Autogestão da folha de ponto: como funciona, benefícios de realizar e qual sistema adotar para o processo!
BLOG
Time Pontotel 7 de dezembro de 2023 Gestão de Pessoas
Autogestão da folha de ponto: como funciona, benefícios de realizar e qual sistema adotar para o processo!
Descubra como funciona a autogestão da folha de ponto, os benefícios que ela pode trazer na gestão de jornada e saiba qual sistema adotar.
img of Autogestão da folha de ponto: como funciona, benefícios de realizar e qual sistema adotar para o processo!

A autogestão da folha de ponto é um modelo estratégico que promete dar maior autonomia aos colaboradores no controle de jornada e agilizar o fechamento da folha de pagamento por parte da empresa. 

No processo de autogestão, os colaboradores assumem responsabilidades com maior poder de decisão para gerir determinada tarefa. Logo, na autogestão da folha de ponto, o processo é o mesmo, com a diferença que o foco principal é a gestão de jornada. 

O principal objetivo da autogestão da folha de ponto é proporcionar maior transparência na gestão de jornada e permitir uma divisão de responsabilidades entre empresa e colaboradores no processo de fechamento da folha

Entretanto, será que mudar da rotina de gestão tradicional para a autogestão, principalmente em relação ao controle de jornada, pode ser benéfico para a empresa? Esse artigo visa responder esse questionamento, por meio da abordagem dos seguintes tópicos:

Boa leitura!

O que é a autogestão?

Autogestão é um modelo de gestão no qual os colaboradores têm maior autonomia para tomar decisões. Nesse caso, o profissional não tem a obrigação de sempre se reportar ao seu superior, tendo maior independência na sua rotina de tarefas.

Esse modelo é considerado uma gestão descentralizada, ou seja, as responsabilidades são divididas entre gestores e colaboradores. O Dicio, Dicionário Online de Português, descreve a autogestão como “Administração de uma empresa por seus empregados”.

Qual a importância da autogestão no trabalho?

Empresas que adotam um modelo de autogestão podem colher bons resultados, principalmente relacionados ao desenvolvimento pessoal e profissional dos seus colaboradores. 

Esse modelo de gestão é visto como importante e estratégico para a empresa criar estímulos para elevar a produtividade dos colaboradores, fomentar o senso de responsabilidade e motivar os funcionários, em função de eles terem um papel importante na tomada de decisões

O que é a autogestão da folha de ponto?

A autogestão da folha de ponto é um processo em que a empresa divide as responsabilidades em torno da gestão de jornada com seus funcionários. Assim, eles passam a ter maior autonomia no tratamento de dados da própria folha. 

Na autogestão da folha de ponto, a empresa concede ao colaborador algumas permissões para tratar no sistema determinadas informações referentes a sua jornada de trabalho

Assim, alguns dos processos do fechamento da folha de ponto passam a ser de responsabilidade do colaborador, como a inserção de atestados e justificativas de faltas e o controle do banco de horas. 

Como funciona a autogestão do ponto na prática?

Na prática da autogestão da folha de ponto, o colaborador é responsável por algumas tarefas no processo de fechamento da folha de pagamento. A empresa define quais atividades serão de responsabilidade do funcionário e dá acesso ao sistema para que ele atue. 

Por exemplo, se um colaborador faltou, na autogestão da folha de ponto, é responsabilidade dele acessar o sistema e inserir um atestado ou uma justificativa plausível para sua ausência. 

Por isso, o empregado deve acompanhar de perto, até o fechamento, os registros e o manuseio de dados da sua folha. 

Qual a diferença entre a autogestão da folha e a gestão de ponto tradicional?

A principal diferença entre a autogestão da folha de ponto e a gestão de ponto tradicional está no funcionamento dos processos. 

Na gestão de ponto tradicional, o departamento pessoal (DP) é o responsável por gerir todas as informações da jornada do colaborador, do tratamento de dados aos cálculos e à inserção de apontamentos, em caso de ausências do funcionário. 

Já na autogestão da folha de ponto, as responsabilidades são divididas. O colaborador tem autonomia no tratamento de informações mais simples da sua jornada. Assim, no caso de uma ausência, por exemplo, ele precisará inserir um atestado ou apontamento, referente à falta ou ao atraso.

Sendo assim, na autogestão da folha de ponto, o colaborador divide com o DP as responsabilidades relacionadas à inserção de dados corretos referentes a sua jornada de trabalho. 

