Conheça os testes de RH mais utilizados: veja como e em qual momento usar!
BLOG
Time Pontotel 28 de março de 2024 Departamento Pessoal
Conheça os testes de RH mais utilizados: veja como e em qual momento usar!
Saiba quais são os testes de RH mais utilizados e como a adoção desses estudos podem transformar os processos de atração e desenvolvimento de colaboradores!
Imagem de Conheça os testes de RH mais utilizados: veja como e em qual momento usar!

A aplicação de testes é uma das formas mais interessantes de obter informações valiosas sobre comportamento, desempenho, habilidades e personalidade de alguém. Da mesma forma, na gestão de pessoas, os testes de RH mais utilizados são aplicados para compreender as nuances que moldam um ou mais indivíduos no ambiente de trabalho. 

Os testes de RH fornecem uma visão ampla sobre os candidatos a uma vaga e colaboradores, revelando aspectos que podem influenciar o desempenho profissional, a dinâmica interpessoal e o comportamento. 

É importante conhecer os testes de RH mais utilizados para poder beneficiar a empresa com insights valiosos que esses estudos podem oferecer e, assim, melhorar a gestão do capital humano e a escolha das contratações. Neste artigo, será possível compreender com detalhes o assunto, a partir dos seguintes tópicos:

Quer conhecer os testes de RH mais utilizados? Então, aproveite o conteúdo!

Testes de RH: o que são?

Os testes de RH são ferramentas de estudo que possibilitam entender características de um profissional, como suas competências, seu comportamento, seu desempenho e suas inclinações pessoais.

Ao oferecerem uma análise aprofundada, esses testes conseguem identificar pontos fortes e fracos e preferências de interesses, além de revelar pessoas outlier.

A realização dos testes acontece por meio de avaliações psicométricas, aplicação de questionários, entrevistas estruturadas e dinâmicas de grupo, podendo ser conduzidos tanto em ambientes online quanto presenciais.

Na prática, o setor de RH convida os funcionários ou candidatos a participarem dos testes. Os respondentes completam as avaliações e, por meio de análises manuais ou com o auxílio da inteligência artificial e do cruzamento de dados, os organizadores alcançam conclusões embasadas nos resultados obtidos.

Qual a importância dos testes para o setor de RH?

Mulher segurando papeis

Um RH que ainda não aplica testes está desatualizado e perdendo a oportunidade de conseguir informações valiosas para a tomada de decisões estratégicas e para a melhoria da gestão. A seguir, será possível entender por que os testes de RH mais utilizados são tão importantes para o setor. 

Redução da taxa de turnover

Os testes de RH possibilitam que a gestão identifique se o profissional tem as competências necessárias para o cargo, e se conseguirá acompanhar a rotina da empresa e se identificar com a cultura organizacional, possibilitando a contratação de um perfil mais próximo do desejado.

Em decorrência disso, há uma redução na taxa de turnover impulsionada pela contratação assertiva, já que esta resulta em colaboradores mais alinhados com as expectativas da empresa, reduzindo a insatisfação no trabalho e, consequentemente, a rotatividade de funcionários.

Identificação de competências técnicas e comportamentais

Uma pesquisa da Catho revelou que 71,7% dos testes de RH tem o intuito de identificar as competências, as habilidades e a personalidade dos candidatos. Essa porcentagem elevada demonstra como a ferramenta é amplamente adotada para descobrir se os participantes de um processo seletivo possuem as características buscadas pela empregadora. 

Aumento do fit cultural no processo seletivo

O processo de captação do fit cultural pode ser realizado de várias maneiras, e os testes de RH são uma delas. Ao formular perguntas que abordam a cultura empresarial, é possível identificar se os valores do candidato se alinham aos da empresa.

A contratação de candidatos com baixo fit cultural pode ser prejudicial, pois a falta de harmonia com os valores e a cultura corporativa resulta em desengajamento, conflitos internos e dificuldades de integração, prejudicando a rotina da empresa e o desempenho dos profissionais.

Contribuição para o desenvolvimento organizacional

Não é apenas no recrutamento e seleção que os testes de RH devem ser utilizados. A aplicação deles de forma interna permite identificar pontos fortes, áreas de melhoria e potenciais talentos, possibilitando a criação de estratégias mais personalizadas e baseadas em estudos. 

Alguns dos testes mais úteis para o desenvolvimento organizacional são os de avaliação de competências e testes de desempenho. Eles destacam áreas de deficiência e lacunas, oferecendo a oportunidade de fornecer feedback, direcionar investimentos em treinamentos específicos ou implementar programas de capacitação bem direcionados.

