acaba ultrapassando barreiras e atingindo a vida pessoal de uma pessoa. Mesmo com filhos ou não, o desequilíbrio da vida pessoal pode acontecer de diversas formas.

Às vezes uma pessoa trabalha tanto que não tem tempo para coisas pessoas e rotineiras como fazer comida, ler um livro, sair com amigos. E trabalhar quase o dia inteiro como no sistema 996 nos faz perder a maior parte do dia.

Saúde pública

sistema 996 saude publica

Imagine uma sociedade inteira fazendo esse sistema 996. Imagina o quanto será terrível se todos adotassem esse regime e quantos casos simultâneos de doenças causadas por estresse em relação ao trabalho excessivo e até mesmo casos de suicídio.

Desafio à criatividade

Você já tentou realizar uma atividade por muito tempo e não obteve nenhum resultado?

Pois é, isso acontece bastante com pessoas que trabalham por muitas horas sem pausa alguma, chega uma hora em que a pessoa já não consegue mais raciocinar ou ser criativo. Por estar insistindo a muito tempo na mesma tarefa.

A mesma coisa acontece em relação a produtividade, devemos lembrar que somos humanos e não máquinas e que quantidade de horas feitas na jornada não quer dizer que você está sendo produtivo, afinal, as nossas atividades envolvem muito mais do que apenas dígitos no computador e qualidade do seu trabalho pode ser duramente afetada pelo excesso de trabalho na jornada, pois a qualquer momento a nossa mente pode se esgotar.

E causar doenças graves como as que vou citar a seguir.

Repouso é importante

sistema 996 descanso

Você já ouviu falar da síndrome de Burnout?  Essa é uma doença que vem ganhando bastante popularidade nos últimos anos, sendo considerada até mesmo a doença deste século.

Ela é justamente causada por jornadas de trabalho como as de 996. A síndrome de Burnout é causada por estresse relacionado ao esgotamento mental, por conta do trabalho excessivo e é muito comum acontecer em pessoas viciadas no trabalho.

Essa doença pode levar uma pessoa à depressão, além de causar crises de ansiedade, dificuldade de concentração, insônia entre outras causas.

Por isso, é importante lembrar que o intervalo intrajornada é realmente necessário, pois só dando um repouso para nosso corpo e mente podemos ter uma qualidade de vida.

O sistema 996 pode ser adotado no Brasil?

Bom, se você acompanha os artigos da PontoTel, sabe que nós sempre batemos na tecla do quanto o controle de jornada é importante para evitar excessos nas relações de trabalho.

Mas, se você não acompanha essa é uma boa oportunidade para você se manter ligado nos nossos artigos.

Sempre reforçamos que a jornada de trabalho segundo a leis trabalhistas brasileiras  deve seguir o padrão de  8 horas diárias e 44 horas semanais.

Além disso, dentro dessa jornada de trabalho só podem ser acrescidas 2 horas extras ao máximo, então é impossível adotar o sistema 996 no Brasil.

Um outro argumento importante para te convencer que de jeito nenhum o 996 pode ser adotado no Brasil, é te mostrar o ranking de processos relacionados à horas extras já realizados no Tribunal Superior do Trabalho apenas no ano de 2019.

Vamos ver a seguir.

Não precisa e nem deve

Até abril, já foram registrados cerca de 15.117 processos sobre horas extras. Então, não sabemos como é a fiscalização chinesa, mas no Brasil, um sistema desses com certeza não teria vez.

E vamos combinar, depois de tudo que vimos nesse texto, não é necessário trabalhar tantas horas assim. Então de jeito nenhum você deve permitir que seus funcionários façam jornadas extensas ou fiquem viciados em trabalho.

Ter flexibilidade é uma das chaves para o sucesso de muitas pessoas.

A importância de flexibilidade de horários no trabalho

sistema 996 flexibilidade

Muitas empresas adotam horários fixos de expediente em seus escritórios, por conta da sua operação, por exemplo um banco precisa estar funcionando todos os dias das 10h da manhã às 16h da tarde. Já outras empresas permitem horários mais flexíveis e até mesmo não permitem que seus funcionários realizem horas extras.

Mas, se a sua empresa permite horas extras e você quer evitar problemas com extensão de jornada, você pode adotar uma cultura dentro do escritório que coloca limite de horas para os seus funcionários por exemplo, adotar uma regra de que nenhum funcionário pode realizar mais do que 1 hora extra por dia.

E como controlar essas horas? Eu vou te mostrar.

Banco de horas garante uma flexibilidade saudável

O banco de horas é um sistema de compensação de jornada que serve tanto para as empresas de horários flexíveis quanto para as que precisam seguir um certo horário de expediente.

Por exemplo, todas as horas extras que o seu funcionário fizer vai sendo armazenada no banco de horas dele, e permite que ele possa chegar mais tarde em algum dia ou utilizar as horas armazenadas para sair mais cedo.

Além disso, pode chegar um momento em que esse funcionário acaba ultrapassando os limites de acúmulo de horas permitidos pela empresa. nesse caso, ele é orientado a tirar essas horas.

Bom, e como você vai saber quando seus funcionários atingiram o limite de banco de horas e de horas extras?
Para ter essas informações, você vai precisar de um sistema de controle de ponto inteligente.

Controle as horas extras para não sair do controle com Pontotel

Eu fico muito feliz quando vejo que consegui solucionar algum problema de uma empresa, e é justamente para isso que a PontoTel existe.

Com um sistema como o nosso, você tem diariamente o controle de todas as jornadas de trabalho realizadas na sua empresa, você pode ter através de gráficos e relatórios eficientes, a quantidade de horas extras realizadas por tais funcionários, as áreas que tem realizado mais horas extras.

Tudo para te ajudar a mudar a estratégia e manter a qualidade de seus profissionais.

Conclusão

sistema 996 conclusao

O sistema 996 é algo muito polêmico e eu espero que você tenha tido uma boa leitura até aqui. Nesse texto, nós vimos o que é esse sistema, onde é mais provável que ele aconteça e quais são suas consequências.

Agora eu gostaria de te perguntar, você trocaria sua saúde, sua família para se dedicar apenas ao trabalho? Bom, eu te garanto que não é uma boa ideia, ainda bem que nós não passamos por isso.


Por isso, fique de olho e controle as horas extras dos seus colaboradores através de uma gestão de ponto completa utilizando o PontoTel, agende já uma demonstração do nosso sistema.

1x1.trans - Sistema 996 A Polêmica Jornada de Trabalho em Startups Chinesas