Disciplina no trabalho: veja os principais benefícios, importância e mais 7 dicas cruciais para mantê-la!

imagem de uma pessoa sentada digitando em um computador

A disciplina no trabalho vai além de entregar tarefas no tempo certo ou evitar distrações. Trata-se de um conjunto de ações que o trabalhador pratica em função de aprimorar a si mesmo. Assim, ele pode desempenhar um papel profissional melhor dentro da empresa. 

Para que esse aprimoramento seja possível, o primeiro passo é desconstruir a ideia de que disciplina é algo rígido e doloroso. Existe uma série de benefícios concedidos por introduzir foco e organização na sua rotina, sendo possível tornar esse processo agradável. 

Portanto, começar a mudar pequenos hábitos é um dos primeiros passos para ter uma disciplina laboral. Para ajudá-lo, preparamos este conteúdo com dicas 7 cruciais para alcançar a disciplina no trabalho e impactar todos positivamente. 

Boa leitura! 

banner problemas com absenteismo

O que é disciplina no trabalho?

imagem de uma pessoa sentada escrevendo em um caderno

Disciplina no trabalho é um conjunto de hábitos e boas práticas conectadas à organização, planejamento pessoal e autocontrole. Ao consultar um dicionário, o conceito de disciplina é tido como “obediência a preceitos e regras”, mas o que isso quer dizer?

É importante observar que esses preceitos e regras não são apenas os da empresa. Evidentemente, cumprir com metas, respeitar horários e certos códigos de conduta internos da instituição é uma postura esperada do trabalhador. No entanto, ser disciplinado vai além. 

Trata-se de ter foco e autocuidado, estabelecer métricas de produtividade para si mesmo, desenvolver motivação interna para progredir na carreira e praticar a autonomia profissional. Disciplina no trabalho também tem a ver com abdicar de certos hábitos nocivos visando novos ganhos a longo prazo. 

Importância da disciplina no trabalho

A importância da disciplina no trabalho está diretamente ligada à qualidade de vida do profissional. Quando há organização e planejamento, as chances de circunstâncias imprevistas causarem estresse e desmotivação caem consideravelmente. 

Desenvolver bons hábitos e estabelecer rotina também são elementos essenciais porque geram uma sensação de bem-estar e aumentam o engajamento. Além disso, a disciplina ajuda a prevenir condições psicológicas e emocionais como a ansiedade e a depressão. 

Para ilustrar melhor esse aspecto, observe o ano de 2020, o primeiro ano da pandemia do COVID-19 no mundo. Nesse período, as pessoas tiveram suas vidas profissionais impactadas e tiveram que trabalhar de casa devido às circunstâncias. 

Com esse tipo de mudança brusca de rotina, muitos profissionais não conseguiram manter sua disciplina, pois não havia líderes e gestores para verificar sua produtividade. Por fim, seu desempenho dependia apenas deles mesmos. 

Quais são os benefícios de ter disciplina no trabalho?

Para falar de benefícios da disciplina no trabalho, é necessário dividi-los em benefícios de curto prazo e de longo prazo.

Os benefícios de curto prazo incluem pequenas mudanças no cotidiano profissional. Com a redução de atrasos, não ocorrem descontos na folha de pagamento, o que preserva a saúde financeira do trabalhador. 

Mais do que isso, o profissional experimenta maior rendimento de seu trabalho e menor propensão a frustrações e desistências com tarefas difíceis. Trata-se do desenvolvimento de resiliência para enfrentar as turbulências do dia a dia. 

Por outro lado, a longo prazo, o profissional ganha mais visibilidade junto à gestão e à liderança da empresa. Assim, ele fica mais propenso a promoções e cargos de confiança. 

Sua saúde também é impactada, pois a disciplina também afeta aspectos da vida pessoal como alimentação e exercícios físicos. Assim, o trabalhador se percebe mais enérgico e disposto durante a rotina de trabalho, o que rende bons frutos.

7 Dicas para ter mais disciplina no trabalho

 Agora que você já entende o que é disciplina e quais são seus benefícios, deve estar se perguntando como implementar esse conceito na sua vida pessoal. Para ajudá-lo com isso, trouxemos 7 dicas cruciais para melhorar sua relação com o trabalho. Confira! 

