Como controlar faltas dos colaboradores: veja estratégias para uma boa gestão de presença em sua empresa!
BLOG
Time Pontotel 3 de outubro de 2023 Controle de ponto
Como controlar faltas dos colaboradores: veja estratégias para uma boa gestão de presença em sua empresa!
Está com problemas para diminuir o absenteísmo na empresa? Entenda como controlar faltas dos funcionários e tornar o RH mais eficiente!
img of Como controlar faltas dos colaboradores: veja estratégias para uma boa gestão de presença em sua empresa!

Baixa produtividade, sobrecarga de trabalho e conflitos internos são apenas alguns dos problemas que podem ser enfrentados por empresas que não sabem como controlar faltas dos funcionários.

Por não saber lidar com essa situação, as empresas podem registrar prejuízos financeiros e transmitir a mensagem de que aceitam e até incentivam o absenteísmo.

Para mudar esse cenário e evitar prejuízos relacionados à falta de funcionários, o setor de Recursos Humanos (RH) e a liderança da empresa precisam implementar estratégias que facilitem o controle de faltas.

Dessa forma, eles conseguirão estimular a frequência dos funcionários, reduzir o absenteísmo e até criar um ambiente de trabalho mais saudável.

Mas quais são essas estratégias e como implementá-las?

Para responder essas perguntas, neste artigo, serão explicados por que e como controlar faltas de funcionários, o que diz a lei e dicas para fazer isso de forma eficiente e assertiva.

Para isso, serão abordados os seguintes tópicos:

Boa leitura!

Por que controlar faltas é importante?

O controle de faltas é importante porque a ausência do funcionário pode afetar o funcionamento da empresa de diferentes formas. 

Uma das consequências da ausência de colaboradores é o atraso na execução e na entrega de tarefas e projetos. Isso prejudica o fluxo de trabalho e a produtividade das equipes. 

Além disso, a ausência de funcionários também prejudica o cumprimento da escala de trabalho, aumentando a possibilidade de sobrecarga e os gastos com horas extras.

Tudo isso pode provocar ressentimento e conflitos entre os funcionários, contribuindo com a criação de uma cultura organizacional em que a pontualidade e a presença não são valorizadas. 

Nesse cenário, os bons trabalhadores podem se sentir insatisfeitos e desvalorizados, o que pode aumentar a rotatividade de funcionários e prejudicar a retenção de talentos.

No entanto, esses problemas podem ser solucionados ou amenizados quando a organização faz um controle de faltas eficiente dos seus funcionários. Afinal, essa prática facilita o planejamento eficaz e a alocação de recursos humanos. 

Assim, a empresa garante o fluxo de trabalho, o funcionamento do negócio e o bem-estar dos funcionários mesmo quando houver a necessidade de falta.

Qual o impacto das faltas na produtividade?

Um dos principais problemas relacionados à falta de funcionários é o comprometimento da produtividade da empresa. 

Conforme explicado, funcionários ausentes podem dificultar a entrega de tarefas no prazo, o que pode gerar atrasos na entrega de projetos.

Nessas situações, muitas vezes os gestores distribuem as responsabilidades dos colaboradores ausentes para outros trabalhadores. Isso pode sobrecarregar os colegas, prejudicar a qualidade das entregas e reduzir a produtividade da equipe. 

As empresas dificilmente alcançarão suas metas e conseguirão se manter relevantes no mercado se apresentarem esses problemas.

Por isso, adotar estratégias eficazes de controle de faltas é fundamental para minimizar esses efeitos negativos e auxiliar a empresa a se destacar frente à concorrência.

Qual a importância de saber como controlar faltas para o cumprimento das obrigações legais?

imagem de um relógio e de um martelo

Para proteger funcionários e empresários de práticas abusivas, a legislação brasileira prevê uma série de regras sobre a legalidade, os limites e o registro de faltas dos colaboradores. 

Caso essas regras não sejam cumpridas, a empresa pode sofrer passivos trabalhistas e prejudicar sua reputação e marca empregadora

Por conta disso, controlar as faltas dos funcionários é essencial para criar uma cultura de respeito aos direitos dos funcionários, melhorar a relação empregador-empregado e evitar problemas com a Justiça do Trabalho.

O que diz a lei sobre controlar faltas?

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é o texto-base responsável por regulamentar o controle de faltas no país. Graças a essa legislação, é possível ter clareza sobre a definição, os limites, os direitos e os deveres do funcionário em relação a sua ausência. 

Nesse sentido, uma das contribuições mais importantes da CLT é fazer a distinção entre faltas justificadas e faltas injustificadas. Entenda quais as diferenças entre elas a seguir.

Quais faltas são justificadas pela lei?

