Gestor de RH: Qual a importância para as empresas?
BLOG
Time Pontotel 9 de setembro de 2022 Controle de ponto
Tudo sobre gestor de RH: o que é, o que faz e qual a sua importância para as organizações
O gestor de RH é o profissional responsável por cuidar do desenvolvimento dos colaboradores. Entenda a importância deste profissional para as empresas!
img of Tudo sobre gestor de RH: o que é, o que faz e qual a sua importância para as organizações

O mercado de trabalho atual vem se tornando cada vez mais globalizado e competitivo, e, por isso, empresas precisam buscar uma forma de se destacar dos concorrentes. E é aí que entra o gestor de RH. Seu papel vai além da contratação e da demissão de colaboradores, desempenhando um papel estratégico nas organizações.

Mas você sabe o que faz um gestor de RH na prática, qual é a importância deste profissional para as organizações, e como se tornar um gestor

Este artigo foi preparado para você entender mais sobre esse assunto e obter as respostas para essas perguntas. Aqui, você lerá:

Ficou interessado? Então, continue a leitura!

O que faz o setor de recursos humanos?

Grupo de mulheres sentadas em volta de uma mesa

O gestor de RH atua no departamento de recursos humanos, sendo este o departamento responsável por cuidar das necessidades dos trabalhadores da empresa e contribuir para o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores.

O dia a dia de um profissional de RH pode variar conforme o segmento da organização em que ele atua, mas, no geral, ele é responsável pelo processo de recrutamento, treinamento e seleção dos demais profissionais.

O setor também garante que os funcionários tenham um ambiente de trabalho adequado para realizar suas tarefas, e cuida de questões relacionadas à remuneração e benefícios que os colaboradores têm direito a receber.

Hoje em dia, o setor do RH é mais estratégico, passando a ser responsável também pela manutenção das relações interpessoais dos colaboradores e pela contribuição para a valorização dos profissionais na empresa. Portanto, o setor de recursos humanos tornou-se a principal chave no desenvolvimento do capital humano da organização.

O que é um gestor de RH?

O gestor de RH é o profissional responsável por pensar nas diferentes frentes que o RH pode atuar, a fim de otimizar os processos e trazer melhorias para a organização e para seus colaboradores.

Assim, o gestor de recursos humanos deve ter uma visão macro e micro da organização, ou seja, entender como as tarefas do dia a dia são realizadas e manter-se atualizado sobre as novas tendências do mercado, trazendo novidades que possam gerar benefícios para a empresa.

Em resumo, este profissional atua como um mediador entre os interesses da empresa e os dos colaboradores, criando uma relação vantajosa para ambas as partes.

Quais as principais atividades que um gestor de RH executa?

A função do gestor de recursos humanos vai além das tarefas administrativas do dia a dia. Isso porque, em um mercado em constante mudança, o gestor de RH também precisa acompanhar as novas tendências para manter a empresa em crescimento.

Portanto, o gestor de RH possui inúmeras atividades para realizar no seu dia a dia. Conheça algumas delas a seguir:

Cuidar do clima organizacional

O clima organizacional é a percepção que os profissionais têm em relação ao ambiente e às relações de trabalho. Atualmente, esse é um dos principais fatores para medir a qualidade de uma organização, pois ele considera a opinião dos próprios colaboradores.

Dessa forma, o papel do gestor de RH é realizar uma pesquisa de clima, identificar situações que não estão adequadas e adotar medidas corretivas.

Além disso, a pesquisa permite identificar os fatores internos e externos que estão impactando na produtividade dos colaboradores, e mensurar a satisfação dos profissionais em relação à empresa.

Iniciar o processo de recrutamento e seleção

Uma das principais tarefas do gestor de RH é iniciar o processo de recrutamento e seleção quando a organização possui uma vaga aberta. Porém, antes de encontrar um profissional para preencher essa vaga, é preciso desenhar o cargo, ou seja, definir funções, salário e o perfil do profissional que está sendo buscado.

Essa tarefa exige que o gestor de RH tenha um amplo conhecimento da empresa, bem como dos desafios que o profissional escolhido irá enfrentar no dia a dia, assim, o gestor conseguirá encontrar o colaborador ideal para a vaga.