Organize seu tempo

Tempo é dinheiro. Apesar de clichê, essa máxima é aplicável quando se fala de disciplina. E não se trata apenas do seu dinheiro: o da empresa também. 

Por isso, fazer gestão do seu tempo e distribuir as tarefas do dia de forma eficaz faz com que a produtividade aumente. Porém, não se engane, também é necessário estabelecer tempo de descanso e lazer a fim de evitar o burnout

Faça um planejamento

Planejar as tarefas do dia de antemão ajuda a ter uma visão macro do processo de trabalho. Além de evitar surpresas, também é possível exercitar dinamismo na sua agenda, o que torna possível lidar com mudanças de horários e cancelamentos sem preocupações. 

Existem uma série de métodos e ferramentas para planejamento que podem se adaptar às suas necessidades. Basta testá-las e descobrir com qual você se identifica melhor. 

Foque em resultados a longo prazo

Como já falado aqui, a disciplina tem a ver apenas com mudanças pequenas, de curto prazo. É preciso focar em resultados de longo prazo, saber aonde você está indo e como chegar lá. Para isso, procure traçar uma meta profissional: 

  • Quero ser promovido;
  • Meu objetivo é aumentar o meu salário;
  • Gostaria de ser transferido para a agência matriz;
  • Me interesso por liderar um squad. 

Seja qual for o seu objetivo de longo prazo, o primeiro passo para alcançá-lo é estabelecer disciplina. Quando é possível visualizar uma linha de chegada na vida profissional, o trabalho se torna mais leve e significativo. 

Concentre-se

Dizer que concentração é necessária no trabalho pode parecer simples, mas não é tão fácil assim. Existem inúmeros elementos que podem fazer o trabalhador perder a concentração, como questões pessoais, psicológicas ou até físicas. 

Mas a falta de concentração não está ligada somente ao trabalhador. Por vezes, o ambiente de trabalho não proporciona condições favoráveis, seja ele no escritório da empresa ou em casa. 

Por isso, é preciso praticar adaptabilidade e flexibilidade nesses locais, e até mesmo praticar a técnica do mindfulness. Encontre formas de reduzir os elementos que tiram sua concentração, como barulhos ou estímulos visuais. Se não for possível, estude a possibilidade de mudar de ambiente. 

Defina seus objetivos

Pergunte a si mesmo: o que você espera da sua vida profissional? Existem inúmeras opções para construir uma carreira de sucesso, o que implica em fazer escolhas e definir objetivos. 

Tenha em mente que esses objetivos precisam ser palpáveis. Você não pode, por exemplo, querer se tornar gerente da sua empresa em seis meses. Além do fator tempo, existe também o fator esforço e visibilidade, ambos potencializados pela disciplina no trabalho. 

Crie uma rotina

Criar rotina e se manter fiel a ela não diz respeito apenas aos horários para executar atividades, mas também aos hábitos mantidos. Observe sua alimentação, sono, tempo de lazer, tempo para realizar atividades físicas. Todos estão alinhados? 

Se a sua resposta for não, talvez seja o momento de reavaliar sua rotina. Defina prioridades, encontre formas mais eficazes de realizar tarefas e não abra exceções por preguiça ou cansaço. 

Procure entender as causas da indisciplina

Faça uma autoavaliação: por que eu sou indisciplinado? Muitas vezes, a resposta para isso se encontra em fatores sociais. Talvez você não goste do seu emprego, ou esteja frustrado com a carreira que escolheu. Pode ser necessário reavaliar esses aspectos. 

Por outro lado, é possível que a indisciplina seja causada por elementos psicológicos ou emocionais. Não tenha receio de buscar ajuda de um profissional para avaliar se existe algum impedimento interno para conquistar seus objetivos. 

Principais características de uma pessoa disciplinada

imagem de um homem sentado na frente de um computador bebendo em um copo

Além de habilidades e propósitos a serem desenvolvidos, existem também uma série de soft skills que definem uma pessoa disciplinada. 

Acompanhe a lista e identifique quais dessas competências você possui. Se não se identificar com nenhuma, não se preocupe, sempre há tempo para mudanças. 