Como adotar a autogestão da folha de ponto na empresa?

O sucesso na adoção de um modelo de autogestão da folha de ponto depende de uma série de ações, que vão desde a escolha de um sistema que atenda as necessidades da empresa até incentivos da organização para os colaboradores terem autonomia.  

Conheça a seguir alguns desses passos. 

Escolha um sistema que permite realizar o processo

A autogestão do controle de ponto depende principalmente da adoção de um sistema que permita o acesso e o manuseio de dados por parte dos colaboradores. Esse recurso é essencial para realizar e incentivar a autogestão no controle de ponto. 

Estabeleça regras de acordo com o sistema escolhido

O segundo passo para uma autogestão de controle de ponto assertiva é definir regras em torno do processo de gestão. Isso significa estabelecer os processos que poderão ser executados pelos colaboradores e quais informações poderão ser modificadas. 

Comunique e explique o processo

É importante que os funcionários sejam comunicados sobre o processo de autogestão e a empresa detalhe como eles devem acessar o sistema e por quais atividades passarão a ser responsáveis. 

Incentive e passe confiança aos colaboradores

Após a implementação do sistema e das regras, os colaboradores devem ser incentivados a adotarem a autogestão na folha de ponto. Esse incentivo deve partir de gestores e líderes, que precisam passar confiança aos funcionários em relação a uma autonomia maior na execução de tarefas. 

Quais cuidados o colaborador deve ter na autogestão do ponto?

A autogestão do ponto é um processo importante na formação pessoal e profissional dos colaboradores; por isso, é de suma importância que cada profissional tenha alguns cuidados para que ela seja efetiva. 

Saiba quais são os cuidados essenciais:

  • Realizar registros de ponto com precisão;
  • Cumprir as políticas internas da empresa em relação a atrasos, faltas e horas extras;
  • Ter atenção na inserção de atestados ou apontamentos em casos de ausência; 
  • Revisar periodicamente os registros efetuados; 
  • Compreender os direitos e as regras trabalhistas;
  • Efetuar registros corretos de horas extras, evitando excessos desnecessários;
  • Ser honesto e transparente com os próprios registros, evitando fraudes;
  • Comunicar a empresa rapidamente em casos de problemas nos registros.

Quais os benefícios da autogestão da folha de ponto?

A autogestão da folha de ponto pode ser uma ação estratégica da empresa para motivar os colaboradores a se sentirem parte integrante dos processos de decisão. Porém, há outros benefícios da autogestão. Confira mais alguns a seguir. 

Transparência na relação de trabalho

Com a autogestão da folha de ponto, a empresa proporciona maior transparência na relação de trabalho e no acesso aos dados de jornada dos colaboradores. 

Assim, ela pode evitar possíveis fraudes, e o próprio funcionário consegue verificar se seus horários de trabalho estão devidamente aplicados no sistema e se condizem com a jornada cumprida ao longo das semanas. 

Descentralização do RH e do gestor

Outra vantagem da autogestão da folha de ponto é que esse modelo tem um processo de execução descentralizado, o que significa que as responsabilidades são divididas, não ficando apenas a cargo do RH e dos gestores. 

Na autogestão da folha de ponto, os colaboradores contribuem para as jornadas serem fechadas em parceria, com ambos os lados tendo suas responsabilidades para que os dados de ponto sejam inseridos corretamente. 

Visualização e controle do banco de horas

O próprio colaborador, na autogestão do controle de ponto, tem acesso ao seu banco de horas, e pode negociar mais facilmente com a empresa dias de folgas ou ausências, uma vez que o sistema lhe dará uma visão mais clara dos seus direitos. 

Além disso, com o acesso ao banco de horas, o colaborador pode tomar decisões assertivas para mudar sua rotina, verificando informações relacionadas a horas extras excessivas, atrasos ou faltas que possam estar prejudicando sua produtividade

Maior autonomia para os colaboradores

A autonomia no trabalho pode gerar um senso de importância para os colaboradores, afinal, cada decisão que o profissional tomar “sozinho” terá um impacto direto nos resultados da empresa. Isso mostra aos funcionários a importância que eles têm para a organização. 

A autogestão da folha de ponto preza justamente por estimular uma autonomia maior aos colaboradores, nesse caso, no controle da jornada de trabalho. Isso faz com que eles se sintam mais engajados com a empresa e com o próprio cargo. 

