Supervisor: principais funções, importância desse cargo, perfil e como funciona para o RH!
BLOG
Time Pontotel 17 de janeiro de 2024 Departamento Pessoal
Supervisor: principais funções, importância desse cargo, perfil e como funciona para o RH!
Entenda o que é o cargo de supervisor, o que ele faz e qual a importância desse profissional para o crescimento da empresa.
img of Supervisor: principais funções, importância desse cargo, perfil e como funciona para o RH!

O supervisor é considerado um profissional essencial para que qualquer empresa consiga colocar em prática seu planejamento estratégico. Afinal, ele será o responsável por ter um olhar crítico e analítico dos processos corporativos e do desempenho dos colaboradores.

O supervisor consegue identificar falhas, propor soluções e ajudar a organização a melhorar sua performance no mercado. Por isso, o investimento na supervisão de setores, funcionários e atividades é fundamental para que a empresa desenvolva seu diferencial e se destaque no mercado. 

Por outro lado, os profissionais que desejam seguir essa carreira precisam desenvolver características específicas, que os capacitem a analisar o cenário e cuidar das equipes de forma eficiente.

Para te ajudar a entender melhor tudo isso, neste artigo serão discutidos os seguintes pontos:

Boa leitura!

O que é supervisor?

O supervisor é o profissional responsável por acompanhar, guiar, orientar e inspecionar um trabalho ou uma atividade realizada por outra pessoa. 

Assim, ele garante que funcionários e setores da empresa mantenham um padrão de qualidade, reduzam erros e falhas, aumentem a produtividade e ainda garantam outros benefícios para a organização.

Na prática, isso significa que o supervisor deve garantir que tudo seja feito conforme o planejado e que a empresa tenha uma visão 360º de seus processos.

Por esse motivo, esse cargo exige o cumprimento de várias responsabilidades, além de habilidades de um perfil profissional específico, como você vai entender a seguir.

Como funciona esse cargo?

O trabalho do supervisor é amplo e complexo. Afinal, além de orientar individualmente cada funcionário, ele é responsável por treinar, resolver problemas e indicar soluções para tornar o fluxo de trabalho mais eficiente. 

Além disso, ele deve verificar se as atividades estão sendo executadas de acordo com as metas preestabelecidas, distribuir tarefas e atuar como um canal de ligação entre líderes e liderados da empresa. 

Assim, o supervisor ajuda a empresa a se orientar por resultados, crescer de forma sustentável e melhorar sua rentabilidade. 

Por isso, acredita-se que o trabalho de um bom supervisor pode fazer a diferença para a ajudar a empresa a atingir seus objetivos em curto, médio e longo prazo.

O que faz um supervisor?

Uma mulher sorrindo utilizando um tablet

Basicamente, o supervisor é responsável por direcionar, conduzir e orientar processos e funcionários da empresa. 

Em geral, as organizações contratam supervisores para áreas específicas, como os supervisores de vendas, produção, Recursos Humanos (RH), logística, operações, entre outros. 

Por isso, esse profissional pode trabalhar tanto no comércio como na indústria, em instituições de ensino e em qualquer outra organização que precise melhorar seu processo produtivo.

Porém, independentemente da área de atuação e do tipo de empresa, geralmente o supervisor realiza os seguintes trabalhos em específico:

  • Garantir a padronização da qualidade dos produtos e da eficiência dos processos corporativos;
  • Monitorar métricas e indicadores de desempenho;
  • Identificar falhas e propor melhorias;
  • Avaliar e recomendar técnicas e equipamentos que podem otimizar o trabalho dos funcionários de um setor;
  • Orientar os colaboradores para melhorar a execução das atividades;
  • Providenciar treinamentos e capacitações para os funcionários;
  • Alinhar as atividades desenvolvidas com as metas da empresa;
  • Melhorar a eficiência e a eficácia do fluxo de trabalho;
  • Criar relatórios operacionais e analíticos com base na análise de desempenho e resultados;
  • Acompanhar e sugerir melhorias para o planejamento estratégico da empresa.

Principais funções de um supervisor

Quer saber mais sobre as responsabilidades de um supervisor? Então, confira abaixo mais detalhes sobre as principais funções desse profissional:

Organização do fluxo de trabalho

Uma das principais funções de um supervisor é organizar o fluxo de trabalho ou workflow da empresa. 

Isso significa que ele deve definir as etapas de execução de um projeto, quais colaboradores devem ser responsáveis por cada uma delas e quais os procedimentos necessários em cada fase. 

Quando bem organizado, o fluxo de trabalho deve reduzir retrabalhos, agilizar processos, aumentar a eficácia, melhorar a transparência, entre outros benefícios. 

Por isso, o trabalho de supervisão é considerado essencial para a manutenção do padrão de qualidade da empresa e para a gestão de tarefas e de rotina da organização.

Definição de objetivos e prazos para tarefas

O trabalho do supervisor também deve ser focado em metas e resultados. 

Por esse motivo, é sua responsabilidade garantir que as atividades desenvolvidas por funcionários e setores estejam alinhadas com os objetivos da empresa. 