Persistência

O primeiro estágio da disciplina é a persistência. Isso significa não desistir quando as tarefas se tornam muito difíceis ou complexas. 

É sempre ter em mente que nenhum obstáculo irá fazê-lo desviar dos seus objetivos. Em outras palavras, trata-se de força de vontade e resistência mental. 

Pontualidade

Muitas vezes, a pontualidade é associada com atrasos, mas esse é somente um dos aspectos que a definem. Ser pontual é, também, entregar tarefas dentro do prazo, é respeitar o tempo do outro e seguir alinhamentos e planejamentos à risca. 

Quando for desenvolver seu calendário para o dia, trabalhe com estimativas realistas para as entregas das tarefas. Com o tempo e a experiência, será possível demonstrar mais precisão com esse tipo de planejamento. 

Foco

Também ligado à concentração, o foco é uma peça-chave para o profissional que busca desenvolver disciplina no trabalho. Para isso, livre-se de quaisquer distrações ao longo da sua rotina, como redes sociais e conversas paralelas. 

Existem algumas técnicas para desenvolver foco que podem ajudá-lo, como a técnica de Pomodoro ou a técnica da marmita. Além disso, conhecer alguns estudos sobre concentração podem ajudar, como a pirâmide de Glasser e os mapas mentais. 

Autocontrole

Por fim, talvez o maior aliado da disciplina seja o autocontrole, muitas vezes sendo utilizado até como sinônimo para ela. Isso significa controlar seus impulsos, desejos e emoções a fim de manter o foco e a concentração. 

É evidente que a jornada de trabalho é interrompida por vários fatores inesperados, externos e internos ao trabalhador. No entanto, ao desenvolver autocontrole, é possível ignorar essas distrações e manter-se fiel aos seus objetivos. 

Uma forma eficaz de desenvolver autocontrole é praticando atividades como meditação e yoga. 

Quais problemas a falta de disciplina no trabalho pode causar?

A falta de disciplina no trabalho pode causar desde advertências por baixo desempenho até um desligamento. É possível, também, registrar índices de desaprovação em avaliações internas da empresa, pois a reputação do profissional é afetada diretamente. 

Em termos práticos, a falta de disciplina também pode causar problemas logísticos e de relacionamento com o cliente. Eventos como atrasos, esquecimentos e perdas de prazos são recorrentes quando o funcionário executor da tarefa é indisciplinado. 

Como manter a disciplina trabalhando em casa?

Um dos maiores desafios do trabalho remoto é manter a disciplina. Quando o funcionário vai para o local de trabalho, existe um ritual atrelado a isso. Por exemplo, a mudança de vestimenta, pegar uma condução, deslocar-se fisicamente, interagir com pessoas etc. 

No entanto, quando o trabalhador está em casa, esses elementos desaparecem. Muitas vezes, ele se permite dormir mais, ou trabalhar de pijamas. Gera-se, também, uma espécie de comportamento anti-social relacionado ao isolamento. 

Por isso, quem trabalha de home office deve ter cuidado. Evitar as distrações do cotidiano doméstico, distinguir claramente o espaço de trabalho do restante da casa e manter uma rotina de tarefas eficiente são fatores essenciais para o êxito dessa modalidade de trabalho. 

Conclusão

imagem de uma pessoa segurando uma ampulheta

A busca por disciplina não acaba quando deixamos de ser crianças e nossos responsáveis param de cobrar certas atitudes de nós. Espera-se, então, que o adulto tenha desenvolvido habilidades e entendido a importância de elementos como organização e foco. 

No entanto, ao mesmo tempo, o mundo está mudando. Existe uma infinidade de estímulos sensoriais relacionados à mídia e à internet que distraem o profissional. Em termos técnicos, estamos na era da informação, e isso pode significar uma sobrecarga emocional. 

Por isso, defina bem sua rotina, seus objetivos e procure se livrar de distrações. Conheça seus limites e identifique quais são as áreas que mais precisam de trabalho. Para isso, siga as nossas dicas de ferramentas e estratégias para melhorar sua disciplina no trabalho. 

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe em suas redes sociais e continue acompanhando o blog da PontoTel

gestao de jornada e redução de custos
Compartilhe em suas redes!
Rolar para cima