O artigo 473 da CLT lista 12 situações em que o trabalhador tem direito à falta justificada, também chamada de falta legal. Nesses casos, o colaborador pode faltar sem ter o dia de trabalho descontado da sua folha de pagamento. 

Confira abaixo em quais situações a falta pode ser justificada:

  • Falecimento de familiar, como cônjuge, filhos, pais, irmãos, entre outras pessoas declaradas na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do funcionário;
  • Casamento do colaborador;
  • Nascimento do filho, adoção ou guarda compartilhada;
  • Doação voluntária de sangue;
  • Alistamento eleitoral;
  • Para cumprir as exigências do Serviço Militar obrigatório;
  • Em caso de realização de provas de exame vestibular para ingresso no Ensino Superior;
  • Para comparecimento em juízo;
  • Para representar entidade sindical em reuniões oficiais de organismo internacional do qual o Brasil seja membro; 
  • Acompanhamento do filho de até 6 anos em consultas médicas;
  • Acompanhamento da esposa ou companheira em consultas médicas no período de gravidez;
  • Realização de exames preventivos de câncer.

Vale lembrar que o número de dias em que o funcionário pode registrar falta justificada varia conforme a situação. Por isso, é fundamental consultar a lei para entender as regras em vigor em cada uma dessas situações.

Quando posso descontar do salário uma falta?

O artigo 6 da CLT permite que a empresa desconte o dia de falta do funcionário da sua remuneração quando ele não apresenta uma justificativa válida para a sua ausência. 

Em outras palavras, caso a sua falta não possa ser justificada por algum dos motivos previstos no artigo 473 da CLT, a empresa pode descontar a falta do salário. Nesse caso, o colaborador também pode perder o direito ao Descanso Semanal Remunerado (DSR).

Por que saber como controlar faltas?

Conforme explicado, o controle de faltas é fundamental para garantir a continuidade do fluxo de trabalho, a produtividade, o sucesso e até a segurança jurídica da empresa. 

Para isso, gestores e profissionais de RH precisam entender como controlar faltas de forma eficaz, considerando as regras previstas na legislação trabalhista e utilizando estratégias de gestão eficientes.

Estratégias para uma boa gestão de controle de faltas

O primeiro passo para entender como controlar faltas dos funcionários é conhecer quais estratégias podem ser implementadas para gerenciar esse processo.

Confira a seguir algumas práticas que podem auxiliar a empresa nessa atividade.

Política de presença e punições

Uma boa gestão de controle de faltas exige que a empresa crie uma política de presença e punições. 

Para isso, é importante criar um documento que reúna o regulamento interno  da empresa em relação ao horário de trabalho, aos procedimentos em caso de falta justificada e às punições que podem ser aplicadas aos funcionários em caso de faltas injustificadas.

Registro de ponto eficiente

Investir em sistemas automatizados de registro de ponto, como softwares de ponto eletrônico, é fundamental para controlar a jornada de trabalho dos funcionários. 

Afinal, esses sistemas facilitam a marcação de ponto e o monitoramento de horas trabalhadas, atrasos e faltas dos funcionários. 

Além disso, um controle eficiente incentiva os colaboradores a serem pontuais e assíduos na empresa. Afinal, eles entendem que a organização monitora de perto sua jornada. 

Tudo isso facilita a rotina do RH, reduz erros associados à folha de pagamento e melhora a gestão de pessoas na empresa.

Comunicação transparente

Uma boa gestão de controle de faltas também exige que a empresa se comunique de forma transparente. Ou seja, ela precisa deixar claro para os funcionários quais as regras e os procedimentos relacionados ao registro de faltas na empresa.  

Para isso, todas as políticas relacionadas ao controle de faltas de funcionários devem ser divulgadas para os trabalhadores. 

As empresas também precisam criar canais e procedimentos eficazes para que colaboradores consigam comunicar e comprovar suas ausências de forma rápida.

Vantagens de investir em uma boa gestão de controle de faltas

imagem de uma mulher mexendo em um notebook controlando as faltas

Implementar uma boa gestão de controle de faltas beneficia a empresa de diferentes formas. Um desses benefícios está relacionado à produtividade. 

O controle eficaz de faltas evita interrupções no fluxo de trabalho, garante o cumprimento de prazos e a entrega de projetos. Por conta disso, a produtividade da equipe não é prejudicada.

Uma boa gestão de faltas também ajuda a empresa a cumprir as leis trabalhistas e evitar problemas que prejudiquem seu clima organizacional ou sua marca empregadora. 

Ao implementar estratégias de controle de faltas mais eficientes, a organização ainda pode reduzir gastos com folha de pagamento, diminuir os níveis de turnover e melhorar sua retenção de talentos.

Em outras palavras, uma boa gestão de controle de faltas torna a empresa mais eficiente e ajuda a construir um ambiente de trabalho saudável.

Como controlar faltas no trabalho?