Promover a capacitação da equipe

O gestor de RH, juntamente com o líder de cada equipe, deve realizar a capacitação dos profissionais, por meio de treinamentos, workshops, palestras, cursos, entre outros.

Esse processo não acontece de imediato, pelo contrário, os profissionais vão aprendendo gradualmente. Porém, a capacitação é fundamental para aumentar a produtividade das equipes e para que elas se sintam mais motivadas.

Desse modo, a empresa capacita os profissionais que já atuam na organização em vez de buscar alternativas no mercado.

Planejar e monitorar plano de cargos e salários

A política de cargos e salários é responsabilidade do gestor de RH, ou seja, ele deve descrever e definir cada cargo da empresa. Além disso, também deve garantir que os salários estejam de acordo com as práticas do mercado.

Para isso, é necessário identificar quais atividades cada profissional realiza no dia a dia. E, mesmo após ter concluído essa avaliação, é necessário fazer revisões periódicas para incluir novas tarefas que os profissionais estejam realizando.

Implementação dos programas de benefícios

Outra atividade em que o gestor de RH deve estar atento é no desenho do programa de benefícios que a organização oferecerá aos colaboradores. 

Dessa forma, os gestores devem avaliar o orçamento disponível e estabelecer os valores de vale-refeição, auxílio-creche, vale-combustível, plano de saúde, entre outros.

Reduzir o turnover

O turnover é a substituição de um funcionário por outro e isso pode ocorrer mediante uma demissão, aposentadorias, faltas, acidentes, transferências, entre outros. A contratação de novos profissionais pode gerar muitas despesas para a empresa, além de tornarem os processos internos mais lentos.

Por isso, a alta rotatividade de profissionais nas organizações é um grande problema para os líderes, assim, reduzir o índice de turnover deve ser um dos principais focos do gestor de RH.

Gerenciar a folha de ponto dos colaboradores

O gestor de RH deve ainda realizar o gerenciamento da folha de ponto dos colaboradores, ou seja, acompanhar atrasos, faltas, atestados médicos, horas extras, etc.

Dessa forma, é possível avaliar índice de absenteísmo no trabalho ou identificar profissionais que estejam trabalhando mais do que o permitido. Assim, os gestores devem avaliar cada caso e conversar com o colaborador para entender o que está acontecendo.

Quais os benefícios de um RH bem estruturado?

Como visto, o setor de recursos humanos possui papel fundamental para o bom andamento da organização e para o desenvolvimento dos profissionais, e esses aspectos positivos só são viáveis quando o RH é um setor bem estruturado.

Por isso, veja a seguir quais benefícios as organizações terão se o RH possuir uma boa estrutura:

  • Redução nos custos;
  • Alinhamento da gestão de pessoas aos objetivos da empresa;
  • Profissionais mais desenvolvidos;
  • Auxílio no processo de tomada de decisão;
  • Ampliação da vantagem competitiva da empresa;
  • Melhoria no processo de recrutamento e seleção.

Como o gerente de recursos humanos auxilia nessa estruturação?

O gestor de recursos humanos auxilia na estruturação do RH por meio das principais atividades que ele realiza no seu dia a dia, ligadas ao planejamento, ao controle e à direção das seguintes atividades:

  • Estratégias de clima organizacional;
  • Administração do processo de recrutamento e seleção;
  • Treinamento e desenvolvimento dos colaboradores;
  • Desenvolvimento de programa de benefícios;
  • Desenvolvimento de políticas internas;
  • Desenvolvimento e gestão das políticas de recursos humanos.

Principais características de um bom gestor de RH

Para ingressar nessa área e se destacar no mercado, o profissional deve ter algumas características essenciais para realizar essa função de forma adequada.

Confira, a seguir, as competências que devem ser desenvolvidas pelos profissionais.

Boa comunicação

A comunicação é uma das habilidades essenciais para se tornar um gestor de RH, isso porque os profissionais de uma empresa têm o direito de receber as informações diretamente de seus superiores, de modo a evitar conflitos e informações desconexas.

Por isso, uma das funções do gestor de RH é criar meios para que os profissionais estejam sempre bem informados sobre o que está acontecendo na empresa, como mudanças, eventos internos, entre outros.

Resiliência

No ambiente organizacional, a resiliência corresponde à habilidade do indivíduo em reagir e administrar situações adversas que ocorrem no ambiente de trabalho. Portanto, um profissional resiliente não se deixa abalar por imprevistos ou desenvolver resultados negativos por um determinado acontecimento.