Quais são os tipos de testes de RH?

Há diferentes tipos de testes de RH, cada um com suas características e objetivos específicos. Compreender essa variedade é importante para escolher os mais adequados, evitando excessos que possam sobrecarregar candidatos e colaboradores. Confira quais são os testes de RH mais utilizados.

Testes de personalidade

Os testes de personalidade são uma opção para o RH explicar traços psicológicos e comportamentais dos indivíduos, conseguindo informações sobre suas características pessoais. 

Um exemplo aplicado neste tipo de teste é o MBTI (Myers-Briggs Type Indicator), que categoriza os tipos psicológicos das pessoas com base em preferências, como extroversão ou introversão, julgador ou perceptivo, etc. 

Esse tipo de pesquisa é necessário para auxiliar na identificação de líderes, na seleção de perfis alinhados à cultura da empresa e na promoção de um clima organizacional mais inclusivo.

Testes de habilidades cognitivas

Os testes de habilidades cognitivas são um recurso útil para o RH avaliar o desempenho intelectual e as habilidades cognitivas de um profissional. A partir deles, é possível captar informações relevantes sobre as aptidões mentais do participante.

Nessa abordagem, o teste de QI (quociente de inteligência) é um dos mais utilizados. Ele ajuda a medir as habilidades cognitivas, como raciocínio lógico, compreensão de linguagem e habilidades matemáticas.

Se a empresa precisa selecionar profissionais com competências específicas para determinadas funções e deseja promover um ambiente de trabalho que valorize a diversidade nas competências intelectuais, os testes de habilidades cognitivas são ótimas opções.

Avaliação de habilidades técnicas

Para comprovar de forma prática que um candidato tem as competências para uma função, é realizada a avaliação de habilidades técnicas, ou hard skills. Esse modelo aplica testes específicos para a área concorrida, como produção de redação, testes de conhecimento em softwares específicos, propostas de soluções, exame de análise de dados, simulações, etc. 

Essa ferramenta é eficaz para avaliar se o profissional consegue realizar as tarefas mencionadas no currículo ou na entrevista, e também permite uma comparação objetiva entre os candidatos para identificar quem se destaca.

Testes de habilidades comportamentais

Os testes de habilidades comportamentais – ou soft skills – conseguem identificar as competências dos colaboradores em aspectos psicológicos.

Para essa abordagem, é comum o uso da técnica Big Five, que consiste em avaliar traços principais de personalidade: extroversão, amabilidade, conscienciosidade, estabilidade emocional e abertura para experiências.

Além disso, o teste DISC é outro método bastante usado nestes testes, avaliando os estilos comportamentais dos indivíduos e categorizando-os em quatro perfis: dominância, influência, estabilidade e conformidade. 

Estudos em psicologia explicam que, a partir desses questionários, é possível categorizar os profissionais em 4 principais perfis comportamentais: analista, executor, planejador e comunicador. Isso ajudará a empresa a traçar melhor o perfil que acredita ser adequado para ocupar um determinado cargo. 

Entrevistas situacionais e comportamentais

Entrevistas situacionais e comportamentais são testes de RH utilizados, principalmente, nos processos de seleção e recrutamento. O intuito da técnica é descobrir a experiência e as reações dos candidatos diante de cenários específicos.

Na entrevista situacional, são apresentadas situações hipotéticas relacionadas ao cargo, avaliando como o candidato resolveria problemas. Já na comportamental, são questionados exemplos do passado para prever comportamentos futuros, perguntando sobre situações já enfrentadas e suas abordagens nestes casos.

Esses modelos de testes são úteis para entender o comportamento, as habilidades de resolução de problemas, a proatividade, a tomada de decisões, a capacidade de liderança e a adaptabilidade. 

Testes de avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho é um tipo de teste que metrifica o desempenho e o progresso dos colaboradores em relação a metas e competências específicas. Uma ferramenta muito adotada para isso é a avaliação 360º, na qual o desempenho é avaliado por múltiplas fontes, incluindo supervisores, colegas e subordinados. 

Esse tipo de teste é uma opção excelente para fornecer uma visão geral e individual do desempenho dos funcionários, permitindo identificar déficits de habilidades, promover o desenvolvimento profissional direcionado e criar planos de aprimoramento individualizados.

Testes de integridade

O teste de integridade é uma avaliação feita pelas organizações para verificar se os valores pessoais dos profissionais coincidem com a cultura empresarial estabelecida. Ele é feito com o intuito de minimizar os riscos de fraudes e condutas inadequadas. 