Para isso, esse profissional também precisa transformar esses objetivos em metas menores, além de organizar as tarefas necessárias e definir prazos para o cumprimento dessas metas.

Acompanhamento de indicadores e metas

O trabalho de supervisão também deve ser baseado na análise de métricas e indicadores de desempenho. 

Afinal, essas ferramentas fornecem dados mais precisos para o monitoramento da produtividade e do progresso de cada colaborador. 

Com base nessas informações, o supervisor pode oferecer feedbacks mais construtivos e distribuir as tarefas de acordo com a capacidade e as habilidades de cada funcionário.

Como deve ser o perfil de um supervisor?

Uma mulher sorrindo mexendo em um tablet

A capacidade de supervisionar não depende apenas de hard skills ou de uma graduação específica. 

Na verdade, ela exige um conjunto de soft skills que permite ao profissional fazer a gestão de tarefas, de pessoas e de processos com eficiência. 

Por isso, o ideal é que o funcionário contratado para o cargo de supervisão apresente um perfil específico, de preferência com as seguintes características:

Supervisor, gestor e líder: quais as diferenças?

Como são responsáveis por atividades parecidas, muita gente confunde as funções do supervisor, do gestor e do líder. Porém, esses termos se referem a cargos bem diferentes.

Conheça as diferenças entre eles a seguir:

Líder

O líder é aquele profissional de alto escalão que deve inspirar, engajar e guiar as equipes de trabalho. 

Para isso, além de ser um bom comunicador, um bom líder deve ter uma excelente capacidade para ler o ambiente e oferecer feedback. 

Dessa forma, ele garante que cada um dos funcionários, também chamados de liderados, entendam o que devem fazer para contribuir para o funcionamento da empresa.

Gestor

A figura do gestor pode ser considerada como a de um líder com mais responsabilidades. Afinal, além de motivar e inspirar os funcionários, o gestor também acumula outras funções. 

Ele define objetivos, distribui tarefas, define metas, avalia o desempenho, entre outras atribuições. Porém, ao contrário do líder e do supervisor, o gestor geralmente é especialista em algum nicho de mercado ou na sua área de atuação. 

Além disso, ele é responsável por gerenciar setores inteiros, não apenas funcionários de forma individualizada.

Supervisor

Como dito anteriormente, o supervisor é responsável por inspecionar e orientar o trabalho dos funcionários. Ele também deve lidar com emergências, solucionar problemas, entre outras funções. 

Por isso, ao contrário do líder, que tem um papel mais motivacional, e do gestor, que gerencia setores, o papel do supervisor é mais focado no direcionamento de cada indivíduo no desempenho de suas obrigações.

Qual o papel de um supervisor no RH?

O supervisor de RH também é responsável por orientar, inspecionar e avaliar o desempenho dos funcionários. 

Mas, por conta das características desse setor, o trabalho desse profissional é focado no planejamento e na supervisão de atividades ligadas aos recursos humanos. 

É o caso dos processos de recrutamento e seleção, clima organizacional, política de cargos e salários, treinamento, entre outras funções do RH.

Qual a importância desse profissional?

Por conta das suas responsabilidades, o supervisor de RH é um profissional essencial para garantir a microgestão do setor. 

Isso significa que ele orienta práticas e influencia nas decisões adotadas pelos profissionais de RH, de modo que o trabalho do setor se torne mais eficiente e acompanhe os objetivos da empresa. 

Dessa forma, fica mais fácil identificar problemas, encontrar soluções e definir estratégias para otimizar o RH, reduzir erros e melhorar a gestão de pessoas

Como resultado, a empresa pode ser beneficiada com o aumento de produtividade e até da sua rentabilidade.

Conclusão

Mais importante do que entender o que é e o que faz um supervisor, é compreender o papel desse profissional no funcionamento da empresa. 

Conforme explicado ao longo do artigo, o supervisor tem uma função estratégica. Afinal, ele é responsável por organizar o fluxo de trabalho, alinhar metas e atividades, orientar funcionários, analisar indicadores, entre outras responsabilidades. 

Por ser um cargo que acumula funções complexas e integradas, a supervisão de processos e pessoas exige um profissional que apresente soft skills específicas, como capacidade de liderar, organização e boa comunicação. 

Além disso, como ele pode atuar em setores específicos, como vendas, operações, processos e até no RH, pode ser necessário uma formação específica ou um determinado conhecimento do setor para que o trabalho seja bem executado.

No RH, por exemplo, o supervisor precisa acompanhar todas as atividades relacionadas ao setor, garantindo a eficiência e o alinhamento deste com os objetivos da empresa.

Por isso, seja qual for a área de atuação, o supervisor é considerado fundamental para otimizar resultados e melhorar o desempenho da corporação.

Gostou do conteúdo? Veja outros artigos sobre gestão de empresas no blog Pontotel!

próximos passos para realizar o controle de ponto com a pontotel
Compartilhe em suas redes!
Mais em Departamento Pessoal VER TUDO
INICIAR TOUR!