Vale ressaltar que a resiliência também consiste na habilidade de antecipar mudanças, aceitá-las e enfrentar crises no trabalho de forma positiva. Este profissional encara os desafios como oportunidades para crescer e se desenvolver.

Autoconhecimento

O autoconhecimento profissional está relacionado à habilidade de conhecer os próprios gostos, vontades, habilidades, pontos fortes e fracos. Essa percepção ajuda os profissionais a entenderem exatamente quais são seus objetivos e o que precisa ser feito para alcançá-los.

Assim, o autoconhecimento permite que os profissionais alcancem seus objetivos de forma mais rápida, pois eles estarão focados no que realmente importa. 

Além disso, essa habilidade melhora o trabalho em equipe e permite que o profissional desenvolva novos talentos, tornando-o mais capacitado para atuar como um gestor de RH.

Capacidade para delegar tarefas

A produtividade dos colaboradores é uma preocupação dos gestores de RH, pois ela indica o sucesso ou o fracasso da organização. Portanto, é necessário realizar uma gestão de tarefas, a fim de avaliar o que cada colaborador está fazendo, quanto tempo levou, erros e acertos cometidos.

Fazendo isso, será mais fácil delegar tarefas, porém sempre respeitando a habilidade e o conhecimento de cada profissional. Assim, será possível aumentar a produtividade e o engajamento dos colaboradores.

Quais são os principais requisitos para o cargo?

Até aqui já ficou claro o que é um gestor de RH e o que ele faz nas organizações, e também já foi possível perceber a importância deste para que a empresa tenha profissionais capacitados e engajados.

Além disso, o desempenho da equipe reflete na capacidade que o gestor de RH tem de motivar os profissionais diariamente. 

Mas você sabe quais são os requisitos que o profissional deve atender para assumir o cargo de gestor de RH? Então, confira a seguir os principais requisitos:

  • Graduação em recursos humanos ou administração;
  • Ter uma especialização na área de RH;
  • Conhecimento em ferramentas tecnológicas que auxiliam na gestão de pessoas;
  • Conhecimento em big data;
  • Conhecimento em uma língua estrangeira;
  • Conhecimento em recrutamento e seleção;
  • Perfil de liderança;
  • Mentalidade corporativa;
  • Habilidade de trabalho em equipe.

Essas habilidades são essenciais, pois esse profissional lida com atividades administrativas, além de ter noção das esferas que envolvem todo o negócio.

Quais são os principais desafios do gestor de recursos humanos?

Além de saber o que faz um gestor de recursos humanos, também é ideal estar por dentro dos desafios que esses profissionais enfrentam no dia a dia. Por isso, veja os principais desafios encontrados na carreira de gestor de RH:

  • Retenção de talentos: Reter os profissionais na empresa é um grande desafio para os gestores, pois a motivação vai além do salário. Assim, é preciso saber o que motiva os profissionais, para mantê-los na empresa.
  • Gestão de diversidade: A diversidade também é um grande desafio na gestão, por isso, os gestores devem se atentar às questões de gênero, regionalidade, deficiência e religião. Além disso, também é preciso se preocupar com diferenças de personalidade, opiniões, comportamentos, estilos, entre outros.
  • RH tecnológico: Todos os setores da organização passam por mudanças tecnológicas, e isso também ocorre com o RH. Por isso, os gestores devem acompanhar as novas tendências do mercado e saber manusear novos sistemas e equipamentos.

Conclusão

Um homem branco e outro negro sentados e apertando as mãos

Ao longo deste artigo, foi possível entender o que faz um gestor de RH, a sua importância para o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores e para o sucesso da organização.

Um bom gestor de RH é aquele que possui ótimas habilidades em comunicação, adaptação e inovação. Além disso, ele precisa ter uma visão minuciosa dos acontecimentos, para não deixar nada passar despercebido.

Você gostou de saber o que é o gestor de RH? Então, não deixe de compartilhar o conteúdo nas redes sociais e acompanhe o blog da PontoTel para ficar por dentro das novidades!

controle jornada home office
Compartilhe em suas redes!
Mais em Controle de ponto VER TUDO
TESTE GRÁTIS AQUI!