As ferramentas adotadas neste tipo de teste são questionários, gravações de vídeos, entrevista comportamental, provas situacionais e o Potencial de Integridade Resiliente (PIR), um teste de integridade fundamentado em abordagens psicológicas, com análises preventivas capazes de identificar padrões e tendências para potenciais riscos ou problemas éticos.

Testes de habilidades interpessoais

Os testes de habilidades interpessoais são pesquisas que focam, principalmente, a avaliação das habilidades de comunicação, empatia, colaboração e relacionamento interpessoal dos profissionais.

Alguns dos métodos adotados nestes testes são exercícios de empatia, simulações de trabalho em equipes e avaliação de comunicação. Os resultados possibilitam aos gestores de RH entender como os colaboradores se relacionam, colaboram, se conectam e se comunicam com colegas de trabalho e clientes. 

Testes de resolução de conflitos

Avaliações denominadas testes de resolução de conflitos são realizadas para mensurar a habilidade de uma pessoa ou equipe em solucionar e lidar com conflitos. Para executá-las, problemas ou situações são apresentadas por meio de questionários, simulações ou exercícios práticos, para os participantes poderem solucioná-los.

A gestão de conflitos e a capacidade de solucioná-los são dois aspectos importantes para profissionais no mercado de trabalho, principalmente para aqueles da gestão e do setor de RH. Logo, esses testes possibilitarão entender se os participantes conseguem lidar com situações conflituosas e resolvê-las.   

Avaliação de interesses profissionais

A avaliação de interesse profissionais é uma técnica para determinar as preferências e inclinações de um indivíduo em relação a diferentes áreas de trabalho, atividades ou áreas de especialização.

Normalmente, esse tipo de teste é feito por meio de questionários, testes ou checklists, apresentando diversas situações ou áreas de interesse para os participantes selecionarem suas preferências.

Uma das ferramentas mais conhecidas nesse sentido é o teste Strong Interest Inventory (SII), que explora interesses profissionais, atividades e áreas de trabalho preferidas de uma pessoa.

Como a tecnologia pode facilitar a aplicação de testes de RH?

Pessoa utilizando um teclado

A tecnologia se tornou uma forte aliada do setor de RH, facilitando a escolha e aplicação dos testes. Antes, profissionais altamente capacitados para aplicar os testes eram exigidos, como psicólogos especializados em testes. Agora, a maioria deles pode ser feita online, utilizando softwares equipados com inteligência artificial (IA).

Existem plataformas online de recrutamento e seleção que oferecem testes de RH prontos para integrar aos processos seletivos. Elas enviam os questionários aos candidatos e, por meio da análise de dados, apresentam perfis detalhados aos gestores.

Essa modernização agiliza a análise dos resultados, fornecendo relatórios detalhados sobre competências, comportamentos e habilidades dos candidatos. Isso ajuda os gestores de RH a tomarem decisões embasadas e alinhadas às necessidades da empresa com um custo menor.

Em um levantamento feito pelo Infojobs em 2021, constatou-se que cerca de 53% das empresas já optaram por realizar recrutamentos totalmente online. Além disso, 92% dos gestores têm a expectativa de que a tecnologia terá um papel cada vez mais predominante na seleção de candidatos.

Logo, fica evidente como o implemento tecnológico tem sido crescente nas empresas com o intuito de simplificar e acelerar os processos, além de possibilitar escolhas mais inteligentes a partir dos testes de RH.

Conclusão

Portanto, foi possível perceber que os testes de RH mais utilizados têm o potencial de proporcionar uma série de benefícios à empresa. Eles tornam o processo de seleção mais apurado e eficiente, além de permitirem a identificação tanto de pontos fortes quanto de áreas de melhoria no atual capital humano do negócio.

Graças ao avanço tecnológico, esses testes tiveram uma grande progressão em confiabilidade e qualidade e atualmente possibilitam mais praticidade, agilidade e inteligência, incentivando a criação de um RH estratégico.

Este artigo apresentou informações importantes sobre os testes de RH mais utilizados e, agora, sua empresa está preparada para aplicá-los na rotina do negócio.

Gostou de aprender sobre o assunto? Se sim, continue acompanhando o blog Pontotel e siga se atualizando com o que há de mais recente sobre o setor empresarial.  

Compartilhe em suas redes!
Mais em Departamento Pessoal VER TUDO
INICIAR TOUR!