Otimização do fechamento da folha de ponto

Ao aplicar o modelo de autogestão da folha de ponto, a empresa também otimiza o processo de fechamento desse documento. Afinal, as responsabilidades em torno das tarefas que envolvem essa atividade são divididas entre o DP e os colaboradores. 

Assim, a empresa não precisa se preocupar com diversas tarefas que envolvem o controle de ponto, como a inserção de atestados, executadas pelos próprios colaboradores. 

Criação de uma cultura organizacional positiva

Outro benefício do modelo de autogestão da folha de ponto está relacionado à cultura organizacional, que se torna mais forte e positiva. Isso é consequência do estímulo à autonomia dos colaboradores, algo bem valorizado no mercado atual. 

Além disso, a cultura organizacional passa a ter mais força na valorização de uma relação de trabalho transparente, com informações de jornada visíveis para colaborador e empresa. 

Como a Pontotel auxilia na autogestão da folha de ponto?

A Pontotel possui o melhor sistema de controle de ponto do mercado, oferecendo uma tecnologia de ponta, cujos recursos servem não só para a empresa agilizar esse processo, mas também para os colaboradores baterem o ponto mais facilmente. 

Nossa plataforma utiliza uma tecnologia na qual os dados ficam centralizados em um mesmo local, com acesso às informações em tempo real, via web ou aplicativo. Tudo isso para garantir maior rapidez, agilidade e eficiência em inúmeros processos, do registro ao manuseio de dados. 

A seguir, saiba como podemos ajudar sua empresa na autogestão da folha de ponto: 

Registro de ponto facilitado

Com nosso sistema, o colaborador tem maior autonomia no registro de ponto, que se torna mais facilitado. Assim, o funcionário pode registrar seu ponto remotamente, via aplicativo ou web, até mesmo offline. 

O sistema Pontotel oferece também múltiplas formas de registro, por reconhecimento facial, voz, senha, geolocalização e foto, além de garantir dados autênticos da jornada por meio de um sistema antifraude, que evita qualquer ação fraudulenta nos registros. 

RH pode dar acesso ao funcionário para gerir sua folha de ponto

Outro benefício da plataforma Pontotel que pode auxiliar na autogestão da folha de ponto é que, nela, o RH pode dar acesso aos colaboradores para eles gerirem a própria folha de ponto. 

Isso significa que os profissionais têm mais autonomia no acesso aos registros e podem inserir documentos e realizar apontamentos. Dessa forma, a empresa consegue dividir a responsabilidade do fechamento da folha com os funcionários, agilizando essa rotina. 

As informações ficam registradas em nuvem sem possibilidade de alteração

No sistema Pontotel, todas as informações são registradas em nuvem, sem que exista a possibilidade de alteração de dados. Com isso, a empresa garante maior transparência na gestão das informações relacionadas à jornada dos colaboradores. 

Esse processo cria também uma cultura organizacional positiva, com dados que estão sempre à mão para serem visualizados em tempo real, tanto pela empresa como pelos colaboradores. 

próximos passos para realizar o controle de ponto com a pontotel

Conclusão

Dar autonomia aos colaboradores é uma forma estratégica de criar neles um senso de responsabilidade quanto às próprias funções na empresa.

Este artigo destacou a autogestão da folha de ponto, que pode ser benéfica não só para a empresa como também para os funcionários. 

Com a autogestão da folha de ponto, as organizações conseguem dividir as tarefas com seus colaboradores para que o fechamento da folha se torne mais eficiente, fazendo com que o DP elimine burocracias e foque em questões estratégicas na gestão de pessoas. 

Já os colaboradores, além de terem mais autonomia nas decisões relacionadas às suas jornadas, conseguem estar sempre à par dos próprios registros, identificando possíveis erros e inserindo atestados ou justificativas em casos de faltas e atrasos. 

Porém, a autogestão da folha de ponto exige da empresa a escolha de um sistema de ponta, que conte com recursos que permitam o uso deste modelo. 

Nesse sentido, a Pontotel, conforme explicado, possui o melhor sistema de controle de jornada do mercado para as empresas adotarem a autogestão da folha de ponto de forma eficiente e sem erros. 

Já adotou a autogestão na sua empresa? Se gostou deste conteúdo e quer ler mais artigos sobre gestão e RH, acesse o blog Pontotel

Compartilhe em suas redes!
Mais em Gestão de Pessoas VER TUDO
INICIAR TOUR!