Entender como controlar faltas exige mais do que conhecer estratégias. É preciso aprender dicas eficientes para colocar essas estratégias em prática.

Confira a seguir algumas ferramentas e procedimentos que facilitam o controle de faltas de funcionários.

Uso de tecnologia para controle de faltas

O sistema de controle de ponto eletrônico é uma tecnologia indispensável para controlar a jornada de trabalho dos funcionários. Conforme explicado, essa solução facilita o registro e o acompanhamento da frequência dos colaboradores. 

Além disso, dependendo do sistema, a empresa pode utilizar recursos que também facilitam a gestão de escalas, o envio de atestados e notificações, entre outras ferramentas. 

Sistemas de registro de ponto automatizado

Um sistema de registro de ponto automatizado consiste em um software que processa de forma automática a informação do ponto do funcionário. 

Isso significa que os dados da frequência do colaborador são processados e calculados automaticamente, otimizando o processo e facilitando o fechamento da folha de ponto.

Monitoramento em tempo real

Por fim, um controle eficiente de faltas exige monitoramento em tempo real. Ou seja, o RH deve ser notificado imediatamente sobre faltas e atrasos de funcionários. 

Isso é fundamental para o setor fazer os ajustes necessários para garantir a continuidade dos trabalhos na empresa. 

Como uma plataforma de controle de ponto ajuda no controle de faltas?

Uma plataforma de controle de ponto pode facilitar a implementação de todas as estratégias e práticas necessárias para a empresa controlar a falta dos funcionários. Conforme explicado, isso é possível quando a organização utiliza um sistema de ponto eletrônico. 

Nesse caso, a ferramenta facilita o registro preciso da jornada de trabalho e o monitoramento de faltas, que pode ser realizado em tempo real. 

Dessa forma, os gestores e profissionais de RH podem acompanhar o ponto dos funcionários e agir rapidamente em caso de faltas e atrasos.

Esse tipo de plataforma também permite que o ponto dos funcionários seja processado e tratado de forma automática, eliminando a possibilidade de erros e fraudes.

Além desses recursos, um bom sistema de ponto ainda facilita a comunicação de faltas justificadas e o envio de comprovantes para a empresa.

Em suma, o controle de ponto eletrônico torna a gestão de faltas mais eficiente e ainda ajuda a criar um RH estratégico.

Qual a plataforma mais eficiente para controlar faltas?

A Pontotel é a solução certa para controlar faltas de forma simples, fácil e eficiente. Isso porque nossa plataforma inteligente oferece recursos avançados que facilitam o registro, a gestão e o tratamento do ponto. 

Por esse motivo, nossa ferramenta oferece múltiplas formas de registro de ponto, cálculos automatizados, otimização do fechamento de folha de ponto e monitoramento em tempo real. 

Além disso, nosso sistema facilita o ajuste de escalas de trabalho e permite lançar atestados via aplicativo de ponto. E tudo isso pode ser realizado direto da tela do celular!

Outra vantagem da Pontotel é a possibilidade de gerar mais de 30 tipos de relatórios, incluindo documentos sobre os níveis de absenteísmo do colaborador. Com base nessas informações, o RH pode traçar estratégias mais eficientes para lidar com o problema. 

Além dessas funcionalidades que facilitam o controle de faltas, a Pontotel oferece tecnologias que simplificam a rotina do RH, como banco de horas robusto, regras flexíveis para cálculos, integração com sistema de folha de pagamento e muito mais.

Tudo isso é oferecido em uma plataforma 100% adequada à Portaria 671 e à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Ou seja, com a Pontotel, sua empresa está segura!

Quer saber mais sobre nossa plataforma? Entre em contato com nossos especialistas através do formulário abaixo e veja como a Pontotel pode transformar o RH da sua empresa!

próximos passos para realizar o controle de ponto com a pontotel

Conclusão

Entender como controlar faltas de funcionários é essencial para as empresas melhorarem sua gestão de pessoas e evitarem problemas relacionados à ausência de colaboradores. 

Afinal, a negligência desse controle pode prejudicar a produtividade do negócio e ainda colocar em risco sua segurança jurídica.

Por isso, é fundamental que a empresa crie uma política de presença e punições eficiente e adote um bom sistema de ponto eletrônico, como a Pontotel.

Dessa forma, ela conseguirá automatizar o registro e o tratamento do ponto, eliminar erros e fraudes, realizar ajustes de escalas, monitorar a jornada em tempo real, entre outras atividades.

Como resultado, a empresa economiza recursos e ainda cria um RH mais estratégico e eficiente, que contribui para o crescimento do negócio.

Quer aprender mais dicas para melhorar a gestão de pessoas na sua empresa? Confira outros artigos no blog Pontotel

Compartilhe em suas redes!
Mais em Controle de ponto VER TUDO
INICIAR TOUR!